Projeto busca Indicação Geográfica do café do Planalto da Conquista

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 25 set 2013

Tags:, , , ,

Da Redação

Projeto coordenado pelo professor Claudionor Dutra quer registrar o café produzido na região no Instituto Nacional da Propriedade Industrial, valorizando o produto.

Pe_de_CafeUm projeto desenvolvido na Universidade Estadual do Sudoeste e coordenado pelo Engenheiro Agrônomo e professor da instituição Claudionor Dutra está buscando a Identificação Geográfica do café produzido no Planalto da Conquista.

O projeto foi apresentado ontem (24) no auditório da Cooperativa Mista Agropecuária e está em andamento. Empresas como EBDA, ADAB e Sebrae são algumas parceiras da pesquisa. A Identificação Geográfica estabelece qualidades e diferenças para determinados produtos de acordo com a região onde é produzido. O produto portador de uma IG tem identidade própria e é necessário que haja algum componente histórico ou cultural com a região que o diferencie dos demais.

Claudionor-DutraAs lavouras do café produzido no Planalto da Conquista estão localizadas em áreas que passam de 900 metros de altitude, condição essencial para produção de cafés especiais, aprovados por mercados exigentes, como Japão, USA e Europa. A previsão é de que aqui a quatro meses, o projeto seja encaminhado para a avaliação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. Se a análise for aprovada, o café do Planalto da Conquista será registrado no Instituto Nacional da Propriedade Industrial, fortalecendo o produto produzido na região e aquecendo ainda mais o mercado.

Chuva também chegou à zona rural da cidade

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 08 nov 2012

Tags:, , ,

Da Redação

No Distrito de Inhobim, zona rural de Vitória da Conquista, agricultores comemoram a chegada das chuvas e já começaram a plantar.

No Distrito de Inhobim, que fica a pouco mais de 60 km de Vitória da Conquista, as chuvas também chegaram. E foi comemorada pelo homem do campo, que vem sofrendo há meses com a seca.

Assim como no Planalto da Conquista, a cultura predominante em Inhobim é de café. Neste ano, na época da colheita, as perdas foram grandes: cerca de 25% do grão de café secou no pé, por causa do excesso de sol. …Leia na íntegra