Transexual recebe alta após ser agredida com socos e facadas, em Maiquinique

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 17 out 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais*

img_1537A transexual e comerciária Natylla Mota Barreto, de 21 anos, recebeu alta nesta segunda-feira (17), do Hospital Cristo Redentor, em Itapetinga, após ser agredida por um grupo de quatro pessoas. A agressão ocorreu no último dia 8, no centro do município de Maiquinique (a 150  quilômetros de Vitória da Conquista).

A vítima, que sofreu duas perfurações no pulmão, seguiu nesta manhã direto para a delegacia de Maiquinique para pegar a guia para exame de perícia. Até esta tarde nenhum suspeito havia sido preso.

Agressão

Natylla revelou que saiu com o seu companheiro para lanchar, quando, de repente, eles começaram a ser atingidos por latinhas de cerveja e copos por um grupo composto por três mulheres e um homem, que estava no local. Ainda na ocasião, uma das mulheres do quarteto fez comentários homofóbicos e partiu para atacar o casal com um a faca.

Ela ainda contou que seu companheiro conseguiu imobilizar a agressora, mas acabou sendo ferido na mão e encaminhado ao Hospital Municipal de Maiquinique. A comerciária foi atacada com chutes e golpes de facas enquanto acompanhava seu companheiro ainda dentro hospital.

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra o momento em que a trans é agredida por uma das agressora no chão da unidade de saúde.

Natylla acusa o Hospital Municipal de Maiquinique de prevaricação, por conta da omissão de socorro, falta de intervenção da segurança e obstáculo ao acesso ao serviço público.

Em comunicado, o Grupo Gay da Bahia pede ao Ministério Público da Bahia para intervir no caso e punir os funcionários do hospital.

A promotora Maria Imaculada disse que a ocorrência está sob apuração e, caso seja constatado a omissão, os responsáveis também responderão criminalmente. Ainda de acordo com o Ministério Público, a delegacia local já expediu quatro mandados de prisão temporária.

*com informações do A Tarde