Pesquisa Datafolha mostra que rejeição a Dilma é de 65%

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 20 dez 2015

Tags:,

A Tarde

340x650_dilma-politica_1490941O governo da presidente Dilma Rousseff (PT) apresentou uma leve melhora em sua imagem de acordo com a Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado, 19, no site do jornal Folha de S.Paulo. Segundo o levantamento feito nos dias 16 e 17, depois de atingir o pico de 71% em agosto, a desaprovação da gestão da petista recuou em duas pesquisas seguidas e voltou ao índice de 65%. O percentual coloca a petista na mesma situação de junho, o terceiro pior patamar desde a posse de Dilma em seu primeiro mandato.

Segundo a Datafolha, foi observada uma tendência de algum crescimento de aprovação. Depois de atingir o mínimo de 8% em agosto, o percentual dos que consideram o governo bom ou ótimo oscilaram para 10% em novembro e 12% agora. Ainda entre os entrevistados, 58% acreditam que o vice-presidente Michel Temer faria uma administração igual ou pior que a de Dilma.

…Leia na íntegra

Com 35%, Aécio Neves venceria Lula se a eleição presidencial fosse hoje

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Política | Data: 21 jun 2015

Tags:, ,

Folha de São Paulo

pesquisa_eleitoral_09Divulgada neste domingo (21.06) no jornal “Folha de São Paulo”, pesquisa Datafolha mostra que Aécio Neves (PSDB) venceria Lula com uma diferença de dez pontos percentuais, se corrida presidencial ocorresse neste momento.

O órgão realizou 2.840 entrevistas em 174 cidades do País entre quarta (17.06) e quinta-feira (18.06). A margem de erro do levantamento é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. Veja as outras intenções de voto abaixo:

1º Cenário

— Aécio Neves (PSDB): 35%
— Luiz Inácio Lula da Silva (PT): 25%
— Marina Silva (PSB): 18%
— Eduardo Paes (PMDB): 2%
— Luciana Genro (PSOL): 2%
— Eduardo Jorge (PV): 2%
— Branco/nenhum: 11%
— Não sabe: 5%

2º Cenário

— Luiz Inácio Lula da Silva (PT): 26%
— Marina Silva (PSB): 25%
— Geraldo Alckmin (PSDB): 20%
— Eduardo Paes (PMDB): 3%
— Luciana Genro (PSOL): 3%
— Eduardo Jorge (PV): 2%
— Branco/nenhum: 14%
— Não sabe: 7%

Datafolha registra recuperação de Aécio e empate técnico com Dilma

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 25 out 2014

Tags:,

Agência Brasil

dilma-e-aecio_1457494Pesquisa Datafolha divulgada na tarde deste sábado (25/10) aponta que o candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, recuperou terreno na véspera das eleições e está tecnicamente empatado com Dilma Rousseff (PT) no limite da margem de erro de dois pontos porcentuais.

A petista lidera a corrida com 52% dos votos válidos (excluídos brancos, nulos e os eleitores indecisos), e o tucano 48%.

Na pesquisa anterior Dilma tinha 53% e Aécio 47%, fora da margem de erro.

O tucano tem 41% de rejeição (40% na pesquisa anterior) e a petista 38% (contra 39%).

O Datafolha ouviu 19.318 eleitores em 400 municípios.

Datafolha sinaliza virada do medo na sucessão

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 27 set 2014

Tags:, ,

Josias de Souza

Editoria de Arte/Folha

Os dados que o Datafolha divulgou na noite desta sexta-feira (26) exibem algo muito parecido com o que os amantes do futebol chamam de virada. No caso da sucessão, uma virada do medo contra o desejo de mudar. A melhor explicação para o fenômeno vem do Nordeste. Ali, informa a pesquisa, Marina Silva despencou nove pontos percentuais. E Dilma Rousseff subiu seis. Num cenário de segundo turno, a dianteira de Dilma entre os nordestinos pulou de 13 para 26 pontos: 59% a 33%. São evidências de que a eficácia do terrorismo eleitoral cresce na proporção direta da dependência em relação a programas como o Bolsa Família.

No total geral, Dilma voltou a oscilar para o alto. Em uma semana, subiu de 37% para 40%. Marina escorregou três pontos, de 30% para 27%. A vantagem alargou-se para 13 pontos. Aécio Neves ficou praticamente estável: foi de 17% para 18%. No cenário de segundo turno, Dilma subiu de 44% para 47%. Com isso, ultrapassou Marina, que caiu de 46% para 43%.

Construída lentamente, desde o início do mês, a mudança de cenário não é negligenciável. Mantidas as tendências de ascensão de Dilma e de queda de Marina, não se pode excluir nem mesmo a hipótese de a candidata do PT prevalecer no primeiro turno. É improvável. Mas não é impossível.

Numa conta que considera apenas os votos válidos, como faz a Justiça Eleitoral ao contabilizar as urnas, Dilma teria 45%. Marina, 31%. Aécio, 21%. Para liquidar a fatura, a presidente precisaria obter mais votos do que a soma dos votos de seus rivais. Marina e Aécio somam 52%. Os candidatos nanicos, 3%.

Na hipótese de sobreviver à artilharia, Marina terá de fazer outra campanha no segundo turno para reverter a aparência de espantalho que o marqueteiro João Santana grudou no seu rosto. Considerando-se apenas os votos válidos, Dilma tem 52%. Marina, 48%. O tempo de propaganda de tevê passaria a ser igual –dez minutos para cada candidata. O problema de Marina será encontrar um enredo que a retire da defensiva.

Editoria de Arte/Folha

…Leia na íntegra

Dilma tem 37%, Marina, 30%, e Aécio, 17%, diz pesquisa Datafolha

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Política | Data: 19 set 2014

Tags:, , ,

do G1

dilma-marina-aecioPesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (19) pelo jornal “Folha de S.Paulo” aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Presidência da República:
– Dilma Rousseff (PT): 37%
– Marina Silva (PSB): 30%
– Aécio Neves (PSDB): 17%
– Pastor Everaldo (PSC): 1%
– Luciana Genro (PSOL): 1%
– Eduardo Jorge (PV): 1%
– Zé Maria (PSTU): 0%*
– Rui Costa Pimenta (PCO): 0%*
– Eymael (PSDC): 0%*
– Levy Fidelix (PRTB): 0%*
– Mauro Iasi (PCB): 0%*
– Branco/nulo/nenhum: 6%
– Não sabe: 7%

* Cada um dos cinco indicados com 0% não atingiu, individualmente, 1% das intenções de voto. Somados, eles têm 1%.

…Leia na íntegra

Dilma tem 36%, Aécio, 20%, e Campos, 8%, diz pesquisa Datafolha

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Política | Data: 17 jul 2014

Tags:,

Globo.com

pesquisa_eleitoral_09Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (17) mostra Dilma Rousseff (PT) com 36% das intenções de voto para presidente, seguida de Aécio Neves (PSDB), com 20%, e Eduardo Campos (PSB), com 8%. No levantamento anterior do Datafolha, realizado nos últimos dias 1º e 2, Dilma tinha 38%, Aécio, 20%, e Eduardo Campos, 9%.

Somados, os adversários de Dilma acumulam 36%, mesmo percentual da presidente, que tenta a reeleição. Um candidato vence a eleição no primeiro turno se consegue mais votos que a soma de todos os rivais.

A pesquisa é a primeira realizada após o início oficial da campanha eleitoral, no último dia 6. Desde essa data, candidatos têm autorização da Justiça Eleitoral para realizar comícios, propaganda na rua e na internet, entre outras atividades de campanha. O horário eleitoral gratuito no rádio e na TV começa em 19 de agosto.

…Leia na íntegra

Dilma perde seis pontos e vai para 38%, revela Datafolha

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Política | Data: 06 abr 2014

Tags:

 Agência Estado

download (1)A presidente Dilma Rousseff caiu 6 pontos porcentuais em pesquisa Datafolha divulgada na tarde deste sábado, 5, e obteve 38% das intenções de voto. As entrevistas foram realizadas nos dias 2 e 3 de abril. No levantamento anterior, feito nos dias 19 e 20 de fevereiro, Dilma obteve 44%. Apesar da queda, a presidente ainda seria reeleita em primeiro turno, se as eleições fossem realizadas agora.

No cenário mais provável da disputa de outubro, Dilma está 12 pontos à frente da soma de seus dois principais adversários, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o ex-governador Eduardo Campos (PSB-PE). Na pesquisa divulgada no sábado, o mineiro manteve os 16% obtidos em fevereiro e o pernambucano oscilou de 9% para 10%, ou seja, dentro da margem de erro de 2 pontos.

A única possibilidade de realização de segundo turno, segundo o Datafolha, seria com a entrada de Marina Silva (PSB) no lugar de Campos. A ex-ministra obteve 27%, 4 pontos a mais do que o índice de fevereiro. Nesse cenário, Aécio oscila de 15% para 16%.

…Leia na íntegra