Prefeituras de Conquista e Salvador mais próximas

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Vit. da Conquista | Data: 21 ago 2017

Tags:, , ,

da Redação
Foto: Divulgação

Por ocasião da entrega do título de Cidadão Conquistense ao prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), aconteceu importante encontro de parte do secretariado da Prefeitura de Salvador, com os secretários da administração Herzem Gusmão (PMDB). A reunião foi realizada na fazenda do ex-governador da Bahia, Nilo Coelho (PSDB) e contou ainda com os presidentes da Emurc e Fundação Esaú Matos.

Com o prefeito da capital estavam os secretários Paulo Souto, ex-governador da Bahia, Carrera, João Roma e Guilherme Belintanni dentre outros.

Na sua fala ACM Neto lembrou das dificuldades inicias que encontrou para governar Salvador até ser considerado o melhor prefeito do Brasil em sucessivas avaliações. Atestou que a administração em Conquista está no caminho certo. Entendeu como de extrema importância o planejamento estratégico que está sendo elaborado pela Dom Cabral.

“Eu acredito muito no trabalho do prefeito Herzem Gusmão. Vejo traços muitos parecidos com seu caminho e o meu lá em Salvador. Ao fim dos quatro anos de seu governo, a Bahia registrará não só o melhor prefeito da Bahia como o melhor prefeito do interior”.

Além dos debates importantes a cerca da gestão municipal. ACM Neto deu relevante importância as obras do Governo Federal que estão sendo realizadas em Conquista e se colocou a disposição par que a barragem sai do papel, e o aeroporto seja concluído. “O meu compromisso é lutar para conclusão desse aeroporto e sei que o Governo Federal atenderá Vitória da Conquista porque lá estarão eu e Herzem para trabalhar por isso”.

 

Procuradora-geral de Justiça da Bahia pede que prefeitos não dificultem gestão de eleitos

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 03 nov 2016

Tags:, ,

Bahia Notícias

imagem_noticia_5A procuradora-geral de Justiça da Bahia, Ediene Lousado, expediu recomendações aos prefeitos em exercícios, que terão seus mandatos encerrados em 2016 e aos presidentes das Câmara de Vereadores, para que instaurem comissões de transição, conforme determina o Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia.

O objetivo é que aos prefeitos forneçam todos os dados necessários “à plena, normal e tranquila mudança de comando”. A recomendação também é expedida aos prefeitos eleitos para que integrem as comissões de transição, e realizem as devidas comunicações e informações ao Ministério Público e aos Tribunais de Contas, relativas às providências que forem requisitadas, às orientações e recomendações outras porventura expedidas no desiderato do cumprimento das regras legais asseguradoras de uma gestão pautada no interesse público e no atendimento às necessidades essenciais da população.

A procuradora-geral também recomendou que os membros do Ministério Público da Bahia (MP-BA) deem atenção especial nas investigações de denúncias de irregularidades nas administrações municipais, “especialmente em relação àquelas cujas circunstancias fáticas apresentadas possam ser tidas como ações voltadas ao objetivo de dificultar ou inviabilizar a normal continuidade da prestação dos serviços públicos por parte dos gestores a serem empossados no dia 1º de janeiro de 2017”. …Leia na íntegra

Deu na Tribuna da Bahia: Herzem Gusmão lidera pesquisa em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Política | Data: 26 out 2015

Tags:, , ,

Quinze deputados vão disputar eleição em 2016

Tribuna da Bahia

Trocar o Legislativo estadual por um Executivo municipal. Esse é o plano de pelo menos 15 deputados que integram a Assembleia Legislativa da Bahia, que podem disputar prefeituras na eleição do ano que vem. Pela legislação eleitoral, políticos em mandatos eletivos não precisam se licenciar do cargo para concorrer a qualquer pleito e isso é uma dor de cabeça a menos para os parlamentares. Com base nas movimentações de direções partidárias e articulações políticas é possível apontar cidades como Feira de Santana, onde os deputados Zé Neto (PT), Carlos Geílson (PSDB) e José de Arimateia (PRB) podem disputar a prefeitura hoje administrada pelo democrata Zé Ronaldo. Em 2016, Zé Ronaldo venceu Zé Neto com 195 mil votos, ante 55 mil do petista.

Em Salvador, o deputado Sargento Isidório (sem partido) deve entrar no páreo como uma das candidaturas da base aliada ao governador Rui Costa (PT). Vitória da Conquista poderá reunir três deputados na disputa pelo Executivo. O radialista Herzem Gusmão (PMDB) aparece como favorito nas pesquisas, mas poderá ter que duelar nas urnas com colegas parlamentares como Fabrício Falcão, pelo PCdoB, e Zé Raimundo, nome cogitado no PT para brigar pela prefeitura do município. Em Itabuna, no sul baiano, a oposição formada pelo DEM, PSDB e PMDB busca um consenso e o nome do deputado tucano Augusto Castro aparece na lista como uma possibilidade. Lá, Castro poderá ter que enfrentar outro deputado, mas federal, o comunista Davidson Magalhães, que pode sair candidato com o apoio do atual prefeito Vane da Renascer (PRB). …Leia na íntegra

Prefeituras: falta dinheiro para o 13º em 86% dos 417 municípios da Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Economia | Data: 11 out 2015

Tags:, , ,

da Redação

DinheiroO jornal A Tarde (online) deste domingo (11), estampa manchete dando conta que muitas prefeituras da Bahia estão em dificuldades e o 13º salários dos servidores está ameaçado de não ser pago. A UPB vem liderando movimento em defesa do aumento do repasse do FPM – Fundo de Participação dos Municípios que sofreu redução considerável chegando a 33% a menos. Representa este percentual que as prefeituras deixarão de receber R$ 1 milhão. A presidente da UPB, Maria Quitéria (PSB), da cidade de Cardeal da Silva, disse que sem dinheiro em caixa, pelo menos 86% dos 417 municípios baianos não terão como pagar o 13º salário dos servidores.

Pesquisa parcial da UPB mostra dados desanimadores. Dos 103 prefeitos que já responderam à pesquisa, 71 disseram que não terão verba para pagar o 13º, sendo que apenas 26 que responderam positivamente ao pagamento.que terão. Das 417 cidades somente 6 prefeitos pagaram a primeira parcela do 13º. Outra situação que preocupa a UPB é o fato que 50% dos prefeitos não estão pagando em dia o salário dos servidores e até de terceirizados.

Além da diminuição dos repasses do FPM,  é notório a falta de gestão em muitos casos. A prática política no Brasil, mais acentuada na Bahia em muitos municípios, , é garantir a vitória eleitoral criando secretarias, cargos comissionados e empregando muita gente tornando a folha impagável.

96% das prefeituras estão em ‘cadastro negro’ e sem direito a verba federal

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 04 dez 2014

Tags:, , , ,


Carlos Madeiro
Do UOL, em Maceió

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) aponta que, 5.368 prefeituras — 96,4% do total– vão encerrar o ano com irregularidades listadas no Cadastro Único de Convênios (Cauc), da Secretaria do Tesouro Nacional. Em nota técnica divulgada nesta quarta-feira (3), a instituição diz que a lista leva em consideração aqueles que estão com alguma restrição até o mês de novembro.

Os municípios inscritos no cadastro ficam impedidos de receber transferências voluntárias da União. O cadastro funciona de forma similar à negativação do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) para pessoas físicas. As transferências voluntárias são aquelas para obras e investimentos e não incluem os repasses obrigatórios como Fundeb e FPM (Fundo de Participação dos Municípios).

Veja quantas cidades estão inadimplentes por Estado
  • Acre – 22
  • Alagoas – 101
  • Amazonas – 62
  • Amapá – 16
  • Bahia – 416
  • Ceará – 177 …Leia na íntegra

A contadora de Alberto Youssef conta tudo à revista Veja. Prefeituras do PT eram a grande fonte do doleiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 10 ago 2014

Tags:, , ,

Por Reinaldo Azevedo

CAPAQuem é ela? Meire era a contadora do doleiro Alberto Yousseff. Meire viu, ouviu e participou de algumas das maiores operações do grupo acusado de lavar R$ 10 bilhões de dinheiro desviado de obras públicas e destinado a enriquecer políticos corruptos e a corromper outros com pagamento de subornos. Qual era a fonte privilegiada da mamata? Prefeituras do PT.

Meire Poza viu malas de dinheiro saindo da sede de grandes empreiteiras, sendo embarcadas em aviões e entregues nas mãos de políticos. Durante dois anos, Meire manuseou notas fiscais frias, assinou contratos de serviços inexistentes, montou empresas de fachada, organizou planilhas de pagamento. Ela deu ares de legalidade a um dos esquemas de corrupção mais grandiosos desde o mensalão. …Leia na íntegra

Prefeitos baianos aderem à paralisação nacional nesta sexta com ato na sede da UPB

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Economia, Política, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 10 abr 2014

Tags:, ,

Da Redação

De acordo com a UPB, o objetivo da paralisação é ampliar o diálogo com a sociedade e o Congresso Nacional.

upbAs prefeituras de todo Brasil fecham as portas nesta sexta-feira (11/4) para denunciar a atual situação de crise financeira das administrações municipais. O movimento municipalista programou para o mesmo dia atos nas capitais com a presença de parlamentares. Em Salvador, a diretoria da União dos Municípios da Bahia (UPB) vai reunir prefeitos, deputados e senadores para discutir as principais reivindicações dos gestores. Durante esse encontro, os prefeitos devem questionar os parlamentares sobre o posicionamento deles em relação a propostas em tramitação no Congresso Nacional e na Assembleia Legislativa de interesse dos municípios.

…Leia na íntegra

Reajuste no salário mínimo causa demissões em prefeituras da Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Economia | Data: 01 jan 2014

Tags:, , , ,

Ibahia.com

Priscila Chammas
((priscila.chammas@redebahia.com.br))publicidade

Cidades como Ilhéus, Lauro de Freitas, Itagi, Barreiras, Dário Meira e Cardeal da Silva já fizeram cortes nas folhas com demissões

O aumento do salário mínimo de R$ 678 para R$ 724 (6,78%) em 2014 aumenta o poder de compra, movimenta a economia e deixa uma parcela da população satisfeita. Mas a outra parcela vai ter muita dor de cabeça e até problemas com a Justiça. O maior exemplo são os prefeitos de grande parte dos municípios baianos. A presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Maria Quitéria, conta que a situação, que já não era fácil, vai ficar ainda mais difícil neste ano.

“Mais ou menos 60% da folha de pagamento das prefeituras é de salário mínimo. Esse reajuste significa um impacto de 14% a 15% a mais na folha”, explica. Os números revelam um problema maior, pois, pela Lei de Responsabilidade Fiscal, as prefeituras só podem gastar 54% de tudo o que arrecadam com a folha de pagamento. Com o aumento no salário mínimo, a média entre os as cidades baianas vai para 67% da receita. …Leia na íntegra

Dois péssimos exemplos

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 30 set 2013

Tags:, , ,

da Redação

Máquina BB H

Na manhã desta 2ª feira (30), às 8h30, no Centro de Convenções Divaldo Franco, na Avenida Rosa Cruz, o secretário Rui Costa (Casa Civil), em campanha para reforçar a sua pré-candidatura, entrega máquinas a prefeitos da região Sudoeste. Costa é o candidato petista ao Governo da Bahia com apoio de Jaques Wagner. São máquinas agrícolas, retroescavadeiras, motoniveladoras, caminhões caçamba, pás carregadeiras e implementos agrícolas.

O primeiro mau exemplo vem do Governo do Estado ao usar a entrega de máquinas para promover o candidato da preferência do senhor governador.  O outro péssimo exemplo é patrocinado pela Prefeitura de Vitória da Conquista ao colocar os seus agentes de trânsito para comandar o estacionamento das máquinas em cima do canteiro central,  local da entrega dos mimos para os prefeitos. A PMVC, com essa atitude, reforça o descaso e falta de zelo com áreas nobres   que deveriam ter belos gramados  e plantas ornamentais.

Prefeito de Feira de Santana reduz a tarifa de ônibus

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Economia, Vit. da Conquista | Data: 01 ago 2013

Tags:, , , ,

da Redação

225251_659095187451849_505751357_nEm sua página oficial no Facebook, o prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM), anunciou a redução na tarifa do transporte coletivo da cidade.

A partir de segunda-feira, 12, passa de R$ 2,50 para R$ 2,35.

A atitude está em sintonia com as manifestações e pedidos da população brasileira, que foi às ruas cobrar atitude da classe política.

Em Vitória da Conquista, pelo menos até agora, o poder público municipal não se manifestou sobre o assunto.

As melhorias na questão do transporte coletivo ficam nas promessas.

Presidente do TCM orienta prefeitos para não fazerem gastos excessivos com o São João 2013

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Economia | Data: 25 mar 2013

Tags:, ,

Por Rodrigo Ferraz

IMAGEM_NOTICIA_54A seca tem afetado centenas de cidades na Bahia, principalmente na região Sudoeste. E isso já tem auxiliado para que as prefeituras fiquem de olho nos gastos durante o período junino.

Como aconteceu no ano passado, o presidente do Tribunal de Contas dos Municípios/TCM, Paulo Maracajá, chamou atenção dos gestores municipais com relação aos gastos públicos a serem realizados na nas festividades do São João.

“Não tem sentido em situação de calamidade esbanjar dinheiro com festa”, adverte

Prefeituras financiam atuação da polícia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Polícia | Data: 11 jan 2010

Tags:, , ,

do Bahia Notícias

Carro da Prefeitura de Mairi é viatura de polícia

Cidades do interior baiano penam por segurança pública ao ponto de que algumas prefeituras banquem o trabalho da polícia. Em Cairu, na região do Recôncavo, o Governo Municipal gasta R$ 45 mil com manutenção de viatura, combustível, transporte marítimo de presos e gratificação para que os policiais trabalhem nos dias de folga, segundo o prefeito Hildécio Meireles (PMDB). O número de 34 policiais não é suficiente para cobrir toda a cidade, composta por 36 ilhas. Na festa de Réveillon de Morro de São Paulo, distrito de Cairu, a prefeitura teve de contratar 30 policiais no sistema de gratificação, além de outros 12 em Gamboa e Boipeba. Na cidade de Mairi, a situação não é diferente, a informação é que policiais atuam em carros da prefeitura.