A Viação Cidade Verde foi condenada pela Justiça; a Prefeitura não tem nenhuma participação

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 02 jul 2018

Tags:, , ,

da Redação

Não se pode falar em “dois pesos e duas medidas” no caso da condenação da Viação Cidade Verde, que foi proferida pela Vara da Fazenda Pública de Vitória da Conquista. A empresa foi condenada, acusada de ter fraudado o balanço, no processo licitatório ocorrido no governo do ex-prefeito Guilherme Menezes (PT). A Prefeitura divulgou Licitação para o Lote 2.

Viação Vitória

A situação da Viação Vitória nunca poderá ser comparada com o caso acima. Contra a empresa, aguardando julgamentos da Justiça e da Prefeitura, existem um processo de Recuperação Judicial (Justiça) e outro de Caducidade (Prefeitura).

Após julgamentos, se condenada em um dos casos, o que será provável, a Viação Vitória também ficará impedida de operar o transporte coletivo em Vitória da Conquista. Neste  caso também ocorrerá uma nova Licitação no Lote 1.

 

Justiça Eleitoral transfere sede para Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Justiça | Data: 04 mar 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: CDL (Conteúdo)

Pela segunda vez na história do TRE-BA, a sessão de julgamento da Corte Eleitoral acontece fora da capital, com a transferência temporária da sede administrativa do Regional

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) terá a sua sede administrativa transferida por dois dias para Vitória da Conquista. A mudança ocorre nos dias 14 e 15 de março. No dia 15 será realizada sessão da Corte Eleitoral, prevista para 10h, na Câmara Municipal, rua Coronel Cugé, 150, Centro. Na ocasião, serão julgados pelos magistrados todos os processos da cidade e região.

 “Para nós da Corte Eleitoral será uma honra julgar no próprio município os processos pertinentes à região e, assim, concluir questões contestadas pela sociedade”, declarou o presidente do TRE-BA, José Edivaldo Rocha Rotondano. O desembargador convida o cidadão conquistense, imprensa local e demais interessados para assistir à sessão solene e acompanhar os resultados dos julgamentos.

 Esta é a segunda vez que a Corte Eleitoral aprecia processos fora de Salvador. A primeira transferência de sede administrativa aconteceu em agosto de 2017, no município de Ilhéus. Esse projeto de interiorização da Justiça Eleitoral é mais uma ação da Justiça Eleitoral e da Escola Judiciária da Bahia (EJE-BA), no sentido de aproximar o TRE baiano dos cidadãos. …Leia na íntegra