Afinal, por que Wagner aceitou a Defesa?

0

Publicado por Editor | Colocado em Política | Data: 25 dez 2014

Tags:,

 

Política Livre (Exclusivo)

Foto: Manu Dias/Arquivo

Governador Jaques Wagner: futuro ministério suscita várias especulações

O que leva um governador bem sucedido a ponto de se eleger duas vezes em primeiro turno e conseguir fazer seu sucessor, também em primeiro turno, a aceitar um ministério periférico tanto na política quanto na administração e com o qual é difícil identificar que tenha pontos de afinidade?

Pois é! O governador Jaques Wagner precisa dar a ele próprio respostas mais convincentes. Porque é difícil acreditar que aponte o desejo de servir à Bahia como justificativa para assumir o ministério da Defesa no segundo governo Dilma Rousseff (PT).

A menos que esteja antevendo missões militares que poderão possibilitar fortes investimentos em infraestrutura no Estado ou outras aventuras capazes também de serem aproveitadas pelo governo baiano como incentivo à geração de emprego e renda na Bahia. …Leia na íntegra