Em Brasília, Prefeitura participa de encontro para definir novo formato do programa Forças no Esporte

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 15 mar 2019

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Reprodução do site da PMVC

Na tarde dessa quarta-feira (13), representantes da Prefeitura de Vitória da Conquista participaram de um importante encontro no Ministério da Defesa, em Brasília, que define um novo formato dentro do Programa Forças no Esporte. O projeto piloto tem o intuito de beneficiar as 218 cidades que têm unidades do Tiro de Guerra – atualmente o programa atende apenas municípios que abriga Batalhões ou Quartéis do Exército brasileiro.

A reunião foi comandada pelo general Jorge Antonio Smicelato, diretor do Departamento de Desporto Militar do Ministério da Defesa, e contou com a presença de representantes dos ministérios da Cidadania, da Mulher, Direitos Humanos e Família e dirigentes nacionais da Fundação Banco do Brasil. O assessor especial do Gabinete Civil, Mateus Novais, e o secretário da Transparência e Controle, Diego Gomes, que também acumula a Secretaria de Comunicação, representaram o prefeito Herzem Gusmão no encontro.

“Além de discutir e apresentar ideias para melhor execução deste novo formato do programa, mostramos que Vitória da Conquista está pronta para ser a unidade piloto”, esclareceu Diego Gomes. “Nosso intuito é beneficiar crianças e adolescentes da Rede Municipal de Ensino que moram no entorno do Tiro de Guerra, para isso, temos equipamentos bem estruturados, como o Estádio Municipal Edvaldo Flores e a Praça CEUs”, completou o secretário.

Ao final do encontro, uma visita de representantes do Ministério da Defesa e da Fundação Banco do Brasil a Vitória da Conquista ficou de ser agendada para avaliar a possibilidade de início do novo formato do Programa ainda no primeiro semestre de 2019.

PROFESP – O Programa Forças no Esporte (PROFESP) realiza atividades sociais desenvolvidas pelo Ministério da Defesa, destinado ao atendimento de crianças e jovens, com idade entre 6 e 18 anos, em situação de vulnerabilidade social. No contra-turno escolar, os alunos atendidos pelo Programa participam de atividades esportivas, aulas de reforço escolar e palestras com foco na Saúde e Civilidade.

A iniciativa contribui para redução da evasão escolar e melhoria dos resultados educacionais, além de promover valores de ética, disciplina e da cidadania. O Profesp está presente em 97 municípios de todas as unidades da Federação e envolve 158 organizações militares. No total são atendidas cerca de 23 mil crianças e jovens.