Michel Temer diz que não irá renunciar

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 18 maio 2017

Tags:, , ,

Da Redação 


O presidente Michel Temer fez o seu primeiro pronunciamento na tarde desta quinta (18) após uma denúncia de um dos donos do grupo JBS, Joesley Batista, divulgado nessa quarta (17). Em sua fala, o presidente disse que não irá renunciar.

Em delação à Procuradoria-Geral da República (PGR) Joesley Batista disse que, em março deste ano, gravou o presidente dando aval para comprar o silêncio do deputado cassado e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Depois disso, o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou abertura de inquérito para investigar o presidente Michel Temer. O pedido de investigação foi feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

No pronunciamento, Temer afirmou que, em nenhum momento, autorizou pagamentos “a quem quer que seja” para ficar calado. “Não comprei o silêncio de ninguém”, disse Temer, afirmando que não teme nenhuma delação e não tem nada a esconder. O presidente afirmou ainda que a investigação pedida pelo Supremo vai ser o “território onde surgirão todas as explicações”.

Deputado da Rede protocola pedido de impeachment de Temer

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 17 maio 2017

Tags:, ,

da Redação
Conteúdo Revista Veja

Cabe agora ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), dar seguimento ao processo de impeachment.

O deputado Alessandro Molon (Rede-RJ) protocolou na Secretaria-Geral da Mesa da Câmara dos Deputados pedido de impeachment contra o presidente Michel Temer (PMDB). Segundo reportagem do jornal O Globo, Temer deu aval para que repasses de dinheiro fossem feitos para comprar o silêncio do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Um ex-assessor de Temer, o atual deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), aparece em imagens gravadas pela Polícia Federal recebendo uma mala com 500.000 reais.

“A espinha dorsal do governo foi quebrada hoje. O governo acabou”, disse o autor do pedido de impeachment. Cabe agora ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), dar seguimento ao processo de impeachment.

 

Governo Municipal apresenta crise hídrica de Conquista ao presidente Michel Temer

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Vit. da Conquista | Data: 07 abr 2017

Tags:, , ,

da Redação
Conteúdo Ascom / Prefeitura

Falta de água foi tema principal das conversas entre os governos federal e municipal

Nesta quinta-feira, 6 de abril, no Palácio do Planalto, Vitória da Conquista teve sua importância  reconhecida em plano federal. O prefeito Herzem Gusmão foi recebido em audiência pelo presidente da república, Michel Temer, e pelo Ministro da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy, para tratar do apoio do Governo Federal na busca de uma solução para o problema da falta de água na região.

Acompanhado dos deputados federais Lúcio Vieira Lima e Arthur Maia e do ex-governador Nilo Coelho, o prefeito foi a Brasília discutir a questão do desabastecimento hídrico do município. Enfrentando o terceiro racionamento em 4 anos, Vitória da Conquista passa por uma situação ainda mais crítica por falta de investimentos estaduais, agravada pelo efeito da seca, motivo que fez o prefeito decretar estado de emergência e buscar suporte no Governo Federal para realização de intervenções.

“Conquista não pode se apequenar e ser enganada como tem sido. Cansamos de cancelamentos de licitações. Abrimos diálogo com a Embasa-Governo do Estado, viabilizamos recursos federais para algumas intervenções, que eles ainda não tiraram do papel. De fato, nos últimos anos, a situação de desabastecimento de água, apesar de ser nosso maior problema, foi posta em segundo plano pelo governo estadual. Tiveram 20 anos e nada fizeram. Não podemos mais aceitar isso. Com apoio dos nossos deputados federais viemos discutir a questão diretamente com o presidente, Michel Temer, em busca de uma solução”, disse o prefeito Herzem Gusmão.

Já o ex-governador, Nilo Coelho, que esteve presente na discussão levando o exemplo concreto de Guanambi, cidade da região em que foi prefeito, e que graças a sua interferência política e recursos federais conseguiu vencer a crise de abastecimento, foi enfático: “Sei muito bem o que significa o problema da falta de água. E sei que podemos resolver o problema de Conquista com apoio e prestígio junto ao governo federal, coisa que apesar de ter governo federal, estadual e municipal, o PT relegou a segundo plano nos anos que administraram Conquista. Em Guanambi, por exemplo, que não tinha água, temos hoje mais de 92 milhões de metros cúbicos de reserva que resolveram o problema, com apoio e recursos federais e emendas parlamentares ao longo do tempo, vindas desde a construção da barragem do Ceraíma, depois do açude de Poço do Magro e, mais recentemente, da Adutora do Algodão, de 110 km vinda do São Francisco, realizada pelo Ministério da Integração Nacional. É inconcebível que a segunda cidade do interior da Bahia não tenha resolvido esse problema, por pura falta de interesse e vontade política de quem administrou a cidade por tanto tempo. Tenho certeza que, com apoio do presidente Temer e do Ministro Imbassahy, vamos conseguir do Governo Federal uma solução, fazendo em breve espaço de tempo o que eles do PT prometeram e não fizeram em 20 anos”, conclui o ex-governador.

O Ministro Imbassahy destacou que a questão da água é a mais importante da região, e que o governo federal certamente vai buscar a solução mais rápida para atender a demanda do município. “A barragem do Catolé já tem a possibilidade de recursos serem alocados, precisamos apenas identificar a melhor solução, com mais celeridade na execução. Conjuntamente, vamos estudar também uma solução mais estruturante e de longo prazo no rio Pardo. Conquista e toda região Sudoeste pode contar, dessa vez, com o apoio efetivo do Governo Federal. Há a sensibilidade do presidente Temer para a questão e a determinação de resolver o problema. O que não dá mais é a população conquistense ficar sofrendo com racionamentos e sem solução alguma”.

O prefeito Herzem foi enfático na saída da audiência. “Chega a ser desumano o que fizeram com nossa cidade. Submeter crianças e idosos a conviver em pleno século 21, com o drama da falta d’água. Saímos de um governo de discurso e pouca efetividade, que surfou em uma onda positiva, da descentralização dos recursos da saúde e da educação, e da força do trabalho de nossa gente e empresários e quis se apropriar da história do crescimento de Conquista como se fosse sua. Mas, na realidade, deixaram um governo desorganizado, com uma estrutura financeira obsoleta, com uma estrutura administrativa cheia de vícios, com a Emurc com uma dívida de mais de R$ 30 milhões. E pior, com resultados pífios em setores essenciais: uma saúde com baixa cobertura, uma educação que não atinge índices, e uma população sem água para matar a sua sede. Devagar vamos mudando esse quadro e mostrando resultados. Temos certeza do apoio do Governo Federal. Vamos resolver essa questão através do empenho dos nossos deputados, do prestígio do nosso partido junto ao presidente, e muito rapidamente teremos o início da construção da barragem com recursos federais”.

Capitã da FAB é a 1ª mulher a pilotar avião presidencial

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 26 dez 2016

Tags:, , ,

da Redação
Com informações do Portal Planalto

A realização de um sonho exigiu muito treinamento e responsabilidade para a capitã Carla Borges, da Força Aérea Brasileira (FAB). Aos 33 anos, ela é a primeira mulher a pilotar um avião presidencial.

O primeiro voo de Carla com o presidente da República, Michel Temer, decolou por volta das 16h da última quinta-feira (22), da Base Aérea de Brasília com destino a São Paulo.

“Eu me sinto muito honrada de estar cumprindo essa missão de transportar a maior autoridade que nós temos no País. Foi necessário muito preparo e dedicação para ter chegado até aqui”, afirma a capitã.

Antes do embarque, Carla recebeu os cumprimentos do presidente Michel Temer, que elogiou a disciplina das mulheres nas Forças Armadas. “Espero que outras colegas suas possam também pilotar aviões e o avião presidencial”, afirmou o presidente.

Michel Temer garante dias melhores para o Brasil em 2017

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 25 dez 2016

Tags:, , ,

da Redação
Conteúdo / Isto É

Em uma mensagem de Natal, o presidente Michel Temer afirmou que o país está encerrando um ano “de imensos desafios”. “2017 será o ano em que derrotaremos a crise”, afirmou o presidente.

“O Brasil tem pressa e eu também”, declarou em uma transmissão de rádio e televisão que durou somente três minutos e meio.

O presidente insistiu que seu governo está tomando as medidas para que o país retome o crescimento e disse que o Brasil está no caminho certo.

Em sua mensagem o presidente destacou a recente aprovação no Congresso de uma reforma constitucional que bloqueia os gastos públicos por 20 anos assim como os projetos para enrijecer o sistema previdenciário e flexibilizar as leis trabalhistas.

Segundo a última pesquisa do Datafolha, Temer conta com apenas 10% de aprovação e mais de 60% dos brasileiros querem que ele renuncie antes de completar o mandato de Dilma Rousseff

Temer diz que se não cuidar de gastos, em 2023 País irá à falência

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 10 nov 2016

Tags:, ,

da Redação

Diário do Poder / Conteúdo

Temer adverte que o País da PEC do teto de gastos

Brasília - DF, 08/11/2016. Presidente Michel Temer durante Seminário de Infraestrutura e Desenvolvimento do Brasil. Foto: Beto Barata/PR

Temer disse ainda que o Brasil está preparado para conter os gastos públicos – Foto: Beto Barata

O presidente Michel Temer rebateu mais uma vez as críticas a PEC do teto dos gastos e disse que, ao contrário da oposição, que tem chamado a matéria de “PEC da morte”, ele chama de “PEC da Vida”. “O Estado é mais ou menos como a sua casa. Temos um déficit de R$ 170 bilhões, isso significa quase 70% do PIB. Nas projeções que estão sendo indicadas, se não cuidarmos da contenção dos gastos, em 2023, 2024, será 100% do PIB, ou seja, o Estado brasileiro irá a falência”, disse, em entrevista à rádio Itatiaia.

Temer disse ainda que o Brasil está preparado para conter os gastos públicos e que ela é “fundamental para o país. “As pessoas não leem a PEC, ou tem má vontade”, afirmou Temer, ressaltando também que tem recomendado que as pessoas leiam o Orçamento de 2017 para ver que a medida não vai tirar recursos de áreas como saúde e educação. “Mandamos um orçamento como a PEC já tivesse sido admitida”, comentou.

O presidente reafirmou que o teto é “geral” e que o governo terá “setores prioritários”. “Nós aumentamos as verbas para saúde e educação e evidentemente teremos que tirar de outros setores”, afirmou.

Temer destacou o apoio do Congresso a votação e disse que isso demonstrado que o Brasil está preparado para conter os gastos. “A primeira coisa que se cobra: primeiro o poder público vê o que pode fazer consigo para depois pensar em impostos, coisas dessa natureza”, disse.

Ao ser questionado sobre posição de especialistas contrários a PEC, Temer recomendou que “façam a leitura dessas matérias”.

Michel Temer: Brasil vive estabilidade e segurança jurídica

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Mundo | Data: 17 out 2016

Tags:, ,

da Redação

Diário do Povo / Conteúdo

Michel Temer toma posse como 41º presidente da História do Brasil

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 01 set 2016

Tags:, , ,

Michel Temer toma posse como presidente e terá mandato até 2018; vídeo

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 31 ago 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

Nesta quarta-feira (31 de agosto), o plenário do Congresso Nacional deu posse a Michel Temer como presidente da República. Ele já estava no cargo interinamente desde o afastamento de Dilma Rousseff por consequência da abertura do processo de impeachment dela, em maio deste ano. A posse foi dada pelo presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL).

A posse foi marcada logo após o plenário do Senado decidir pelo impedimento da presidenta e Temer ser notificado de que assumiria definitivamente a Presidência da República até 31 de dezembro de 2018, quando termina o mandato.

Assista a posse do presidente Michel Temer

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 31 ago 2016

Tags:,

Temer tem preferência de 50% para continuar no governo, aponta pesquisa

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 16 jul 2016

Tags:, , ,

da Redação

Temer BBSegundo levantamento do DataFolha os brasileiros preferem que o presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), continue comandando os destinos do Brasil. A pesquisa revelou que 50% das pessoas que foram entrevistadas preferem a continuidade de Temer até o fim do mandato sem o retorno de Dilma Rousseff (PT). Para 32%, o melhor seria o retorno de Dilma ao cargo.

O DataFolha apontou ainda que 4% dos entrevistados disseram que nenhum dos dois deve continuar na Presidência e 3% disseram que preferiam que houvesse a realização de novas eleições para a escolha de um novo presidente.

A pesquisa foi realizada nos dias 14 e 15 de julho e 2792. A margem de erro nesta pesquisa é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%. A pergunta que foi feita para as pessoas foi a seguinte: “O que é melhor para o país?”.

Após gravação, ministro da Transparência decide sair do cargo

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 30 maio 2016

Tags:, , , , ,

Folha

IMG_1258

O ministro da Transparência, Fiscalização e Controle, Fabiano Silveira, pediu demissão do governo Michel Temer.

A decisão foi anunciada em uma carta enviada na noite desta segunda (30) ao presidente interino. Na mensagem, Silveira afirma que optou pela demissão para que “nada atinja” a conduta dele.

Em áudio gravado pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, Silveira aparece orientando o executivo e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), em relação a como agir perante as investigações da Lava Jato.

Na carta enviada a Temer, Silveira nega qualquer relação com Machado e diz que jamais pensou em interferir nas investigações. …Leia na íntegra

Temer decide recriar Ministério da Cultura; ministro assume na terça

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 21 maio 2016

Tags:,

G1

gnews_marcelo_calero_2_20160518182635O Ministro da Educação, Mendonça Filho, informou neste sábado (21) que o presidente em exercício Michel Temer decidiu recriar o Ministério da Cultura (Minc).

O novo ministro será Marcelo Calero, anunciado na última quarta (18) como secretário nacional de Cultura. Com a decisão, a Cultura deixa de ser uma secretaria e não ficará mais subordinada ao Ministério da Educação. Em nota à imprensa, Calero comentou a medida de Temer e afirmou que ela mostra o “protagonismo” do setor.

Mendonça Filho explicou, em sua conta no microblog Twitter, que a recriação do Ministério da Cultura será feita por meio de Medida Provisória e que a posse do novo ministro será na terça-feira (25). Ainda segundo o ministro, que disse ter conversado com Temer, o compromisso do governo com a cultura é “pleno”.

“A decisão de recriar o Minc é um gesto do presidente Temer no sentido de serenar os ânimos e focar no objetivo maior: a cultura brasileira. […] Com Marcelo Calero vamos trabalhar em parceria para potencializar os projetos e ações entre os ministérios da Educação e da cultura”, publicou o ministro na rede social.

À GloboNews, Mendonça disse ainda que a decisão de Temer foi um gesto de “conciliação” do presidente em exercício porque seu objetivo é promover a cultura e a educação.

A decisão de fundir as pastas de Educação e Cultura foi tomada com base no princípio adotado por Michel Temer ao assumir de reduzir o número de ministérios. O corte da Cultura, contudo, foi alvo de críticas por parte da classe artística.

…Leia na íntegra

Governo Temer suspende novas contratações do Minha Casa Minha Vida

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 20 maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

minha-casa-campinhos

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, anunciou que o governo do presidente em exercício, Michel Temer, abandonou a meta de contratar 2 milhões de moradias do Minha Casa Minha Vida até o fim de 2018. A meta foi traçada pela presidente afastada Dilma Rousseff.

Ao jornal O Estado de S. Paulo, o ministro afirmou que toda a terceira etapa do programa, e não apenas a modalidade Entidades, está suspensa e passará por um processo de “aprimoramento”.

Araújo estimou em 40 dias o tempo necessário para fazer um raio X da principal vitrine de seu ministério. Segundo o ministro, a nova meta para o Minha Casa vai depender da análise das contas públicas a cargo da equipe econômica de Temer, chefiada pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

Entrevista de Temer no Fantástico da TV Globo

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 16 maio 2016

Tags:, , ,

da Redação

Veja a entrevista do presidente Michel Temer ao Fantástico da TV Globo:

Cargos federais do Governo Temer na Bahia serão ocupados por aliados

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 15 maio 2016

Tags:, , ,

da Redação

temBrasil temer

Na Bahia é aguardada com grande expectativa as alterações naturais que necessitam para que o Governo Michel Temer possa atuar. São 45 cargos federais que serão distribuídos entre os 14 deputados que votaram a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

A máquina estatal necessita de ser revigorada, e os partidos com os seus respectivos parlamentares entendem que uma nova ordem administrativa precisa com urgência dessas alterações. Um levantamento detalhado vem sendo feito. Ninguem sabe quais os critérios que serão delineados para nortear as futuras e novas nomeações.

A previsão é que as alterações deverão ocorrer só após 30 dias do novo Governo. O momento carece de atenção com a situação financeira do Brasil que é gravíssima. Neste final de semana os ministros estão trabalhando, em ritmo de mutirão, para entender o que a presidente Dilma Roussef fez na sua gestão desastrosa.

 

Temer faz nesta manhã primeira reunião ministerial

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 13 maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_1205

O presidente interino Michel Temer convocou para as 9 horas desta sexta-feira (13) a primeira reunião ministerial que discutirá as primeiras medidas do governo. O encontro será no Palácio do Planalto. Com o afastamento ontem (12) de Dilma Rousseff, Temer assumiu, por até 180 dias, o comando o país e já deu posse aos novos ministros.

De acordo com o ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Romero Jucá, os projetos prevendo reajuste para o funcionalismo público e negociados com o governo anterior serão mantidos. “Vamos trabalhar pela aprovação desses projetos, porque pacto firmado tem de ser cumprido e governo tem de ter palavra. “A proposta é trabalhar para reduzir o número de cargos de confiança, melhorar e qualificar as despesas do governo”, destacou Jucá. “O gasto público tem de ser feito com responsabilidade. O dinheiro é pouco. Portanto, tem de ser bem aplicado em prol da melhoria da população”, completou o ministro.

Ministro de Temer, Geddel quer dialogar; confira nomes dos novos ministros

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 12 maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

DSC_1299

O presidente interino Michel Temer já escolheu sua equipe de governo. No total, serão 22 ministérios, segundo divulgou a assessoria de imprensa da Vice-Presidência. O Ministério da Cultura, por exemplo, será incorporado ao Ministério da Educação.

O único baiano na lista, Geddel Vieira Lima (PMDB), disse, em entrevista ao jornal A Tarde,  no final da noite de quarta (11), que sua nova função será dialogar com parlamentares no Congresso, mas também com movimentos sociais. E mandou recado: “É preciso aprender a diferença entre oposição ao governo e oposição ao país. Meu objetivo é dialogar, dialogar e dialogar, com quem tiver interessado em contribuir”, disse.

Questionado sobre como fica a relação com os adversários políticos na Bahia, o futuro ministro-chefe da Secretaria de Governo  afirmou que o interesse pela Bahia se sobrepõe às disputas políticas. “Não há figura de aliado nem de adversário político. O que existe é o interesse da Bahia que sempre esteve acima de tudo para mim. A Bahia vai ser sempre o local em primeiro lugar. Estarei à disposição do governador (Rui Costa – PT), do prefeito (ACM Neto – DEM) e dos prefeitos. De quem estiver interessado em contribuir para a Bahia”.

Abaixo, a lista dos novos ministros: …Leia na íntegra

Michel Temer é notificado e assume Presidência

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 12 maio 2016

Tags:,

por Mateus Novais

IMG_0981foto: divulgação – Twitter Michel Temer

O Senado federal notificou, às 11h27 dessa quinta-feira (12), o vice-presidente Michel Temer sobre o afastamento da presidenta Dilma Rousseff do cargo por até 180 dias. De acordo com deliberação da Mesa Diretora do Senado, Temer recebe agora o título de presidente interin e passa a possuir plenos poderes de nomear a equipe de governo e gerenciar o Orçamento da União.

Estavam ao lado Temer, no Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente da República, os futuros ministros da Fazenda, Henrique Meireles, da Justiça, Alexandre de Moraes, da Casa Civil, Eliseu Padilha, Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, e o ex-ministro Moreira Franco, entre outros.

Michel Temer chega ao maior posto da República brasileira 35 anos após se filiar ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Provisoriamente, por até 180 dias, Temer responderá pelo cargo de presidente do Brasil, após a abertura do processo de afastamento de Dilma Rousseff ter sido aprovado no Senado. Caso a presidente seja condenada, ele assume definitivamente até o dias 31 de dezembro de 2018.

Deputados baianos vão a Brasília para acompanhar posse de Temer

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 12 maio 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

IMG_0512

Os deputados estaduais baianos da Bancada de Oposição estão em Brasília, onde acompanhará a posse do vice-presidente Michel Temer. Pedro Tavares (PMDB), Bruno Reis (PMDB), Augusto Castro (PSDB), Herzem Gusmão (PMDB) e Leur Lomanto (PMDB) chegaram a capital federal na manhã desta quinta-feira (12), horas após a confirmação do afastamento da presidente Dilma Rousseff (PT) pelo Senado.

A posse do vice-presidente ainda não tem horário definido. Somente após o comunicado formal da decisão do Senado, na manhã de hoje, é que o rito será definido.

Novo gabinete

Temer passou as últimas semanas montando seu gabinete, com idas e vindas devido a críticas de setores do empresariado e da sociedade civil, além de dificuldades para acomodar os aliados dos quais precisará para tocar sua agenda no Congresso.

A Esplanada poderá sofrer um corte de 32 para 22 pastas. Entre os novos ministros, um será o baiano Geddel Vieira Lima, que foi ministro da Integração Nacional, e deve assumir a Secretaria de Governo.

O grupo do peemedebista calcula que Temer terá cerca de 60 dias para estabilizar-se politicamente e para encaminhar medidas emergenciais econômicas no Congresso. Se bem sucedido, a absolvição política de Dilma é virtualmente impossível.

Com Temer, o PMDB chega pela terceira vez ao poder desde a redemocratização, sendo antecedido por José Sarney (1985-1990) e Itamar Franco (1992-1994).