Prefeitura reafirma corte de salários de dias não trabalhados na greve

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 16 jun 2017

Tags:, , , ,

da Redação

Na reunião realizada na manhã desta 6ª feira (16), o Sindacs, Simmp e Sinserv,  que são os sindicatos que representam os servidores municipais, – ouviram dos representantes do Governo Municipal, que o corte será mantido conforme estabeleceu o STF em outubro de 2016.

Segundo o blog apurou, as notícias,  “chutes”  ou “barrigadas” jornalisticas, de órgãos da imprensa, que alimentam a irreal possibilidade de não ocorrer o pré-anunciado (corte) pelo prefeito, serão esclarecidas na segunda-feira.

Para o Simmp a situação é mais fácil – já que a reposição das aulas, terá que acontecer para atender exigência dos 200 dias letivos que são  assegurados pelo MEC. Para as demais categorias, a administração municipal analisará o pedido para que os dias não trabalhados sejam recompensados.

O prefeito Herzem Gusmão (PMDB), de posse do pleito dos sindicatos, apresentará na próxima 2ª feira (19). a posição oficial do Governo. O prefeito entende qua a minoria que aderiu a greve terá que ser responsabilizada pelas atitudes intransigentes tomadas,  e que prejudicaram a população, em especial as crianças nas escolas municipais,  e os agendamentos de consultas e atendimentos médicos na cidade e zona rural.

O prefeito reconhece que o servidor municipal merecerá do seu governo atenção especial. Um levantamento será feito pela administração, que em contato direto com o servidor, fará um cadastramento dos interessados em adquirir uma casa, ou apartamento, na intermediação da Prefeitura com a Caixa Econômica Federal. O plano de Saúde é outra meta a ser alcançada pela gestão atual.

Professores da UESB definem rumo da greve nesta quinta (23)

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Educação, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 21 jul 2015

Tags:, , , ,

Da Redação

greve uesbOs professores das Universidades Estaduais da Bahia arrancaram proposta do governo para a avaliação da categoria, que segue em greve há 67 dias. O documento é fruto da ocupação do prédio da Secretaria de Educação (SEC), em Salvador, do dia 15 a 18 de julho. Os docentes da UESB permanecem em greve por tempo indeterminado e discutirão a minuta de acordo proposta pelo governo ainda essa semana.

O Comando de Greve da Associação dos Docentes da UESB avaliará a proposta de minuta de acordo na tarde dessa segunda (20/7). A assembleia dos professores da UESB para discussão da questão acontecerá na quinta (23/07) no campus da UESB de Jequié, às 9h.

Segundo a associação de docentes da instituição, o Governo da Bahia está distorcendo informações, quando afirma que “os representantes do Fórum [das ADs] se comprometeram a defender a proposta nas assembleias”. “Tais afirmações são inverídicas e não passam de mais uma tentativa do governo de confundir a opinião pública. Apenas as assembleias da categoria têm poder para decidir os rumos do Movimento. Durante as reuniões com o governo também não houve compromisso firmado de defesa do documento por parte dos dirigentes sindicais”, afirma a Adusb.

Greve no transporte coletivo de Vitória da Conquista pode acontecer a qualquer momento

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 18 jun 2013

Tags:, , ,

Por Rodrigo Ferraz

carlos-fernandes321O clima é de insatisfação entre os motoristas e cobradores que trabalham no transporte coletivo de Vitória da Conquista. Segundo informações obtidas através do presidente do sindicato dos rodoviários da cidade, Carlos Fernandes, uma greve poderá acontecer a qualquer momento na terceira maior cidade da Bahia.

Apesar dos trabalhadores fecharem acordo com as empresas na capital baiana, em Conquista o impasse continua. Pelo menos até agora os empresários da Serrana e Vitória não ofereceram uma proposta que agradasse a categoria.

Uma assembleia está marcada para acontecer na tarde de hoje (terça-feira), na sede do sindicato, para definir pela greve ou não.

O presidente da categoria não descarta, também, a greve acontecer em conjunto com a manifestação dos estudantes marcada para acontecer nesta quarta-feira (19).

Termina a greve dos servidores municipais de Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 05 jun 2013

Tags:, ,

Por Rodrigo Ferraz

IMG_9350

Em assembleia realizada na manhã de hoje (quarta-feira), na sede do sindicato, os servidores municipais de Vitória da Conquista aprovaram o fim da greve, que já estava entrando no 13° dia.

Em conversa por telefone com o presidente do sindicato da categoria, José Marcos, após negociações com a prefeitura, representantes do poder público municipal contemplaram algumas demandas dos servidores.

“Infelizmente o reajuste proposto foi o mesmo, de 6,2%. Mas teremos uma comissão permanente de negociação em busca de melhorias quanto ao aumento salarial, que é considerada uma das principais demandas”.

Impasse entre prefeitura e servidores municipais continua

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 28 maio 2013

Tags:, , ,

Por Rodrigo Ferraz

reuniao_sinserv_2A greve dos servidores municipais de Vitória da Conquista já chega ao 5° dia. Na tarde de ontem (segunda-feira) a categoria esteve reunida mais uma vez com representantes do alto escalão da prefeitura e não chegaram a nenhum acordo.

Desta vez, o encontro foi acompanhado por uma comissão de vereadores, dentre eles o líder da bancada de oposição, Arlindo Rebouças (PMN), além do petista Florisvaldo Bittencourt, líder do governo no legislativo.

Após o encontro, ficou acertado que na próxima segunda-feira (03) a Câmara realiza uma audiência pública para a qual foram convidados representantes do governo municipal e do sindicato dos servidores.

Pelo visto o impasse continua e a greve promete novas agendas de mobilização. Foto: Ascom – Cãmara

Governo rejeita proposta e professores da Uesb podem deflagrar greve

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Vit. da Conquista | Data: 22 maio 2013

Tags:, , ,

Por Rodrigo Ferraz

uesbOs professores das universidades baianas apresentaram mais uma proposta para o governo do Estado, que acabou sendo rejeitada.

Segundo a categoria, a atitude do governo pode significar um impasse nas conversas.

Além do documento solicitando o agendamento imediato de uma reunião da Mesa Setorial de Negociação, o Fórum das universidades estaduais indica o início do estado de greve já nas assembleias desta semana, e dia 4 de junho, a definição da data do início da greve em nova rodada de assembleia nas quatro instituições baianas, incluindo a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).