Operação da Sefaz em Conquista contabiliza R$ 6,46 milhões em dois meses

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Geral | Data: 06 out 2016

Tags:,

por Mateus Novais

img_1681

Um total de R$ 6,46 milhões em autos de infração foram gerados durante os dois primeiros meses da operação Carga Pesada, no posto fiscal de Vitória da Conquista (BR 116). Segundo a Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz-Ba), em setembro, houve um aumento de 12,66% no número de notificações fiscais e auto de infração lavrados em relação a agosto. Em termo de valores em reais, o aumento foi de 41,11%.

As maiores incidências das 1.327 notificações fiscais estão relacionadas a carregamentos de cigarros e derivados (R$ 1,29 milhão em autos), produtos alimentícios (R$ 313,7 mil), álcoois e combustíveis (R$ 250,8 mil) e carnes de aves, gado bovino, suíno, caprino e ovino (R$ 226,4 mil).

Rui Costa e dois ex-ministros são investigados em operação da PF

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 04 out 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

DSC_1097

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), e os ex-ministros das Cidades Mário Negromonte (PP) e Márcio Fortes são investigados na operação ‘Hidra de Lerna’ da Polícia Federal. A ação cumpre 16 mandados de busca e apreensão na Bahia, Distrito Federal e no Rio de Janeiro na manhã desta terça-feira (4). As informações são do G1 Bahia.

Segundo a Polícia Federal, a operação investiga um grupo criminoso responsável pela possível prática de financiamento ilegal de campanhas políticas na Bahia e por esquemas de fraudes em licitações e contratos no Ministério das Cidades. A operação também investiga se o esquema de financiamento foi usado na campanha eleitoral de Rui Costa ao governo do estado.

Os mandados foram deferidos pela ministra Maria Thereza Rocha de Assis Moura, do Superior Tribunal de Justiça, pois os investigados têm foro privilegiado.

Linhas de investigação …Leia na íntegra

Vídeo: Polícia Federal cumpre mandado na Prefeitura e casa do prefeito de Caatiba

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 12 jul 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

Durante a OPERAÇÃO MATO CERRADO, a Polícia Federal cumpriu 22 mandados de busca e apreensão nos municípios de Vitória da Conquista, Caatiba, Planalto e Salvador. O foco da operação era o desvio de recursos da Prefeitura de Caatiba, onde foi detectado que pelo menos R$ 5 milhões foram usados para pagar dívida de campanha do prefeito Junior Mendes.

Os policiais estiveram no prédio da Prefeitura de Caatiba e na casa do prefeito, acusado de comandar o esquema ao lado de sua esposa. “Em um dos mandados de busca cumpridos, a equipe conseguiu interromper uma das pessoas destruindo os documentos. Em outro alvo, havia uma parede falsa de gesso, onde havia mais documentos”, completou o delegado Rodrigo Kolbe.

Ao menos R$ 5 milhões foram desviados da Prefeitura de Caatiba

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 12 jul 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_1505

Em entrevista coletiva, a força-tarefa que desmantelou o esquema de desvio de recursos públicos da Prefeitura de Caatiba detalhou como funcionava o crime, que era comandado pelo prefeito Junior Mendes e a primeira dama. Segundo os dados coletados em conjunto pela Polícia Federal, Receita Federal, Controladoria Geral da União e Ministério Público Federal, pelo menos R$ 5 milhões foram desviados dos contratos ilegais firmados com cooperativas. Durante a operação, foram cumpridos 22 mandados de busca e apreensão.

A cooperativa faturou R$ 15 milhões do município, entre 2013 e 2015. “A experiência nos leva a crer que um terço desse recurso era desviado. A gente já tem informações, através das análises colhidas da movimentação das contas bancárias, que parte desses recursos voltava para os agentes públicos. A estimativa é que pelo menos R$ 5 milhões foi desviado da prefeitura”, apontou o chefe da CGU na Bahia, Adilmar Gregorini.

O dinheiro era desviado da Saúde e Educação, principalmente do transporte escolar, e Programa de Saúde da Família, com o pagamento de médicos e enfermeiros. Os objetivos eram fugir da Lei de Responsabilidade Fiscal e pagar dívida de campanha. “Através das cooperativas, eles indicavam os apadrinhados políticos para os cargos. Aí entravam laranjas, funcionários fantasmas, na folha de pagamento da cooperativa. Percebemos que pessoas que prestavam um serviço por mil reais, tinham depositado em sua conta 20 mil reais, e até empregada doméstica entrava na folha da cooperativa”, apontou o delegado Rodrigo Kolbe.

Fraude fiscal

O esquema também causou danos aos cofres públicos através de fraudes nos pagamentos de impostos. “A cooperativa não deveria funcionar a base de funcionários. E, nesse caso, todas as pessoas que trabalhavam para a cooperativa não eram cooperados. Isso, então, descaracteriza a cooperativa. Ela está usando da forma de cooperativa para, entre outras coisas, pagar menos tributos”, explica André Reis, delegado-chefe da Receita Federal em Vitória da Conquista. Segundo ele, a descaracterização dessas entidades pode levar a autuações por parte da Receita Federal de mais de R$ 40 milhões.

 

Prefeito de Caatiba comandava esquema de fraude a licitações, aponta PF

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 12 jul 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_0712

Força-tarefa formada pela Polícia Federal, Receita Federal, Controladoria Geral da União e Ministério Público Federal deflagra na manhã desta terça-feira (12) a Operação Mato Cerrado, visando apurar desvios de recursos públicos oriundos da Prefeitura de Caatiba. Cerca de 70 Policiais Federais, 22 Servidores da Receita Federal e 11 Auditores da CGU cumprem 22 mandados de busca nos municípios de Vitória da Conquista, Caatiba, Planalto e Salvador.

Durante as investigações foram identificadas irregularidades nos procedimentos licitatórios para a contratação de cooperativas nas áreas de transporte escolar, saúde e logística, as quais teriam sido criadas apenas no papel e com características distintas das previstas na legislação relativa a esse tipo de entidade. Elementos colhidos ao longo da apuração sugerem ainda a simulação de licitações e superfaturamento de serviços.

junior-mendes-1A utilização fraudulenta das cooperativas permitia ao grupo usufruir de tratamento tributário diferenciado indevido, e a descaracterização dessas entidades pode levar a autuações por parte da Receita Federal de mais de R$ 40 milhões.

Tal esquema era comandado pelo atual prefeito de Caatiba, Junior Mendes (foto), com a participação da sua esposa – que também exerceu o cargo de Secretária de Saúde do Município -, do Secretário Municipal de Administração, do assessor jurídico da prefeitura e do contador das pessoas jurídicas contratadas.

Os envolvidos devem responder pelos crimes de responsabilidade de prefeitos (Art. 1º, I do Decreto-Lei 201/67), fraude em licitação (Art. 90, da Lei 8.666/67), organização criminosa (Art. 2º da Lei 12.850/13), além de ato de improbidade (Lei nº 8.429/1992).

Reincidente

Este é o segundo esquema de fraude e desvio de recursos descoberto na Prefeitura de Caatiba. Em outubro do ano passado, a Polícia Federal cumpriu sete mandados de condução coercitiva e seis de busca e apreensão durante a Operação Hollerith. Segundo a PF, a estimativa é que esta fraude tenha causado um rombo de R$ 745.756,94 aos cofres do município. O dinheiro era desviado do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

Polícia Federal deflagra operação contra empresa de seguro ilegal, em Brumado

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 07 jul 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

PF Hosp 2BA Polícia Federal em Vitória da Conquista deflagrou, nesta quinta-feira (7), a ‘Operação Sinistro’, contra uma empresa que atua ilicitamente no mercado de seguros no município de Brumado. De acordo com a PF, estão sendo cumpridos dois mandados de busca e apreensão na cidade de Brumado.

A empresa, que não tem autorização do órgão competente Superintendência de Seguros Privados (Susep) para atuar nessa atividade, não arcava com os ônus devidos e típicos das entidades seguradoras, aponta a Polícia. Por esse motivo, a empresa conseguia praticar preços e condições que estariam prejudicando e até inviabilizando a atuação das entidades seguradoras estabelecidas regularmente, bem como a lavagem dos valores obtidos mediante essa atividade ilegal.

Ainda de acordo com a PF, com os valores obtidos por meio da comercialização ilegal de seguros, um dos proprietários da empresa teria construído um hotel e adquirido diversos veículos e propriedades.

As investigações da Polícia Federal ainda apontam que a empresa vinha desobedecendo a decisão judicial de realizar oferta, veicular ou anunciar, por qualquer meio de comunicação, qualquer modalidade de seguro, em todo o território nacional.

Os investigados responderão pela prática de operar sem a devida autorização de instituição financeira e lavagem de dinheiro.

Polícia Federal prende o ex-ministro Paulo Bernardo

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 23 jun 2016

Tags:, , ,

Veja (online) 

Foto: Arquivo Veja

VejaUm mandado de busca e apreensão também está sendo cumprido na casa da senadora Gleisi Hoffmann. Ação faz parte da 31ª fase da Operação Lava Jato

A Polícia Federal prendeu na manhã desta quinta-feira, em Brasília, o ex-ministro ministro do Planejamento do governo Lula e das Comunicações no primeiro governo Dilma Paulo Bernardo Silva (PT). Ele é alvo do primeiro desdobramento da Operação Lava Jato em São Paulo e está envolvido em investigações que apontam o pagamento de propina de até 100 milhões de reais em contratos de prestação de serviços de informática no Ministério do Planejamento.

 

Operação resgatou 7 trabalhadores em situação de escravidão na região de Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 08 jun 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: Rafael Gusmão

DSC_0965

Nesta quarta-feira (8), a força tarefa que combate o trabalho escravo na Bahia realizou uma coletiva com a imprensa para apresentar o balanço da operação ‘Café Amargo’, realizada desde o dia 29 de maio na região Sudoeste. O trabalho coordenado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) fiscalizou propriedades rurais em oito municípios e resgatou sete trabalhadores em situação análoga a escravidão.

Os municípios visitados foram Encruzilhada, Itambé, Barra do Choça, Caetité, Malhada de Pedras, Palmas de Monte Alto, Jacaraci, Vitória da Conquista e Presidente Jânio Quadros. E foram nestes dois últimos que a força tarefa encontrou os trabalhadores em situação de escravidão.

Em Conquista, os dois flagrantes ocorreram nos distritos Limeira e Inhobim e em Jânio Quadros a irregularidade foi descoberta em uma fazenda de mandioca. “Em uma das fazendas havia um trabalhador que trabalhava há 15 anos sem nunca ter recebido um salário”, conta o promotor de Justiça Ilan Souza. “Os trabalhadores resgatados são encaminhados para suas casas ou são abrigados em uma pousada, sob a proteção do Ministério Público do Trabalho, como é o caso de um trabalhador do Ceara, que perdeu o contato há 17 anos com a mulher e filho, e continuava na lida da fazenda, mesmo em estágio avançado da doença de chagas”, completa.

Ele também explica que a escravidão mudou as características desde a abolição, mas os trabalhadores continuam sendo subjugados e tratados de forma desumana. “A legislação não obriga condições luxuosas, exige apenas que se dê um ambiente seguro e confortável para o trabalhador. Que o abrigo tenha um piso, as paredes estejam rebocadas, um teto que não ameace cair, espaço separado para uma refeição saudável, e que o trabalhador tenha seus direitos garantidos, com horários regulamentados de trabalho e equipamentos para sua segurança. Mas nada disso foi encontrado nessas fazendas”, explicou o promotor.

Ao todo, foram expedidos 100 autos de infração, 3 termos de interdição, 3 ações foram ajuizadas, gerando R$ 1,2 milhões em indenizações e R$ 110 mil em rescisões para os trabalhadores. Além disso, os empregadores foram inclusos na ‘lista suja’ do Ministério do Trabalho e Emprego, o que o impede de contrair futuros empréstimos com bancos públicos.

O nome da operação, ‘Café Amargo’, remete ao período de colheita do café na região do planalto conquistense. “Viemos agora, em maio e junho, e iremos retornar, porque temos denuncias e histórico de situações análogas à escravidão nessa região”, prometeu o promotor.

Além do MPT, participaram da força tarefa o Ministério do Trabalho e Emprego, a Polícia Rodoviária Federal, a Comissão Estadual para Erradicação do Trabalho Escravo da Secretaria Estadual da Justiça e da Defesa da Cidadania e a Polícia Federal.

Transfolia: PF realiza operação em Itaberaba, Vitória da Conquista e Itapetinga

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Vit. da Conquista | Data: 31 maio 2016

Tags:, , ,

Bahia Notícias

Foto: Divulgação / PF
PFA Polícia Federal realiza uma operação na manhã desta terça-feira (31) nos municípios de Itaberaba, Vitória da Conquista e Itapetinga e cumpre nove mandados de busca e apreensão. A operação Transfolia, como foi batizada, investiga fraudes em licitações e desvios de recursos públicos referentes à contratação de uma empresa para o serviço de transporte escolar pela prefeitura de Itaberaba, onde são cumpridos parte dos mandados.
O caso começou a ser investigado há cerca de um ano e meio e verificou que os participantes do esquema direcionavam as licitações para beneficiar uma empresa e faziam dispensas de licitação irregulares, por meio de contratos emergenciais. A apuração estima prejuízos superiores a R$ 57 milhões entre os anos de 2010 e 2015. Cerca de 40 policiais participam da ação. Os mandados foram expedidos pelo Tribunal Federal da Primeira Região, em Brasília.

Polícia reforça atuação durante feriado de Corpus Christi

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Bahia | Data: 25 maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

operação-PRF

Com o início do feriado prolongado de Corpus Christi, nesta quinta-feira (26), o policiamento será intensificado nas rodovias da Bahia. A Operação Corpus Christi começa às 9 horas de quinta-feira e vai até as 8 horas da segunda-feira (30).

Ao todo, serão 225 policiais militares do Batalhão de Polícia Rodoviária e das Companhias Independentes de Policiamento Rodoviário da Bahia, nas rodovias estaduais. Nas rodovias federais, o policiamento será feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no mesmo período.

A operação terá como foco principal as condutas dos motoristas, para evitar mortes por acidentes nas estradas. Por isso, serão fiscalizadas as situações relacionadas a embriaguez ao volante, excesso de velocidade, ultrapassagens proibidas, uso do cito de segurança e ausência de capacetes em motociclistas.

PRE intensifica fiscalização nas estradas da região de Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 01 abr 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

Polícia Rodoviária

Nesta quinta feira (31), a 2ª Companhia Independente de Polícia Rodoviária (CIPR) iniciou uma operação para combater irregularidades nas rodovias estaduais da região de Vitória da Conquista. Na manhã de ontem, o alvo foram os motoristas que trafegam pela BA 26,5 no trecho Vitória da Conquista – Barra do Choça.

Como resultado, foram extraídos 7 autos de infrações; 4 documentos recolhidos, sendo 2 CNH’s; 1 veículo retido; 2 veículos apreendidos e 1 caminhão carregado de feijão foi encaminhado ao posto fiscal para regularização junto a Secretaria da Fazenda. “A operação tem com objetivo oferecer segurança aos usuários da rodovia, através de abordagens e fiscalização de trânsito”, afirma o comando da 2ª CIPR, que tem a frente o major Selmo Luiz.

O comando também aponta que outras operações itinerantes serão desenvolvidas pelo Tático Operacional Rodoviário (TOR), principalmente nas rodovias que não dispõem de postos rodoviários, nos próximos dias.

Acidentes caem 53% nas rodovias federais durante feriado da Semana Santa

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 28 mar 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_0575

A Superintendência de Polícia Rodoviária Federal na Bahia finalizou à meia noite desse domingo (27) a Operação Semana Santa 2016. Desenvolvida desde o dias 24, uma análise preliminar dos números desta operação aponta para resultados satisfatórios, com registro em números absolutos de 58 acidentes, 57 feridos e 7 mortes nas rodovias federais do estado.

Estes dados, quando comparados aos registrados em 2015, em números relativos à frota apontam reduções ainda maiores, com diminuição de 55% em números de acidentes, queda de 36% em quantidade de pessoas que ficaram feridas e redução de 44% em número de pessoas que morreram em todo estado, comparando-se com a semana do feriado de Páscoa de 2015, que aconteceu entre os dias 02 e 05 de abril de 2015.

“O resultado, de certa forma premia o esforço empregado pelos policiais que executaram as metas definidas a partir de estudos técnicos desenvolvidos pelos gestores”, aponta a PRF.

Ministros no STF e Ação no MPF sinalizam de outra mega-operação policial

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 06 mar 2016

Tags:, , ,

Diário do Poder

Operação em gestão hoje pode ser da Zelotes ou da Lava-Jato

Vários ministros do Supremo Tribunal Fedeal (STF)  foram chamados ao trabalho, neste domingo, e a movimentação no Ministério Público Federal (MPF) prenunciam outra operação envolvendo figurões da República neste início de semana. Figurões com foro privilegiado, ou sejam, deputados federais e senadores.

A presença de Teori Zavascki – relator da Lava Jato – entre os minstros que se encontram no STF sugere que a mega-operação pode resultar de investigações do esquema do Petrolão, gatunagem desmantelada na estatal Petrobras, mas há informações que ligam a mobilização à Operação Zelotes. Zelotes está trabalhando porque é o plantonista.

Fontes com acesso às investigações do esquema bilionário de fraude no Carf, o conselho dos contribuintes, ligados à Receita Federal, dão como certa mais uma fase da operação Zelotes em ao menos quatro estados, neste início de semana, incluindo Alagoas e Pará.

Consta que uma centena de agentes federais estão convicados para a operação deste início de semana, e mais outra centena que se encontra de sobreaviso para eventual emprego, no cumprimento de mandados de busca e apreensão e de condução coercitiva.

Moradores de José Gonçalves realizam ‘operação tapa-buraco’ na BA 959

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 22 fev 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: Willian Silva

centro_industrial3

Os moradores do distrito de José Gonçalves, em Vitória da Conquista, se juntaram para tentar resolver um velho problema da localidade: a estrada. O problema é antigo e se arrasta por vários governos estaduais. A BA 959, que liga a BR 116 até o município de Anagé.

índiceA operação tapa-buraco informal ocorreu nesse domingo (21), com ajuda de equipamentos improvisados e material cedido pela ViaBahia. “Conseguimos com a Via Bahia o asfalto que eles estão retirando do trecho da Lagoa das flores, fizemos um mutirão pra tapar os buracos”, explicou o motorista Willian Silva.

Operação reprime extração clandestina de areia no Ribeirão do Poço

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 09 dez 2015

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

DSC_1464

A Polícia Federal em Vitória da Conquista realizou na manhã desta quarta-feira (9) a Operação AMPULHETA, que visa reprimir a extração clandestina de areia em diferentes pontos do leito seco do Ribeirão do Poço, entre os municípios de Vitória da Conquista e Anagé. A operação cumpre dois mandados de prisão preventiva e de cinco mandados de busca e apreensão.

Os mandados de prisão foram expedidos pelo Juiz Federal da 1ª Vara da Subseção de Vitória da Conquista em virtude do descumprimento de decisão judicial anterior, que determinara a suspensão da atividade econômica dos presos, os quais já haviam sido indiciados pela Polícia Federal pela mesma prática delituosa.

A operação é resultado de uma ação conjunta entre a Polícia Federal, Ministério Público Federal, Polícia Militar (78ª e 92ª Companhias Independentes), IBAMA, INEMA e Prefeitura de Vitória da Conquista. A ação contou com o emprego de mais de 45 servidores públicos e o apoio aéreo de 01 helicóptero do INEMA.

Os responsáveis serão indiciados novamente pela prática do crime de furto de bem da União (art. 2º da Lei nº 8.176/91) e de extração ilegal de areia (art. 55 da Lei 9.605/98), com penas que, somadas, superam cinco anos de prisão.

Companhia Rural intensifica trabalho até o fim do ano

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 29 nov 2015

Tags:,

BannerResenhaGeral_600x65px

por Mateus Novais

IMG_2806foto: divulgação Polícia Militar

A 92ª CIPM (Companhia Rural) desencadeou nessa semana a “Operação Rural”, que tem como objetivo a intensificação do policiamento ostensivo nas comunidades rurais de Vitória da Conquista durante os fins de semana. O município conta com 11 distritos e 304 povoados.

Nas sextas-feiras, sábados e domingos, os soldados comandados pelo Capitão Edmário José Britto trabalharão para coibir o porte ilegal de armas, tráfico de drogas, roubo e furto de veículos, além do som alto e a captura de foragidos da Justiça. Segundo a 92ª CIPM, a operação será realizada até o fim do ano. Informações Blitz Conquista

PF desarticula quadrilha ligada à facção paulista; 18 são presos

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Bahia | Data: 26 nov 2015

Tags:, , , , , , , ,

BannerResenhaGeral_600x65px

por Mateus Novais

pfilheus2A Polícia Federal prendeu 18 suspeitos de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro na Operação Patente, nesta quinta-feira (26). A organização atuava nas cidades de Ilhéus, Itacaré, Jequié, Salvador e São Paulo. Segundo a PF em Ilhéus, a quadrilha é suspeita de movimentar cerca de R$ 20 milhões.

O delegado federal Mário Lima, informou que uma advogada, suspeita de ser uma das líderes do tráfico, e uma estagiária de Direito estão entre os presos. Em um apartamento da advogada, em Salvador, foram apreendidos R$ 50 mil em espécie. Nesta quinta, a PF apreendeu material relativo à contabilidade do tráfico, cerca de R$ 65 mil, uma pequena quantidade de drogas e veículos. A operação visava cumprir 27 mandados de prisão preventiva e 22 mandados de busca e apreensão.

Em oito meses de investigação, a polícia apreendeu dois mil quilos de drogas referentes ao tráfico da organização. “Eles compravam boa parte da droga junto com conhecida facção criminosa em São Paulo”, explica o delegado. Informações G1 Bahia

Polícia Federal não descarta participação de gestor em fraudes da Prefeitura de Caatiba

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 22 out 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: Rony Cley

IMG_3011A Polícia Federal (PF) de Vitória da Conquista ainda está ouvindo alguns dos suspeitos e testemunhas de terem participado dos desvios de recursos federais na Prefeitura de Caatiba (a 76 km de Vitória da Conquista). A denúncia chegou ao conhecimento da PF após sindicância interna da Administração Municipal, ainda assim, a participação de pessoas do alto escalão do município, como o prefeito, não está descartada.

Segundo o delegado-chefe da PF, Marcelo Siqueira, foi o Ministério Público Federal que encaminhou a documentação da sindicância para a polícia. “[Dois] funcionários da Prefeitura chegaram a ser demitidos. Mas o interesse da nossa investigação é apurar se houve mais envolvidos e se o valor desviado foi maior do que a gente conhece”.

No entanto, como as irregularidades foram detectadas no período de janeiro de 2013 a janeiro de 2015, durante toda a gestão do atual prefeito Junior Mendes, não está descartada a participação do gestor nos crimes. “Por enquanto, não existe nos autos indícios da participação do prefeito, mas não pode ser descartada, tendo em vista que as pessoas que operacionalizaram a fraude são servidores que foram indicados pelo prefeito para ocupar cargos de confiança e durou muito tempo”, concluiu o delegado que preside as investigações, Victor Menezes (foto).

Polícia Federal deflagra nova operação de combate a fraudes em prefeituras no Sudoeste

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 22 out 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG 

DSC_1464

A Polícia Federal (PF) de Vitória da Conquista deflagrou, na manhã desta quinta-feira (22), mais uma operação de combate a desvio de verbas em municípios da região Sudoeste. Dessa vez, a ação, denominada Operação Hollerith, cumpriu sete mandados de condução coercitiva e seis de busca e apreensão nas cidades de Caatiba (a 76 km de Conquista).

Segundo informações da PF, uma organização criminosa formada por ex-funcionário e servidores “fantasmas” da prefeitura de Caatiba teria atuado nos setores contábil e de recursos humanos do município. O grupo utilizava verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), repassadas pela União, alterando para mais os salários de servidores e incluindo “fantasmas” na folha de pagamento.

Além de Caatiba, as buscas foram realizadas nas cidades de Poções, Planalto e Ibicuí, com o objetivo de apreender documentos que comprovem a ligação entre os investigados e a existência da organização criminosa, além dos valores e bens adquiridos com os recursos públicos desviados.

A estimativa é que a fraude tenha causado um rombo de R$ 745.756,94 aos cofres do município. Os investigados podem ser enquadrados nos crimes de constituição e integração de organização criminosa, peculato, e de inserção de dados falsos em sistema de informações. Somadas, as penas podem ultrapassar 30 anos de prisão.

PRF reforçará fiscalização durante feriadão do 12 de Outubro

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Geral | Data: 07 out 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

operação-PRF

A Polícia Rodoviária Federal realizará a Operação Aparecida 2015, iniciando nas primeiras horas da próxima sexta- feira (9), até meia-noite de segunda-feira (12). Estima-se um aumento em cerca de 40% no fluxo de veículos nos dias de maior movimentação, saída e retorno, especialmente com destino aos locais turísticos.

Em toda a Bahia, além do patrulhamento ostensivo, a PRF fará ações educativas, buscando sensibilizar motoristas e passageiros de seus papéis na construção de um trânsito mais seguro. Por isso, além da embriaguez ao volante, os esforços de fiscalização estarão voltados para coibir o excesso de velocidade, as ultrapassagens proibidas e o não uso do capacete pelos motociclistas, que, segundo estudos do Ministério da Saúde, representam 1⁄4 das mortes em acidentes de trânsito no país.

Os policiais contarão ainda com o auxílio de 78 etilômetros e 9 radares entre portáteis e fotográficos, dentre outros equipamentos, além das viaturas operacionais, resgate, posto móvel e motocicletas, operando em todo estado.