Mostra de Diretores do Cine Centro exibe documentário nesta quarta-feira (23)

0

Publicado por Editor | Colocado em Cultura, Geral | Data: 23 out 2019

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

A “Mostra de Diretores do Cine Centro”, desta quarta feira, 23 de outubro, entra na parceria com o OUTUBRO JOVEM e recebe os participantes do evento para o bate papo com o diretor após a projeção.

Com a presença do diretor, Geraldo Sarno, o CINE CENTRO apresenta uma reflexão sobre o catolicismo e as esquerdas na América Latina. O que aconteceu com a Teologia da Libertação? Por que esta orientação religiosa com base política, de formação e esclarecimento, de senso crítico e caráter libertador, teria sido esvaziada durante o papado de Karol Wojtila?
Geraldo Sarno é um nome fundamental na trajetória e na memória do cinema documental brasileiro. Nascido em 1938, em Poções, o cineasta tornou-se referência no registro dos costumes e das questões sócio-políticas que permeiam e interferem sobre nossa realidade. 

O evento é realizado pela Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte, Turismo e Lazer (Sectel), e acontece na Casa Memorial Régis Pacheco.

Mostra de Diretores do Cine Centro exibe documentário nesta quarta-feira (21)

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 20 ago 2019

Tags:,

Da Redação

Fonte:Secom/PMVC

Será promovido pelo quarto mês consecutivo, a “Mostra de Diretores do Cine Centro”. O evento é realizado pela Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte, Turismo e Lazer (Sectel), e acontece na Casa Memorial Régis Pacheco todas as quartas – feiras, às 18h30.

Nesta quarta-feira (21), será exibido o documentário: As Canções (2011), com os comentários do historiador e um dos organizadores da Mostra, Afonso Silvestre.

A cada mês o evento homenageia um diretor. Desde maio, já apresentou nomes como: Jean-Luc Godard, Catherine Breillat, Werner Herzog e, para esta edição, o escolhido foi o premiado diretor Eduardo Coutinho. Falecido em 2014, Coutinho foi um importante cineasta, jornalista e documentarista brasileiro, autor de 16 longas metragens, entre eles: Cabra Marcado para Morrer (1984) e Edifício Master (2002).