Contrato para elaboração do Plano Municipal de Saneamento é assinado

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 05 abr 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é candeias_premium_350.gif

Da Redação

Fonte: Secom/PMVC

Na manhã desta sexta-feira (05) um grande passo foi dado para o futuro da cidade. O Prefeito Herzem Gusmão assinou o documento para formalizar o Plano Municipal de Saneamento de Vitória da Conquista.

A solenidade foi realizada no Gabinete Civil da Prefeitura da Zona Oeste (PZO). Na ocasião, foi assinado o contrato no valor de R$926 mil com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), responsável pela elaboração do Plano de Saneamento.

Quatro pontos essenciais são alvos do Plano Municipal de Saneamento: o sistema de água tratada, o esgotamento sanitário, os resíduos sólidos (lixo) e a drenagem urbana. O documento apresentará um diagnóstico de como está a realidade nessas quatro áreas no município, assim como suas principais necessidades. Essas informações deverão nortear as ações futuras, visando a melhoria da qualidade dos serviços públicos.

Plano Municipal de Saneamento é objeto de estudo em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Meio Ambiente, Vit. da Conquista | Data: 03 fev 2018

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: Ascom/Prefeitura (Conteúdo)

Durante a manhã desta sexta-feira (2), o prefeito Herzem Gusmão e representantes de diversas secretarias municipais se reuniram com o professor Fernando Marcatto, da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), instituição vinculada à Universidade de São Paulo (USP). O encontro foi para apresentação do diagnóstico preliminar relativo à situação dos serviços de saneamento básico do município.

As primeiras conclusões foram apresentadas por Marcatto, que também ouviu os representantes da Prefeitura para colher diretrizes adicionais que complementarão o trabalho em andamento.

A pesquisa busca compreender a real situação da prestação desses serviços no município e teve início no final do ano passado, com um estudo da Fipe na cidade. Com a finalização desse diagnóstico, será possível dar início ao processo de elaboração do Plano Municipal de Saneamento, que norteará as ações do município para essa área pelos próximos 30 anos.

Segundo Marcatto, esse processo facilitará a identificação dos pontos necessários para melhorar a qualidade dos serviços, solucionando questões como o tratamento de esgoto e dando um fim ao racionamento de água na cidade. “Com o Plano Municipal, você consegue entender o quanto de investimento vai ser necessário nos próximos 30 anos. Todos esses problemas que a população vive podem ser solucionados com o Plano”, explicou o professor.

O diagnóstico final deve ser entregue nas próximas semanas à Prefeitura, que, em seguida, dará início à elaboração do Plano Municipal de Saneamento. “A Fipe está trazendo uma contribuição enorme. Esse estudo irá contribuir e muito para a melhoria do sistema de saneamento que temos e para que estejamos preparado para os próximos anos”, declarou José Antônio Vieira, secretário de Infraestrutura Urbana.