Geddel e líderes se reúnem para debater regras sobre nomeações em estatais

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 15 jun 2016

Tags:, , ,

da Redação

Expectativa é que propostas comecem a ser analisadas hoje na Câmara /Foto: Antonio Cruz/ABR


O ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima,  reunido na manhã desta terça-feira, 14, com líderes de partidos da base aliada na Câmara dos Deputados para discutir detalhes dos projetos de Lei de Responsabilidade das Estatais e que estabelece regras para indicação de dirigentes de empresas estatais e fundos de pensão. A expectativa é de que as propostas comecem a ser analisadas ainda hoje no plenário da Casa.

O governo tenta costurar acordo com líderes, principalmente sobre as regras para nomeação de dirigentes. Líderes partidários querem retirar da matéria a previsão de que os indicados precisam ter experiência mínima na área que vão ocupar e a exigência de não terem participado de atividades político-partidárias nos últimos três anos. Nos bastidores, lideres dizem que regras como essas tornam inviáveis indicações de aliados seus para esses cargos.

A Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp) divulgou ontem nota criticando alguns pontos projeto dos fundos de pensão. O projeto, já aprovado no Senado e que tramita na Câmara em regime de urgência, tem colocado fundos de pensão e governo em lado opostos, uma vez que acarreta em mudanças obrigatórias para as fundações.

Dentre os itens que merecem ajustes, na visão da entidade, estão as mudanças relacionadas aos conselheiros independentes, o processo de seleção dos dirigentes, mandatos e conflito de competência. Como está, argumenta a Abrapp, o projeto poderá causar elevação “desnecessária” dos custos administrativos das fundações.

Conteúdo / Diário do Poder

Cargos federais na Bahia perto de definição do Governo Temer

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Política | Data: 29 maio 2016

Tags:, , ,

da Redação

CArgosNotícias dão conta que os cargos na estrutura do Governo Federal serão definidos na Bahia na próxima semana. Segundo o jornal a Tribuna da Bahia, o Democratas ficará com o controle do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A instituição deverá ficar sob o comando político do prefeito ACM Neto (DEM). Neto tem planos e projetos no órgão que é responsável pelos casarões do Centro Histórico de Salvador.

Os demais cargos no Estado da Bahia continuam indefinidos. O que se sabe é que o ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), titular da Secretaria de Governo, é peça chave na distribuição dos cargos da máquina Federal. A coordenação ficou a cargo do deputado federal Benito Gama (PTB) que tem assegurado que os escolhidos terão perfil técnico. “É isso que o presidente quer. Ele quer trabalhar com os melhores”, disse Benito a TB.

O Departamento Nacional de Obras e Combate à Seca (Dnocs), Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf), Superintendência Regional da Infraero, a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, Agências da Previdência Social (INSS), Sebrae e Correios são órgãos do Governo Federal.

 

 

Secretário de Saúde não tem poder de nomeação em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 28 jan 2015

Tags:, , ,

da Redação
Foto: Ascom/PMVC

GM SECRETO secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, fez nesta 2ª feira (26), visita a antiga 20ª Dires e ao Hospital de Base. Em Vitória da Conquista ele pode constatar a grave situação no HGVC.

Medidas austeras foram tomadas visando restaurar a qualidade do atendimento SUS em toda Bahia. Vilas-Boas anunciou economia de R$ 200 milhões em 2015, e com a extinção de 31 Dires, a Sesab contará com mais 400 médicos para escala de serviço.

O que todos esperam é que a qualidade dos serviços melhore. Em Conquista o secretário, pelo visto, não terá autonomia para nomear os melhores para os cargos. A ingerência política partidária permanece, e os órgãos da máquina estatal continuarão a mercê de indicações de gente não qualificada  para responder com uma boa gestão. Conquista poderá continuar com um dos piores desempenhos do SUS do Brasil. Mudou o governo, mas a pratica continua. O peso político da indicação prevalece.

Choque de gestão é mudar os administradores que fracassaram no governo Jaques Wagner (PT). O resultado da aplicação de  mais de R$ 120 milhões por ano  de recursos do Ministério da Saúde para a cidade merecia resultados positivos no atendimento a população regional.  Segundo informações,  os órgãos ligados a Sesab em Conquista serão controlados pelo prefeito Guilherme Menezes (PT). O time de Solla também permanece em alguns setores.

Nomeações: técnicos de Conquista para onde vão?

0

Publicado por Editor | Colocado em Política | Data: 24 dez 2014

Tags:, , ,

da Redação

Rui Wagner BBBApós divulgação do secretariado de Rui Costa (PT), governador eleito que tomará posse no dia 1º de janeiro do Ano Novo, está sendo aguardada a divulgação do time de Rui do 2º escalão. Na equipe principal, apenas um técnico de Vitória da Conquista, o professor Geraldo Reis, foi escalado para a Secretaria de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social.

Agora com a definição da presidente Dilma Rousseff, colocando Jaques Wagner no Ministério da Defesa, será possível saber quais os professores licenciados da UESB – Universidade Estadual do Sudoeste  serão convocados para tão importante pasta em Brasília. O professor César Lisboa foi durante todo governo Wagner um fiel e importante aliado. Lisboa é nome com perfil para ocupar cargo importante na Defesa.

Os demais nomes de Vitória da Conquista deverão continuar aguardando convocação a exemplo de Wilton Cunha, Emilson Piau, Elias Dourado, Aderbal Castro e José Carlos. Destes nomes alguns deverão permanecer onde estão no Governo da Bahia.

Rui Costa define 7 nomes e nenhum de Vitória da Conquista foi indicado

0

Publicado por Editor | Colocado em Política | Data: 05 dez 2014

Tags:, ,

da Redação

RUI-COSTA-912-size-598Rui Costa (PT), governador definiu 7 nomes que ocuparão o 1º escalão do seu governo com início no dia 1º de janeiro de 2015. Segundo notícias divulgadas no Jornal Correio da Bahia, na coluna Satélite, foram indicado os petistas Carlos Martins, para Casa Civil, Jerônimo Rodrigues, para Desenvolvimento Rural, e os deputados Josias Gomes, na pasta de Agricultura, e Nelson Pelegrino, Direitos Humanos e Casa Civil.

Continua a imprensa a divulgar a forte tendência de Rui, escolher para a Secretaria da Saúde,  o cardiologista Fábio Villas Boas, diretor médico do Hospital Espanhol, seu amigo periarticular.

Em Vitória da Conquista é aguardada com grande expectativa os nomes que irão compor o governo de Rui Costa, e também os que serão escolhidos para acompanhar o governador Jaques Wagner (PT) que poderá assumir um ministério no governo Dilma Rousseff. São eles: César Lisboa, Geraldo Reis, Emilson Piau, Wilton Cunha, Elias Dourado e Aderbal Castro, todos professores licenciados da Uesb.

Governo confirma Washington Couto em lugar de Solla na Sesab

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 21 jan 2014

Tags:, , ,

da Redação

WashingtonConforme foi noticiado o governador Jaques Wagner (PT), publicou no Diário Oficial do Estado da Bahia as exonerações e novas nomeações em seu governo. As mudanças foram em função das eleições deste ano. Vários secretários irão disputar vagas na Assembléia Legislativa e Câmara dos Deputados em Brasília. A surpresa foi a não nomeação de Suzana Ribeiro, atual subsecretária,  para o cargo. O professor da Uesb, Paulo César Lisboa foi nomeado para o cargo de Secretário do Desenvolvimento Social e Combate a Pobreza. Lisboa era da Secretaria de Relações Intitucionais.

O ex-secretário de saúde. Jorge Solla, pré-candidato a deputado federal pelo PT, deverá receber apoio do prefeito de Vitória da Conquista, Guilherme Menezes (PT), bem como Cori(PT) como candidato a deputado estadual. Confira abaixo as alterações:

DIÁRIO OFICIAL …Leia na íntegra