Médica mineira encontrada morta em pousada teve morte natural

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 11 out 2017

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: Jornal Estado de Minas

A médica mineira, de Montes Claros, encontrada morta em um quarto de uma pousada em Vitória da Conquista, teve morte natural.

O resultado preliminar do laudo de necropsia do corpo da médica Lilliany Caetano Aquino, de 26 anos, indica com clareza que a morte foi natural.  O delegado regional Cleber Rocha Andrade, informou que a suspeita é que a médica tenha tido uma embolia pulmonar. O corpo de Lilliany já foi sepultado em Montes Claros nesta 2ª feira (9), no Cemitério Bonfim.

A conclusão da Polícia Civil é respaldada pelo fato, que no  levantamento cadavérico, não foi encontrado nenhum medicamento no local e nenhum outro objeto considerado anormal.

Como não há indicativo de crime, o caso deve ser arquivado. “Não teremos abertura de inquérito. Vamos receber o laudo e arquivar com ocorrência e fornecer à família para os trâmites legais”, revelou o delegado ao Jornal Estado de Minas.

Deu no Estado de Minas: Polícia aguarda laudo de necropsia para saber se investiga morte de médica mineira na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Vit. da Conquista | Data: 09 out 2017

Tags:, , ,

Jovem de Monte Claros teve uma convulsão e morreu em um quarto de pousada de Vitória da Conquista. Postagens em rede social indicam que ela viajava pelo litoral baiano


GP Guilherme Paranaiba

postado em 08/10/2017 20:57 / atualizado em 08/10/2017 21:05

Médica teve convulsão em passagem pela cidade de Vitória da Conquista, segundo Polícia Civil baiana(foto: Reprodução Internet/Facebook)

A Polícia Civil de Vitória da Conquista (BA) aguarda uma análise do Departamento de Polícia Técnica da Bahia para definir se o caso da médica mineira de Montes Claros, no Norte de Minas, encontrada morta em um quarto de pousada da cidade baiana, na noite de sábado, será investigado.

De acordo com a delegacia regional da cidade, só será aberto um inquérito para apurar o que aconteceu caso o laudo de necropsia do corpo da médica Lilliany Caetano Aquino, de 26 anos, aponte que a morte não foi natural.

Ainda conforme a delegacia regional de Vitória da Conquista, Lilliany passou mal, teve uma convulsão e morreu. A Polícia Civil informou que foi feito um levantamento no quarto e, segundo a corporação, não foi encontrado nenhum medicamento no local e nenhum outro objeto considerado anormal.

A última postagem da médica em um perfil que ela mantinha no Facebook aponta que na última sexta-feira ela estaria na Praia da Barra do Rio Sauípe, localizada em Sauípe, distrito do município de Mata de São João, cidade que fica na região de vários empreendimentos hoteleiros conhecida como Costa do Sauípe.

Várias pessoas publicaram postagens no perfil da jovem no Facebook lamentando a morte e destacando a dor pela perda. Em uma das publicações, uma amiga informa que o corpo será velado a partir das 22h deste domingo na Funerária Avelar, que fica no Bairro Vila Guilhermina, em Montes Claros.

Médica de MOC morre em pousada de Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 08 out 2017

Tags:, , ,

da Redação

Uma jovem médica da cidade de Montes Claros (MG) morreu na noite desse sábado (7), no quarto de uma pousada localizada nas proximidades do Hospital de Base de Vitória da Conquista. A médica  Lilliany Caetano Aquino, de 26 anos, chegou a pousada pela manhã  e apenas apresentava sinais de cansaço.

Segundo os funcionários da pousada ela teria solicitado que a chamasse mais tarde. Por volta das 19:30, um funcionário da pousada foi até o quarto e se viram que a  médica estava em crise convulsiva.

O Samu 192 foi acionado e realizou procedimentos de reanimação. A causou da morte de Lilliany Caetano Aquino não foi ainda revelado. O corpo deverá ser transladado para a cidade de Montes Claros tão logo seja liberado.

Vídeo mostra tiroteio entre polícia e assaltantes da casa de médica

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 22 dez 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

Circula nas mídias digitais um vídeo que possivelmente registra o momento do tiroteio entre os policiais militares e os bandidos que tentaram assaltar a médica Neuza Correia, na ultima quinta-feira (18). Ao todo é possível ouvir 9 barulhos semelhantes a disparo de arma de fogo e gritos.

Confira:

Polícia suspeita de participação de quinto envolvido em assalto a médica

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 18 dez 2014

Tags:, ,

por Mateus Novais
DSC_1039A Polícia Civil anunciou que ainda trabalha nas investigações do assalto a médica cardiologista, Neuzelinda Correia. Os nomes dos quatro envolvidos foram divulgados no meio da tarde desta quinta-feira (18). Mas a polícia acredita na possibilidade de outros envolvidos.

Os quatro acusados são: Murilo Souza de Melo e Franklin Queiroz dos Santos, mortos no confronto; Daniel Oliveira Santos (20 anos), encaminhado ao Hospital de Base ferido; e Wesley Santos Lelis, que aguardava o bando no veículo, fora da residência da médica. “Pela dimensão da tentativa do assalto e pelo fato dos bandidos saberem que havia jóias e uma grande quantia em dinheiro na casa, acreditamos que pode haver um quinto, ou talvez mais, envolvido”, revelou o delegado titular da Furtos e Roubos, Ney Brito.

Ainda de acordo com a polícia, Neuzelinda Correia não corre risco de morte, mas seu quadro é delicado.

Médica foi atingida por três tiros na coluna

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 18 dez 2014

Tags:, ,

por Mateus Novais
foto: arquio familiar

DSC_1039A médica cardiologista, Neuzelinda Correia, foi atingida por três tiros na região da coluna cervical. Dra. Neuza, como é mais conhecida,  passou por uma cirurgia no Hospital SAMUR e encontra-se internada na Unidade de Terapia Intensiva.

Segundo informações da polícia, funcionários de uma construção próxima acionaram os militares após avistarem três homens armados dentro da residência da médica. No local, soldados prenderam um bandido a bordo do carro que dava cobertura ao bando. Logo após, os policiais fizeram o cerco e esperaram os bandidos saírem da casa. Os acusados tentaram fugir com o carro da médica, derrubando o portão e atirando contra os policiais. Houve troca de tiros.

Dentro do veículo estava a vítima, que foi alvejada por três tiros, um deles atingiu duas vértebras da coluna cervical. O quadro de Neuza Correia é delicado e há suspeita de que ela possa ficar tetraplégica.

Dois assaltantes mortos, um ferido e outro preso em assalto à médica

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 18 dez 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais
fotos: Roberto Silva e Rafael Gusmão

IMG_6066

Segundo informações da Polícia Civil, dois dos assaltantes que tentaram assaltar uma médica no bairro Candeias foram mortos em confronto com militares. Outros dois foram presos, um ficou ferido.

IMG_6061A tentativa de assalto ocorreu por volta das 7h40 desta quinta-feira (18), próximo à Avenida Olívia flores, no bairro Candeias. A médica cardiologista, Neuzelinda Correia, foi abordada na Avenida Campo Grande, por quatro homens que estavam em um Fiat Palio. Uma unidade da 77ª CIPM passava pelo local e, ao notar a ação dos criminosos, conseguiu interromper o assalto. Os bandidos reagiram e houve troca de tiros, sendo que três foram baleados. Dois deles morreram a caminho do Hospital de Base, o último está sendo atendido e não corre risco de morte.

Neuzelinda Correia foi baleada e está internada na UTI do Hospital Samur. O hospital ainda não forneceu o primeiro boletim médico sobre o estado de saúde dela. Porém, contatos do BLOG DA RESENHA GERAL informaram que ela foi submetida com sucesso a uma delicada intervenção cirúrgica.

DNA fetal com 10 semanas de gestação

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 18 dez 2013

Tags:, , ,

da Redação 

Médica BVitória da Conquista já realiza o exame de DNA fetal, onde é possível verificar patologias fetais em apenas 10 semanas de gestação. A ginecologista, especialista em reprodução humana, Dorodina Souza Correia (foto), disse que a cidade não deixa nada a desejar quanto a medicina que atende esta área.  “Através do sangue da mãe conseguimos um diagnóstico dos cromossomos, onde é detectado se a criança tem síndrome de Down, ou outras patologias menos conhecidas. O procedimento não é invasivo.

São vários exames relacionados ao feto, como translucência nucal onde é feito também um rastreamento de análise da coluna do feto entre 11 e 13 semanas – através da ultrasonografia, além dos exames morfológicos do primeiro e segundo trimestre.  Para a médica a ultrasom evoluiu muito na área da obstetrícia e já é possível diagnosticar o sexo do bebê em cerca de 12 semanas.

Médica Kátia Vargas é libertada do Presídio Feminino

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Polícia | Data: 16 dez 2013

Tags:, , ,

A  Tarde

Luan Santos

(…)

MédicaApós 58 dias de detenção no Presídio Feminino de Salvador, a médica Kátia Vargas, acusada de duplo homicídio no trânsito dos irmãos Emanuel e Emanuele Gomes Dias, teve alvará de soltura concedido pelo juiz Moacyr Pitta Lima e foi libertada no início da noite desta segunda-feira, 16.

Conforme decisão do magistrado, a médica vai responder ao processo em liberdade e irá a júri popular. O acidente ocorreu no último dia 11 de outubro, em Ondina.

Ela saiu da prisão por volta das 17h20, acompanhada do marido e do advogado Sérgio Habbib. Do presídio, a oftalmologista foi a um hospital particular fazer exames médicos e depois seguiu para a casa da família.

Pela internet campanha pede liberdade de médica em Salvador

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 24 out 2013

Tags:, , ,

da Redação
Foto: Divulgação

Na internet uma campanha intitulada Soltem Kátia foi lançada neste último domingo (20), para ser encaminhada ao promotor do caso David Gallo, pedindo a libertação da médica Kátia Vargas Leal Pereira, acusada pelo homicídio dos irmãos Emanuel e Emanuelle Gomes Dias, no dia 11 de outubro, em Ondina. O promotor entendeu que a médica atropelou deliberadamente o casal de irmãos qur trafegava no Bairro de Ondina na capital.

A petição que coleta assinaturas apresenta a seguinte justificativa: (…) “porque uma colega médica está presa sem que seu direito constitucional em responder ao processo no qual figura como ré em liberdade esteja sendo observado (sic)”. Para alguns analistas esta movimentação poderá prejudicar a acusada podendo surgir reação contrária ao apoio que se pretende dar.

“O dia em que a Presidenta Dilma em 10 minutos cuspiu no rosto de 370.000 médicos brasileiros”

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 01 jul 2013

Tags:, ,

Escrito por Juliana Mynssen da Fonseca Cardoso*

medicaHá alguns meses eu fiz um plantão em que chorei. Não contei à ninguém (é nada fácil compartilhar isso numa mídia social). Eu, cirurgiã-geral, “do trauma”, médica “chatinha”, preceptora “bruxa”, que carrego no carro o manual da equipe militar cirúrgica americana que atendia no Afeganistão, chorei.

Na frente da sala da sutura tinha um paciente idoso internado. Numa cadeira. Com o soro pendurado na parede num prego similiar aos que prendemos plantas (diga-se: samambaias). Ao seu lado, seu filho. Bem vestido. Com fala pausada, calmo e educado. Como eu. Como você. Como nós. Perguntava pela possibilidade de internação do seu pai numa maca, que estava há mais de um dia na cadeira. Ia desmaiar. Esperou, esperou, e toda vez que abria a portinha da sutura ele estava lá. Esperando. Como eu. Como você. Como nós. Teve um momento que ele desmoronou. Se ajoelhou no chão, começou a chorar, olhou para mim e disse “não é para mim, é para o meu pai, uma maca”. Como eu faria. Como você. Como nós.

Pensei “meudeusdocéu, com todos que passam aqui, justo eu… Nãoooo….. Porque se chorar eu choro, se falar do seu pai eu choro, se me der um desafio vou brigar com 5 até tirá-lo daqui”.

…Leia na íntegra