Imprensa cobra de Rui Costa (PT) as promessas feitas em Itapetinga

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Sudoeste | Data: 03 fev 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Sudoeste Agora

O PT da Bahia continua inundando o interior do estado com promessas e mais promessas – que nunca são cumpridas. Em dezembro do ano passado, o governador Rui Costa (PT), com intenção de conquistar o apoio do prefeito Rodrigo Hagge (MDB) fez promessas na vizinha cidade de Itapetinga, e o prefeito e o povo continuam aguardando.

O jornalista Davi Ferraz, do Sudoeste Agora, diante da farra de promessas escreveu: (…) “De qualquer forma, foi um grande avanço para Itapetinga, que saiu do ‘rol dos esquecidos‘ e entrou para a ‘turma dos esperançosos de cuia na mão’, pois passados quase dois meses do dia das promessas, nenhuma palha foi movida pelo governo para concretizá-las, apesar do prefeito Rodrigo Hagge e estar correndo atrás, de projetos nas mãos, como pediu o governador”.

Na extensa lista de promesas, estão: pavimentação do acesso à BA-263, da Exposição à Rodoviária; reforma da central de Abastecimento; 10 leitos neonatal para o HCR; conclusão da Avenida Júlio José Rodrigues, dentre outras.

Vitória da Conquista

Em Vitória da Conquista não é diferente. A barragem do Rio Catolé continua no papel, e já são 4 licitações anunciadas e esquecidas. A única obra que o governador Rui Costa está alardeando que é dele, são as obras do novo aeroporto cujo os recursos são exclusivos do Governo Federal. Ao Governo da Bahia coube apenas 0,01% dos R$ 45 milhões do terminal de passageiros o que representa apenas R$ 4.500 (quatro mil e quinhentos reais). A Prefeitura de Conquista já investiu muito mais com o apoio logístico na utilização de máquinas na área onde está sendo construído o aeroporto.

PROMESSA DE BARRAGENS: Guilherme pede direito de resposta contra Herzem; Justiça nega

0

Publicado por Editor | Colocado em Política, Vit. da Conquista | Data: 12 set 2016

Tags:, ,

Blog do Fábio Sena

Guilherme Menezes, em propaganda de 2012, fala sobre recursos liberados para construção da barragem.

Guilherme Menezes, em propaganda de 2012, fala sobre recursos liberados para construção da barragem.

O candidato a prefeito de Vitória da Conquista pela Coligação “Uma Conquista Melhor”, Herzem Gusmão, do PMDB, mexeu com os brios do prefeito Guilherme Menezes ao exibir sua imagem em programa eleitoral do dia 5 de setembro, no qual afirma que o gestor teria feito e não cumprido promessas de construção das barragens do Rio Catolé e do Rio Pardo. Na inserção, além de exibir o programa eleitoral de 2012 com testemunhos e do então governador Jaques Wagner, o peemedebista presta um depoimento ao lado do deputado federal Lúcio Vieira Lima e afirma que ambas as barragens foram, de fato, prometidas pelo PT.

Em seu pedido de resposta, Guilherme e a Coligação Conquista Quer Mais, que tem Zé Raimundo como candidato, pediram de direito de resposta alegando que a propaganda eleitoral do PMDB teria veiculado “noticia sabidamente inverídica”, com a informação de que o Município de Vitória da Conquista investiu R$3 milhões no projeto executivo do Rio Pardo, assim como cumpriram a promessa de que asseguraram recursos federais para construção da Barragem do Catolé, a qual não foi construída em virtude de licitação pública.

Inicialmente, a assessoria jurídica do candidato Herzem Gusmão tentou qualificar o prefeito Guilherme Menezes como parte ilegítima para realizar o pedido de resposta. Mas o juiz eleitoral Wander Cleuber afirmou haver legitimidade, “por ser um terceiro interessado, posto que na condição de gestor do Município e diretamente responsável pela construção das obras das barragens citadas, de igual modo, possui legitimidade ativa para o pleito reivindicado na presente representação”. Por outro lado, afirmou que do mesmo modo que é legítimo à coligação governista divulgar “supostos avanços… como acontece no caso da “Avenida Perimetral” e do novo Aeroporto”, também é legitimo a oposição apontar supostas responsabilidades pela inexecução de obras prometidas. “Assim, opina pela improcedência da presente representação”.

Em sua defesa, Herzem Gusmão afirmou ser fato público e notório que as construções das barragens foram prometidas e que as mesmas não foram construídas. Rerclama ainda o direito dos candidatos cobrarem as promessas feitas em eleições anteriores. Em seu parecer, o Ministério Público Eleitoral foi desfavorável ao pedido de direito de resposta, alegando ter havido debate político com relação ao tema abordado durante o pleito eleitoral de 2012, precisamente no tocante a construção da barragem do Rio Pardo e Catolé, afirmando ser público e notório que as barragens não foram construídas.

“Assim, ao analisar a prova carreada aos autos, não vislumbro a presença de qualquer ofensa à imagem ou a honra dos Representantes, ao tratar das obras prometidas em gestões anteriores, mormente quanto à construção das barragens do rio Pardo e do Catolé. Como bem salientou o Representante do Ministério Público Eleitoral, a questão abordada na propaganda veiculada pela Coligação Representada é fato público e notório, tanto no que diz respeito as promessas, quanto na inexecução das referidas obras. Portanto, a matéria não pode ser considerada inverídica, o que inviabiliza o direito de resposta pretendido. Segundo entendimento da jurisprudência majoritária, os fatos contidos na Representação não traz elementos suficientes para ensejar o direito de resposta”.

Via Bahia não avança e só renova promessa de obras em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Vit. da Conquista | Data: 08 abr 2016

Tags:, ,

da Redação

Com foto e informações da Ascom/PMVC

SC2_9275-ed

Em reunião realizada na Prefeitura de Vitória da Conquista, o prefeito Guilherme Menezes recebeu o presidente da Via Bahia, o português  Paulo André, que acompanhado de técnicos da empresa renovou as antigas promessas. O prefeito segue leniente diante das precárias condições de trafegabilidade em toda extensão da BR 116 – Rio-Bahia, em território conquistense. Até agora só fotografias com ministros, reuniões e nada mais.

“Viemos aqui para estreitar ainda mais o diálogo com a Administração Municipal. O trecho da  BR-116 administrado pela Via Bahia percorre 27 municípios e, por isso, consideramos de extrema importância esse contato mais próximo com os dirigentes de cada município para que as intervenções que sejam realizadas estejam de acordo com as reais necessidades de cada cidade”, destacou o presidente.

Já o Guilherme Menezes declarou: “para o Governo Municipal é um prazer saber que a Via Bahia está querendo estreitar ainda mais o diálogo com o município. A cidade tem crescido vertiginosamente e necessita de adequações e com o diálogo constante vai ficar mais fácil para a realização dessas obras”, disse.

Todos os compromissos que a concessionária firmou com a Câmara de Vereadores, em várias reuniões com participação da PMVC, CREA e a ANTT, não avançaram.

A Via Bahia vem sustentando a grave situação na região de Vitória da Conquista com reuniões, promessas e blá,blá, blá. Para o vereador Hermínio Oliveira (PPS) – é preciso que a Câmara de Vereadores promova uma outra Sessão Especial,  com participação de deputados que representam  a Bahia em Brasília e na Assembleia Legislativa em Salvador, para que a Via Bahia seja cobrada a assumir uma outra postura na região.

 

Mais uma obra entra na fila das promessas da Prefeitura e Governo do Estado

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Vit. da Conquista | Data: 05 fev 2016

Tags:, , , ,

da Redação

Obras Promessas

Na última visita recente que fez a cidade de Vitória da Conquista, o governador Rui Costa (PT) e o prefeito Guilherme Menezes (PT), colocaram na fila de espera mais uma promessa. A Casa de Internação, necessidade urgente, a cidade não tem onde colocar os adolescentes infratores, receberá o belo nome de Case – Comunidade de Atendimento Socioeducativo, cuja obra prometida foi orçada em pouco mais de R$ 22 milhões e será erguida em um terreno de 22 mil m² doado pelo Governo Municipal.

A licitação para a construção da Comunidade de Atendimento Socioeducativo foi autorizada e o documento exibido pelo prefeito e assinado no dia 29 de janeiro, pelo governador Rui Costa. No site da PMVC é possível contemplar o Case através da computação gráfica. Como fizeram com outras obras prometidas o documento é mais uma vez exibido sob aplausos.

Sem concluir e entregar várias obras, os citados governos apresentam mais uma obra com “planejamento” de entregar de 12 a 18 meses. Foi assim com o novo aeroporto, duas barragens (Catolé e Rio Pardo), revitalização do centro comercial, viadutos no anel rodoviário, asfaltamento de acessos para zona rural (São Sebastião e Iguá), Universidade Federal, Porto Seco, Centro de Convenções etc, etc.

Um governo que não consegue entregar o pequeno Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima, interditado em 2013, com orçamento apenas de R$ 300 mil, não goza de credibilidade para renovar promessas em Vitória da Conquista.

No aniversário, Vitória da Conquista não recebeu as obras prometidas pelo PT

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 10 nov 2015

Tags:, , ,

da Redação

Bandeira grandeAo completar 175 anos de vida a cidade de Vitória da Conquista não recebeu nenhuma grande obra prometida ao longo de quase 20 anos pelos prefeitos petistas. Foram várias obras no festival de promessas que foram divulgadas nas campanhas eleitorais visando angariar votos e mandatos.

Além de terem permitido a alteração do projeto original da Ferrovia Oeste-Leste, que constava no mapa da Valec em 2002, e que cortava território conquistense,  garantiram importantes obras que ficaram apenas nas promessas.

O novo aeroporto, a reativação da Bahiafarma, Porto Seco, implantação da Universidade Federal, barragem do Rio Catolé, barragem do Rio Pardo, revitalização do centro comercial e outras tantas. As realizações citadas fortalecem a tese de afirmações tipo: o que o PT fala não se escreve.

A Prefeitura na propaganda oficial enaltece o grande crescimento da cidade, alavancado pela iniciativa primava, como fosse ações de sua gestão. O governo petista  parou no tempo. Nem o transporte coletivo a administração consegue modernizar.

Dilma antes e após as eleições

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 11 fev 2015

Tags:, , ,


da Redação

Circula na internet com grande repercussão na imprensa nacional as promessas e declarações da presidente Dilma Rousseff. Os brasileiros estão se sentindo enganados.
Veja o que ele dizia antes das eleições com as orientações do marqueteiro de sua campanha:

Sobre a Petrobras a presidente Dilma foi dura com os adversários que queria uma CPI para apurar várias denuncias contra a estatal brasileiro. Foi numa entrevista concedida no ano pré-eleitoral de 2009. Nessa época, Dilma ainda presidia o Conselho de Administração da Petrobras. Confira:

Governo, “em cima das urnas” lança promessa de água em Cândido Sales

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 22 fev 2014

Tags:, , ,

da Redação

SecomO governador Jaques Wagner autorizou, neste sábado (22), o início da implantação de um sistema de abastecimento de água na vizinha cidade de Cândido Sales. A promessa é de construção de 63,2 quilômetros de adutora, quatro reservatórios, 42,9 quilômetros de rede de distribuição e 2.207 ligações domiciliares serão gastos cerca de R$ 14,7 milhões.

A obra, anseio da população da cidade e zona rural do município, faz parte do programa Água para Todos e deve beneficiar 10 mil moradores das localidades de Quaraçu, Lagoa do Timóteo e Lagoa Grande, no município de Cândido Sales. “Com essa assinatura, autorizo o início da obra que vai levar água limpa para a zona rural que, em muitos casos, consome água contaminada”, disse o governador no ato do comício realizado no centro da cidade.

O governador Jaques Wagner elevou o tom das promessas e vem tentando alavancar o seu candidato Rui Costa (PT), com fraco desempenho nas pesquisas. Não existe tempo hábil para o Governo da Bahia cumprir as promessas feitas em todo Estado.

Foto: Secom

Augusto Nunes: A ferrovia que Lula inaugurou na Bahia faz três dias continua sem trilhos nem trens

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Economia, Política | Data: 03 ago 2013

Tags:, , , , , ,