Secretário promete recompor quadro de instituições após seleção da Educação

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 22 mar 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

DSC_3329Os ânimos exaltados da última semana durante o imbróglio entre instituições filantrópicas e Secretaria de Educação se acalmaram após uma reunião que selou um acordo entre as partes. As instituições acusaram a Prefeitura de romper a parceria de desenvolvimento dos trabalhos sociais, impedindo que mais de 2.400 famílias em situação de vulnerabilidade social fossem assistidas no município.

Segundo o secretário de Educação Valdemir Dias, na reunião da última sexta-feira (20), ficou acordado que a Prefeitura manteria o atual quadro das instituições. “Não vamos tirar mais esse pessoal para o quadro da Prefeitura”, garantiu. “Nós não queremos extinguir essa parceria, porque entendemos que o trabalho social que as entidades e pastorais fazem é muito importante”, completou o secretário.

Ele também explicou que a Prefeitura estava fazendo reduções em algumas instituições, para compensar a redução de quadros na Prefeitura. “Para se ter uma ideia, de dezembro até agora, saíram mais de 800 contratos da Secretaria por impedimentos legais, que completaram 48 meses, e tivemos obrigatoriamente que retirar. Isso desfalcou muito nosso quadro, principalmente de professores e monitores. Daí, a necessidade de trazer esse pessoal. Pedimos a compreensão das instituições, mas o sacrifício está sendo compartilhado”.

O secretário confirmou que em breve uma seleção para a contratação de professores e monitores ocorrerá com o intuito de recompor essa perda de mais de 800 funcionários da Educação. Após o processo seletivo, Valdemir garante que será analisado “caso a caso” das instituições. “Algumas já estão com o quadro cheio e não tem condição de colocarmos mais pessoas. Mas tem aquelas que estão necessitando de pessoas para que funcionem bem. Então, assim que fizermos a seleção e recompor esse quadro, vamos olhar caso a caso”.

“Fico indignada com a política pública que está se estabelecendo nesse município”, diz coordenadora da Pastoral do Menor

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 20 mar 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

DSC_3309Com o risco de fechamento de suas quatro unidades em Vitória da Conquista, a Pastoral do Menor saiu às ruas para protestar contra a decisão da Prefeitura Municipal de retirar os funcionários cedidos a 11 instituições filantrópicas, através da Secretaria de Educação. Somente na Pastoral, poderão ser desatendidas 800 famílias.

As instituições funcionam através de convênio, oferecendo projetos educacionais e esportivos, além de encaminhar para o mercado de trabalho milhares de jovens conquistenses em situação de vulnerabilidade social. A contrapartida da Prefeitura é o ofertamento de funcionários para o desenvolvimento dos projetos. “Nós temos espaços com manutenção, temos equipamentos, temos a contrapartida de funcionários próprios. Mas nós não vamos dar conta de mantermos toda a ação. Até porque isso é uma política pública de governo. Estamos na condição de parceiros, aquele que pode ajudar o governo a potencializar a ação”, explica a coordenadora de aprendizagem, Valdira Araujo.

A iminência do fechamento dessas instituições é avaliada pela coordenadora da Pastoral como “mais um golpe nessas famílias” que têm seus direitos violados diariamente. “O nosso município se encontra, em termos de violência e mortalidade entre os jovens, no 8º lugar no país. Então, nós só vamos contribuir ainda mais para que esse índice de violência aumente”, aponta Valdira. “Porque se deixar uma unidade dessa fechada, como está a do Jurema, nós estamos contribuindo com a prostituição. Se fechar uma unidade dessa no Cruzeiro, nós estamos contribuindo com o tráfico de drogas e aliciamento dos adolescentes. Se fecharmos uma das unidades do Jovem Aprendiz, nós vamos colocar os jovens na condição de demitidos”, diz.

Por fim, a coordenadora da Pastoral do Menor se diz indignada com a forma que a Administração Municipal trata as crianças e adolescentes da cidade. “Eu, enquanto coordenadora da Pastoral do Menor e conselheira do CECA [Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente da Bahia], fico indignada com a política pública que está se estabelecendo nesse município”.

11 instituições filantrópicas correm risco de fechamento; 2,4 mil famílias serão desatendidas

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 20 mar 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

entidades-1Mais de 2.400 famílias atendidas por 11 instituições que realizam trabalho sócio-educacional correm o risco de ser desatendidas em Vitória da Conquista. As instituições, como Pastorais da Igreja Católica ACIDE e Apae,  funcionavam através de um convênio com a Prefeitura Municipal.

Segundo a coordenadora de aprendizagem da Pastoral do Menor, Valdira Araujo, os programas têm como clientes crianças e adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidade social e recebem atendimentos na área de educação, esporte.

Segundo informações de representantes das Pastorais, a Prefeitura sinaliza com o fim da parceria, o que seria um prejuízo incalculável para essas pessoas. O movimento que representa a população está pleiteando a continuidade da parceria do Poder Municipal e as Instituições Sociais, Programas e Projetos e a permanência de Funcionários cedidos pela Secretaria de Educação para as Instituições. “Hoje, o Lar Catarina de Sena está sem nenhum funcionário cedido, a AABB está fechada em sua ação de atendimento no contra-turno, a Pastoral Nossa Senhora Aparecida está fechada porque não tem nenhum funcionário cedido, e as outras unidades estão trabalhando com esse quadro reduzido. E, quando foi no dia 18, a [Secretaria de] Educação anunciou a retirada desses últimos funcionários”.

Uma reunião está acontecendo com o secretário de Educação para tratar do assunto. “O que o movimento espera é o bom senso por parte do Executivo Municipal, já que a participação do poder público é essencial para a continuidade deste trabalho que é realizado com sucesso há muitos anos”, afirmam as instituições.

Secretaria de Educação retira servidores do trabalho em 11 entidades filantrópicas

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 19 mar 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais*

entidades-1Professores, pais, voluntários e crianças atendidas pela Pastoral do Menor e outras entidades filantrópicas de Vitória da Conquista ocuparam o prédio da Prefeitura Municipal, na tarde desta quinta-feira (19). As entidades protestaram contra a remoção de servidores da Secretaria de Educação que desenvolviam trabalho na Pastoral do Menor.

Em nota, a Prefeitura afirmou que “foi necessário fazer o remanejamento de uma parte dos professores que atuavam na Pastoral no Menor” para “suprir demandas da própria Secretaria [de Educação]”. Ainda segundo a Administração Municipal, a Secretaria “continua assistindo à instituição, com os professores que continuam cedidos, e com monitores, que substituíram os docentes remanejados”.

Uma reunião entre a coordenação da Pastoral e o secretário de Educação, Valdemir Dias, está agendada para esta sexta-feira (20), onde será discutida essa questão e verificar as alternativas possíveis de colaboração com as necessidades da instituição.

*com informações Blog do Rodrigo Ferraz

Pastoral do menor promove caminhada pela paz

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 27 nov 2014

Tags:, ,

por Mateus Novais
fotos: Rafael Gusmão

DSC_0365

Com o tema “Caminhada pela Paz”, voluntários, jovens e crianças da Pastoral do Menor e sociedade civil organizada de Vitória da Conquista, realizaram uma passeata na tarde desta sexta-feira (28). Os quase 300 participantes da caminhada pediam melhorias no setor de segurança pública do município.

DSC_0368Com cartazes em mãos, a passeata buscou incentivar a paz de promover a solidariedade e o bem na sociedade. Os gritos de “quero paz!” chamou a atenção pelas ruas por onde passou.

Ao som da fanfarra, formada por alunos da Escola Municipal Cláudio Manoel da Costa, na Praça Sá Barreto, final do percurso, houve algumas apresentações, os jovens formaram uma corrente humana e rezaram a Oração de São Francisco, em prol da paz e união de todos.

A Pastoral do Menor é uma Organização Não Governamental (ONG) que trabalha no intuito de promover a educação, evangelização e proteção de crianças e adolescente em situação de risco.

Crianças da Pastoral do Menor visitam Exposição da Bienal da Bahia

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Cultura | Data: 05 ago 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
fotos: Ascom PMVC

DSC_0530Na última segunda-feira (4), crianças atendidas pela Pastoral do Menor visitaram a exposição “No Litoral é Assim”, que acontece na fazenda Casa dos Carneiros. Esta exposição é uma das atrações itinerantes da 3ª Bienal da Bahia.

Durante a visita, as os jovens tiveram a oportunidade de conhecer as obras que integram a exposição, além do universo do compositor conquistense. “Uma atividade como essa é muito importante porque faz com que as crianças tenham contato com coisas que elas só veem na televisão, ainda mais em um lugar como esse, que tem muita história, que é preciso conhecer, mas que, por ser afastado da cidade, muitas dessas crianças não teriam acesso”, diz o monitor da Pastoral, Josenilton do Nascimento. …Leia na íntegra

Crianças e adolescentes da Pastoral do Menor participam de exibições de filmes no Memorial Régis Pacheco

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Cultura | Data: 15 jul 2014

Tags:, , ,

DSC_7860Na próxima quarta-feira (16), crianças e adolescentes que participam da Pastoral do Menor Nossa Senhora das Graças, no bairro Cruzeiro, terão a oportunidade de participar pela segunda vez do “Cineminha das Três”, projeto do Memorial Régis Pacheco, que promove sessões de filmes de curta-metragem.

A obra já confirmada para essa sessão de cinema é “Alma Carioca – Um choro de menino”, do diretor William Côgo. A exibição terá início às 15 horas. Logo em seguida, será exibido outro filme de curta-metragem.

Sessões como essa acontecem todas as quartas e constituem uma ação para somar-se às aulas de música que os jovens recebem no Memorial. O objetivo do Projeto “Cineminha das Três” é utilizar ferramentas lúdicas e de entretenimento em prol da educação. Informações da Ascom PMVC.

Pastoral do menor completa 18 anos

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 08 mar 2014

Tags:

Da Redação

pastoral do menorA Pastoral do menor de Vitória da Conquista celebra seus 18 anos de fundação na quarta-feira (19). E para agradecer aos parceiros e comemorar a data especial, uma missa de ação de graças vai ser realizada na Paróquia Nossa Senhora das Graças, que fica localizada na Rua Waldemar Sá Porto, bairro Recreio, a partir das 15h. Toda a comunidade conquistense está convidada.