Cultura da Multiplicidade

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Cultura, Vit. da Conquista | Data: 26 set 2013

Tags:, , , ,

por Valentina Vaz

“Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma, até quando o corpo pede um pouco mais de alma, eu sei, a vida não para”

tempoDormi ontem com uma prece. Pedia em mente para o dia ter pelo menos duas horinhas a mais. A primavera tinha chegado, as pessoas começavam a se preparar para acalmar o coração e eu, que tanto tenho falado em paciência, me achando meio polvo, resolvi movimentar as partes que eu tinha e as que nem existiam no meu corpo, imaginei que tivesse umas três mentes e uns dez braços e comecei a aproveitar o novo ciclo para acelerar.

Decidi que antes de pedir a calmaria das pessoas, tinha que senti-las em seu estado natural. Queria entender a cultura da multiplicidade. Ser muitas numa só. Entender essas pessoas que, conseguem se desdobrar em tantas outras, sentir na pele o fluxo do humor com o relógio determinando se você faz ou não determinada coisa, saber se era possível equilibrar-me na corda bamba entre as emoções e os compromissos que não se adiam por causa delas, sentir a pressão das obrigações que você mesmo se comprometeu a cumprir.

…Leia na íntegra