Com para-brisa destruído e vizibilidade zero, piloto faz pouso de emergência e evita desastre

0

Publicado por Editor | Colocado em Mundo | Data: 01 ago 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Estado de Minas (Conteúdo)
Postado no Correio Braziliense

Aeronave turca foi atingida por uma tempestade de granizo, que destruiu o vidro da cabine de comando e impediu o capitão de enxergar na hora do pouso

Os 121 passageiros de um Airbus A320 passaram por momentos de tensão, na última quinta-feira (27/7), após a aeronave turca em que estavam ser atingida por uma tempestade de granizo, que destruiu a parte frontal do avião e estraçalhou o vidro da cabine de comando, impedindo a visão do piloto.

A aeronave, que seguia rumo a Ercan, no Chipre, precisou retornar ao local de partida, Istambul, dez minutos após decolar, em vista da gravidade dos danos ao avião. Mesmo fechado para pousos e decolagens, por causa do tempo ruim, o aeroporto abriu uma exceção para que a empresa turca Atlas Global pousasse.

mpossibilitado de enxergar a pista de pouso e sem conseguir utilizar o piloto automático, que também foi destruido pelo granizo, o piloto ucraniano Alexander Akopov usou de experiência e habilidade para pousar a aeronave no aeroporto de Istambul, Turquia.”Foi como nascer pela segunda vez”, afirmou após pousar.

O momento em que o avião consegue pousar foi filmado por um usuário do Facebook e divulgado na rede social. No vídeo, mesmo sem visibilidade e com a pista molhada, o pouso acontece, aparentemente, sem maiores dificuldades.

O capitão da aeronave explicou que não havia previsão para a tempestade. “Nossos equipamentos não mostraram esse desastre climático, mas o importante é que todos estão vivos”, contou. Testemunhas afirmaram que os granizos que atingiram o avião tinham o tamanho de ovos de galinha, segundo o jornal britânico Metro.

Segundo o jornal britânico The Independent, o presidente ucraniano, Petro Poroshenko, ligou para o piloto logo após o pouso, condecorado-o com a Ordem de Coragem Ucraniana pelo ato de bravura.

Capitã da FAB é a 1ª mulher a pilotar avião presidencial

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 26 dez 2016

Tags:, , ,

da Redação
Com informações do Portal Planalto

A realização de um sonho exigiu muito treinamento e responsabilidade para a capitã Carla Borges, da Força Aérea Brasileira (FAB). Aos 33 anos, ela é a primeira mulher a pilotar um avião presidencial.

O primeiro voo de Carla com o presidente da República, Michel Temer, decolou por volta das 16h da última quinta-feira (22), da Base Aérea de Brasília com destino a São Paulo.

“Eu me sinto muito honrada de estar cumprindo essa missão de transportar a maior autoridade que nós temos no País. Foi necessário muito preparo e dedicação para ter chegado até aqui”, afirma a capitã.

Antes do embarque, Carla recebeu os cumprimentos do presidente Michel Temer, que elogiou a disciplina das mulheres nas Forças Armadas. “Espero que outras colegas suas possam também pilotar aviões e o avião presidencial”, afirmou o presidente.

Piloto morre após avião cair no mar na Barra

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Bahia | Data: 31 out 2015

Tags:, , , , ,

A Tarde

IMG_1684

Morre o piloto que comandava o avião que caiu no mar  durante apresentação na Barra, neste sábado, 31. O profissional foi resgatado por mergulhadores do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer) e levado para o Hospital Português, mas não resistiu aos ferimentos, de acordo com a Superintendência de Telecomunicações das Polícias (Stelecom).

O piloto fazia parte da esquadrilha civil Textor Air Show, de Goiânia. Três profissionais, pai e dois filhos, comandavam as aeronaves da empresa. Ainda não se sabe qual deles sofreu o acidente.

Eles já fizeram mais de 350 apresentações pelo Brasil. O evento fazia parte do “Sábado Aéreo”, promovido pela Base Aérea de Salvador (Basv), na Barra, em comemoração pelo dia do aviador.

De acordo com testemunhas, a aeronave fazia uma acrobacia no ar se aproximando do mar e o piloto não conseguiu manobrar, colidindo com força na água. …Leia na íntegra