Petrobras reduz preço da gasolina e do diesel para distribuidoras

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 24 jan 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

Nesta quinta-feira (23), a Petrobras confirmou que vai reduzir em 1,5% o preço da gasolina e em 4,1% o preço do litro do diesel para as distribuidoras a partir desta sexta-feira (24). O último reajuste promovido pela empresa havia sido uma redução de 3% nos valores dos dois combustíveis no dia 14 deste mês.

Os preços para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras têm como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais desses produtos mais os custos que os dos importadores, como transporte e taxas portuárias, por exemplo. A paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos. Além disso, o preço considera uma margem que cobre os riscos, entre os quais a volatilidade do câmbio e dos preços.

A gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras são diferentes dos produtos ofertados nos postos de combustíveis. São os combustíveis tipo “A”, ou seja, gasolina antes da sua combinação com o etanol e diesel e também sem adição de biodiesel. Os produtos vendidos nas bombas ao consumidor final são formados a partir do tipo “A” misturados a biocombustíveis.

O preço de venda às distribuidoras não é o único determinante do preço final ao consumidor. Como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas pela Petrobras podem ou não se refletir no preço final, que incorpora tributos e repasses dos demais agentes do setor de comercialização: distribuidores, revendedores e produtores de biocombustíveis, entre outros.  

Petrobras anuncia queda de 3% para a gasolina e diesel a partir desta terça-feira

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 14 jan 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

A Petrobras reduzirá o preço médio da gasolina e do diesel nas refinarias em 3% a partir desta terça-feira (14), informou a companhia, após ter mantido os valores de ambos os combustíveis estáveis por semanas.

A Petrobras tem reiterado que sua política de preços para a gasolina e o diesel segue o princípio da paridade de importação, formada pela cotação internacional dos produtos mais os custos de importadores, como transporte e taxas portuárias, com impacto também do câmbio, destaca a Reuters.

A redução do preço dos combustíveis nas refinarias ocorre após um acomodação dos preços internacionais do petróleo.

Petrobras eleva em 2% preço médio do diesel nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 03 dez 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

A partir desta quarta-feira (04), a Petrobras elevará o preço médio do diesel (S10 e S500) em suas refinarias em 2% . O reajuste foi antecipado pela Reuters e confirmado pela companhia.

O último reajuste tinha sido feito no dia 19 de novembro, quando o preço do diesel foi elevado em 1,2%. Já o preço da gasolina foi elevado em cerca de 4% no dia 27 de novembro.

O repasse dos ajustes de preço nas refinarias para o consumidor final nos postos não são imediatos e dependem de diversos fatores, como impostos, margens de distribuição e revenda e mistura de biocombustíveis

Petrobras eleva em 4% preço da gasolina nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 27 nov 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

A Petrobras, nesta quarta-feira (27), elevou o preço da gasolina nas refinarias em cerca de 4%, na segunda alta em pouco mais de uma semana, em meio à valorização do dólar em relação ao real.

O diesel, em contrapartida, foi mantido estável, segundo informou a petroleira estatal em seu site. Com a alta, a gasolina atingiu cerca de R$ 1,92 por litro, uma máxima desde o fim de maio, quando chegou a aproximadamente R$ 1,95 por litro, segundo dados da estatal compilados pela Reuters.

O repasse de ajustes de valores nas refinarias aos consumidores finais nos postos depende de diversos fatores, como margens de revendedoras e distribuidoras, misturas de biocombustíveis e impostos.

Petrobras aumenta em 4% gás de cozinha para residências

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 25 nov 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

A Petrobras reajustou em 4% o preço do gás de cozinha para venda em botijão de 13 quilos, o mais usado por consumidores residenciais. O aumento será praticado a partir desta segunda-feira (25). A companhia também aumentará o produto para venda em grandes botijões ou a granel em 0,6%, em média.

O preço de venda nas refinarias da Petrobras representa cerca de 40% do preço final do botijão. O restante corresponde a margens de lucro e impostos. Este é segundo aumento seguido no preço do gás para botijões de 13 quilos, em um mês. Em outubro, a estatal anunciou alta média de 5%. Após cinco ajustes no ano (quatro aumentos e uma queda de 8,2%), o combustível tem alta acumulada de 4,8%. Os repasses para o consumidor dependem da política comercial de distribuidoras e revendedores.

A política de preços da Petrobras prevê o acompanhamento das cotações internacionais, usando médias de 12 meses, com o objetivo de evitar o repasse ao consumidor brasileiro de efeitos sazonais, como aumento do consumo durante o inverno no hemisfério norte.

Petrobras fecha venda da Liquigás por R$ 3,7 bilhões

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 20 nov 2019

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park.gif

Fonte: EBC

A Petrobras informou, nesta terça-feira (19), que assinou a venda da totalidade de suas ações da Liquigás Distribuidora para as empresas Copagaz e Nacional Gás Butano. O valor da venda é de R$ 3,7 bilhões. Como parte da estruturação da operação, será realizado investimento acionário minoritário por parte da Itaúsa na Copagaz.

A Liquigás atua no engarrafamento, na distribuição e na comercialização de gás liquefeito de petróleo (GLP) no Brasil. Presente em quase todos os estados brasileiros, ela conta com 23 centros operativos, 19 depósitos, uma base de armazenagem e carregamento rodoferroviário e uma rede de aproximadamente 4.800 revendedores autorizados, tendo 21,4% de participação de mercado.

A Copagaz foi fundada em 1955 e é a quinta maior empresa de GLP do Brasil. A companhia conta com uma rede de revendas com 2.700 representantes, distribuindo para cerca de 1.800 municípios.

As informações foram divulgadas em nota distribuída pela Petrobras. A operação está de acordo com as diretrizes para desinvestimentos da empresa e com o regime especial de desinvestimento de ativos pelas sociedades de economia mista federais, previsto no Decreto 9.188/2017.

Preço da gasolina nas refinarias é reajustado pela Petrobras

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 19 nov 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

Após mais de 50 dias sem reajustar o preço da gasolina nas refinarias, a Petrobras anunciou nesta segunda-feira (18) um reajuste de 2,8% no valor do combustível. O preço do óleo diesel também sofreu reajuste de 1,2%.
 
O aumento foi no combustível vendido nas refinarias para os distribuidores, ou seja, os postos de gasolina. O valor final que o motorista pagará para abastecer seu carro dependerá de cada posto.
 

Petrobras bate recorde de multas ambientais do Ibama em 2019

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 28 out 2019

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

V. Noticias

A Petrobras bateu o recorde de multas ambientais aplicadas pelo Ibama em 2019, logo após o desastre ambiental que afeta as praias de toda a região nordeste do país. A estatal recebeu 316 atuações entre janeiro e outubro.

No mesmo período do ano de 2018 a Petrobras havia recebido 311 infrações. A maior penalidade foi registrada em agosto, no valor de R$ 35 milhões. Entre 2015 e 2019 a Petrobras foi autuada 765 vezes que somando os valores das multas alcançam R$ 274 milhões.

Algumas das autuações estão em processo na Justiça, outras foram notificadas e aguardam pagamento ou recurso. Também há casos de cobrança judicial e até prescrição ou baixa, entre outras situações. Na última quinta-feira (24) , a Petrobras anunciou o lucro obtido no 3º trimestre. Foram R$ 9,1 bilhões, 36,8% a mais em relação ao mesmo período do ano passado.

Petrobras eleva o preço da gasolina nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 27 set 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Nesta sexta-feira (27), a Petrobras elevou os preços da gasolina em suas refinarias em cerca de 2,5%, de acordo com informações no site da estatal.

O reajuste ocorreu após a companhia ter aumentado em 3,5% o preço da gasolina na semana passada. Naquela oportunidade, também elevou o valor do diesel em 4,2%. Nesta semana, a Petrobras não alterou o valor do diesel. Com a elevação desta sexta, a gasolina acumula alta de cerca de 6,1% nas distribuidoras desde a semana passada.

O repasse ou não do aumento para os consumidores finais fica a critério das distribuidoras e postos.

Petrobras eleva preço da gasolina e do diesel nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 19 set 2019

Tags:, , , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Fonte: A. Tarde

A Petrobras reajustou os valores da gasolina em 3,5% e o óleo diesel em 4,2% em suas refinarias. A revisão, que valerá a partir da zero hora dessa quinta-feira, é uma reação ao atentado a refinarias na Arábia Saudita, que fez com que a commodity oscilasse até 20% na última segunda-feira, 16.

Nos últimos dois dias, o petróleo do tipo brent, comercializado na Europa, chegou a cair, mas não na mesma proporção da alta. A Petrobras, que mantém seus preços alinhados ao mercado internacional, chegou a manter os valores inalterados no início da semana, mas após questionamentos do mercado sobre uma possível ingerência do governo, reajustou os valores no mercado interno.

A empresa tem especial interesse em demonstrar que possui independência e que a sua política de preços de combustíveis não está submetida a questões políticas. Caso contrário, não vai conseguir atrair investidores para comprar suas refinarias.

Petrobras diz que não há previsão para reajuste de preços

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 17 set 2019

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park.gif

Os ataques aéreos à refinaria de Abqaiq, na Arábia Saudita, no último sábado (14) resultaram na elevação de 13% nos preços internacionais do petróleo.

No Brasil, a Petrobras informou, por meio de nota, que está monitorando o mercado internacional de petróleo, e que por enquanto, não há previsão de reajuste de preços nos produtos negociados pela estatal, como os combustíveis e derivados de petróleo.
 
Segundo a Petrobras, a cotação internacional do petróleo apresenta volatilidade e a alta súbita de preços “pode ser atenuada na medida em que maiores esclarecimentos sobre o impacto na produção mundial sejam conhecidos. A Petrobras decidiu por  acompanhar  a  variação  do  mercado  nos  próxi-mos dias  e  não fazer um  ajuste de forma imediata”, diz a nota.

Preço da gasolina nas refinarias é reajustado pela Petrobras

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 06 set 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Um novo aumento foi anunciado pela Petrobras. Dessa vez, elevou o preço médio da gasolina nas refinarias em 1,33%, para R$ 1,701 por litro. O novo valor representa uma alta de R$ 0,02 por litro. O combustível permanecia sem alteração desde o último dia 28 de agosto.

A estatal também elevou o preço do diesel, que estava estável desde o dia 1º de agosto. A alta foi de 2,5%, para o preço médio de R$ 2,159/litro. O novo valor representa alta de R$ 0,0525 por litro.

Petrobras anuncia reajuste de 3,5% no preço médio da gasolina nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 30 ago 2019

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

O preço dos combustíveis volta a crescer no país. A Petrobras anunciou um aumento de 3,5% do preço médio da gasolina nas refinarias desde a última quarta-feira (28). O porcentual equivale a 0,0561 reais por litro. O valor do diesel não sofreu alteração.

Agora, o valor médio do combustível é de 1,679 reais por litro em comparação aos 1,623 reais. Esse é o terceiro reajuste feito em agosto. A petroleira também tinha modificado os preços nos dias 1°, quando elevou em 3,75%, e 16, com redução de 5,7%.

Preço da gasolina é reduzido em 5,7% nas refinarias pela Petrobras

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 20 ago 2019

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

A Petrobras reduziu em cerca de R$ 0,10 o litro da gasolina vendida em suas refinarias e bases desde a última sexta-feira (16). Com isso, o litro da gasolina na base, passou a custar R$ 1,630 o litro, contra R$ 1,730 anterior, uma redução da ordem de 5,7%.  Não houve mudanças nos preços do diesel.

Um dos motivos para a redução foi a ligeira queda nos preços do petróleo no mercado internacional. O preço do óleo brent nesta sexta foi de US$ 58,70 o barril, enquanto no início do mês o barril estava cotado no mercado internacional a US$ 60,50.

Petrobras vai reduzir preço do GLP em até 12% para residências

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 02 ago 2019

Tags:,

Da Redação

Fonte: A.Tarde

Nesta sexta-feira (02), o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) informou que a Petrobras vai reduzir o preço do GLP Residencial (embalagens até 13 kg) entre 6,5% e 12%, e do GLP Empresarial entre 11% e 17%, dependendo da localidade.

A redução passa a valer a partir de segunda-feira, 5, informou o Sindigás, que foi comunicado nesta sexta-feira, 2, pelas empresas associadas sobre a redução.

Petrobras reduz em 3% preço da gasolina nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 11 jun 2019

Tags:,

Foi anunciado nesta segunda-feira (10), pela Petrobras a redução de 3% no preço da gasolina nas refinarias.  De acordo com a estatal, o litro da gasolina será reduzido em R$ 0,0549 a partir desta terça (11), fazendo o preço médio cair de R$ 1,8144 para R$ 1,7595 por litro.

O último reajuste no preço da gasolina nas refinarias aconteceu em no mês passsado. Com uma queda de 7,15% no preço do combustível nas refinarias. O preço do diesel não sofreu alterações.

Como as reduções foram anunciadas para o preço dos combustíveis nas refinarias, não significa que os valores cobrados pelos postos estarão mais baixos a partir de amanhã, sendo que podem demorar até os estoques dos postos acabarem.

Petrobras reduz preço do diesel e da gasolina nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 03 jun 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Da Redação

A Petrobras anunciou na última sexta-feira (31) a redução de 6% no preço médio do diesel nas refinarias, para R$ 2,1664 por litro, e o recuo de 7,16% na gasolina, para R$ 1,8144 por litro.

O novo valor começou a valer neste sábado (1º), o litro da gasolina passa a ser vendido R$ 0,1399 mais em conta e o do diesel será reduzido em R$ 0,1383. Apesar da redução acentuada, ambos os combustíveis acumulam alta de cerca de 20% no ano.

Como as reduções foram anunciadas para o preço dos combustíveis nas refinarias, não significa que os valores cobrados pelos postos estarão mais baixos a partir de amanhã.

Preço da gasolina é reduzido nas refinarias em 4,4% pela Petrobras

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 27 Maio 2019

Tags:, ,

Neste último sábado (25), a Petrobras reduziu os preços da gasolina nas refinarias em 4,4%, em média, um corte de 0,0907 real por litro, para R$ 1,9543. O diesel segue estável.

O reajuste, primeiro na gasolina desde 30 de abril, acontece em uma semana em que o mercado de petróleo marcou o pior desempenho de 2019, com o barril do Brent, referência internacional, recuando 4,5% desde segunda-feira.

Petrobras anuncia novo reajuste no preço do gás de cozinha

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 06 Maio 2019

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

Da Redação


O gás de cozinha já está mais caro a partir desta segunda-feira (06). Começou a valer a partir deste domingo, 5, o aumento no preço do gás de cozinha anunciado pela Petrobrás na última sexta-feira. A elevação foi de 3,4%.

O preço da média nacional cobrado nas refinarias agora é de R$ 26,20 para o botijão de 13 quilos. O reajuste ficou em 3,43%, em média para o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP Residencial) para botijão de 13kg às distribuidoras sem a cobrança de tributos. O preço do produto vai custar R$ 26,20.

O último reajuste ocorreu no dia 5 de fevereiro, exatamente há três meses, quando o valor do gás de cozinha subiu para R$ 25,33 para as distribuidoras.

Petrobras aumenta preço da gasolina em 3,5% nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 30 abr 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Da Redação

Um novo aumento médio de R$ 0,07 por litro de gasolina às distribuidoras, foi anunciada Petrobras, na noite desta segunda-feira(29). Os novos valores passarão a valer a partir da meia-noite desta terça-feira (30). O litro do diesel não sofrerá aumento.

O preço final ao consumidor atende às leis de mercado e não depende da Petrobras, podendo ficar acima ou abaixo do aumento nas refinarias. Sobre o valor pago pelos motoristas nas bombas, incidem tributos estaduais e municipais, além do valor da mão de obra, custos de operação e margem de lucro de cada distribuidora e de cada posto de combustível.

A estatal emitiu uma nota sobre o assunto. “Nossa política de preços para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras tem como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo. A paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos”.