Como votaram os deputados da Bahia na vitória de Temer na Câmara

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 03 ago 2017

Tags:, , , , ,

da Redação

O presidente Michel Temer (PMDB) conseguiu importante vitória no plenário da Câmara dos Deputados. O relatório do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), que pedia o arquivamento da denúncia de corrupção passiva formulada pela Procuradoria-Geral da República contra o presidente alcançou uma votação satisfatória com placar favorável de 263 x 227.

21 deputados da Bahia disseram “não” , enquanto 17 declaram “sim”, em apoio ao não prosseguimento da matéria no Supremo Tribunal (STF). Apenas Ronaldo Carletto (PP) se ausentou.

O Bahia.ba, do jornalista Leyi Vasconcelos destacou que (…) Não houve surpresa, à exceção da alfinetada de Daniel Almeida (PCdoB), que citou a polêmica exoneração dos secretários estaduais pelo governador Rui Costa (PT), que mudou a composição da bancada. “Em nome do deputado Davidson Magalhães, que foi retirado dessa votação, e em meu nome, voto não”, provocou. Apesar das dúvidas, tanto Josias Gomes, que mudou posição, quanto Fernando Torres (PSD) declararam apoio ao prosseguimento da denúncia.

A Bahia possui na Câmara dos Deputados 39 parlamentares:

Votaram Sim:

Antonio Imbassahy (PSDB)

Arthur Maia (PPS)

Benito Gama (PTB)

Cacá Leão (PP)

Claudio Cajado (DEM)

Elmar Nascimento (DEM)

Erivelton Santana (PEN)

João Carlos Bacelar (PR)

José Carlos Aleluia (DEM)

José Carlos Araújo (PR)

José Rocha (PR)

Lúcio Vieira Lima (PMDB)

Márcio Marinho (PRB)

Mário Negromonte Jr. (PP)

Paulo Azi (DEM)

Pastor Luciano Braga (PRB)

Roberto Britto (PP)

Votaram Não:

Afonso Florence (PT)

Alice Portugal (PCdoB)

Antonio Brito (PSD)

Bacelar (Podemos)

Bebeto (PSB)

Josias Gomes (PT)

Luiz Caetano (PT)

Daniel Almeida (PCdoB)

Félix Mendonça Júnior (PDT)

Fernando Torres (PSD)

Irmão Lázaro (PSC)

João Gualberto (PSDB)

Jorge Solla (PT)

José Nunes (PSD)

Jutahy Junior (PSDB)

Nelson Pelegrino (PT)

Paulo Magalhães (PSD)

Sérgio Brito (PSD)

Uldurico Junior (PV)

Valmir Assunção (PT)

Waldenor Pereira (PT)

Ausente:

Ronaldo Carletto (PP)

 

Só 16 parlamentares são punidos por crimes no Brasil nos últimos 27 anos

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Política | Data: 20 set 2015

Tags:, , ,

Agência Brasil

STF BDesde o processo de redemocratização, em 1988, mais de 500 parlamentares foram investigados ou respondem a ações penais no Supremo Tribunal Federal (STF). Desses, apenas 16 foram condenados no exercício do mandato por crimes como corrupção, lavagem de dinheiro e desvio de verba pública; oito cumpriram ou ainda cumprem pena; outros três recorreram da condenação e cinco conseguiram escapar da pena por prescrição.

Os únicos presos hoje são os ex-deputados Natan Donadon (ex-PMDB-RO), cuja pena é cumprida em regime semiaberto; e, em prisão domiciliar, Asdrúbal Bentes (PMDB-PA), João Paulo Cunha (PT-SP), Pedro Henry (PP-MT) e Valdemar Costa Neto (PR-SP), os três últimos condenados no mensalão.

Levantamento do Congresso em Foco obtido pelo GLOBO, que já leva em conta a nova legislatura, revela que hoje tramitam no Supremo um total de 358 investigações entre inquéritos e ações penais contra ao menos 172 parlamentares, aproximadamente um terço do Congresso Nacional.

…Leia na íntegra