Time de Rugby e Maçonaria realizam campanha do agasalho em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 30 jun 2017

Tags:, , , ,

Da Redação

O Ymborés Rugby Club e a Loja Maçônica Construtores da Fidelidade irão promover, no próximo domingo (2), uma ação para arrecadar roupas em condições de uso na Campanha do Agasalho & Cobertor. A campanha é organizada pelo Conselho Maçônico de Vitória da Conquista e tem o intuito de ajudar pessoas carentes a se protegerem do frio.

A ação acontecerá no bairro Vila Serrana, a partir das 14 horas. Todos os moradores podem colaborar, separando agasalhos. Os voluntários, identificados com as camisas da Maçonaria ou do Clube de Rugby, passarão nas casas para realizar a coletar.

 

Conselho Maçônico de Conquista realiza ‘Campanha do Agasalho’

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 21 jun 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_0162Com a chegada das baixas temperaturas em Vitória da Conquista, muitas famílias carentes sofrem pela falta de condições mínimas para passar os períodos de inverno rigoroso. São ações solidárias que conseguem trazer um pouco de alívio e alegria para essas pessoas que pouco ou nada tem.

Pensando nisso, o Conselho Maçônico de Vitória da Conquista está realizando a “Campanha do Agasalho”. As doações podem ser entregues nos seguintes pontos de coleta: Lojas Silva Calçados, Armarinho 13, Samuka Auto Peças, G Barbosa da Olivia Flores e Shopping Conquista Sul.

Prefeitura doará terreno para construção de complexo maçônico em Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 19 maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

SC1_2035foto: divulgação Secom PMVC

A Procuradoria Geral do Município analisa o processo de doação de um terreno para a construção de um complexo maçônico e um centro socioassistencial. Apesar dos tramites burocráticos, a doação já é dada como certa.

O complexo seria um templo maçônico no qual se reuniriam, inicialmente, três lojas maçônicas, um capítulo filosófico (grupo que se reúne para discutir questões específicas da Maçonaria) e uma fraternidade feminina. Já no centro socioassistencial, seriam prestados serviços de assistência jurídica e de assistência médica e material a mulheres grávidas que estejam em dificuldades financeiras – tudo de forma gratuita.

Nesta quinta-feira (19), em reunião com representantes das lojas maçônicas Filadélfia e Pensadores Livres, o prefeito Guilherme Menezes afirmou que a doação deverá ser aprovada pelos propósitos sociais do projeto. “Nesse caso, é possível por conta dos objetivos, da dimensão social e da abrangência”, explicou.

Após a aprovação pela Procuradoria, a proposta será enviada à Câmara Municipal. Somente com o aval dos vereadores é que a construção do complexo maçônico e do centro socioassistencial será permitida.