BR 116 será duplicada entre Lucaia, Conquista e entroncamento de Belo Campo

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 09 set 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

DSC_0063

O vereador Hermínio Oliveira (SD), membro da comissão que discute com a ViaBahia e CREA as intervenções na BR 116, anunciou parte das ações que já foram definidas no encontro. O parlamentar apontou a iluminação dos trechos urbanos, construção de passarelas e a duplicação dos dois pontos de saída de Vitória da Conquista.

Hermínio informou que 74 km da BR 116 serão duplicados: um trecho que começa em Lucaia (distrito de Planalto) e segue até o perímetro urbano de Vitória da Conquista, e outro que começa na altura do Atacadão e segue até a entrada de Belo Campo. “Essas obras serão iniciadas no ano de 2016, já está certo”, disse o vereador.

Sobre as obras, ele apontou que já estão com 90% adiantadas. O problema, nessa questão é o trecho entre o Morada dos Pássaros e o Atacadão. “A Via Bahia já colocou os braços e os postes, mas informou que já foi feito o pedido à Coelba para iluminar aquele trecho e, até agora, a Coelba não fez a colocação de lâmpadas”, detalhou.

Segundo Oliveira, a construção de uma passarela para a comunidade à margem do Atacadão depende do afastamento de uma rede elétrica. “A Via Bahia também solicitou à Coelba. Mas, até o momento a Coelba não atendeu a essa solicitação. Uma passarela ligando a localidade de Pé de Galinha ao novo aeroporto também está nos planos da concessionária, informou Hermínio Oliveira. O equipamento é uma indicação do mandato do vereador.

Outro encontro da comissão está programado para o prazo de 15 dias, onde deve ser

Substituição de passarela deixa trânsito lento entre Conquista e Cândido Sales

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 06 ago 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

DSC_0679

Os motoristas que transitam pela BR 116, no trecho entre Vitória da Conquista e Cândido Sales, têm que redobrar a atenção e paciência. Devido a uma obra no KM 910, próximo à Cândido Sales, o fluxo de veículos será interrompido nos dois sentidos da rodovia durante uma hora e trinta minutos, aproximadamente, em cada etapa dos serviços.

Desde essa quarta-feira (5), a ViaBahia iniciou os trabalhos de remoção e substituição de uma passarela antiga, construída há mais de 20 anos. A nova estrutura será montada em, no máximo, três dias. Ou seja, até esta sexta o trânsito na região deve ficar lento. Após a conclusão destes trabalhos, o equipamento novo terá os elementos complementares reformados ficando, por alguns períodos, parcialmente interditado por aproximadamente 30 dias.

A concessionária que administra a rodovia explica que instalou placas de advertência no local e reforçou a sinalização. Além disso, rotas de inspeção estarão monitorando e oferecendo o suporte necessário para minimizar os transtornos à população.

Via Bahia inicia nesta quarta-feira (05) substituição de passarela na BR-116

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia | Data: 04 ago 2015

Tags:, , ,

Da Redação

Compreende o trecho da BR-116 Sul – rodovia Santos Dumont, nas proximidades do município de Cândido Sales.

passarela cândido salesA Via Bahia Concessionária de Rodovias S/A iniciará nesta quarta-feira (05/08), a partir das 10h, a retirada da passarela antiga localizada no quilômetro 909,970 m da BR-116 Sul – rodovia Santos Dumont, nas proximidades do município de Cândido Sales, e que será substituída. Para a realização destes trabalhos, a concessionária interditará o equipamento no dia anterior (04/08).

O fluxo de veículos será interrompido nos dois sentidos da rodovia durante uma hora e trinta minutos, aproximadamente, em cada etapa dos serviços. Na quinta-feira (06/08), a mesma operação será montada, também a partir das 10h, desta vez para a instalação da nova passarela. Já na sexta-feira (07/08) será colocado o piso em concreto pré-moldado. …Leia na íntegra

Moradores do Miro Cairo voltam a pedir passarela do Anel Viário

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 27 maio 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

DSC_0511

Os moradores dos condomínios Jacarandá e Flamboyant, no bairro Miro Cairo, voltaram a lamentar e cobrar serviços básicos do poder público municipal. Os residentes das casas ligadas ao programa federal ‘Minha Casa, Minha Vida’ apontam a falta de passarela atravessando o Anel Viário, posto de saúde e a presença do poder público como principais necessidades.

IMG_2715Na Tribuna Livre da Câmara Municipal, desta quarta-feira (27), o vice-presidente da Associação de Moradores dos condomínios, Adailton de Oliveira, solicitou que a passarela ligando os bairros Miro Cairo e Senhorinha Cairo, para evitar atropelamento de quem atravessa o anel rodoviário para passar de um bairro para outro. Segundo ele, a passarela foi prometida pelo então governador do Estado, Jaques Wagner. O líder comunitário revelou que o fluxo de veículos pesados na região aumentou bastante devido à interdição de uma das alças do anel.

A construção de uma Unidade de Saúde para atender aos moradores dos empreendimentos também foi uma solicitação do vice-presidente da associação de moradores. Segundo ele, a unidade que atende à população do Miro Cairo está sobrecarregada e não dá conta de atender a todos.

Ele reclamou também das poucas visitas de parlamentares aos moradores e também da ausência do chefe do Poder Executivo Municipal. “Nós temos três anos no condomínio e ainda não tivemos a graça de receber Dr. Guilherme lá no condomínio”, disse Adailton.

Moradores da Vila Serrana pedem passarela na Av. Rafael Spínola

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 08 maio 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
fotos: Rafael Gusmão

IMG_1005

A falta de acessibilidade em bairros distantes do centro de Vitória da Conquista é motivo para constantes queixas da população. E não é apenas a ausência de pavimentação que provoca reclamações dos moradores, mas também trechos seguros para os pedestres circularem.

Como é o caso do bairro Vilas Serranas 3. Na Avenida Rafael Spínola, um canal de escoamento de água impede a travessia de pedestres para os dois lados da via. Os pontos de passagens são dispostos a cada 50 metros, mas foram construídos pensando apenas no deslocamento de veículos. Não há calçadas para quem está caminhando.

IMG_1506Então, Uma forma encontrada pelos moradores para resolver o problema foi construir pontes de madeiras sobre o canal, como a que liga um dos lados da avenida à Unidade de Saúde da Família José Gomes Novaes (foto). Porém, com a ação do tempo, as pontes ficaram velhas e não apresentam qualquer tipo de segurança para quem a utiliza.

Percebendo o perigo, o Conselho de Saúde das Vilas Serranas e Cidade Maravilhosa encaminhou para a Secretaria de Mobilidade Urbana uma solicitação de construção de uma passarela moderna e segura no local, já que o fluxo de pedestre neste ponto é muito alto, devido os serviços do Posto de Saúde. Acontece que, passado mais de um ano, nada foi feito. Segundo o Conselho, o secretário Luis Alberto Sellman alega que a obra ainda está em processo de licitação.

“A ponte se encontra em condições precárias, colocando em risco a vida de pessoas idosas. Depois de um ano, o secretário alega que está licitando a ponte. Isto e uma vergonha!”, desabafou uma fonte que não quis se identificar.

Passarela do GAB na Avenida Paralela corre risco de desabar, diz deputado

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 20 set 2013

Tags:, , ,

da Redação

Simões SSVEntrevistado na Resenha Geral da Rádio Clube FM (95,9), nesta 6ª feira (20), o deputado Luciano Simões, líder do Bloco PMDB/DEM na Assembleia Legislativa da Bahia, denunciou que a passarela localizada na Avenida Paralela em Salvador, identificada como passarela do GAB, corre risco de desabar. “Herzem em primeira mão ‘prá’ você. A passarela do GAB, na Avenida Paralela, está condenada e oferece risco grave para quem passa por ali”, disse. O deputado enviará através de sua assessoria detalhes sobre o problema estrutural daquele equipamento.

Na entrevista Simões confirmou que a Metro Engenharia, que consta da lista das empresas em estado de pré-falência,  interrompeu as obras de construção do Shopping Popular em Vitória da Conquista, tendo acumulado crédito junto a CONDER  na ordem de de R$ 26 milhões.