MP de SP pede a prisão preventiva de Lula

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 10 mar 2016

Tags:, ,

Agência Globo

conserinoO promotor Cássio Conserino pediu a prisão preventiva do ex-presidente Lula no caso do tríplex do Guarujá – Marcos Alves / Agência O Globo

 O Ministério Público de São Paulo pediu a prisão preventiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no processo que investiga a suspeita de crimes de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica relacionados ao tríplex 164-A do Edifício Solaris, no Guarujá (SP).

Na denúncia divulgada nesta quinta-feira, os promotores Cássio Conserino, José Carlos Blat e Fernando Araújo escreveram ser “imprescindível o decreto da prisão preventiva, em razão da conveniência da instrução criminal” e por entenderem que o ex-presidente poderá “movimentar sua ‘rede’ violenta de apoio, para evitar que o processo crime que se inicia tenha seu curso natural”.

Além de Lula, os promotores pediram a prisão do ex-presidente da OAS, José Adelmário Pinheiro, o Léo Pinheiro, do ex-presidente da Bancoop, João Vaccari Neto, e de outras quatro pessoas investigadas na ação da Bancoop.

A acusação foi protocolada na noite de quarta-feira no Fórum Criminal da Barra Funda, em São Paulo. Os promotores sustentam que Lula tentou ocultar a propriedade do imóvel, que oficialmente está registrado em nome da empreiteira OAS. O ex-presidente nega ter adquirido o apartamento.

Na peça, os autores da denúncia citam a “probabilidade evidente de ameaças a vítimas e testemunhas e prejuízo na produção das demais provas do caso”. Dizem acreditar ser “amplamente provadas manobras violentas” de Lula e de seus apoiadores, “com defesa pública e apoio até mesmo da presidente da República, medidas que somente tem por objetivo blindar o denunciado”, de acordo com o texto. …Leia na íntegra

Pastor suspeito de duplo homicídio tem prisão decretada

0

Publicado por Editor | Colocado em Polícia | Data: 26 jan 2016

Tags:, , ,

Da Redação

EdmarNessa segunda-feira (25), o juiz da Vara do Júri e de Execuções Penais, Reno Viana, decretou a prisão preventiva de Edmar Santos Brito. Edmar é o principal suspeito de ter arquitetado o sequestro do pastor Carlos Eduardo, pastora Marcilene Oliveira Sampaio e sua prima, Ana Cristina Sampaio, no dia 19 de janeiro. A ação criminosa resultou na morte das duas mulheres, assassinadas a pedradas, e no espancamento do pastor Carlos Eduardo.

Fábio de Jesus Santos e Adriano Silva dos Santos, acusados em participar do crime, também tiveram a prisão preventiva decretada. Eles foram presos pela polícia no dia seguinte ao crime e encaminhados para o presidio Nilton Gonçalves, onde estão à disposição da Justiça. Já o pastor Edmar ainda está foragido.

O principal acusado está sendo procurado pelas cidades da região Sudoeste. A polícia pede a quem tiver alguma informação sobre o pastor Edmar entrar em contato pelo 197 do Disk Denúncia, ou ainda pelo 190.

 

 

Número de pedidos de prisão acatados pela Justiça chega a 25% em Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 29 out 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

DSC_0600Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep), sede da Polícia Civil

A Polícia Civil de Vitória da Conquista apresentou dados preocupantes sobre a relação de pedidos de prisão preventiva representados à Justiça e o número de pedidos acatados. Segundo a Coordenadoria da 10ª Coorpin, apenas 25% dos pedidos foram apreciados e aceitos pela Vara do Juri no último 1 ano e 9 meses.

“De janeiro de 2014 a outubro de 2015, a Polícia Civil representou 194 pedidos de prisão preventiva. Desses, 48 foram acatados, sendo que 46 foram cumpridos”, apontou o delegado-chefe da Polícia Civil regional, Dr. Marcos Vinícius. Ainda segundo o delegado, se observarmos somente os números deste ano, apenas 2 pedidos foram acatados de um total de 67. “Dos 18 decretos de prisões expedidos pela Vara do Juri, neste ano, 16 foram de pedidos antigos”, aponta. O maior número de prisões realizadas neste ano (70) foram em decorrência de flagrantes.

“Nós temos uma série de pedidos de prisão preventiva representados e passamos semanalmente na Justiça para verificar o que é decretado. E o que é decretado imediatamente a gente organiza a operação”, destacou o delegado titular da Furtos e Roubos, Ney Brito. “De todos os mandados até hoje decretado, eu me recordo tão somente de três que não cumprimos, nesses dois anos, pela Delegacia de Furtos e Roubos”, conclui o delegado.

A Polícia Civil também destacou que a relação entre os pedidos apreciados e acatados pela Vara do Juri é alto, ultrapassando a casa dos 90%.

Tensão no Anel Rodoviário perto do Motel Del Rey

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 20 ago 2013

Tags:, , ,

da Redação

Protesto 3BBB

Moradores do Conjunto da Vitória, proximidades Motel Del Rey,  bloquearam na manhã desta 3ª feira (20), parte da pista da alça oeste do anel rodoviário. O protesto ocorreu devido à prisão a um jovem de 19 anos. “Aqui todo mundo conhece meu filho, e trabalha como carroceiro.  Polícia chegou e foi levando, nem sequer perguntou nada, disse a mãe do preso que não quis se identificar.

Durante o protesto, uma unidade do corpo de Bombeiros chegou ao local para debelar  as chamas de pneus que foram queimados para facilitar o bloqueio da pista. Policiais da CAESG  também estiveram no local para manter a ordem. Os policiais foram hostilizados pelos moradores das cercanias e pedras foram arremessadas em direção dos automóveis que tentaram furar o bloqueio.

22 presos que estavam na cadeia de Guanambi são libertados

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Polícia, Sudoeste | Data: 29 nov 2012

Tags:, , ,

Da Redação

22 presos que estavam detidos na cadeia de Guanambi foram soltos nas últimas duas semanas na cidade. A liberação dos presos foi feita pela justiça e começou ainda na semana passada.

Presos acusados de crimes como homicídio, tráfico de drogas, furtos dentre outros, foram colocados em liberdade. Para a justiça, a ocorrência de liberações como esta é normal, já que em um estado democrático de direito o princípio é de presunção da inocência até a sentença condenatória transitada em julgado. Isto significa que estes presos aguardarão julgamento em liberdade. Caso não compareçam quando convocados, o juiz pode pedir novamente a prisão preventiva dos indivíduos.

Os alvarás de soltura foram assinados pelo juiz de direito titular da Comarca de Guanambi, Roberto Paulo Prohmann Wolff.