Contas de energia vencidas podem ser parceladas no cartão de crédito; saiba como

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 15 fev 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

Da Redação

Fonte:A.Sudoeste

Agora os clientes com duas ou mais faturas de energia vencidas na Bahia podem parcelar a dívida junto à Companhia de Eletricidade do Estado (Coelba) em até 12 vezes no cartão de crédito. A concessionária informou que, entre os meses de dezembro de 2018 e janeiro deste ano, identificou um aumento superior a 30% na procura pela modalidade de quitação.

Com a nova forma de pagamento serão aceitos cartões das bandeiras Visa, Mastercard e Hipercard. Os clientes podem recorrer ao parcelamento desde que a prestação mínima seja de R$ 5, incluindo a taxa da operadora do cartão. A transação foi possível a partir de uma parceria da Coelba com uma empresa especializada em pagamento por meio de cartões de crédito e débito.

A empresa informou também que os clientes que se dirigirem a uma das Lojas de Atendimento da Coelba para efetuar o parcelamento receberão orientações dos atendentes e vão poder utilizar a ferramenta online na própria loja.

O pagamento pode ser efetuado por meio do site da empresa (www.coelba.com.br).

Fies: Estudantes terão até 18 meses para quitar dívida com instituições

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Educação | Data: 14 jun 2018

Tags:, ,

Da Redação

 

Agora os estudantes beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) que estiverem devendo às instituições de ensino nas quais estão matriculados poderão negociar o parcelamento da dívida em até 18 meses, de acordo com resolução publicada nesta quarta-feira (13), pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), no Diário Oficial da União.

De acordo com  o FNDE, até o ano passado, era preciso estar quite para fazer a renovação do contrato do Fies. Agora, o estudante terá que pelo menos ter feito a negociação do pagamento antes da renovação. Além disso, o FNDE fixou em 30% da parcela o valor máximo que poderá ser cobrado por mês. Ou seja, se um aluno atrasou o pagamento de uma mensalidade de R$ 100, ele poderá pagar até R$ 30 junto com a próxima parcela mensal.

O Fies é um programa do governo que financia mensalidades em instituições privadas de ensino a condições especiais.

Saiba mais sobre as regras para o financiamento: …Leia na íntegra

Como parcelar sua dívida do cartão de crédito com juros mais baixos

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 26 fev 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Meu Bolso Feliz/CDL (Conteúdo)

Existem taxas de juros mais baratas do que a oferecida pelo seu gerente para o parcelamento do crédito rotativo! Entenda

O cartão de crédito é uma forma de pagamento de compras bastante popular. A empresa emissora lhe concede um limite e você pode utilizá-lo para realizar suas compras, ganhando um prazo de até 40 dias para o pagamento da fatura.

Mas é preciso usá-lo com sabedoria, pois suas taxas de juros rotativos chegam a 334% ao ano – não, você não leu errado! Funciona assim: quando chega sua fatura e você não tem dinheiro para pagar, você pode realizar o pagamento mínimo. O restante que faltar entra nos chamados juros rotativos.

Até 2017, se você pagasse apenas o mínimo da fatura e ficasse com uma dívida de R$ 1.000 no cartão de crédito, no mês seguinte, poderia chegar a R$ 1130 devido aos juros rotativos. Acumulados 5 meses de juros sobre juros, o valor já batia na casa dos R$ 1843. Dá para imaginar o tamanho do problema? Como era de se esperar, muita gente se enrolava e não conseguia mais sair da dívida.

Por causa disso, em abril do ano passado, o governo mudou as regras do jogo. Desde então, após um mês da sua dívida no rotativo, a empresa emissora ou o banco são obrigados a lhe oferecer uma nova linha de crédito, para você parcelar o valor em aberto.

Na prática, a dívida não pode ficar rodando no rotativo por mais de 30 dias. Em vez disso, o consumidor pode fazer um financiamento da dívida com prazo determinado e em parcelas para a quitação total. Há ainda a opção de pagar a dívida integralmente a qualquer momento.

Mas atenção: os bancos só são obrigados a oferecerem um tipo de linha de crédito, que nem sempre é a mais barata. “É bem difícil o banco oferecer as linhas mais baratas, pois a única obrigação do banco é parcelar a dívida em condições mais vantajosas do que as do rotativo”, orienta Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil.

Então, cabe ao consumidor pedir mais opções. “Vale ainda consultar outros bancos e empresas para tentar quitar a sua dívida à vista”, diz Marcela.

Como encontrar linhas de crédito mais baratas?

…Leia na íntegra

Novidade: multas de trânsito poderão ser pagas em parcelas e com cartão de crédito

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 18 out 2017

Tags:, ,

Da Redação

As multas de trânsito e demais débitos relativos aos veículos poderão ser pagos em parcelas, por meio de cartão de crédito. Cartões de débito também poderão ser utilizados para pagamentos integrais. A novidade foi anunciada nesta quarta (18) pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

De acordo com o Conselho, a medida objetiva aperfeiçoar o processo de cobrança e quitação de débitos. O parcelamento poderá englobar uma ou mais multas de trânsito. O órgão de trânsito receberá o valor integral no momento da operação e, então, procederá com a regularização do veículo.

Caso a divisão do valor em parcelas gere cobrança de juros, o acréscimo deverá ficar a cargo do titular do cartão, que deve ter acesso a informações sobre custos operacionais antes da efetivação da operação de crédito. Já as operadoras arcarão com possíveis atrasos.

A resolução já está em vigor, no entanto, para que essa alternativa venha a ser disponibilizada, é preciso que as entidades integrantes do Sistema Nacional de Trânsito, como Detrans, Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), firmem acordos com empresas para habilitá-las a oferecer esse serviço.

MEI tem até 2 de outubro para parcelar débitos tributários

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 21 set 2017

Tags:,

da Redação
Fonte: Agência Brasil / CDL (Conteúdo)

De acordo com a Receita Federal, mais de 7 milhões de microempreendedores estão cadastrados no Simples Nacional, mas cerca de 60% estão inadimplentes com o fisco

O prazo para adesão de microempreendedores individuais (MEI) ao parcelamento especial de débitos na Receita Federal termina no dia 2 de outubro. Para quitar os boletos atrasados, o prazo começou no início de julho, e os microempreendedores podem parcelar as dívidas acumuladas até maio de 2016, em até 120 prestações. Para débitos de boletos vencidos após maio de 2016, o parcelamento será de, no máximo, 60 meses.

O pedido de adesão ao parcelamento pode ser feito no Portal do Empreendedor. Na solicitação, é possível calcular o total de parcelas de forma automática, considerando o maior número possível e respeitado o valor mínimo de R$ 50.

Esta é a primeira vez, desde a criação do MEI, em 2009, que o governo abre um programa de parcelamento de débitos. De acordo com a Receita Federal, mais de 7 milhões de microempreendedores estão cadastrados no Simples Nacional, mas cerca de 60% estão inadimplentes com o fisco.

O saldo devedor atual dos microempreendedores individuais está em R$ 1,7 bilhão. O atraso no pagamento dos boletos pode prejudicar o acesso dos microempreendedores a direitos previdenciários, como auxílio-doença, salário-maternidade e aposentadoria invalidez. Para pedir o auxílio-doença, por exemplo, o microempreendedor precisa ter pago em dia no mínimo 12 meses seguidos.

Ficou fácil pagar o IPTU em atraso com os descontos especiais na Prefeitura de Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 19 jul 2017

Tags:, , , ,

da Redação

A administração municipal em Vitória da Conquista lançou com aprovação na Câmara Municipal –  o Refis – Programa de Refinanciamento de Dívidas Tributárias e Preços Públicos.

Desde o mês de junho que a Prefeitura vem recebendo na Secretaria de Finanças os contribuintes em atraso, muitos com dívidas consideradas impagáveis, – que agora com o Refis tudo mudou com as facilidades que foram aprovadas com a Lei nº 2.137 de 29 de maio do ano em curso.

Uma campanha publicitária será lançada ainda no decorrer desta semana. O Refis é uma oportunidade para viabilizar a vida de empresários e cidadãos que no caso de adesão ao programa tornarão adimplentes tendo as suas dívidas quitadas ou parceladas na Prefeitura.

Vantagens / Descontos

Os proprietários de imóveis que estão inadimplentes, com o Refis,  poderão parcelar os débitos em até 60 meses. Os descontos serão aplicados obedecendo os critérios nos seguintes casos do artigo 9º da Lei.

I – Desconto de 100% da multa e dos juros, nos casos de pagamento em uma única parcela, com vencimento rm até  30 dias após adesão ao REFIS.

II – Desconto de 80% da multa e dos juros, nos casos de parcelamento de 2 a 12 parcelas.

III – Descontos de 75% da multa e dos juros nos casos de parcelamento de 13 a 24 parcelas.

IV – Descontos de 70% da multa e dos juros nos casos de parcelamento de 25 a 36 parcelas

V – Descontos de 60% da multa e dos juros nos casos de parcelamento de 37 a 48 parcelas

VI – Desconto de 50% nos casos de parcelamento de  de 49 a 60 vezes

Programa de parcelamento de dívidas do MEI teve início segunda

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 06 jul 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: G1 / Publicação CDL (Conquista)

Microempreendedores Individuais em débitos com a Receita Federal poderão parcelar boletos em aberto em até 120 meses; veja como fazer o pedido

Desde segunda-feira (3) os microempreendedores individuais (MEIs) com boletos atrasados podem solicitar o parcelamento das dívidas com a Receita Federal. O prazo para fazer o pedido termina no dia 2 de outubro.

É a primeira vez, desde a criação do MEI, em 2009, que o governo abre um programa de parcelamento de débitos. As dívidas acumuladas até maio de 2016 poderão ser parceladas em até 120 prestações, que deverão ter valor de pelo menos R$ 50. Para débitos de boletos vencidos após maio de 2016, o parcelamento será de, no máximo, 60 meses.

Segundo a Receita Federal, o saldo devedor atual dos MEIs é de R$ 1,7 bilhão. O número de microempreendedores individuais cadastrados no Simples Nacional já superou a marca de 7 milhões, mas o percentual de inadimplência tem se mantido há anos no patamar ao redor de 60%.

De acordo com os dados do Fisco, dos 6,94 milhões de MEIs cadastrados em março, apenas 2,78 milhões (40%) efetuaram o pagamento do boleto mensal.

Além de estar inadimplente com o Fisco, o MEI com boletos atrasados corre o risco de não ter acesso a direitos previdenciários como auxílio-doença, salário-maternidade e aposentadoria invalidez.

Cada benefício exige um tempo de carência, ou seja, um tempo mínimo meses de contribuição, e a contagem da carência inicia-se apenas a partir do pagamento da primeira contribuição sem atraso. Para pedir o auxílio-doença, por exemplo, o MEI precisa ter pago em dia no mínimo 12 meses seguidos.

Conquista: IPTU com 10% de desconto pode ser pago até o dia 28 de abril

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 29 mar 2017

Tags:, ,

Da Redação


Contribuintes conquistenses têm até o dia 28 de abril para efetuar o pagamento em cota única do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU). Até essa data, o valor cobrado tem 10% de desconto.

De acordo com a Secretaria de Finanças e Execução Orçamentária de Vitória da Conquista, os contribuintes também podem optar pelo parcelamento, dividindo o valor em até nove vezes – quem paga mais de R$ 200 reais já recebe o carnê com essa opção.

Ainda conforme a Secretaria, os carnês serão entregues nas residências dos contribuintes a partir do dia 5 de abril, mas já podem ser impressos via internet no site da Prefeitura Municipal. Para acessar e imprimir o boleto, o cidadão deve ir à página inicial do site e clicar na terceira ferramenta do alto da página, “Impressão de DAM IPTU”.

Quem preferir, pode ainda se dirigir à Secretaria Municipal de Finanças, localizada no prédio principal da Prefeitura, na Praça Joaquim Correia, 55, Centro. Uma equipe de servidores está responsável pelo atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, sem intervalo para almoço.

Empresas já podem pedir parcelamento de 120 meses

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 22 dez 2016

Tags:, ,

Agência Sebrae de Notícias com site da CDL /VC
Fonte: Pequenas Empresas Grandes Negócios

As micro e pequenas empresas que estão com débitos do Simples Nacional já podem pedir o parcelamento de até 120 meses. O Comitê Gestor do Simples Nacional publicou uma portaria com as normas para a adesão ao parcelamento de dívidas tributárias. Quem não se regularizar poderá ser desligado do Simples Nacional a partir do próximo ano. O valor mínimo de cada parcela deve ser de R$ 300. De acordo com a Receita Federal, são quase 600 mil pequenos negócios que devem R$ 21 bilhões.

“A nossa recomendação é que os empreendedores procurem o Sebrae e falem com o seu contador para fazer a adesão ao parcelamento de até dez anos para não correrem o risco de sair do Simples e cair no complicado. Quanto antes o empresário se regularizar, melhor”, enfatiza o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos. Quem já obteve parcelamento anterior com a Receita, no âmbito do Simples, agora também poderá se beneficiar do novo prazo de 120 meses. …Leia na íntegra

Governo divulga regras para parcelamento de dívidas de microempresas

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 15 nov 2016

Tags:, , ,

da Redação
Com informações da Exame.com

calculoA nova versão da lei ampliou de 60 para 120 prestações o prazo para pagamento das dívidas tributárias

Empresa: as mudanças estão previstas em lei sancionada pelo presidente Michel Temer (Dave Dugdale/Creative Commons/)
O Diário Oficial da União publica hoje instrução normativa que estabelece procedimentos preliminares relativos ao parcelamento de dívidas de microempresas e empresas de pequeno porte.

As mudanças estão previstas na Lei Complementar nº 155 de 2016, sancionada no dia 27 de outubro pelo presidente Michel Temer. A nova versão da lei ampliou de 60 para 120 prestações o prazo para pagamento das dívidas tributárias.

Pelo texto da instrução normativa, o contribuinte com débitos apurados na forma prevista no Simples Nacional até a competência do mês de maio de 2016 – nos termos da nova versão da lei – poderá manifestar previamente a opção pelo parcelamento, no período de 14 de novembro de 2016 a 11 de dezembro de 2016, por meio do formulário eletrônico “Opção Prévia ao Parcelamento da LC 155/2016” , disponível na página da Receita Federal na Internet.

Criado em 2006, o Supersimples tem o objetivo de desburocratizar e facilitar o recolhimento de tributos pelos micro e pequenos empresários.

Projeto de parcelamento do IPVA será votado dentro de 15 dias

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 19 ago 2015

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

Herzem-Gusmão

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Marcelo Nilo (PDT), recebeu nessa terça-feira (18) uma lista com 23 projetos de autoria dos deputados que devem ser prioridade nas próximas votações da Casa. Os Projetos de Lei (PL) foram selecionados por uma comissão especial, solicitada pelo presidente da AL-BA, para analisar e dar celeridade a votação pelos parlamentares.

Entre os destaques da lista está a proposta do deputado Herzem Gusmão (PMDB), que sugere o parcelamento do IPVA em até 10 meses. “Estamos felizes com esta notícia, principalmente por entender as dificuldades colocadas às iniciativas de membros da oposição. Agora, vamos mobilizar o nosso grupo e tentar sensibilizar os demais deputados para a necessidade da aprovação desse projeto”, comemorou Herzem.

O deputado também relembrou a manchete de capa do Jornal Tribuna da Bahia, de ontem, onde aponta que 2 em cada 3 carros no estado estão rodando com o licenciamento vencido. “Com a crise, a inadimplência aumentou consideravelmente. Dos mais de três milhões e setecentos mil veículos rodando no estado, menos de um milhão e trezentos mil pagaram o licenciamento obrigatório, o que representa 70% de toda a frota. Isso são dados levantados pelo Detran e que nos preocupa”.

A comissão especial, que tem a frente o deputado Fabrício Falcão (PCdoB), avaliou projetos encaminhados por todos os gabinetes da AL-BA. O PL de Herzem foi um dos primeiros a ser apresentada à comissão. Todas as 23 matérias devem ser colocadas para votação em caráter de urgência, no prazo máximo de 15 dias.

IPVA: deputado realça manchete da Tribuna da Bahia e volta a cobrar parcelamento do imposto

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 18 ago 2015

Tags:, , ,

banner_shop_05

da Redação

IPVAA manchete de capa do Jornal Tribuna da Bahia, Dois em cada 3 carros na Bahia estão rodando com o licenciamento vencido, edição desta segunda – feira (17), motivou um pronunciamento do deputado estadual Herzem Gusmão (PMDB), na Assembleia Legislativa.

O Detran informou que a frota do Estado é de 3.718.442 veículos, apenas 1.289.080 tinham feito o o pagamento do IPVA. Representa 70% de toda frota circulando sem o pagamento do licenciamento obrigatório.

Na sua fala o deputado conquistense lembrou que foi protocolado no dia 26 de maio, um PL que permite, se aprovado na Casa, o parcelamento em 10 vezes do imposto. “Ontem à tarde em conversa com o líder do Governo, deputado Zé Neto (PT), solicitei dele que o parcelamento pode ser da iniciativa do próprio Governo”, disse Herzem Gusmão que está empenhado para que o parcelamento aconteça. A inadimplência com a crise aumentou consideravelmente.

Deu no Raio Laser da Tribuna da Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 18 jun 2015

Tags:, , ,

da Redação

HG IPVA

Na manhã desta 4ª feira (17), por ocasião da visita do secretário Manoel Vitória (Fazenda), na Comissão de Orçamento, Finanças e Fiscalização, o deputado Herzem Gusmão (PMDB), sugeriu maior flexibilidade nas parcelas de pagamento do IPVA. Informou ao secretário que tramita na ALBA o PL, de sua autoria, que prevê parcelamento em 10 vezes.

O secretário Manoel Vitória agradeceu a sugestão e admitiu analisar a proposta entendendo que poderá reduzir a inadimplência. Gusmão justificou que a arrecadação continuaria dentro do ano fiscal. O Jornal a Tribuna da Bahia repercutiu na coluna Raio Laser da edição desta 5ª feira (18). Confira:

(…)

IPVA (Coluna Raio Laser da Tribuna da Bahia)

Durante audiência pública realizada ontem na Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa, o deputado Herzem Gusmão (PMDB) pediu para o secretário Manoel Vitório (Fazenda) para estudar a possibilidade de parcelar o pagamento do IPVA.

Projeto de Herzem prevê pagamento parcelado do IPVA na Bahia em 10 vezes

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 12 maio 2015

Tags:, , , ,


por Mateus Novais
foto: reprodução Diário Oficial

IMG_1103

O deputado Herzem Gusmão (PMDB), apresentou na Assembleia Legislativa um projeto de lei sugerindo 10 parcelas na forma de pagamento do imposto sobre a propriedade de veículo automotor (IPVA) na Bahia. O parlamentar acredita que o parcelamento do IPVA em 10 vêzes reduzirá a inadimplência, beneficiando ao mesmo tempo os cofres públicos, o contribuinte e o conjunto da população.

Com a aprovação do presente projeto de lei, as mudanças mais significativas serão as seguintes: fica instituído o pagamento parcelado do Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor (IPVA) na Bahia. O pagamento do valor do IPVA, em cada exercício, poderá ser feito pelo contribuinte em 10 parcelas mensais e sucessivas de igual valor, sem quaisquer acréscimos. Serão cobrados multa e acréscimos moratórios sobre as parcelas pagas fora de sua data de vencimento, de acordo com os índices fixados pelo Executivo. Caso o contribuinte opte pelo pagamento à vista, a ser realizado no mês de fevereiro de cada ano, deverá ser contemplado com um desconto, cujo percentual será fixado pelo Executivo.

Para Herzem, o IPVA é uma importante fonte de receita do Estado e representa, por outro lado, um significativo impacto no orçamento familiar de milhões de cidadãos baianos. “Consideramos que é função do legislador assegurar a manutenção e o aperfeiçoamento das fontes de receita do Estado para que possa fazer frente a suas obrigações perante a população, ao mesmo tempo em que formula propostas e elabora leis que contribuam para minorar os eventuais impactos da carga tributária sobre os orçamentos das famílias”, afirma.

IPTU/ISS: prefeitura de Salvador facilita pagamento de dívidas

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 02 abr 2014

Tags:, , ,

da Redação

Administração de ACM Neto vem sendo bem recebida pela população da capital

SAlvador BBA prefeitura de Salvador estima arrecadar 150 milhões até o fim do ano. Os contribuintes estão sendo estimulados a parcelar os débitos com IPTU e ISS em até 120 meses. Para que fosse possível a administração lançou o Programa de Parcelamento Incentivado (PPI), que apresentado ontem pelo prefeito ACM Neto.

De acordo com a prefeitura, 380 mil cartas serão entregues aos contribuintes, que têm até o dia 31 de maio deste ano para adesão ou não. As dívidas somam atualmente R$ 5 bilhões. Os boletos se referem a dívidas do exercício de 2012, que podem ser divididas em até 120 meses.

O desconto é de 100% de juros acima de mora e a redução de até 75% no valor das multas para pagamento à vista ou 50% para quem optar pelo parcelamento. A partir desta 4ª feira (2), as adesões poderão ser feitas pelo site ppi.salvador.ba.gov.br,