Multidão sai às ruas de Brasília contra o retorno de Dilma ao Planalto

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 01 ago 2016

Tags:, ,

Diário do Poder

Terceirizados afirmam estar a cinco meses sem receber salários

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 29 jul 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_6072

Os trabalhadores terceirizados das empresas Contat e Basetec, que prestam serviços nas Escolas Estaduais de Vitória da Conquista, realizaram um novo protesto pelo pagamento de salários atrasados. Segundo o grupo de manifestantes, os pagamentos estão atrasados há cinco meses.

Os trabalhadores fizeram uma caminhada até a sede da Defensoria Pública e depois finalizaram o ato no Ministério Público do Trabalho. Durante o percurso, eles chamaram a atenção da comunidade para os problemas vividos pelas famílias dos funcionários que estão sem receber salário. Os terceirizados também afirmaram que as empresas se comprometeram a pagar os salários atrasados até o último dia 15 de julho, mas até agora não houve a quitação desses valores.

Proprietários de transporte escolar protestam contra padronização nacional

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 18 jul 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

DSC_0512

Os proprietários de veículos que atuam no transporte escolar privado realizaram uma mobilização contra a padronização nacional dos veículos. A mobilização ocorreu no sábado (16), simultaneamente com o movimento nas cidades brasileiras. A  proposta partiu da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), mas os proprietários de vans apontam um lobby.

A norma que está sendo elaborada e tramita no Congresso prevê que todos os motoristas passem a utilizar micro-ônibus com capacidade mínima de 20 pessoas, o que excluiria a utilização de Kombis, Doblôs e vans do serviço. “Nós [transporte escolar] já somos padronizados pelo Código de Trânsito Brasileiro” explica o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Autônomos de Escolares de Vitória da Conquista (Sintevic), Givanildo Pereira. “O que o Governo quer é implantar o micro-ônibus americano acessível a cadeirantes e que nem existe no mercado”, argumenta ao denunciar um possível lobby de uma grande montadora.

O micro-ônibus apresentado teria um valor de R$ 220 mil. “Com essa crise, como pagar um carro nesse valor?” questiona Pereira. “Hoje em Vitória da Conquista o valor médio do transporte é de R$ 90, a proposta subiria as mensalidades para R$ 300. No geral nossa clientela é de baixa renda. o projeto é bom, mas inviável para nossa realidade” finaliza.

Abaixo assinado e protesto cobra do governador Rui Costa barragem do Catolé urgente

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 16 jul 2016

Tags:, ,

Ascom/MCMP

ANdré PPBB

Mais uma manifestação pela construção da Barragem do Rio Catolé Urgente, foi realizada pelo MOVBC, MCMP e APIBAC, na Pça. Getúlio Vargas, em Barra do Choça, Abaixo Assinado, pronunciamentos, faixas, sonorização, documentos, “estamos solicitando do Governador da Bahia, construção da Barragem com urgência, sendo inadmissível promessas à mais de 10 anos, sem resultado efetivo” afirma Walter Félix, Presidente da Associação de Produtores e Irrigantes de Barra do Choça.

Para o Presidente do Movimento Contra a Morte Prematura, André Cairo, de Cavaleiro Negro, com placa, “Governador Rui Costa, De costas para a população? Barragens não tem não, Promessas faz um tempão, Comece logo a construção; e ao microfone, em destaque, acabando a água estaremos dentro d,água, como se não houvesse solução das Autoridades!” João Gonçalves, Coordenador do Movimento Barragem do Catolé “nesta situação, já tem mais de 500 pessoas sem trabalho, sendo uma região agrícola e pecuária”. Após a manifestação, sem cunho político partidário, realizarão Manifestação em Conquista.

Estudantes da Uesb pedem concurso para mais professores

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 11 jul 2016

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

IMG_1607

Estudantes dos cursos de Psicologia e Ciências Sociais da Uesb realizaram uma mobilização na porta da reitoria da universidade pedindo a contratação de professores. Segundo os discentes, o curso conta apenas com oito professores para 45 disciplinas.

Quando o curso de Psicologia foi aprovado, eram previstos que acontecessem cinco concursos para professores, no entanto, nenhum concurso foi realizado até este terceiro ano de implantado. O curso conta atualmente com três turmas e cinco disciplinas já deixaram de ser ofertadas por falta de professores, apontam os discentes.

IMG_1608

“Diante da situação complicadíssima do nosso curso, decidimos expor à comunidade (de dentro e fora da UESB), alguns dos problemas que enfrentamos. Temos consciência dos nossos direitos, do que a Universidade deve nos proporcionar a partir do momento em que aprova que um curso aconteça em seu campus”, aponta o Centro Acadêmico do curso.

Por pavimentação, moradores do Conveima voltam a bloquear BR 116

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 09 jun 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: WhatsApp BRG

IMG_1026

Os moradores do bairro Conveima 1 voltaram a fechar parte da BR 116 em protesto por pavimentação das ruas do bairro. O ato ocorreu na tarde desta quinta-feira (9) e durou cerca de uma hora.

Durante a manifestação, pneus e galhos de árvore foram utilizados para impedir o tráfego de veículos. Os moradores cobram a presença de representantes da Prefeitura no bairro para uma reunião em que seja tratando os problemas de pavimentação. “Há 40 anos que o Conveima está abandonado”, afirmam os moradores.

Agentes de trânsito protestam contra violência à categoria

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 30 maio 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

IMG_3032

Agentes de trânsito de Vitória da Conquista aderiram a mobilização nacional contra a violência sofrida pela categoria. Os protestos ganharam força depois da morte de agente Agenilson Pereira Jorge, assassinado enquanto trabalhava na cidade de Araguaína (TO), na última sexta-feira (27).

O ato dos agentes ligados ao Sistema Municipal de Trânsito (Simtrans) ocorreu na manhã desta segunda (30). Os trabalhadores saíram em comboio da Rua Cônego João Lima até a Praça Barão do Rio Branco, onde foi foram feito um minuto de silêncio em homenagem a Agenilson  e discursos pedindo respeito à categoria . “O trabalho do agente de trânsito não é incomodar. O trabalho do agente de trânsito é levar segurança para a população que está transitando pelas vias de Vitória da Conquista ou do Brasil. Este ato pede paz, principalmente, aos agentes de trânsito que estão em trabalho”, declarou um dos agente.

Agressão em Conquista

Na última semana, um agente de trânsito de Vitória da Conquista foi agredido por um motorista, com empurrou e xingamentos. O agressor foi abordado e multado por trafegar na contra mão próximo ao Centro de Abastecimento (Ceasa). Ele acabou sendo preso.

Parada gay em SP tem cartaz e gritos de ‘Fora Temer’

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 29 maio 2016

Tags:, , ,

Bahia.ba
Felipe Resk / Estadão Conteúdo

A tradicional manifestação toma conta da Avenida Paulista e reúne milhares de ativistas da causa LGBT

20ª Parada Gay de São Paulo (Foto: J. DURAN MACHFEE/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)
20ª Parada Gay de São Paulo (Foto: J. DURAN Machfee/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Com gritos e cartazes, ativistas da causa LGBT protestam contra o governo Michel Temer (PMDB), neste domingo (29), na 20ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo. O ato ocorre na Avenida Paulista, na região central e foi marcado para as 10h, mas cerca de uma hora depois os participantes ainda estão chegando. Eles gritam “Fora Temer” e “Volta Dilma”. Erguendo um cartaz de “Fora Temer”, a ativista Phamela Godoy diz que, em duas semanas de governo interino, houve recuo nas conquistas LGBT. “Nós não podemos nos furtar de discutir a agenda política do País. Quando os grupos conservadores avançam, os direitos LGBT são os primeiros a serem atacados”, disse.

Phamela cita o fim do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, além da Coordenação de Política LGBT e a redução no orçamento de políticas de prevenção da Aids. “Em um País que não respeita a democracia, não é possível discutir direitos para minorias”, afirmou. …Leia na íntegra

Protesto pela revitalização de zonas comerciais em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Manifesto Popular, Vit. da Conquista | Data: 24 maio 2016

Tags:, ,

Ascom/MCMP
Foto: Rômulo Lima

Batman

Dentre outros protestos cobrando da Prefeitura a revitalização de Zonas Comerciais, Mercados e Feiras Livres de Conquista, realizados pelo Movimento Contra a Morte Prematura, neste final de semana, o Presidente do MCMP, André Cairo, personificado de Batman, circulou o comercio do centro, com uma Placa, alertando a PMVC para que revitalize, “zonas comerciais continuam desprezíveis, detritos, mau cheiro, obstrução de calçadas, emaranhados de fios elétricos, trânsito confuso, iluminação tímida, etc.

“Já tendo completados mais de 20 anos que viemos manifestando, documentos, reuniões, palestras, audiências etc, esperando não ser necessário o Batman, para solucionar o problema, satisfazendo comerciantes, trabalhadores, empresários e consumidores”, finaliza Cairo, prometendo novos protestos.

Barra do Choça: apreensão de carne termina em confusão

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 21 maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_0521

Uma ação conjunta entre Vigilância Sanitária, Adab e Ministério Público, no município de Barra do Choça (a 35 km de Vitória da Conquista), terminou em confusão. Na manhã deste sábado (21), cerca de 10 toneladas de carne foram apreendida na feira livre da cidade, o que gerou revolta dos comerciantes.

A apreensão visava retirar de circulação o alimento de procedência duvidosa, proveniente de abates clandestinos e que estavam sendo acondicionada de forma irregular. No entanto, o alcance da ação irritou os feirantes, que fecharam o acesso principal ao município. Com pedaços de paus e pneus queimados, os pequenos comerciantes impediram o trânsito de veículo.

IMG_0520

O protesto aponta a falta de estrutura oferecida pelo município para o comércio de carne. Segundo os feirantes, eles esperam a construção de um Centro de Abastecimento em Barra do Choça, que deveria ser concluída a um ano e meio. “Eles não cumprem o que foi prometido e agora deixa que façam uma coisa dessas com a gente. Nem aqui o prefeito ou um representante da Prefeitura teve a coragem de aparecer”, desabafou um feirante, que pediu para não ser identificado.

A manifestação foi finalizada com a chegada da Caesg. “Eles chegaram de forma muito truculenta, dando ordem para liberar a pista e discutindo com os trabalhadores. Teve um adolescente que chegou a ser apreendido, porque se irritou com a forma que eles nos trataram”, declarou o feirante ouvido pelo BLOG DA RESENHA GERAL.

Devido a essa ação, os trabalhadores abandonaram suas barracas, facilitando a ação de saqueadores. “Muitos destes trabalhadores só têm essa fonte de renda. Tem gente aqui que investiu todo seu dinheiro em uns bois para vender aqui na feira. E agora perdeu tudo. Ninguém sabe como vamos fazer para pagar nossas contas”, lamentou o feirante.

Com os ânimos apaziguados, dois encontros foram marcados para resolver a situação do comércio de carne naquele município. O primeiro deles ocorrerá na Câmara de Vereadores, na próxima segunda-feira (23), e o segundo será na terça (24), no Fórum local, com a promotoria.

Caso Jéssica: mulheres conquistenses pede punição ao agressor

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 14 maio 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

DSC_0480

Uma nova manifestação em homenagem a Jéssica Nascimento, morta aos 21 anos após ser agredida por um ‘ficante’, durante uma reunião de amigos, foi realizada na manhã deste sábado (14), em Vitória da Conquista. A mobilização foi organizada por grupos ligados aos Direitos das Mulheres e reuniu dezenas de pessoas pelas ruas do centro da cidade.

O ato se iniciou na Praça 9 de Novembro, onde foi lido manifestos pedindo a punição do acusado pela agressão, Américo Francisco Vinhas Neto, e apontando os números alarmantes de violência sofrida pelas mulheres no Brasil. Segundo um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revela que, no Brasil, 15 mulheres morrem por dia vítima de violência doméstica e que a cada três minutos uma mulher é violentada.

DSC_0484

O grupo seguiu em caminhada em direção ao Terminald e Ônibus da Avenida Lauro de Freitas e terminou o ato na Praça Barão do Rio Branco, onde foi feito um minuto de silêncio pela e um abraçaço.

Crime

Jéssica estava grávida de quatro meses e acabou perdendo o bebê após a agressão. Ela morreu no dia 10 deste mês na UTI do Hospital de Base, 16 dias após ser agredida, e deixou um filho de 5 anos de idade. O acusado, Américo Francisco Vinhas Neto, teve a prisão preventiva decretada, mas encontra-se foragido.

Caso Jéssica: grupo de mulheres pede justiça

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 11 maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais
fotos: Roberto Silva (tudoconquista.com.br)

IMG_1740

O movimento Mulheres em Luta (MEL) realizou uma manifestação cobrando justiça no caso da jovem Jéssica Almeida, que morreu nessa terça-feira (10), vítima de agressão por parte de um ‘ficante’. O acusado, Américo Francisco Vinhas Neto, teve a prisão preventiva decretada, mas encontra-se foragido. Jéssica estava grávida de quatro meses e acabou perdendo o bebê após a agressão. Ela deixa um filho de 6 anos de idade.

Com faixas e cartazes, estudantes e mães ligadas ao movimento se reuniram na Alameda Ramiro Santos, no fim da tarde desta quarta (11), apontando que violência contra a mulher, infelizmente, é mais comum do que se imagina. “Estudo do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) revela que 15 mulheres morrem por dia no Brasil vítima de violência doméstica. Violência contra a mulher não tem desculpa, tem lei”, denuncia o movimento.

IMG_1744

Uma faixa com a frase “Por Jéssica e por todas nós” foi pichada pelas manifestantes, que pediram a prisão imediata do estudante de engenharia, Américo Neto.

Morte

Jéssica morreu após 16 dias internada na UTI do Hospital de Base de Vitória da Conquista. Ela foi agredida por Américo Neto durante uma reunião de amigo, no dia 25 de abril, na residência em que morava com um amigo. Testemunhas apontam que o acusado havia consumido bebida alcoólica e drogas.

Uesb estende por mais 30 dias processo contra aluna que fraudou cotas

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 10 maio 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

IMG_0154A Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) prorogou por mais 30 dias do Processo Administrativo Disciplinar contra a estudante Maiara Aparecida Oliveira Freire (foto), condenada por fraude no sistema de cotas raciais da instituição. Maiara apresentou uma declaração falsa de que era moradora de uma comunidade quilombola do município de Livramento de Nossa Senhora no ato da matrícula.

Em nota encaminhada do BLOG DA RESENHA GERAL, a Uesb informou que o adiamento da decisão considerou “as justificativas apresentadas pela Comissão responsável pela condução do Processo Administrativo Disciplinar (PAD)”, que solicitou a prorrogação do prazo. No entanto, a nota não aponta quais foram as justificativas apresentadas pela Comissão.

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado da Bahia, da última sexta-feira (6). Com isso, a situação da estudante deverá ser definida até o dia 6 de junho. Maiara corre o risco de ser expulsa da Uesb.

Agricultores de Barra do Choça organizam protesto contra Inema e Embasa em Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 23 abr 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

IMG_0323Agricultores de Barra do Choça discutem problemas gerados por ação do Inema e Embasa (24/02/2016). Foto: divulgação

Os produtores agrícolas do município de Barra do Choça prometem realiza um ato em Vitória da Conquista, contra a Embasa e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). Segundo os produtores, que utilizam a água das Barragens Água Fria 1 e 2 para irrigação, os dois órgãos estão em uma campanha de retaliação contra o agronegócio daquele município (localizado a 35 km de Conquista).

O conflito se agrava todas as vezes em que o período de chuva chega ao fim e o nível das barragens, responsáveis pelo abastecimento de três municípios do Sudoeste (incluindo Conquista), cai para menos de 50% da capacidade, aponta os agricultores. “É sempre assim, cada vez que o nível das águas das Barragens Água Fria 1 e 2 abaixa, é hora da Embasa acionar a Polícia para perseguir os produtores rurais de Barra do Choça”, afirma o agricultor Farley Amorim.

Durante a ação, são apreendidas bombas e máquinas que captam a água das barragens, sem autorização, para irrigação da plantação. Os produtores também são multados em valores que variam entre R$ 5 mil e R$ 15 mil.

Segundo a Associação dos Irrigantes de Barra do Choça, os órgãos ligados ao Governo do Estado estão desrespeitando um acordo entre Município e Governo do Estado que autorizam a utilização da água para a irrigação. “Com a retaliação do Instituto, dezenas de produtores ficaram impossibilitados de cultivar os produtos hortifrutigranjeiros, alternativa do município para substituir a produção do café, em crise devido a forte seca que assola a região”, aponta o presidente da associação, Walter Telles, que também representa a Cooperativa do Leite.

Telles também afirma que cerca de 400 produtores já confirmaram presença no ato contra as ações do Inema e Embasa, prevista para o dia 4 de maio. Os agricultores pretendem trazer tratores e máquinas agrícolas para o centro de Vitória da Conquista como resposta a “insistência dos órgãos em dificultar que o homem do campo produza”.

Uesb define até 7 de maio situação da estudante que fraudou sistema de cotas

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 18 abr 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

UESB1

O processo de análise do caso da aluna do curso de Medicina da Uesb, Maiara Aparecida Oliveira Freire (foto), deve ser concluído até o dia 7 de maio. Maiara apresentou uma declaração falsa de que era moradora de uma comunidade quilombola do município de Livramento de Nossa Senhora no ato da matrícula.

IMG_0154O BLOG DA RESENHA GERAL solicitou da Uesb informações sobre o processo contra a estudante. Através de nota, a Assessoria de Comunicação da instituição informou que os integrantes da Comissão Processante, formada no dia 7 de abril, “têm prazo de 30 dias para apresentar relatório final, devendo ser observadas as disposições legais”.

Outras denúncias

Após a sentença e condenação da estudante, no dia 30 de março, outras denúncias semelhantes surgiram. Na última sexta (15), um grupo formado por estudantes originários de comunidades quilombolas realizou um protesto no campus da Uesb contra a fraude nas cotas raciais da universidade. O grupo aponta a existência de pelo menos 30 casos suspeitos de frude, a maioria no curso de Medicina.

No entanto, a Uesb não revela se a informação procede. No mesmo comunicado, a Ascom da instituição diz que ainda não obteve “os devidos esclarecimentos” dos “setores responsáveis” pelo assunto.

Quilombolas denunciam mais de 30 casos suspeitos de fraude nas cotas da Uesb

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 15 abr 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

UESB1

Na manhã desta sexta-feira (15), um grupo formado por estudantes originários de comunidades quilombolas realizou um protesto no campus da Uesb contra a fraude nas cotas raciais da universidade. O grupo aponta mais de 30 casos suspeitos, a maioria no curso de Medicina.

Os estudantes percorreram todo o campus de Vitória da Conquista e realizaram um ato em frente à reitoria, cobrando investigação dos casos suspeitos, dentre outras reivindicações. Em um vídeo publicado no Facebook da revista Gambiarra, os estudantes bradam palavras de ordem, pedindo respeito.

“Estudantes quilombolas, estamos aqui para denunciar as fraudes que acontecem nesta universidade, principalmente no curso de Medicina. Nós negro quilombolas, estamos aqui, e merecemos mais negros nos cursos de medicina”, diz o grupo.

Fraude

Uma estudante do curso de Medicina da Uesb foi condenada por pratica de fraude no sistema de reserva de cotas adicionais para o grupo de quilombolas. A estudante, Maiara Aparecida Oliveira Freire, apresentou uma declaração falsa de que era moradora de uma comunidade quilombola do município de Livramento de Nossa Senhora. Após a condenação, a Uesb abriu processo administrativo para apurar a situação da estudante, que poderá ser expulsa da instituição.

Servidores estaduais realizam protesto em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 13 abr 2016

Tags:, ,

Da Redação

divulgaçãofoto: divulgação – Afus

Nesta quarta-feira (13), funcionários dos órgãos de regulação e fiscalização do Estado realizaram um protesto na Praça Barão do Rio Branco, em Vitória da Conquista. Participaram do movimento, servidores do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) e da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transporte e Comunicações (Agerba).

Assim como os servidores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), eles paralisaram as atividades nesta quarta e quinta, 13 e 14 de abril, respectivamente, com o objetivo de lutar contra a aprovação do Projeto de Lei Complementar 257/2016, que retira e limita direitos trabalhistas.

Entre outras coisas, propõe uma reforma fiscal que pode suspender a realização de concursos públicos, congelar salários e criar até um programa de demissão voluntária de servidores públicos. Além disso, os servidores protestam contra o reajuste de 0%.

Governo desrespeita decisão judicial sobre insalubridade e Adusb solicita providências ao MP e ao TJ

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Educação | Data: 12 abr 2016

Tags:, , ,

Por Halanna Andrade

Adusb SSA

O mandado de segurança com o objetivo de restabelecer o adicional de insalubridade para os professores da UESB foi julgado favoravelmente em fevereiro. Contudo, em uma prova de descaso com os trabalhadores e a Justiça, o governo tem se negado a cumprir a decisão. Desde março, a Adusb tem solicitado à Desembargadora Relatora do processo as medidas legais pertinentes à situação, multa e prisão das autoridades coatoras – responsáveis legais pelo ato ilegal praticado -, o Secretário da Administração e o Superintendente da Secretaria de Administração. Diante da não modificação do cenário, o Assessor Jurídico da Adusb, Erick Menezes, solicitou do Ministério Público a adoção das providências legais pertinentes à matéria, como a propositura de uma ação de improbidade administrativa, que pode resultar na aplicação das penas previstas na Lei n. 8.429/92.

A liminar do Tribunal de Justiça da Bahia exige do governo o restabelecimento imediato do adicional de insalubridade aos professores citados no processo, por reconhecer como ilegal o corte realizado. Todavia, até o momento nada foi feito. O governador Rui Costa parece não temer a Justiça da Bahia e tranquilamente descumpre uma decisão do Poder Judiciário. A Adusb não aceita a impunidade e exige uma resposta urgente para a garantia do direito aos trabalhadores. …Leia na íntegra

Professores queimam ‘boneco Judas’ do governador Rui Costa

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 09 abr 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

IMG_0731foto: divulgação – Adusb

Os professores universitários saíram irritadíssimos de mais uma reunião com o Governo do Estado. Na última quinta-feira (7), professores, servidores e estudantes estiveram no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador, protestando contra o “confisco salarial” ocasionado pelo não pagamento do reajuste linear anual. Mais de 1200 servidores públicos das quatro universidades estaduais (Uesb, Uesc, Uefs e Uneb) marcaram presença no ato.

Segundo os professores, a reunião com representantes da Secretaria de Administração (SAEB) e SERIN, não houve avanço em relação à reivindicação. Os docentes apontam que o Coordenador do Ensino Superior, da Secretaria de Educação, Paulo Pontes, demonstrou incompetência e falta de habilidade política ao não apresentar qualquer possibilidade de negociação. O ponto que mais irritou os trabalhadores foi o fato de Pontes ter passado toda reunião desenhando enquanto as representações apresentavam suas questões e, ao final, afirmar que estava ali “cumprindo o protocolo”.

“O Fórum das ADs considera a postura do governo como inaceitável, reivindica a abertura das negociações e exige a retirada imediata de Paulo Pontes da Coordenação do Ensino Superior (Codes)”, declarou em nota a Associação dos Docentes da Uesb (Adusb). …Leia na íntegra

7 de abril: ato público em defesa das Universidades Estaduais da Bahia e dos direitos trabalhistas

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Educação | Data: 07 abr 2016

Tags:, , ,

Por Halanna Andrade

Ato

O Fórum das Associações Docentes das Universidades Estaduais da Bahia (Fórum das ADs) convoca toda a comunidade acadêmica da Uneb, Uefs, Uesb e Uesc, a participar da grande manifestação e ato público, que acontecerá em 07 de abril. Professores, estudantes e técnicos reivindicarão respeito aos direitos trabalhistas, condições de trabalho e estudo adequadas, bem como melhorias na política de permanência estudantil.

No período da manhã, a partir das 9h, com concentração em frente à Assembleia Legislativa, acontecerá Ato Público e caminhada até a Governadoria. A atividade será realizada por diversos sindicatos do funcionalismo público estadual. Além da pauta do Fórum das ADs, o conjunto dos servidores do Estado reivindicará o pagamento do reajuste linear da categoria. Já no período da tarde, às 14h, outro protesto será realizado pela comunidade acadêmica das Universidades Estaduais, agora em frente à Secretaria Estadual da Educação (SEC). …Leia na íntegra