Saques em poupança superam depósitos em R$ 2,5 bilhões em outubro

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 07 nov 2018

Tags:, ,

Da Redação

Os saques da caderneta de poupança superaram os depósitos em outubro deste ano, gerando retirada líquida de R$ 2,532 bilhões. Segundo relatório divulgado hoje (7) pelo Banco Central (BC), foram depositados, ao longo do mês passado, R$ 194,435 bilhões e sacados R$ 196,968 bilhões.

Ao todo, no mês passado, os depósitos somaram R$ 194,435 bilhões e os saques, R$ 196,968 bilhões. Esta foi a primeira vez desde fevereiro que os saques superaram os depósitos.

Tipo de ação definirá se vale a pena acordo da poupança

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 12 mar 2018

Tags:, ,

Clayton Castelani
do Agora

O acordo para o pagamento das perdas das poupanças com planos econômicos deixou muita gente com um pé atrás. A desconfiança de que o acerto é desvantajoso pode até fazer sentido em alguns casos, mas isso vai depender do tipo da ação do poupador: individual ou coletiva.

Os poupadores que foram à Justiça reclamar dos prejuízos gerados pelos planos Bresser (1987), Verão (1989) e Collor 2 (1991) –o Collor 1 (1990) não entrou no acordo– podem ser divididos em dois grupos: os representados em ações coletivas movidas por associações e aqueles que ingressaram com processos individuais. A vantagem do acordo depende do lado em que o interessado está.

Para quem foi sozinho à Justiça, a ordem é deixar as barbas de molho nos primeiros meses após o início dos pagamentos (previsto para maio), segundo o advogado Alexandre Berthe. “A adesão não é obrigatória e pode ser feita em até dois anos”, diz Berthe. “É precipitado aceitar, logo de cara, uma proposta que reduz em até 80% a expectativa de ganho”, diz.

Revisão da poupança começa a ser paga no ano que vem

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 13 dez 2017

Tags:, ,

Cristiane Gercina e Folha de S.Paulo
do Agora

Depois de três décadas de disputas, bancos e poupadores divulgaram ontem o cronograma de pagamento das perdas dos planos econômicos das décadas de 1980 e 1990.

A grana será paga em três anos.

O valor total a ser liberado é de R$ 12 bilhões.

Todos os poupadores vão receber R$ 5.000 à vista.

Quem tiver valores acima disso terá a grana parcelada em até seis vezes.

As parcelas serão pagas semestralmente, com desconto.

No caso de ações civis públicas, será uma entrada e até seis parcelas.

Pelas estimativas da Febrapo (Frente Brasileira dos Poupadores), a parcela única e a segunda parcela devem injetar na economia entre R$ 4 bilhões e R$ 5 bilhões no ano que vem.

A estimativa leva em conta que cerca de 2 milhões de poupadores vão receber a grana e 55% deles têm até R$ 5.000.

Acordo para pagar perdas da poupança chega ao Supremo

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 04 dez 2017

Tags:, ,

Clayton Castelani
do Agora

O acordo que poderá determinar o pagamento de parte das perdas geradas nas cadernetas de poupança durante a implantação dos planos econômicos Bresser (1987), Verão (1989), Collor 1 (1990) e Collor 2 (1991) chegará hoje ao STF (Supremo Tribunal Federal).

O acerto prevê o ressarcimento dos poupadores que entraram na Justiça por meio de ações coletivas de associações.

Os valores devidos pelos bancos devem ser pagos entre fevereiro e junho de 2018, com descontos em torno de 40%. O tamanho exato do desconto e até mesmo o pagamento à vista ou em parcelas dependerá do valor devido ao poupador, segundo um dos envolvidos na negociação.

Tribunal Superior é contra limitar revisão da poupança

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 28 set 2017

Tags:, ,

Folha de S.Paulo

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiu a favor dos poupadores que tiveram perdas com planos econômicos e pedem ressarcimento dos valores aos bancos.

Na prática, os ministros reafirmaram entendimento anterior no sentido de que ações civis públicas geram efeitos para todos, e não apenas para as pessoas que estivessem filiadas à entidade que ajuizou a ação civil, como queriam os bancos.

O caso foi retomado ontem, com a análise de dois recursos dos bancos HSBC e Banco do Brasil, alegando que só poupadores filiados a associações que moveram ações civis públicas poderiam executar a sentença, ou seja, cobrar individualmente na Justiça os valores perdidos com o Plano Verão, de 1989.

Caixa nega confisco de poupança em comunicado fixado nos terminais de autoatendimento

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 13 maio 2015

Tags:, , , , ,


por Mateus Novais
foto: WhatsApp BRG

IMG_1301O setor de terminais de autoatendimento da Caixa Econômica Federal, em Vitória da Conquista, começou a estampar um aviso do Ministério da Fazendo rebatendo os boatos de possibilidade de confisco da poupança. A nota é do dia 13 de fevereiro deste ano, mas o volume expressivo de troca de mensagens, principalmente no aplicativo Whatsapp, dando conta do confisco de aplicações financeiras, motivou a Caixa a estampar o aviso ao lado de todos os seus terminais.

“Tais informações são totalmente desprovidas de fundamento, não se conformando com a política econômica de transparência e a valorização do aumento da taxa de poupança de nossa sociedade, promovida pelo governo, através do Ministério da Fazenda”, destaca o comunicado. A nota dizia ainda que “tais informações são totalmente desprovidas de fundamento, não se conformando com a política econômica de transparência e a valorização do aumento da taxa de poupança de nossa sociedade, promovida pelo governo, através do Ministério da Fazenda”.

Poupança tem o menor rendimento desde 2003

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Economia | Data: 11 abr 2015

Tags:

Agora São Paulo

DinheiroO poupador está perdendo dinheiro com a caderneta de poupança.

Já são quatro meses seguidos de rendimento menor do que a inflação e o resultado é a redução no poder aquisitivo, a maior desde outubro de 2003.

Enquanto a inflação, em 12 meses, é de 8,13%, a poupança rendeu 7,20%.

Talvez seja a hora de considerar mudança no tipo de investimento.

…Leia na íntegra

Decisão da poupança sairá só após as eleições

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Economia | Data: 27 jul 2014

Tags:, ,

Folha de S.Paulo

DinheiroO julgamento dos planos econômicos no STF (Supremo Tribunal Federal), com potencial impacto bilionário para os bancos brasileiros, ficará para depois das eleições.

A avaliação é de partes envolvidas no caso, que consideram improvável que o relator de um dos principais processos, o futuro presidente do STF, Ricardo Lewandowski, coloque o caso polêmico em pauta em tempos de campanha eleitoral.

O julgamento do processo começou em novembro de 2013. Foi suspenso, retomado em maio e suspenso de novo , a pedido da AGU (Advocacia-Geral da União), do Banco Central e dos bancos, que solicitaram novas contas do lucro dos bancos.

Parecer da Procuradoria-Geral da República indicava que os bancos tiveram ganhos de R$ 441,7 bilhões com a aplicação dos recursos dos poupadores, e que poderiam fazer frente, com folga, aos custos de um processo favorável aos poupadores.

Rendimento da poupança não acompanha evolução dos preços, avalia especialista

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Economia | Data: 09 fev 2013

Tags:,

Agência Brasil

Caderneta de PoupançaAlém de corroer o poder de compra da população, a inflação traz preocupações para quem guarda dinheiro na mais segura das aplicações financeiras. Influenciada pelos juros baixos e pela nova regra adotada no ano passado, a caderneta de poupança rende cada vez menos e não acompanha a evolução dos preços.

Dados divulgados na última quinta-feira (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficou em 0,86% em janeiro deste ano. Foi a maior variação mensal desde abril de 2005, quando a alta tinha somado 0,87%, e o maior percentual para o mês desde 2003.

…Leia na íntegra