Custo ladroagem!

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 24 abr 2015

Tags:, ,

 

 

Charge do Duke, via O Tempo.

Josias de Souza (postagem)

STF nega desbloqueio de bens de Gabrielli e ex-dirigentes da Petrobras

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 24 mar 2015

Tags:, , ,

do G1

img_2015A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negou terça-feira (24) um pedido de desbloqueio de bens do ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli e de outros cinco ex-gestores da estatal. A decisão mantém uma medida tomada em julho do ano passado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) relativa a prejuízo causado pela compra, iniciada em 2006, da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.

Além de Gabrielli, permanecerão com os bens bloqueados os ex-dirigentes Nestor Cerveró, Renato Duque, Almir Barbassa, Guilherme Estrella e Luís Carlos Moreira Silva. Todos são suspeitos de colaborarem para um rombo de US$ 792,3 milhões, conforme auditoria realizada pelo TCU.

Bancada de oposição endurece o jogo e afirma que ‘Petrolão’ é uma vergonha

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 18 mar 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: Ascom Câmara

oposição

Durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), na manhã desta quarta-feira (18), os vereadores que compõem a bancada de oposição demonstraram que realmente estão dispostos a unificar o discurso. De forma estratégica os parlamentares focaram nas manifestações do último dia 15 de março contra as denúncias de corrupção envolvendo o Governo Federal.

O vereador Álvaro Pithon (DEM) afirmou que a população de Vitória da Conquista e de todo o Brasil deu um importante passo ao ir às ruas com bandeiras e faixas de protesto contra a corrupção e contra o ajuste fiscal. Pithon disse estar assustado com o desenrolar da operação Lava-Jato, envolvendo a Petrobras, empreiteiras, políticos e o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto. “Segundo estimativas da Justiça, o rombo da Petrobras é o maior assalto aos cofres públicos do Brasil. Foram mais de R$ 88 bilhões tirados dos cofres da empresa para sustentar o projeto de poder do PT”, disse o parlamentar.

Já o vereador Edjaime Rosa – Bibia (PSDB) reforçou o discurso da oposição defendendo a punição dos envolvidos no escândalo de corrupção da Petrobrás. “Quem defende a corrupção tira o pão do trabalhador”. Indignado com os depoimentos dos envolvidos no escândalo da Petrobrás, exibidos pelo Jornal Nacional, Bibia afirmou que participou da manifestação e participará “quantas vezes for preciso, de manifestações respeitosas como essa, onde participaram pais de família, crianças e trabalhadores honestos”.

Por fim, Hermínio Oliveira (SD) disse que o correto é “colocar nos ministérios e cargos de confiança pessoas que tenham passado limpo, caráter, ética e dignidade. Devem ser técnicos e não por indicação política”. O parlamentar também defendeu uma reforma política, mas “com austeridade”. “Sou contra o financiamento de campanha com o dinheiro público”, completou. Hermínio finalizou lembrando que o atual vice-governandor da Bahia, João Leão (PP), é um dos citados em delações na Operação Lava Jato. “[Ele] deveria respeitar a Bahia, ter vergonha na cara”.

Reciclagem!

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 14 mar 2015

Tags:, ,

 

– Via Nani.

STF libera lista de políticos investigados na Lava-Jato

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 06 mar 2015

Tags:,


Correio Braziliense

O Supremo Tribunal Federal (STF) divulgou nesta sexta-feira (5/3) a lista de nomes de políticos e demais investigados na Operação Lava-Jato pela Procuradoria-Geral da República (PGR) (confira no fim do texto). A relação revela que são investigados por suspeita de envolvimento em casos de corrupção na Petrobras os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Além deles, também constam da lista os senadores Fernando Collor (PTB-AL), Humberto Costa (PT-PE), Lindbergh Farias (PT-RJ), Antonio Anastasia (PSDB-MG) e Edison Lobão (PMDB-MA), além dos deputados Nelson Meurer (PP-SC), Eduardo da Fonte (PP-PE) e Simão Sessim (PP-RJ).

A divulgação dos políticos investigados acontece três dias depois de o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pedir a abertura de 28 inquéritos contra 54 pessoas – 45 parlamentares. Ele ainda solicitou o arquivamento de mais sete investigações sobre políticos citados em delações premiadas do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Youssef, entre eles os senadores Aécio Neves (PSDB-MG), Delcídio Amaral (PT-MS) e o ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

Na quarta-feira, o ministro do STF Marco Aurélio Melo havia dito que a divulgação era necessária. “Enquanto tiver sigilo, inclusive quanto aos nomes, a suspeição recairá sobre todos os políticos”, disse. “Tem que abrir.”

Inquéritos

Renan Calheiros
Anibal Gomes
Edison Lobão
Roseana Sarney
João Pizzolatti
Lindbergh Farias
Vander Loubert
Cândido Vaccarezza
Gleisi Hoffmann
Humberto Costa
Simão Sessin
Arthur Lyra
Benedito Lyra
José Mentor
Eduardo Cunha
José Otávio Germano
Luiz Fernando Faria
Roberto Coutinho
Nelson Meurer
Eduardo da Fonte
Agnaldo Ribeiro
Aline Correa
Carlos Magno
Ciro Nogueira
Dilceu Sperafico
Gladson Camelli
Gerônimo Pizzolotto
João Felipe Leão
Luiz Argolo
Sandes Júnior
Afonso Ham
José Linhares
José Olímpio Silveira
Lázaro Botelho
Mário Negromonte
Pedro Corrêa
Pedro Henry
Renato Molling
Renato Balestra
Romero Jucá
Valdir Raupp
Vilson Covatti
Waldir Maranhão
Fernando Collor
Antonio Anastasia

Governo não terá maioria na CPI da Petrobras

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 26 fev 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

camara-dos-deputadosA Câmara instala nesta quinta-feira, 26, a comissão parlamentar de inquérito que vai investigar o esquema de corrupção envolvendo a Petrobras. Apesar do PT vai ocupar a relatoria da CPI, o ambiente está desfavorável ao governo. O clima entre os deputados é tenso e a composição está relativamente equilibrada entre governistas e oposicionistas.

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, a CPI será instalada em meio a uma base aliada desarticulada e na iminência dos pedidos da Procuradoria-Geral da República de investigação ou mesmo denúncias contra os parlamentares. Um levantamento feito pelo jornal aponta que, dos 27 integrantes da CPI, 12 apoiaram Dilma Rousseff (PT) nas eleições presidenciais de 2014 e nove apoiaram o senador Aécio Neves (PSDB). Os outros cinco restantes devem manter uma postura independente, discurso também compartilhado pelos aliados do Planalto. …Leia na íntegra

Lava-Jato: diretoria ligada ao PT na Petrobras arrecadou R$ 640 milhões em propina

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 21 fev 2015

Tags:, , ,


Agencia Estado

O valor pago em propina para a Diretoria de Serviços da Petrobras – que é da cota do PT no esquema de corrupção desbaratado pela Operação Lava-Jato – em contratos que eram da área de Abastecimento alcançou R$ 640 milhões. É o que aponta o primeiro pacote de cinco ações cíveis por improbidade administrativa ajuizado contra seis empreiteiras do cartel e 28 executivos.

As ações foram apresentadas nesta sexta-feira, 20, à Justiça pelo Ministério Público Federal. A Procuradoria da República cobra das empreiteiras R$ 4,47 bilhões por prejuízos causados à estatal petrolífera.

Ao todo, as ações revelam que houve pagamento de propina de R$ 960 milhões para agentes públicos da Petrobras em 33 contratos assinados pelo ex-diretor Paulo Roberto Costa, na Diretoria de Abastecimento. Como o primeiro pacote de ações cíveis engloba apenas a cobrança pelos desvios gerados a partir de contratos assinados pela Diretoria de Abastecimento – da cota do PP no esquema -, as ações do Ministério Público Federal consideraram a propina que dizia respeito ao 1% que o partido tinha direito na divisão que era feita. Outros 2% eram arrecadados pela Diretoria de Serviços, cota do PT. …Leia na íntegra

Dilma antes e após as eleições

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 11 fev 2015

Tags:, , ,


da Redação

Circula na internet com grande repercussão na imprensa nacional as promessas e declarações da presidente Dilma Rousseff. Os brasileiros estão se sentindo enganados.
Veja o que ele dizia antes das eleições com as orientações do marqueteiro de sua campanha:

Sobre a Petrobras a presidente Dilma foi dura com os adversários que queria uma CPI para apurar várias denuncias contra a estatal brasileiro. Foi numa entrevista concedida no ano pré-eleitoral de 2009. Nessa época, Dilma ainda presidia o Conselho de Administração da Petrobras. Confira:

É nosso!

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 07 fev 2015

Tags:, , ,


 

– Via Nani.

Postado no Josias de Souza

Empreiteiro chama ministro de Dilma para sua defesa

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 29 jan 2015

Tags:, ,

 

Diário do Poder

ricardo pessoa jaques wagner paulo bernardo chinaglia

O empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC Engenharia, preso desde 14 de novembro na sede da Polícia Federal, em Curitiba (PR), base da Operação Lava Jato, chamou o ministro da Defesa, Jaques Wagner (PT), para ser sua testemunha. Em resposta à acusação feita pela Procuradoria, juntado aos autos da Lava Jato nesta quinta-feira, 29, executivo arrolou também o ex-ministro das Comunicações Paulo Bernardo, o candidato à Presidência da Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT),  e os deputados Paulinho da Força (SD), Jutahy Júnior (PSDB), Arnaldo Jardim (PPS) e Jorge Tadeu Mudalen (DEM).

Foi chamado ainda o secretário municipal de saúde de São Paulo, José de Filippi Júnior, ex-tesoureiro da campanha de reeleição do ex-presidente Lula, em 2006, e da primeira campanha da presidente Dilma Rousseff (PT), em 2010, e ex-prefeito de Diadema, cidade da região metropolitana da capital paulista. O executivo é o primeiro empreiteiro, réu da Lava jato, a arrolar para sua defesa políticos e autoridades muito próximas de Dilma e Lula. …Leia na íntegra

Justiça decreta quebra de sigilos bancário e fiscal de Sergio Gabrielli no caso Petrobras

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Economia | Data: 29 jan 2015

Tags:, , ,

da Redação

GAbrielliO baiano do PT, Sergio Gabrielli, ex-presidente da Petrobras, terá que abrir as suas contas em quebra de sigilo bancário e fiscal a pedido do Ministério Público do Rio de Janeiro além do ex-diretor de Serviços, Renato Duque, e do ex-gerente de executivo Pedro Barusco no período entre 2005 e 2010. Também foram atingidos pela medida outros cinco executivos da estatal e a Construtora Andrade Gutierrez, que se tornou esta semana alvo de um novo inquérito da Polícia Federal no âmbito da Operação Lava-Jato.

Pesa sobre todos eles, inclusive sobre Gabrielli, acusações na ação civil pública de improbidade administrativa proposta em dezembro do ano passado pela promotora Gláucia Santana, que investiga indícios de superfaturamento das obras de ampliação e modernização do Centro de Pesquisas (Cenpes) e no Centro Integrado de Processamento de Dados (CIPD) da Petrobras, que ficam no Rio.

Existe ainda um grande receio do PT da Bahia,  que a operação Lava – Jato,  possa alcançar figurões do partido no Estado. Petista que integram o pelotão de elite do PT continuam apostado na inocência de Gabrielli que permaneceu no governo Jaques Wagner até os últimos dias de mandato.

Roubalheira envergonhou brasileiros em Davos

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia, Mundo | Data: 26 jan 2015

Tags:, ,

Diário do Poder

Brasileiros passaram vergonha com perguntas sobre roubalheira

The Global Economic Outlook: Joaquim Levy, Haruhiko Kuroda, Benoît Coeure

A comitiva brasileira no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, têm sido questionada sobre o escândalo de corrupção na Petrobras, a mais global das grandes empresas brasileiras. Funcionário do governo alemão até pediu a um diplomata brasileiro para confirmar a informação de que há políticos de partidos governistas que, se não forem presos, poderão até virar ministros do governo Dilma Rousseff.

O curioso funcionário alemão referia-se aos casos de Henrique Alves (PMDB-RN) e Ciro Nogueira (PP-PI) que ainda podem virar ministros.

Além da expressão de espanto, diplomatas brasileiros ainda têm de enfrentar sorrisos dissimulados ridicularizando a corrupção no Brasil.

Joaquim Levy deixou boa impressão em Davos, mas diplomatas acham que a tarefa – insubstituível – de atrair investidores era de Dilma.

O Orçamento 2015 aprovado pelo Congresso adicionou R$ 9,7 bilhões em emendas para deputados e senadores, de “execução obrigatória”.

Força-tarefa de procuradores vai investigar políticos na operação Lava Jato

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Brasil | Data: 20 jan 2015

Tags:, , ,


por Mateus Novais

650x375_operacao-lava-jato-prisao-advogado_1465054O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, determinou a criação de uma força-tarefa com oito procuradores do Ministério Púbico Federal para comandar apurações sobre o envolvimento de políticos no esquema de corrupção e desvios em contratos da Petrobras.

O grupo ficará responsável por analisar o material da investigação de inquéritos e denúncias feitos pela Procuradoria-Geral da República ao relator do caso no Supremo Tribunal Federal , ministro Teori Zavascki. Caberá à força-tarefa sugerir ao procurador-geral providências sobre políticos citados em delações premiadas na operação Lava Jato. Eles aparecem, por exemplo, nos depoimentos do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, que cumpre prisão domiciliar no Rio.

Em reportagem publicada no dia 19 de dezembro, o jornal “O Estado de S. Paulo” afirmou que Paulo Roberto Costa revelou na delação premiada os nomes de 28 políticos. Entre os mencionados estão os ex-ministros Edison Lobão (Minas e Energia); Antonio Palocci (Fazenda e Casa Civil), Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Mário Negromonte (Cidades); o governador do Acre, Tião Viana (PT); os ex-governadores Sérgio Cabral (Rio) e Eduardo Campos (Pernambuco), além de deputados e senadores de PT, PMDB, PSDB e PP. Todos negaram envolvimento.

As denúncias e inquéritos contra políticos devem ser feitos pela PGR em fevereiro. A portaria assinada por Janot já está em vigor. Com informações do G1

Rui Costa diz que denúncias da Veja não têm nenhum fundamento

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 18 jan 2015

Tags:, ,

Bocão News

Por David Mendes | Fotos: Paulo M. Azevedo

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), comentou neste domingo (18) a reportagem da revista Veja deste final de semana que aponta um suposto esquema de corrupção na Petrobras em benefício de campanhas eleitorais do PT na Bahia, entre elas a do ex-governador Jaques Wagner (PT).

Conforme a semanal, com base em relatos da ex-funcionária da estatal Venina Veloso, o ex-gerente de Comunicação da empresa, Geovane de Morais, sindicalista amigo de Wagner e de Rui desde os tempos do Sindiquímica, teria sido colocado na estatal para ser o “operador financeiro” do PT baiano e tinha a “missão de desviar recursos para alimentar o caixa eleitoral” do partido.

“Não tem nenhum tipo de fundamento. Mas sempre que qualquer denúncia surja tem que ser apurado para não restar nenhuma dúvida. (…) O que eu sei foi é que ele [Geovane] foi demitido por erros cometidos [na Petrobras]. A notícia que conheço pelo próprio Gabrielli é que se abriu um inquérito e ele foi demitido. Isso por se só responde qualquer tipo de dúvida. Se tiver algo a mais para esclarecer, tudo deve ser apurado e esclarecido à população”, defendeu o líder baiano, em entrevista após deixar a Basílica do Bonfim, em Salvador. …Leia na íntegra

Nome de Jaques Wagner aparece em denúncia de desvio de recursos da Petrobras

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Política | Data: 17 jan 2015

Tags:, ,

da Redação

Wagner BBA Revista Veja na edição 2409 citou o nome do ex-governador da Bahia, Jaques Wagner como beneficiário do esquema de corrupção na Petrobras. Em resposta ao que foi publicado o ministro da Defesa repudiou qualquer tentativa de ligar seu nome ao desvio de recursos da Petrobras. “Não passam de ilações, de especulações, sem nenhuma conexão com a realidade”. A nota diz ainda que “o ministro Jaques Wagner rechaça a tentativa de vinculá-lo ao assunto, reitera sua confiança nas investigações promovidas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público, e defende a rigorosa punição dos envolvidos”.

Citado também como responsável por prováveis irregularidades, o ex-presidente da Petrobras, Sergio Gabrielli, é pessoa da confiança de Wagner e muito ligado a ele, e foi alvo de reportagem da Veja, que sabia de desvios de recurso da estatal para o PT da Bahia através de um sindicalista.

Sergio Gabrielli permitiu compra de navios-sonda fora de licitação, disse Cerveró em depoimento a Polícia Federal

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 15 jan 2015

Tags:, , ,


da Redação

CerveróO ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, preso recentemente quando desembarcava no aeroporto internacional do Rio de Janeiro, afirmou em depoimento que prestou à Polícia Federal, que a compra de navios-sonda de perfuração marítima, que teriam sido objeto de propina, de acordo levantamento da Operação Lava-Jato, foram feitas sem licitação durante a gestão do ex-presidente da estatal, José Sérgio Gabrielli, petista muito ligado ao ex-governador Jaques Wagner (PT).

O jornal O Estado de São Paulo destacou ainda que Cerveró afirmou que a medida foi aprovada pela diretoria formada por seis diretores e o presidente a quem cabe examinar a compra de equipamentos e construção de refinarias e oleoduto. “Gostaria de esclarecer de forma espontânea que a aquisição das sondas em questão se deu fora do procedimento licitatório, por ser incabível, diante das circunstâncias que cercavam o negócio, que visava atender uma necessidade específica e imediata da Petrobras”, disse Cerveró. A operação ainda teve parecer jurídico da petrolífera.

Nestor Cerveró é preso pela PF no aeroporto no Rio de Janeiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 14 jan 2015

Tags:, , ,

da Redação

Cerveró BBO Globo informou na madrugada desta 4ª feira (14), que o ex-diretor da área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró foi preso pela Polícia Federal no Aeroporto Internacional Tom Jobim, vindo de Londres. Cerveró deverá ser encaminhado ainda hoje para a delegacia da PF em Curitiba, onde estão presos os outros investigados na Operação Lava Jato.

Passageiros que estavam no mesmo voo que Ceveró informaram que o ex-diretor da Petrobras foi detido pela Polícia Federal ainda na aeronave antes do desembarque.

Em nota divulgada nesta madrugada, o Ministério Público Federal (MPF) informou que foi cumprido um mandado de prisão preventiva, já que “há indícios de que o ex-diretor continua a praticar crimes e se ocultará da Justiça”.

Cerveró se tornou réu no processo da Operação Lava Jato,  quando foi denunciado pelo Ministério Público Federal do Paraná (MPF) por lavagem de dinheiro e corrupção ativa.

.

Petrobras diz que usou escritório de contabilidade para fazer obra na Bahia

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Geral | Data: 04 jan 2015

Tags:,


O GLOBO

O superfaturamento em parte das obras de um dos trechos, entre Cacimbas (ES) e Catu (BA), superou 1.800%, segundo a auditoria.

Gasodutos-gaseneBRASÍLIA— A Petrobras admitiu neste domingo que usou um escritório de contabilidade no Rio para constituir a empresa responsável pela construção da rede de gasodutos Gasene, cujos investimentos chegaram a R$ 6,3 bilhões. Depois de O GLOBO revelar na edição deste domingo que uma empresa de fachada foi criada para efetivar o negócio, a estatal divulgou uma nota em que reconheceu ter usado o escritório de contabilidade Domínio Assessores e o proprietário do escritório, Antônio Carlos Pinto de Azeredo, para fazer funcionar a Transportadora Gasene S.A., uma sociedade de propósito específico (SPE) criada exclusivamente para a construção do gasoduto.

Na nota, a Petrobras negou ter tido “qualquer ligação societária” com a Transportadora Gasene. “Conforme acontece nas estruturas financeiras do gênero, a SPE (Transportadora Gasene S.A.) não tem qualquer ligação societária com a Petrobras”, informa, em negrito, a estatal. Uma ressalva da própria nota, porém, mostra que o controle da empresa era feito pela Petrobras, por meio das chamadas cartas de atividades permitidas. “A ligação entre a Petrobras e a SPE se dava através de contrato em que era estabelecido que a Transportadora Gasene somente realizaria determinadas atividades mediante autorização da Petrobras”, cita o texto. …Leia na íntegra

Predadores internos!

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 03 jan 2015

Tags:,

 

– Charge do Paixão, via ‘Gazeta do Povo’.

Josias de Souza (postagem)

Em silêncio, Sergio Gabrielli deixa o governo Wagner

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 28 dez 2014

Tags:, ,

da Redação

GAbrielliO ex-presidente da Petrobras, Sergio Gabrielli, que está sendo investigado como os dos principais responsáveis pelo maior prejuízo da história do Brasil, no escândalo da Petrobras, deixou o Governo da Bahia sem fazer barulho. Gabrielli é um dos mais próximos aliados do governador Jaques Wagner que acredita em sua inocência. A notícia está estampada nas páginas o jornal Folha de São Paulo e UOL.

Na diplomação do governador eleito da Bahia, Rui Costa (PT), Gabrielli não apareceu. Faz bom tempo que não aparece e está evitando a imprensa. Gabrielli foi peça importante na campanha eleitoral ao anunciar o projeto da ponte Salvador-Itaparica.

A saída de Gabrielli do Governo da Bahia, pode estar relacionada com o anuncio recente da nomeação de Jaques Wagner para o Ministério da Defesa.