Rodoviários param transporte coletivo durante mobilização contra Lei da Terceirização

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 15 abr 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: Rafael Gusmão

DSC_0049

O Sindicato dos Rodoviários também aderiu ao movimento contra a aprovação do Projeto de Lei 4330, que regulamenta a terceirização, e retiraram os ônibus de circulação nesta quarta-feira (15). Os motoristas e cobradores do transporte coletivo de Vitória da Conquista só retornarão às atividades normalmente às 13 horas.

DSC_0043“O projeto dá o poder ao patrão de contratar os terceirizados e demiti-los se eles causarem algum tipo de inconveniente, como paralisar por melhorias no trabalho. Isso gera uma precarização no serviço”, afirmou o presidente do Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista (SINTRAVC).

Além da não aprovação da PL 4330, as entidades pedem a derrubada das medidas provisórias 664 e 665 do Governo Federal, que dificultam o acesso à pensão por morte, ao seguro-desemprego e ao abono salarial. O ajuste fiscal proposto pelo ministro Joaquim Levy também é apontado como ponto e pauta.

Bancários aderem a movimento contra a Lei da Terceirização e param por 24 horas

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 15 abr 2015

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

DSC_0023

Os bancos em Vitória da Conquista não abriram as portas nesta quarta-feira (15). Uma paralisação de 24 horas foi aprovada pelo Sindicato dos Bancários, em apoio à mobilização contra a aprovação do Projeto de Lei 4330, que regulamenta a terceirização. Nesse período, somente os terminais de autoatendimento funcionarão.

DSC_0003Para o presidente do sindicato, Paulo Barrocas, é preciso que os bancários se mantenham unidos e lutem contra a terceirização. “Não podemos deixar que esse Projeto de Lei seja aprovado pelo Senado. Precisamos manter a categoria unida em busca da manutenção dos direitos que foram conquistados através de toda uma história de luta”, conclui Paulo.

Os manifestantes querem que o Senado não aprove a PL 4330, que pode ampliar a terceirização nas relações trabalhistas, e, se aprovado, seja vetado pela presidente Dilma.

Paralisação geral marca luta contra a Lei da Terceirização em Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 15 abr 2015

Tags:, , ,


por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

DSC_0019

Movimentos sindicais e sociais realizam uma paralisação geral em Vitória da Conquista, nesta quarta-feira (15), contra a aprovação do Projeto de Lei 4330, que regulamenta a terceirização. Integrou o movimento o Sindicato dos Bancários, SIMMP/VC, Sindsaúde, Marcha Mundial de Mulheres, Levante Popular, Sindilimp, Sinserv, APLB/SINDICATO, Movimento Unificado das Associações de Moradores, MST, ADUSB, Sindacs, Sindicato dos Rodoviários, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Consulta Popular e UJS.

DSC_0035

A mobilização teve início na Praça Barão do Rio Branco, às 8 horas, com concentração dos manifestantes com faixas, cartazes, carros de som e panfletagem. Logo em seguida, o grupo saiu em caminhada para o terminal de ônibus da Av. Lauro de Freitas, onde foi suspenso o transporte por algumas horas.

Os manifestantes querem que o Senado não aprove a PL 4330, que pode ampliar a terceirização nas relações trabalhistas, e, se aprovado, seja vetado pela presidente Dilma. Além disso, as entidades pedem a derrubada das medidas provisórias 664 e 665 do Governo Federal, que dificultam o acesso à pensão por morte, ao seguro-desemprego e ao abono salarial. O ajuste fiscal proposto pelo ministro Joaquim Levy também é apontado como ponto de pauta.

Paralisação contra Lei da Terceirização também atingirá o transporte coletivo de Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 14 abr 2015

Tags:, , , ,


por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

DSC_1204

Motoristas e cobradores do transporte coletivo de Vitória da Conquista também vão aderir ao movimento contra a aprovação do Projeto de Lei 4330, que regulamenta a terceirização, nesta quarta-feira (15). Com a adesão do Sindicato dos Rodoviários à mobilização capitaneada por movimentos sociais e sindicais da cidade, os ônibus ficarão paralisados das 9h às 13h.

A mobilização terá início na Praça Barão do Rio Branco, a partir das 8h, com concentração dos manifestantes com faixas, cartazes, carros de som e panfletagem. Os movimentos e sindicatos querem que o Senado não aprove a PL 4330, que pode ampliar a terceirização nas relações trabalhistas, e, se aprovado, seja vetado pela presidente Dilma.

Além disso, as entidades pedem a derrubada das medidas provisórias 664 e 665 do Governo Federal, que dificultam o acesso à pensão por morte, ao seguro-desemprego e ao abono salarial. O ajuste fiscal proposto pelo ministro Joaquim Levy também é apontado como ponto e pauta.

Professores da UESB paralisarão atividades no dia 15 de abril contra o PL 4330

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Economia, Educação, Trabalho, Vit. da Conquista | Data: 14 abr 2015

Tags:, , ,


Da Redação

adusb indicativo greveOs professores da Uesb aprovaram em assembleia, nesta segunda (13), a construção do Dia Nacional de Paralisações na quarta (15). A atividade prevista em todo país é um protesto dos trabalhadores contra o projeto de lei 4330, da terceirização, além das medidas provisórias 664 e 665. Os docentes suspenderão as atividades durante todo o dia. Será realizada uma mobilização em frente às guaritas dos três campi a partir das 7h. A categoria também participará do ato público a ser realizado às 8h na praça Barão do Rio Branco em Vitória da Conquista.

Terceirização nas Universidades

A Adusb é contra qualquer tipo da terceirização, de atividades meio ou fim, por considerar que a mesma precariza as relações de trabalho. Se hoje Ementa 331 do TRT permite a terceirização somente de atividades meio, a aprovação do PL 4330 trará a terceirização das atividades fim. …Leia na íntegra

Sindicatos e movimentos sociais paralisarão atividades nesta quarta (15) em Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 14 abr 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: divulgação

DSC_0114Movimento sindicais e sociais de Vitória da Conquista agendaram para às 8h da próxima quarta-feira (15) uma paralisação geral na cidade. Sindicato dos Bancários, SIMMP/VC, Sindsaúde, Marcha Mundial de Mulheres, Levante Popular, Sindilimp, Sinserv, APLB/SINDICATO, Movimento Unificado das Associações de Moradores, MST, ADUSB, Sindacs, Sindicato dos Rodoviários, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Consulta Popular e UJS participam deste movimento contra a aprovação do Projeto de Lei 4330, que regulamenta a terceirização.

Na noite dessa terça, os representantes desses grupos se reuniram para organizar as manifestações. Paralisações de diversas categorias de trabalhadores já estão definidas em Conquista. A mobilização terá início na Praça Barão do Rio Branco, a partir das 8h, com concentração dos manifestantes com faixas, cartazes, carros de som e panfletagem.

Os manifestantes querem que o Senado não aprove a PL 4330, que pode ampliar a terceirização nas relações trabalhistas, e, se aprovado, seja vetado pela presidente Dilma. Além disso, as entidades pedem a derrubada das medidas provisórias 664 e 665 do Governo Federal, que dificultam o acesso à pensão por morte, ao seguro-desemprego e ao abono salarial. O ajuste fiscal proposto pelo ministro Joaquim Levy também é apontado como ponto e pauta.

Sindicatos e movimentos sociais aderem à paralisação nacional contra PL da Terceirização

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Trabalho | Data: 11 abr 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais 

Reunião Sindicatos

Na tarde da última sexta-feira (10), entidades sindicais e movimentos sociais de Vitória da Conquista se reuniram para discutir os preparativos da paralisação nacional contra o Projeto de Lei 4330, que regulamenta a terceirização no país, que acontece no próximo dia 15. Estiveram presentes os representantes do Sindicato dos Bancários, SIMMP/VC, Sindsaúde-BA, Marcha Mundial de Mulheres, Levante Popular, Sindilimp, Sinserv, APLB/SINDICATO, Associação dos Moradores da Patagônia e ADUSB.

Segundo os movimentos, o Projeto ameaça os direitos dos trabalhadores, e tem como objetivo regulamentar a terceirização no país, permitindo que as empresas terceirizem até mesmo sua atividade-fim, ou seja, aquela que caracteriza o objetivo principal da empresa.

Segundo Paulo Barrocas, presidente do Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região, várias categorias já estão mobilizadas e confirmaram paralisações das atividades no dia 15. “Esta reunião foi o momento de organização das entidades para demonstrarmos o nosso repúdio ao PL 4330. Mesmo já tendo passado na Câmara dos Deputados, o projeto ainda será votado no Senado e pode ser vetado pela presidente. É o momento dos trabalhadores se unirem para pressionar os políticos contra o retrocesso dos direitos trabalhistas”. …Leia na íntegra