Herbário de Conquista doa mudas de plantas nativas

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Meio Ambiente | Data: 07 maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

SC2_2487

O Herbário Sertão da Ressaca, em Vitória da Conquista, desenvolve atividades relacionadas à produção de mudas de árvores nativas e espécies não originárias da região. Estas mudas são utilizadas na arborização da cidade e na recuperação de áreas degradadas, e também podem ser doadas à comunidade. Só nos primeiros quatro meses deste ano, o Herbário já produziu e distribuiu mais de 3.500 mudas.

A missão principal do Herbário é a preservação da vegetação local, que reproduz aproximadamente 40 espécies de plantas. “Aqui produzimos mudas de ipês, braúna, jatobá, madeira nova, pau brasil, entre outras”, destacou o engenheiro do Herbário, Lázaro Ribeiro. No entanto, uma das iniciativas que merece destaque é a reprodução de mudas de uma espécie endêmica do município denominada Melocactus conoideus ou “cabeça-de-frade”, como é popularmente conhecida.

Essa espécie botânica de planta da família das cactaceae – descoberta nos anos 70 pelo holandês Albert Beuning – ocorre apenas em Vitória da Conquista, numa área localizada no alto da Serra do Periperi  e corre risco de extinção em decorrência da degradação provocada pela mineração.

Doação de Mudas – Se você deseja ter até três mudas produzidas no herbário, basta ir ao Herbário, situado na Serra do Periperi, para solicitá-las. Se quiser uma quantidade maior, entre em contato por meio do telefone (77) 3422-8141.

Polícia encontra muda de maconha sendo cultivada em apartamento

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 04 nov 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais

dscn2303Uma muda de maconha estava sendo cultivada dentro de um apartamento de um condomínio fechado, no bairro Morada dos Pássaros, em Vitória da Conquista. Os policiais da Rondas Ostensivas Táticas de Ações Policiais (ROTAP), da 77ª CIPM, chegaram ao local após investigações da ação de traficante no local.

O acusado de tráfico Jamerson Barbosa Silva, de 27 anos, que é morador do condomínio, foi encontrado com 17 papelotes de cocaína. Ele teria informado que a droga seria entregue em outro apartamento do conjunto de prédios. No local, os policiais apreenderam três usuários com maconha pronta para o consumo, além da muda da planta alucinógena.

Todos os envolvidos e o material foram apresentados no DISEP. A ação ocorreu na última sexta-feira (31).

Se for comprovado que o cultivo de pés de maconha é destinado à produção de drogas com objetivo de comercializá-las, o acusado responde por tráfico de entorpecentes, podendo ser condenado a até 5 anos de prisão.