Praça do bairro Brasil recebe Arena Esportiva

0

Publicado por Editor | Colocado em Esportes | Data: 03 dez 2016

Tags:,

Da Redação

sc2_1006-600x399
Desde a última quarta-feira (30) até este sábado (3), a Praça Nossa Senhora dos Verdes, no bairro Brasil,  recebe a arena esportiva, do projeto Bahia Território Esportivo.  Com espaço para a prática de esportes como tênis de mesa, basquete, atletismo e judô, o espaço está relembrando o espírito olímpico que tomou conta do país no mês de agosto.

A ação que envolveu crianças e jovens de diversas escolas do município, fomentou a prática do esporte na cidade, bem como a divulgação de algumas práticas olímpicas. Realizado pela Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia, com apoio da Prefeitura Municipal, o projeto deve envolver até o final desse sábado, 3, cerca de quatro mil pessoas.

Firme, forte e dourado: Brasil bate Itália e volta ao topo olímpico após 12 anos

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Esportes | Data: 21 ago 2016

Tags:, ,

Globo Esporte

gettyimages-593233236
A volta dourada no tempo estava programada para 2004. Era aquela cor de medalha que o Brasil queria repetir depois da prata em Pequim 2008 e Londres 2012. Remanescente da geração de Atenas, Serginho, de 40 anos, foi convencido a deixar a aposentadoria e emprestar um pouco daquele espírito à seleção da Rio 2016.

Inspirada pelo veterano, a equipe coroou a recuperação olímpica diante de um Maracanãzinho lotado. No grand finale deste domingo, mostrou quem mandava ali. Conseguiu se impor e fez a torcida lembrar dos velhos e bons tempos, vencendo a Itália por 3 sets a 0 (25/22, 28/26 e 26/24).

As medalhas douradas de Barcelona 1992 e Atenas 2004 ganharam companhia. O resultado pôs fim também a um longo e incômodo jejum. Até então, o último título havia sido conquistado no Mundial da Itália, em 2010.

Nos últimos quatro anos, a seleção foi mudando a sua cara. Sem Giba, Dante, Rodrigão e Ricardinho, foi preciso apostar em novos nomes. Lucarelli apareceu para preencher uma lacuna e tanto, Wallace cresceu. Bernardinho dizia que a geração não era talentosa como a anterior, mas tinha condições de brigar. No ano olímpico, fez fila na Liga Mundial, em meados de julho, derrubando todos os rivais que estariam no Rio – só perdeu o título para a não classificada Sérvia. Já sem o experiente Sidão, ainda perdeu Murilo na reta final de preparação, ambos cortados por lesões. Nos Jogos, sofreu de novo com problemas físicos de Maurício Souza, Lipe e Lucarelli, foi superada por EUA e Itália e ficou sob o risco de ser eliminada na primeira fase e terminar em nono, igualando a pior campanha, de 1968. Mas veio a reação. França, Argentina e Rússia caíram na sequência, e os italianos, na decisão.

Mesmo remendada, a seleção fez valer seu histórico com o técnico no comando. Em 16 temporadas, após mais de 40 torneios, jamais ficou fora de um pódio em Mundiais e Olimpíadas. Só não ganhou medalhas três vezes, nas Ligas de 2008, 2012 e 2015.

A partida marcou a despedida do líbero Serginho, que agora segue carreira apenas no clube. Com o quarto pódio em quatro edições, ele sai de cena como o maior medalhista olímpico da história do Brasil em esportes coletivos. Sai de cena com o nome gritado, chamado de rei e jogado para o alto pelos companheiros.

Bernardinho também recebeu os aplausos e o reconhecimento da torcida. O treinador, que havia condicionado sua decisão de seguir ou não no comando da equipe ao mês de agosto, assegurou a sua sétima medalha na carreira em nove participações nos Jogos.

COI faz balanço da Rio 2016 e elogia evento: ‘Icônico’

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 20 ago 2016

Tags:, ,

G1

bach

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, fez neste sábado (20) um balanço geral sobre a Rio 2016 e classificou o evento como “icônico”. Durante um encontro com jornalistas no Centro de Mídia do Parque Olímpico neste sábado (20), Bach elogiou esta edição dos Jogos. Para ele, o resultado final da Olimpíada foi “muito positivo”.

“Com esses Jogos Olímpicos tão icônicos, o COI mostrou que é possível realizar os Jogos em outros países. Não somente em países que estão no topo da lista do PIB. Nós mostramos que existe grande solidariedade entre os atletas e com os atletas. Nós conseguimos obter atenção do mundo todo, então podemos afirmar que o resumo dos Jogos é muito positivo”, disse.

Durante o encontro, Bach foi questionado se tomaria novamente a decisão de trazer o evento para o Rio se pudesse voltar no tempo. Ele afirmou que ficou muito satisfeito com a edição atual e daria novamente a oportunidade ao Rio.
“Os Jogos foram realizados nos âmbitos de seus problemas sociais, seus hiatos sociais. Isso foi bom. Os Jogos ficaram perto da realidade do país e da sociedade. O Jogos não aconteceram em um bolha, afastado. E, sim, eu faria os Jogos aqui novamente”, afirmou.

Durante seu pronunciamento inicial, o presidente do COI citou alguns “pontos altos” do evento. Entre eles, Bach lembrou do desempenho do nadador Michael Phelps e do velocista Usain Bolt, que reafirmaram seus papéis no esporte. Além disso, ele comentou sobre exemplos que ultrapassaram as fronteiras das arenas de competição e serviram de lição para a sociedade, como a história de vida da judoca brasileira Rafaela Silva, que trouxe o primeiro ouro para o Brasil. …Leia na íntegra

Isaquias Queiroz é o primeiro brasileiro a conquistar três medalhas na mesma Olimpíada

0

Publicado por Editor | Colocado em Esportes | Data: 20 ago 2016

Tags:, ,

Da Redação

IMAGEM_NOTICIA_5Isaquias Queiroz e Erlon de Souza, neste sábado (20), conquistaram a medalha de prata na canoa dupla. Os brasileiros, que ditaram um ritmo forte durante toda a prova, acabaram sendo superados pelos alemães Brendel e Wandrey no final e ficaram com o segundo lugar.

Com o feito, o atleta baiano, que já havia conquistado uma prata e um bronze na canoa individual, é o primeiro atleta da canoagem a ganhar três medalhas em uma mesma olimpíada e também primeiro do país em todas as modalidades.

“Me sinto muito feliz. Mas não é só de mim. A minha equipe toda está de parabéns”, disse Isaquias, ao canal SporTV. Com os prêmios somados pelo atleta, o Brasil tem 16 medalhas até o momento. São cinco ouros, seis pratas e cinco bronzes.

*Com informações do Bahia Notícias

Conquista receberá instalação em homenagem à Olimpíada

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 11 ago 2016

Tags:, ,

Da Redação

IMG_1234
Como legado dos Jogos Olímpicos do Rio 2016, 22 cidades brasileiras receberão, entre agosto e setembro, monumentos e instalações em homenagem ao período dos jogos e à passagem da chama olímpica, uma delas será Vitória da Conquista.

No dia 2 de setembro, a cidade receberá a obra “5 Continentes”, de George Varanese Neri. É uma obra arte monumento ecológica, com os cinco anéis do símbolo olímpico dispostos à superfície, demarcando uma área que servirá de suporte e delimitação para que árvores típicas dos cinco continentes possam crescer e fomentar o elo entre natureza, homens e raças.

Na Bahia, além de Vitória da Conquista, só o município de Juazeiro receberá uma obra. Lá, será instalada a  “Chama Navegante”, obra em fibra de vidro e metal, que dialoga com o vapor Saldanha Marinho, monumento à navegação à margem do rio São Francisco, no antigo porto, criada por Antonio Carlos Coelho de Assis.

As obras são resultado do Prêmio Arte Monumento Brasil 2016, lançado pelo Ministério da Cultura, Fundação Nacional de Artes (Funarte) e Subchefia de Assuntos Federativos da Secretaria de Governo da Presidência da República.

Ainda não há informações de onde será colocada a instalação.

Com Prass, Neymar e Douglas Costa, Seleção é convocação para Rio-2016

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Esportes | Data: 29 jun 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_1647

O técnico da Seleção Brasileira Olímpica, Rogério Micale, divulgou nesta quarta-feira (29), os 18 convocados para a disputa dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro (Rio-2016). Entre os nomes que terão a missão de conquistar a primeira medalha de ouro olímpico, o destaque ficou para o do goleiro Fernando Prass, 37 anos, que não vinha fazendo parte do time principal.

Além do goleiro, os outros nomes acima dos 23 anos foram Neymar, 24 anos, e Douglas Costa, 25 anos. A presença do atacante do Barcelona já era prevista, pois ele ficou fora da Copa América Centenária. Já a presença de Douglas Costa se deu porque o Chelsea (Inglaterra) não liberou o Willian, preferido pela comissão técnica para disputar o torneio.

Veja a lista completa: …Leia na íntegra

Tocha Olímpica passará por Vitória da Conquista no dia 20 de maio

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 25 fev 2016

Tags:, ,

Da Redação

tochaOlimpica030715a
Nessa quarta-feira (240, o Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016 divulgou, oficialmente, o roteiro completo do revezamento da Tocha Olímpica no Brasil. O fogo passará por 329 cidades em todos os estados do país, inclusive Vitória da Conquista, até chegar ao Rio de Janeiro, no dia 4 de agosto.

O revezamento da Tocha terá início no dia 3 de maio, em Brasília-DF. Já a primeira cidade baiana a receber o fogo olímpico será Teixeira de Freitas, no dia 19 de maio. No dia seguinte, a tocha chega a Vitória da Conquista.

Incluindo o território baiano, a Tocha Olímpica percorrerá 20 mil quilômetros pelas estradas e ruas do País. Mas, antes de chegar a Brasília e ser transportada de mão em mão pelo Brasil, a tocha será acesa no dia 21 de abril, a 100 dias do início dos Jogos, em Olímpia, na Grécia.

Segundo os organizadores, a pira olímpica terá uma base triangular, representando os valores olímpicos – excelência, amizade e respeito – e seu desenho representará as cores e formas da Cidade Maravilhosa.