Filme conquistense está próximo das 300 mil visualizações no YouTube

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Cultura | Data: 15 dez 2014

Tags:, ,


por Mateus Novais
foto: reprodução YouTube

filmeApós dois anos de seu lançamento oficial, o filme conquistense ‘O Valor de um Sonho’ continua gerando grande repercussão. Este ano foi anunciado que o roteiro do longa-metragem se tornará um livro e, agora, está prestes a completar 300 mil visualizações no Youtube.

O longa metragem é o primeiro produzido unicamente por diretores conquistenses e já foi visto por mais de 200 mil pessoas. A produtora Ponte Filmes e o diretor Daniel Silva, que é missionário da Jocum lançaram o filme na internet. A produção já possui quase 300 mil acessos, sendo um dos filmes brasileiros mais assistidos no site de compartilhamento de vídeos. O diretor executivo do filme, Wal Cordeiro, acredita que “o motivo do grande sucesso é atribuído a qualidade na produção, o voluntariado e a mensagem que o longa traz aos corações”.

O Valor de Um Sonho ganhou sete estatuetas no I Festival  Nacional de Cinema Cristão, em 2013. Ele é uma produção sensível, no qual o cinecristão já divulgou duas críticas, uma de nossa colunista Raquel  Almada  M. Salema (leia aqui) e outra do fundador do blog Paulo Silas S.C. Castro (leia aqui).

Para assistir ao filme online e completo basta clique aqui.

Filme conquistense ganhador de 7 prêmios vai ser transformado em livro

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Cultura | Data: 10 abr 2014

Tags:, ,

por Mateus Novais

sonho-triniO filme conquistense ‘O Valor de um Sonho’ se tornará um livro. A obra cinematográfica já ganhou sete prêmios no Festival Nacional de Cinema Cristão 2013. O longa metragem é o primeiro produzido unicamente por diretores conquistenses e já foi visto por mais de 200 mil pessoas.

Segundo o autor do livro, o escritor Wal Cordeiro, “o roteiro do filme já foi transformado em livro e promete manter a mesma linha psicológica e ficcional na literatura”. O material está em fase de correção ortográfica e editoração.

O diretor do longa, Daniel Silva, também é responsável pelo livro. Eles estão, agora, buscando parceria com alguma editora brasileira que tenha interesse em publicá-lo.