Construção de ossário no Cemitério do Kadija começa com atraso

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 23 out 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

SC2_4572foto: divulgação – Secom PMVC

As obras de construção do futuro Ossário do Cemitério Municipal do Kadija começaram no final desta semana. A obra foi anunciada para começar no dia 8 de setembro, mas houve atrasos.

O Ossário será construído como medida paliativa para a carência de espaço no atual cemitério. O equipamento contará com uma estrutura de 480 gavetas, todas devidamente identificadas.  Com isso, túmulos antigos serão removidos e os restos mortais encaminhados para este local.

Construído em 1987, o equipamento possui uma média de 12 mil pessoas sepultadas. A expectativa é de que a sobrevida do Cemitério seja ampliada em, pelo menos, três anos. A obra tem um investimento de pouco mais de R$ 135 mil, com previsão de conclusão em 180 dias.

Cemitério do Kadija receberá Ossário com 480 gavetas

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 06 set 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

movimento kadija

Após tantos anos sem uma grande intervenção, o Cemitério do Kadija, em Vitória da Conquista, receberá uma obra importantíssima para seu funcionamento. Na próxima terça-feira (8) começa a construído um Ossário, no campo santo municipal. A obra tem um investimento de pouco mais de R$ 135 mil, com previsão de conclusão em 180 dias.

O Ossário será construído como medida paliativa para a carência de espaço no atual cemitério. O equipamento contará com uma estrutura de 480 gavetas, todas devidamente identificadas.  Com isso, túmulos antigos serão removidos e os restos mortais encaminhados para este local.

Construído em 1987, o equipamento possui uma média de 12 mil pessoas sepultadas. A expectativa é de que a sobrevida do Cemitério seja ampliada em, pelo menos, três anos.

Vale salientar que a remoção de sepulturas que se encontram em péssimo estado de conservação ou que não pagaram a concessão de uso do terreno só é permitida por uma Lei Municipal. Somente a partir desta lei, aprovada pela Câmara Municipal, a Prefeitura terá respaldo para retirar os restos mortais de pessoas.