Na expectativa de conseguir gasolina, filas se formam em postos de Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 28 maio 2018

Tags:,

Da Redação
fotos: Rafael Gusmão


No fim da tarde desta segunda (28), diante da possibilidade da chegada de combustível em Vitória da Conquista, longas filas rapidamente se formaram em alguns postos de combustíveis da cidade. A expectativa é que, especialmente, a gasolina e o etanol estejam disponíveis ainda nesta noite.

Conforme as informações divulgadas, ao menos dois postos devem ser reabastecidos: o Posto Pantanal, na esquina da Avenida Luís Eduardo Magalhães com a Olívia Flores, e o Posto São Jorge, em frente à Rodoviária. A previsão é que os estabelecimentos recebam os combustíveis por volta das 19 horas.

Prefeitura institui comissão para análise de alvarás dos postos de combustível

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 30 mar 2018

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: Secom/Prefeitura (Conteúdo)

Por meio do Decreto nº 18.518/2017, a Prefeitura instituiu, nesta quarta-feira (29), uma Comissão Especial para análise da legalidade dos alvarás concedidos até março de 2018 a postos de combustíveis da cidade.

“O objetivo é que, com este trabalho, sejam garantidas e atendidas, nos alvarás emitidos neste período e nos que ainda serão expedidos, as normas previstas nos códigos municipais de Meio Ambiente e de Obras”, explicou o secretário de Infraestrutura Urbana, José Antônio Vieira.

A secretária de Meio Ambiente, Luzia Vieira, também ressaltou a importância desta comissão, uma vez que “desde o momento da solicitação, passando pela liberação do alvará, até o funcionamento do posto existe o acompanhamento técnico da Secretaria, seguindo as leis ambientais”, enfatizou.

Durante a análise, o Ministério Público da Bahia será ouvido pela Prefeitura. O órgão deve ainda acompanhar o processo de liberação dos alvarás.

Atualização de cadastro – Em outubro de 2017, a Secretaria de Infraestrutura Urbana convocou os proprietários de postos de combustível que já possuíam a liberação do alvará de construção para um recadastramento. A medida foi necessária para que a Prefeitura atualizasse o seu cadastro eletronicamente. Com isso, será possível viabilizar a emissão de novos alvarás na cidade, respeitando as exigências técnicas desse processo.

Prefeitura inicia cadastro de alvarás de construção de postos de combustíveis

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 09 out 2017

Tags:,

Da Redação
imagem ilustrativa


A Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Infraestrutura Urbana, está convocando todos que possuam alvará de construção liberado para novos postos de combustíveis em Vitória da Conquista, mas ainda não tenham o Habite-se. De acordo com as informações divulgadas, a medida é necessária para construção de um cadastro, que viabilizará a emissão de novos alvarás na cidade, respeitando as exigências técnicas desse processo, como a lei de distância de segurança de um estabelecimento a outro.

Os requerentes convocados para a realização desse cadastro devem comparecer à própria Secretaria de Infraestrutura Urbana até o dia 20 de outubro deste ano. O processo é realizado na Coordenação de Urbanismo, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h ou das 14h às 18h. A medida é obrigatória, reservando ao Município o direito de adotar medidas jurídicas e/ou administrativas para aqueles que não comparecem.

Perda auditiva em postos de gasolina

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 18 maio 2014

Tags:, ,

 

Por Marco Antonio Veloso (Médico)

MArco A perda auditiva no ambiente de trabalho pode ter como causas a exposição a níveis de pressão sonora elevados (Perda Auditiva Induzida por Ruído Ocupacional – PAIR-O) ou a exposição a produtos químicos comprovadamente ototóxicos.

Consideramos desnecessário tratar aqui a respeito da importância da audição para a vida e saúde do homem, limitando-nos nesse aspecto a informar que a Organização Mundial da Saúde já trata a poluição sonora como a terceira mais importante a comprometer a qualidade de vida das populações, sendo a primeira e a segunda a poluição da água e do ar, respectivamente.

Conforme a Sociedade Brasileira de Otologia, a perda auditiva ocupacional representa um grave problema social para os trabalhadores brasileiros, acometendo sua saúde e capacidade laborativa de maneira lenta e progressiva de forma que indivíduo afetado não percebe qualquer alteração até que sua capacidade de comunicação se encontre já bastante afetada. …Leia na íntegra