Servidores da UESB iniciam paralisação

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 20 mar 2017

Tags:, ,

Da Redação


Nesta segunda-feira (20), os servidores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) deram início a paralisação das atividades nos três campi da Instituição. Assim, além de Vitória da Conquista, os servidores pararam de trabalhar nos campi de Itapetinga e Jequié.

De acordo com o sindicato da categoria, a paralisação, que segue até a próxima sexta (24), faz parte de uma ação conjunta de todas as universidades estaduais da Bahia. Com o movimento, os servidores querem chamar a atenção do Governo do Estado para uma série de reivindicações.

” A ideia é chamar a atenção do Governo do Estado da Bahia para a imperiosa necessidade de pagamento das progressões funcionais cujas listas de servidores que cumpriram todos os requisitos para progressão foram publicadas no Diário Oficial no mês de setembro de 2016 (à luz da Instrução Normativa 14 de 14 de maio de 2016). Ademais, cobramos urgência na publicação da Instrução Normativa que deveria autorizar no ano de 2016 a abertura de processo de promoção funcional, conforme previsto em legislação estadual”, afirma a categoria.

Durante a paralisação, diversas ações serão promovidas pela categoria. Nesta segunda, logo no início da manhã e também no início da tarde, foram realizadas mobilizações em frente aos portões da Instituição. Um carro de som foi utilizado para informar à comunidade acadêmica os motivos da paralisação. Workshop, palestra e apresentações culturais também marcarão o movimento durante a semana.

Apesar da suspensão do trabalho dos servidores, as atividades acadêmicas estão ocorrendo normalmente na Uesb.

Servidores da Uesb paralisarão as atividades de 20 a 24 de março

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 17 mar 2017

Tags:, ,

Da Redação


Na próxima semana, os servidores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) paralisarão as atividades nos três campi da Instituição: Vitória da Conquista, Jequié e Itapetinga. Segundo a categoria, os funcionários das quatro universidades estaduais estarão mobilizados para lutar pelo pagamento imediato das progressões funcionais.

Além disso, é ponto de pauta da mobilização a publicação da instrução normativa que autoriza os processo de promoção funcional. ” A ideia é chamar a atenção do Governo do Estado da Bahia para a imperiosa necessidade de pagamento das progressões funcionais cujas listas de servidores que cumpriram todos os requisitos para progressão foram publicadas no Diário Oficial no mês de setembro de 2016 (à luz da Instrução Normativa 14 de 14 de maio de 2016). Ademais, cobramos urgência na publicação da Instrução Normativa que deveria autorizar no ano de 2016 a abertura de processo de promoção funcional, conforme previsto em legislação estadual”, afirma o Sindicato da categoria.

Na tarde desta sexta-feira (17), uma reunião será realizada para discutir uma proposta de ações de mobilização durante o período da paralisação. Segundo os servidores, o acesso aos campi por professores e alunos será liberado.

 

Professores da rede municipal aderem à greve nacional

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 16 mar 2017

Tags:, ,

Da Redação

Foto: Ascom Simmp

Na tarde dessa quarta-feira (15), os professores da rede municipal de ensino decidiram aderir à greve nacional, proposta pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), com duração de 10 dias. A decisão foi tomada em assembleia realizada na Câmara de Vereadores.

De acordo com Sindicato do Magistério Municipal Público de Vitória da Conquista (Simmp), a paralisação foi motivada frente à insatisfação dos profissionais para com a reforma da previdência, que retira direitos dos trabalhadores, aumentando a idade mínima para a aposentadoria, e o não cumprimento integral da lei do piso salarial do magistério.

Ainda conforme o Simmp, embora com as atividades escolares suspensas, os profissionais estarão nas unidades de ensino na manhã desta quinta-feira (16) para comunicar aos pais os motivos do movimento, sendo que, a partir do turno vespertino, escolas e creches estarão fechadas.

Como também estão iniciando a Campanha Salarial, segundo o Simmp, os docentes aproveitarão a oportunidade para entregar ao governo municipal a pauta de reivindicações da categoria, que tem como um dos principais pontos de discussão a reformulação do plano de carreira dos professores e a criação do plano dos monitores. As aulas nas escolas voltarão, normalmente, no dia 27 de março.

Por falta de pagamento, motoristas e cobradores da Viação da Vitória paralisam as atividades

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte | Data: 17 fev 2017

Tags:, , , ,

Da Redação

Foto: Arquivo BRG

As paralisações dos motoristas e cobradores da Viação Vitória, uma das empresas que realiza o transporte coletivo de Vitória da Conquista, já podem entrar no calendário oficial da cidade. Praticamente, todo mês, os funcionários suspendem as atividades por falta de pagamento.

Nesta sexta-feira (17), aconteceu mais uma paralisação. De acordo com o Sindicato dos Rodoviários (Sintravic), apenas 30% da fronta foi liberada para atender a comunidade. O demais carros se encontram na garagem da empresas, aguardando a liberação do pagamento dos salários dos funcionários.

Essa situação, que já se tornou corriqueira, afeta diretamente a população que tem a dura rotina de utilizar o transporte público em Vitória da Conquista.

Nova paralisação dos funcionários da Viação Vitória causa transtornos à população conquistense

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte | Data: 17 jan 2017

Tags:, ,

Da Redação

Mais uma vez, os conquistenses que utilizam o transporte coletivo acordaram com uma paralisação dos funcionários da Viação Vitória, uma das empresas de ônibus da cidade. Nesta terça (17), apenas 30% da frota dos ônibus da Viação Vitória estão circulando.

De acordo com o Sindicato dos Rodoviários, o motivo da manifestação é o mesmo de sempre: atraso de salários. Cobradores e motoristas cobram o salário atrasado do mês de janeiro e só voltam a trabalhar normalmente quando a empresa realizar o pagamento.

Na última quinta (11),  os funcionários da Viação Vitória já tinham realizado um protesto pelo mesmo motivo. Na oportunidade, os ônibus da empresa só saíram da garagem por volta das 6h30, mais de uma hora depois do o horário normal, o que já havia gerado transtornos para a população.

 

Rodoviários da Vitória paralisam nesta quinta (8) e prometem nova greve

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 08 dez 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

img_7682

Os funcionários da empresa do transporte coletivo de Vitória da Conquista, a Viação Vitória, anunciaram duas paralisações para esta quinta-feira (8). A mobilização seria motivada pelo não pagamento dos salários referente ao mês de novembro. Os rodoviários também apontam a possibilidade de uma nova greve.

As paralisações estão programadas para às 12 e 18 horas de hoje e servirá, segundo o Sindicato dos Rodoviários, como última advertência antes da deflagração da greve. “Findo o prazo para pagamento dos salários [07/11, segundo a deliberação da assembleia do mês passado]de seus mais de 500 funcionários, a Viação Vitória não oferece outra alternativa ao seu quadro funcional que não seja a deflagração de greve a qualquer instante”, aponta o Sindicato através de nota.

Caso a greve seja confirmada, a categoria garante que atenderá as exigência legais, ofertando 30% dos serviços referente à empresa – 24 dos 80 ônibus, que circulam em 20 linhas.

Confira a nota na íntegra: …Leia na íntegra

Policiais civis paralisam as atividades por 24 horas nesta sexta-feira

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 02 dez 2016

Tags:, ,

Por Jaqueline Barreto

Segundo informações das entidades, 90% das delegacias estão em condições de extrema precariedade e péssimas condições de trabalho. A categoria reivindica a Restruturação das Carreiras ao Governo do Estado.

policia-civil

Todas as categorias da Polícia Civil do Estado da Bahia e o Departamento de Polícia Técnica (DPT) irão paralisar as atividades por 24horas, nesta sexta-feira(2), conforme deliberação da Assembleia Unificada que ocorreu na semana passada(25), na Faculdade Visconde de Cairu. Delegados, investigadores, escrivães, peritos criminais, peritos técnicos, médicos legistas e odontos, a partir das 9hs, vão realizar um ato público em frente ao Centro de Operação e Inteligência (COIN), próximo à Secretaria de Segurança Pública, localizado no CAB, onde será feito um protesto em repúdio à precariedade e falta de estrutura das unidades policiais e em defesa do Anteprojeto de Reestruturação Salarial das Carreiras já entregue a SAEB. Os serviços essenciais serão mantidos de acordo com o percentual exigido por Lei.

O Presidente do SINDPOC, Marcos Maurício, destaca que 90% das delegacias do Estado estão inadequadas, com condições de extrema precariedade e diversas delegacias foram instaladas em casas residenciais. Como exemplo, o sindicalista citou a 3ºDP do Bonfim, 7º DP do Rio Vermelho, 16º DP da Pituba, 14º DP da Barra e outras delegacias no interior baiano. Maurício esclarece que o objetivo da paralisação é chamar atenção da sociedade e do Governo em relação à situação da Polícia Civil “que está falida” e passando por muitas necessidades. “ A Secretaria de Segurança Pública investiu R$ 260 milhões na construção do COIN e, enquanto isso, as delegacias estão totalmente abandonadas!”, criticou Maurício. …Leia na íntegra

Policiais civis paralisam atividades por 24 horas nesta sexta (2)

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 01 dez 2016

Tags:

por Mateus Novais

Paralisação-polícia-civil

Delegados, investigadores, escrivães, peritos criminais, peritos técnicos, médicos legistas e odontos da Polícia Civil da Bahia irão paralisar as atividades por 24 horas, nesta sexta-feira(2). A mobilização terá início a partir das 9 horas, em protesto a precariedade e falta de estrutura das unidades policiais e em defesa do Anteprojeto de Reestruturação Salarial das Carreiras já entregue a SAEB. Os serviços essenciais serão mantidos de acordo com o percentual exigido por Lei.

O Presidente do SINDPOC, Marcos Maurício, afirma que a Polícia Civil “está falida” e passando por “muitas necessidades”. “A Secretaria de Segurança Pública investiu R$ 260 milhões na construção do COIN e, enquanto isso, as delegacias estão totalmente abandonadas!”, critia Maurício, destacando que 90% das delegacias do Estado estão inadequadas, com condições de extrema precariedade e diversas delegacias foram instaladas em casas residenciais.

“Se não tivermos os equipamentos adequados para fazermos as perícias e as investigações, não iremos fazer! O objetivo da Operação Padrão é agir com a legalidade”, pontuou o delegado Fábio Lordello, presidente da Sindicato dos Delegados da Polícia Civil (ADPEB).

A categoria também tem o intuito de pressionar o Governo para que o Anteprojeto de Reestruturação Salarial da Polícia Civil e Polícia Técnica seja sancionado pela Assembleia Legislativa.

Funcionários da Viação Vitória paralisam as atividades por causa de salários atrasados

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 17 nov 2016

Tags:, , ,

Da Redação

IMG_1523
No início da manhã desta quinta-feira (17), motoristas e cobradores da Viação Vitória paralisaram as atividades e os ônibus da empresa não saíram da garagem nos primeiros horários, como normalmente acontece. A decisão pela paralisação foi tomada em Assembleia, realizada na última sexta (11), quando motoristas e cobradores da Viação Vitória discutiram a situação dos atrasos nos pagamentos de salários e Ticket Alimentação pela empregadora.

De acordo com o Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista, a empresa tinha se comprometido a pagar o salário de novembro até o dia 16, Vale até o dia 25, Ticket no dia, e Salário referente ao mês dezembro, até o dia 07 de dezembro. Como Viação Vitória não cumpriu a primeira data, os funcionários da empresa decidiram por suspender as atividades imediatamente.

Diante da paralisação dos cobradores e rodoviários, até às 8 horas da manhã, os ônibus da empresa ficaram sem rodar na cidade. A partir das 8 horas, apenas 30% da frota passou a circular.

Essa não é a primeira vez que os funcionários da empresa decidem realizar paralisação. Em fevereiro deste ano, também por falta de pagamento, os rodoviários da Viação Vitória chegaram a supender as atividades por cinco dias.

Bancários suspendem atividade até meio dia nesta sexta-feira

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 10 nov 2016

Tags:, ,

Da Redação
foto: Arquivo BRG

greve-bancários1
Os bancários baianos decidiram aderir à Greve Geral marcada para esta sexta-feira (11), como parte dos protestos contra a aprovação da PEC do teto dos gastos. Com a mobilização, os bancos terão suas atividades suspensas até às 12 horas.

Em nota publicada no site oficial, o Sindicato dos Bancários na Bahia defende que “a proposta coloca em risco os programas sociais que tiraram mais de 30 milhões da extrema pobreza desde 2003 e também inibe o aumento real do salário mínimo, referência para mais de 48 milhões de pessoas no país”. “Diante das ameaças, ao trabalhador só resta tomar as ruas e reagir”, diz o texto.

*Até o fechamento dessa matéria, o BRG não conseguiu confirmar se as agências de Vitória da Conquista também suspenderão as atividades. 

Trabalhadores organizam paralisação geral nesta sexta (11)

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 10 nov 2016

Tags:,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

DSC_0035

Centrais Sindicais, movimentos sociais e estudantes realizará um ato na próxima sexta-feira (11). As ruas serão ocupadas por sindicatos, movimentos sociais e estudantes organizados contra a PEC 55, PLC 54 (PLP 257), projetos do Escola Sem Partido, reformas do ensino médio, da previdência e trabalhista.

Nos dias 22 e 29 de setembro, os trabalhadores foram às ruas em várias cidades do país em protesto contra o congelamento dos investimentos para o SUS, escolas, creches e programas sociais até 2036 a partir da PEC 55 (antiga PEC 241). Esse foi o início das mobilizações nacionais pela Greve Geral.

O movimento também se coloca contra a retirada de direitos a partir da reforma trabalhista e contra a reforma do ensino médio, que juntamente com os projetos do Movimento “Escola Sem Partido”.

Em Vitória da Conquista, a concentração acontece a partir das 9h, na praça Barão do Rio Branco e seguirá em marcha até o Bairro Brasil.

Professores e servidores da UESB realizam paralisação por dois dias

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 25 out 2016

Tags:, ,

Da Redação

ocupa
Os professores e servidores técnicos administrativos da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) realizam uma paralisação nesta terça (25) e quarta-feira (26). O movimento paradista acontece, concomitantemente, em todas as outras universidade estaduais: a Universidade Estadual da Bahia (Uneb), a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), e a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs).

De acordo com a Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb), as categorias protestam contra a PEC 241, a Medida Provisória (MP) sobre a reforma o ensino médio, além da pauta estadual, em que reivindicam promoção e progressão do regime de trabalho e 10% da receita líquida de impostos para as universidades estaduais.

Os portões das universidades estão fechados e as aulas seguem suspensas.

Ocupação

Desde a última sexta-feira (21), os estudantes ocupam a Uesb contra a PEC 241. A reitoria da Uneb em Salvador, nos campi da Uneb em Santo Antônio de Jesus e Teixeira de Freitas e a Uesc também foram ocupadas pelos estudantes.

Sindicatos e movimentos sociais preparam greve geral para esta quinta (29)

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 28 set 2016

Tags:,

Da Redação

DSC_0253Nesta quinta-feira (29), sindicatos e movimentos sociais se reunião mais uma vez à greve geral. Em Vitória da Conquista, a concentração será às 9 horas na Praça Barão do Rio do Branco.

O Dia Nacional de Luta, Paralisação e Mobilização é um chamado das centrais sindicais contra a retirada de direitos sociais, políticos e trabalhistas e pelo Fora Temer.  Entres as medidas estão o PLP 257 que acaba com o serviço público, a PEC 241 que congela os gastos públicos por vinte anos e o PLP 4567 que desvincula os royalties do petróleo para educação.

 

A Associação dos Docentes da Uesb (ADUSB), Sindicato dos Trabalhadores da Saúde (S INDSAÚDE), Sindicato do Magistério Municipal Público (SIMMP), Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), Sindicatos dos Servidores Técnicos Administrativos da Uesb (AFUS), Sindicato dos Bancários, Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Pública da Bahia (SINDILIMP) e Associação dos Professores Universitários da Bahia (APUB) já confirmaram a participação no movimento, em Vitória da Conquista.

Profissionais da Educação irão realizar paralisação no dia 22 de setembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 20 set 2016

Tags:,

Da Redação

downloadNo dia 22 de setembro, próxima quinta-feira, os profissionais da Educação de Vitória da Conquista irão participar da paralisação nacional em defesa da Lei do Piso, convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

De acordo com o Sindicatado do Magistério Municipal Público (Simmp), o movimento será marcado por um ato público, cuja concentração acontecerá às 14 horas, na Câmara Municipal de Vereadores.

Além da defesa da Lei do Piso, fazem parte da pauta do movimento: pagamento das pecúnias dos aposentados; reajuste imediato do vale-alimentação; Gestão Democrática / Eleições 2016; Contra a Lei da Mordaça;  Contra a PEC 241; Contra o PLP 257/PLC 54;  Contra o PL 4567; Contra a Reforma da Previdência.

Bancários entram na 3ª semana de greve sem previsão de volta

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Brasil | Data: 19 set 2016

Tags:, , ,

Por Mateus Novais

sindicato
A greve nacional dos bancários entram na terceira semana. Na Bahia 951 agências estão fechadas, já na região de Vitória da Conquista são 70 unidades sem funcionamento.. O dado foi confirmado pelo Sindicato dos Bancários da Bahia, nesta segunda-feira(19), quando a greve chegou ao 14º dia.

De acordo com o sindicato, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) insiste na proposta de reajuste de 7%, índice abaixo da inflação, de 9,62%, mas a categoria reivindica 14,62%. Na última rodada que aconteceu na quinta-feira (15), os dois setores não chegaram em um acordo e as negociações foram suspensas.

Ainda conforme informações do Sindicato, outros pontos que motivam a paralisação são a garantia de emprego, já que somente neste ano, o setor cortou quase 8 mil postos de trabalho, e o abono salarial proposto pela Fenaban, de R$ 3,3 mil, que não incide nas férias, 13º salário, FGTS, vales e previdência.

Servidores da Uesb iniciam paralisação nos três campi

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 19 set 2016

Tags:, ,

Da Redação

14333034_684034421753826_1122201811912907625_nfoto: divulgação Facebook

Na manhã desta segunda-feira (19), os servidores técnicos-administrativos da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) deram início a paralisação, definida em assembleia geral na última sexta-feira (16). Na primeira ação da mobilização, os portões dos três campi da Universidade foram fechados logo no início da manhã.

De acordo com os servidores,  o movimento é “em protesto contra a retirada de direitos trabalhistas e contra o golpe que alguns membros da Comissão da Estatuinte da Uesb estão querendo aplicar na categoria”. Por meio de nota, o Sindicato explicou ainda que é golpe a Constituinte “não aprovar na Comissão da Estatuinte UESB o voto paritário para eleição do Reitor, uma vez que está modalidade de voto constitui uma conquista dos docentes, discentes e técnicos administrativos no âmbito das universidades públicas brasileiras”.

Além disso, a paralisação, que seguirá até o dia 23 de setembro, de acordo com a categoria, é “contra a retirada de direitos trabalhistas, nos âmbitos Estadual e Federal e pelo pagamento imediato do reajuste salarial que o Governo do Estado da Bahia deveria  ter concedido aos servidores públicos no mês de janeiro de 2016”.

Agora à tarde, será realizada uma reunião setorial para definir os rumos da semana de paralisação.

UESB: servidores afirmam que paralisação é contra o golpe na Estatuinte

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 17 set 2016

Tags:, ,

Da Redação

DSC_0868
Como informamos aqui no BLOG DA RESENHA GERAL, os servidores técnicos-administrativos da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) irã paralisar as atividades de 19 a 23 de setembro. Segundo a categoria, a mobilização é em protesto contra a retirada de direitos trabalhistas e também “contra o Golpe que alguns membros da Comissão da Estatuinte da UESB estão querendo aplicar na categoria dos técnicos”.

Por meio de nota, os técnicos afirmaram que seria golpe “não aprovar na Comissão da Estatuinte UESB o voto paritário para eleição do Reitor, uma vez que está modalidade de voto constitui uma conquista dos docentes, discentes e técnicos administrativos no âmbito das universidades públicas brasileiras”.

Confira a nota na íntegra: …Leia na íntegra

Servidores da UESB paralisarão as atividades na próxima semana

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 16 set 2016

Tags:, ,

Da Redação
foto: Arquivo BRG
paralisação Uesb

Os servidores técnicos-administrativos da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) irão paralisar as atividades na próxima semana. De 19 a 23 de setembro, eles irão realizar uma paralisação contra a política de desmonte dos serviços públicos , representado pelo PLP 257/2016 e pelo reajuste linear.

A decisão foi tomada em Assembleia que aconteceu na tarde desta sexta-feira (16), no campus de Vitória da Conquista. Durante a paralisação, a categoria irá promover diversas mobilizações nos três campi da Universidade (Itapetinga, Jequié e Conquista).

As entidades sindicais em luta contra o PLP 257 compreendem que a dívida pública é um grave problema e requer soluções que não sejam tão somente a penalização dos trabalhadores e da sociedade em geral, com a precarização e sucateamento dos serviços públicos.

Agentes penitenciários ameaçam entrar em greve se presídio de Conquista começar a funcionar com terceirizados

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 17 ago 2016

Tags:, ,

Da Redação

650x375_agentes-penitenciarios-greve-liminar-justica-bahia_1527011O Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado da Bahia (Sinspeb), por meio de nota, afirmou que caso o Conjunto Penal de Vitória da Conquista seja concretizada com a utilização de empregados terceirizados, os servidores penitenciários entrarão em greve por tempo indeterminado. De acordo com o Governo do Estado, o novo presídio de Vitória da Conquista será inaugurado na próxima segunda-feira (22).

Para o sindicato a decisão demonstra total desrespeito ao judiciário baiano, pois existe uma decisão, proferida pelo juiz da 7ª vara da fazenda pública Dr. Antônio Bosco de Carvalho Drummond, que proíbe o Governo Estadual de contratar empregados terceirizados para a função de Agentes Penitenciários. Por outro lado,  a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap)  alega que limitações impostas pela Lei de Responsabilidade Fiscal impedem a contratação dos aprovados no concurso público.

Nesta quarta-feira, os servidores penitenciários iniciaram uma paralisação que, segundo a categoria, durará 72 horas. Durante esse período, apenas 30% do efetivo trabalhará normalmente para manter alguns serviços básicos.

Agentes penitenciários da Bahia vão paralisar atividades por 48 horas

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 16 ago 2016

Tags:, ,

Da Redação
foto: arquivo BRG

650x375_agentes-penitenciarios-greve-liminar-justica-bahia_1527011A partir desta quarta-feira (17),  os agentes penitenciários do estado da Bahia vão paralisar as atividades por 72 horas. A mobilização será realizada das 6 horas  do dia 17  até às 6 horas do dia 19. De acordo com o Sindicato da categoria, a paralisação busca o cumprimento de decisões judiciais por parte da Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap).

“A presença de toda a categoria neste movimento paredista é de suma importância, uma vez que a Seap insiste em descumprir as decisões judiciais, partindo agressivamente para concretizar o seu intento que terceirizar todas as unidades prisionais do Estado. O secretário Nestor Duarte já anunciou a inauguração da unidade de Vitória da Conquista, como todos nós sabemos, está será gerida na modalidade de Cogestão, leia-se privatização disfarçada”, afirmou a convocação para a mobilização.

Durante os três dias de paralisação, apenas 30% do efetivo continuará trabalhando, garantindo serviços básicos aos detentos, como fornecimentos de alimentação e medicamentos de uso contínuo; atendimentos médicos de emergência e cumprimento de alvarás de soltura. Os demais agentes se mobilizarão em frente às unidades prisionais.