Mais Médicos: na véspera do fim do prazo, 123 vagas ainda não foram preenchidas, diz ministério

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 06 dez 2018

Tags:, ,

Foi divulgado nesta quinta-feira (06), pelo Ministério da Saúde um levantamento sobre a situação dos inscritos no programa. De acordo com o relatório  ainda restam 123 vagas disponíveis no programa Mais Médicos.

Segundo a pasta, 3.721 médicos já se apresentaram aos municípios onde deverão trabalhar. O edital oferta, ao todo, 8.517 vagas em 2.824 municípios e 34 distritos indígenas.Na última terça-feira (4), 200 profissionais desistiram de trabalhar no Mais Médicos e as vagas foram reabertas.

O prazo de inscrição vai até sexta (7), às 23h59, e os médicos têm até o dia 14 para se apresentarem nos municípios.

112 profissionais cubanos do Programa Mais Médicos chegam a Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 15 dez 2016

Tags:, ,

Da Redação

Os 112 médicos cubanos que desembarcaram nesta quinta-feira (15) em Salvador, fazem parte de um grupo de 197 profissionais que chegam na Bahia até o sábado (17). Eles substituirão os médicos que já retornaram para Cuba após cumprir o prazo de permanência no Brasil.

A atuação desses profissionais de saúde visa a redução do alto índice de internação por doenças que podem ser tratadas na atenção básica. O Programa Mais Médicos surgiu em julho de 2013, por iniciativa do governo federal, com o apoio da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). Desde que o programa começou a funcionar, os números da Atenção Básica da Bahia passaram de 60% para 72%.

Hoje o programa envolve a colaboração de 1.464 profissionais brasileiros e estrangeiros, atuantes em 386 munícipios do Estado, com uma média de 770 mil novas consultas médicas por mês.

Mais Médicos lança edital para municípios e profissionais; 26 cidades baianas estão inclusas

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Bahia | Data: 10 out 2015

Tags:

Correio da Bahia

RTEmagicC_medico910_jpgPrefeituras que tiverem vagas desocupadas do Programa Mais Médicos podem se inscrever, desta sexta-feira (10) até o dia 15 deste mês, para preencher esses postos. O Ministério da Saúde lançou edital para 326 municípios, dentre eles 26 seis na Bahia, que podem solicitar a reposição de profissionais desistentes. Há 413 vagas em aberto nesses municípios. Para receber os médicos, após a inscrição, os gestores locais devem que está mantida a necessidade de profissionais.

Também foi lançado edital para selecionar médicos, com diploma brasileiro ou revalidado, que queiram preencher os postos. A inscrição será entre os dias 13 e 18 deste mês. Depois de inscritos, os médicos deverão indicar, a partir dia 20, até quatro cidades de diferentes perfis onde desejam clinicar.

…Leia na íntegra

Governo anuncia aumento no salário de cubanos do Mais Médicos

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 01 mar 2014

Tags:,

Agência Brasil

903600-chioro_divulga_3 ciclo do mais médicos_4553O ministro da Saúde, Arthur Chioro, anunciou ontem um reajuste salarial de 25% para os profissionais cubanos que trabalham no Brasil por meio do Programa Mais Médicos. A partir de março, eles vão passar a receber US$ 1.245.

O salário dos cubanos, atualmente, consiste em US$ 400, pagos pelo governo brasileiro, e US$ 600, pagos pelo governo cubano e retidos em uma conta no país. O aumento anunciado pela pasta, portanto, é US$ 245, sendo que o valor total, a partir de agora, será pago no Brasil.

Segundo Chioro, a negociação com a Organização Panamericana de Saúde (Opas) e com o governo cubano para estabelecer o reajuste salarial já estava em andamento quando ele assumiu o comando da pasta, no início do mês de fevereiro.

…Leia na íntegra

“Mais Médicos’ sem médicos

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Saúde | Data: 04 set 2013

Tags:, ,

da Redação

Festival de faltas é constatado em quase todo Brasil

Mais MédicosA estréia do programa Mais Médicos foi adiada em várias partes do País por causa da falta de profissionais. O cronograma oficial estabeleceu que nesta última 2ª feira (2) que 1.096 bolsistas deveriam se apresentar para o início das atividades, e em várias regiões eles não apareceram. Pelo menos metade das cidades paulistas selecionadas registrou desistências ou faltas. As baixas foram em 12 das 22 cidades que aguardavam brasileiros. A realidade de São Paulo reflete em todo Brasil. Em várias partes do país o programa Mais Médicos foi inaugurado sem médico. Os profissionais contratados pelo Ministério da Saúde faltaram.

Em Vitória da Conquista de 9 profissionais anunciados, chegaram apenas 3, e 1 já voltou para sua terra. O desempenho da Saúde do município é um dos piores do Brasil segundo dados do Ministério da Saúde e OMS revelado pela Revista Exame em sua última edição que foi esgotada nas bancas.

MP ia ficar de olho: programa Mais Médicos já têm baixa

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde | Data: 03 set 2013

Tags:, ,

da Redação

Roland-LavigneInicialmente anunciaram que a cidade de Vitória da Conquista seria a mais ‘beneficiada’ no programa Mais Médicos do Governo Federal com  9 profissionais. Depois disseram que seriam 5 e chegaram apenas 3. O vereador de Ilhéus pelo PPS não gostou do lugar que iria trabalhar na zona rural por ser muito longe, e já foi embora.

Na Resenha Geral, edição desta 3ª feira, foi noticiado que Roland Lavigne é o mesmo político que foi acusado há tempos atrás, no Sul da Bahia, de praticar laqueadura de trompa em índias Pataxós. O caso ganhou repercussão em todo Brasil, e segundo denúncias a motivação foi em troca de votos. Ele sempre negou.

Foto: Blog do Gusmão

Vitória da Conquista receberá profissionais do Programa Mais Médicos na próxima segunda-feira (02)

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Saúde, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 30 ago 2013

Tags:, ,

Da Redação

Na primeira etapa do projeto, município pleiteou nove médicos para a cidade. Vai receber cinco profissionais que devem atuar em unidades de saúde de alguns bairros e zona rural do município.

MAIS-MÉDICOSVitória da Conquista terá cinco médicos do Programa Mais Médicos do Ministério da Saúde. Segundo a prefeitura, o município pleiteou nove vagas no Programa e deve receber com cinco profissionais com formação fora do Brasil. Essa é  a primeira fase do projeto.

Os profissionais chegam à cidade na próxima segunda-feira (02) e devem participar de uma oficina onde será abordado com funciona a Rede do Sistema Único de Saúde ( SUS) do município e os programas de Atenção Básica e o Sistema de Informação da Atenção Básica do Ministério da Saúde.

Os médicos foram inscritos para compor equipes nas unidades de saúde dos bairros Jardim Valéria, Pedrinhas, Vila Serrana e na zona rural, nas localidades de Veredinha e Bate-Pé. Segundo informação oficial divulgada no site da prefeitura, a Secretaria Municipal de Saúde está inscrita na segunda fase do programa e solicitou mais seis médicos para ampliação das equipes de saúde de Vitória da Conquista.

Governo desiste dos 2 anos a mais em curso de medicina

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 31 jul 2013

Tags:,

Agência Estado

340x255_1343799O governo desistiu de ampliar os cursos de medicina de seis para oito anos, conforme previsto na Medida Provisória dos Programa Mais Médicos, e vai apoiar agora a proposta trazida à mesa por uma comissão de especialistas para que os dois anos adicionais se transformem em residência médica. “(A diretriz é que) após a formação do médico na graduação, em seis anos, a residência médica assegure essa vivência na urgência e emergência e na atenção primária”, disse o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, após participar de uma reunião com o titular da Saúde, Alexandre Padilha, e representantes de faculdades de medicina federais do País, em Brasília.

Mercadante defende que a Medida Provisória 621, que trata do Programa Mais Médicos e tramita no Congresso Nacional, já previa a possibilidade de que os dois anos adicionais se convertessem em residência médica. O Conselho Nacional de Educação (CNE) também deverá propor novas diretrizes para os cursos de medicina a partir das modificações estabelecidas pela MP.

…Leia na íntegra