Petrobras anuncia reajuste de 3,5% no preço médio da gasolina nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 30 ago 2019

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

O preço dos combustíveis volta a crescer no país. A Petrobras anunciou um aumento de 3,5% do preço médio da gasolina nas refinarias desde a última quarta-feira (28). O porcentual equivale a 0,0561 reais por litro. O valor do diesel não sofreu alteração.

Agora, o valor médio do combustível é de 1,679 reais por litro em comparação aos 1,623 reais. Esse é o terceiro reajuste feito em agosto. A petroleira também tinha modificado os preços nos dias 1°, quando elevou em 3,75%, e 16, com redução de 5,7%.

Reajuste em planos de saúde chegou a 382% em 18 anos

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 13 jun 2019

Tags:,

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgou dados de um estudo, apontando que as taxas dos reajustes dos planos de saúde individuais chegaram a 382% entre 2000 e 2018, mais do que o dobro da inflação no setor de saúde no mesmo período (108%). De acordo com o levantamento, mais de 3 milhões de pessoas deixaram de ter planos de assistência médica em função do aumento do desemprego e da queda de renda nos últimos quatro anos.

Os pesquisadores fizeram críticas ao modelo de cálculo da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que, segundo conclusão, falhou na tentativa de regulação do serviço. A metodologia analisada teve início em 2001.

A análise aponta que a metodologia de cálculo do reajuste dos planos individuais era “cercada de controvérsias”. “Imaginou-se que os consumidores dos planos coletivos teriam capacidade de barganha para negociar os contratos com as operadoras e as administradoras de benefícios, mas, na prática, não foi isso que aconteceu. Observou-se, ao contrário, um aumento sistemático dos preços dos planos coletivos, os quais, por sua vez, embora não regulados, serviam de referência para o núcleo da política de reajuste de preços dos planos individual e familiar da ANS”, conclui o estudo do Ipea.

…Leia na íntegra

Conta de energia elétrica ficará mais cara no próximo mês

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 29 maio 2019

Tags:, ,

A partir do dia 1º de junho, a conta de energia vai ficar mais cara em todo Brasil. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a resolução, aprovada no dia 21, estabelece as faixas de acionamento e os adicionais das bandeiras tarifárias com vigência em 2019.

A bandeira amarela passa a R$ 1,50 a cada 100 kWh, já a bandeira vermelha no patamar 1 custará R$ 4,00 a cada 100 kWh, e no patamar 2, R$ 6,00 a cada 100 kWh. A alteração foi especialmente motivada pelo déficit hídrico do ano passado, que reposicionou a escala de valores das bandeiras.

O sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. Além disso, esse custo é pago de imediato nas faturas de energia, o que desonera o consumidor do pagamento de juros da taxa Selic sobre o custo da energia nos processos tarifários de reajuste e revisão tarifária.

A conta de energia terá reajuste de até 50% no valor das bandeiras tarifárias

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 22 maio 2019

Tags:, ,

Da Redação

Um novo reajuste nos valores da bandeira tarifária da conta de energia foi aprovada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), nesta terça-feira (21) . As novas bandeiras tarifárias ficarão até 50% mais caras, em todo o país, a partir de junho.

O maior reajuste ocorreu na bandeira amarela, que passou de R$ 1,00 para R$ 1,50 a cada 100 Kwh consumidos (50% a mais). Já a bandeira vermelha no patamar 1 subiu de R$ 3,00 para R$ 4,00 (33,3% a mais). A banderia vermelha no patamar 2, por sua vez, passará de R$ 5,00 para R$ 6,00.

O reajuste servirá para adequar o valor do custo extra a ser cobrado dos consumidores em períodos em que a produção de energia ficar mais cara. O objetivo é que a arrecadação com as bandeiras fique o mais próximo possível do valor extra gasto com a geração de energia.

Conta de água ficará 4,7% mais cara na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 14 maio 2019

Tags:, ,

Uma triste noticia para o bolso dos Baianos. A partir do dia 12 de junho, a conta de água na Bahia ficará 4,7% mais cara. De acordo com Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), o reajuste é menor do que o esperado, em torno de 6,22%. O motivo é o aumento dos custos operacionais da Embasa.

Em nota divulgada pela Secretaria de Comunicação do estado, o diretor-geral da Agersa, Walter Oliveira, afirmou que o bom desempenho da Embasa em 2018 e as dificuldades financeiras que o País enfrenta foram determinantes para que o reajuste não chegasse ao patamar esperado.

Petrobras anuncia novo reajuste no preço do gás de cozinha

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 06 maio 2019

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

Da Redação


O gás de cozinha já está mais caro a partir desta segunda-feira (06). Começou a valer a partir deste domingo, 5, o aumento no preço do gás de cozinha anunciado pela Petrobrás na última sexta-feira. A elevação foi de 3,4%.

O preço da média nacional cobrado nas refinarias agora é de R$ 26,20 para o botijão de 13 quilos. O reajuste ficou em 3,43%, em média para o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP Residencial) para botijão de 13kg às distribuidoras sem a cobrança de tributos. O preço do produto vai custar R$ 26,20.

O último reajuste ocorreu no dia 5 de fevereiro, exatamente há três meses, quando o valor do gás de cozinha subiu para R$ 25,33 para as distribuidoras.

Conta de luz tem reajuste de 6,22% na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 17 abr 2019

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

A conta de luz ficará mais cara para os Baianos. A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), responsável pela regulamentação do setor elétrico no país, autorizou nesta última terça-feira (16) um reajuste médio de 6,22% nas tarifas de energia elétrica para a Bahia. A taxa está acima da inflação oficial do país (IPCA – Índice de preços ao Consumidor) em 2018, que foi de 3,75%.

O reajuste já começará a valer a partir do dia 22 de abril, para os cerca de seis milhões de clientes da Coelba. O consumidor só irá perceber essa variação, de forma mais significativa, nas faturas recebidas a partir de maio.
 
Para os clientes atendidos em baixa tensão, que inclui os clientes residenciais, o reajuste médio será de 6,67%. Já os clientes atendidos em alta tensão, como indústrias e comércio de médio e grande porte, o reajuste será de 5,09%. Para definição da tarifa de energia, a ANEEL também considera diversos fatores: os custos com encargos setoriais representam 7,7% do total da conta média de energia; tributos (ICMS/PIS/COFINS) 27,1%; despesas com a compra da energia 31,3%; transmissão da energia 5,5%; e custos de operação, manutenção, expansão do sistema, administração do serviço e remuneração dos investimentos 28,4%.

Remédios devem ficar até 4,33% mais caros a partir desta semana

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde | Data: 01 abr 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

Da Redação

Cuidar da saúde a partir de hoje, ficará um pouco mais cara para os Brasileiros. O governo federal autorizou nesta segunda-feira (01), o reajuste de até 4,33% no preço dos remédios para 2019. O aumento está publicado em edição extraordinária do Diário Oficial da União deste domingo(31).

O valor, foi definido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos, ficou acima da inflação de 2018, que fechou o ano em 3,75%. De acordo com o Ministério da Saúde, o percentual é o teto permitido de reajuste. Cada empresa pode decidir se vai aplicar o índice total ou menor. Os valores valem para os medicamentos vendidos com receita.

As empresas que descumprirem os preços máximos permitidos ou aplicarem um reajuste maior do que o estabelecido podem pagar multa que varia de R$ 649 a R$ 9,7 milhões.

INSS: benefícios acima do salário mínimo terão reajuste de 3,43%

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 01 fev 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

Agora os segurados da Previdência que recebem acima do salário mínimo terão seus benefícios reajustados em 3,43%, conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

A medida foi oficializado por meio de portaria do Ministério da Economia, e publicada no Diário Oficial da União (DOU). O reajuste é retroativo a 1º de janeiro de 2019.

O teto dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) passa a ser de R$ 5.839,45 (antes era de R$ 5.645,80). As faixas de contribuição ao INSS (Instituto do Seguro Social) dos trabalhadores empregados, domésticos e trabalhadores avulsos também foram atualizadas.

Correios anuncia reajuste nas tarifas postais

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 31 jan 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

Alguns serviços dos Correios ficaram mais caros a partir desta quinta-feira (31). A empresa anunciou um novo reajuste na tarifa de alguns serviços postais prestados em regime de exclusividade. A tabela com os novos preços já foi publicada no Diário Oficial da União.

Serviços como o telegrama nacional redigido pela internet, por exemplo, passou de R$ 8,15 por página, para R$ 8,19. O preço dos primeiros portes da carta comercial e a carta não comercial permanecerão os mesmos, de R$ 1,95 e R$ 1,30, respectivamente. A correção média deste ano, de 0,3893%, também não incide sobre os segmentos de encomendas e marketing, que são concorrenciais.

As novas tarifas não se aplicam ao segmento de encomendas (PAC e Sedex) e marketing direto, de acordo com a estatal.

De acordo com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, o reajuste, válido para serviços nacionais e internacionais, tem por base o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado de outubro a dezembro de 2018.

Reajuste de aposentadorias do INSS varia de 0% a 3,43%

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 17 jan 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Banner.gif

Fernanda Brigatti
do Agora

O governo federal oficializou ontem o reajuste de 3,43% para os benefícios previdenciários acima do salário mínimo. O percentual corresponde ao INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) acumulado em 2018. Com o aumento anual, o teto do INSS passa a ser de R$ 5.839,45 desde o dia 1º de janeiro deste ano.

A portaria nº 9, publicada no “Diário Oficial da União”, define também os índices de reajuste dos benefícios que foram concedidos a partir de fevereiro de 2018. Para quem se aposentou no ano passado, o aumento é proporcional. Quem começou a receber o pagamento do INSS no segundo mês do ano, por exemplo, receberá um aumento de 3,20%. Uma aposentadoria de R$ 3.000 será corrigida para R$ 3.096.

A partir do mês de julho, o reajuste passa a ser menor do que 1%. Um trabalhador que se aposentou em agosto de 2018 terá o benefício corrigido em 0,59%. De um benefício no teto do ano passado, que era R$ 5.645,80, ele ganhará R$ 5.679,11.

Possível aumento na tarifa de ônibus é uma Fake News

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, transporte, Vit. da Conquista | Data: 28 dez 2018

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Mais uma noticia mentirosa está circulando nas redes sociais. Nos últimos dias, uma Fake News sobre um possível aumento na tarifa de ônibus, vem sendo compartilhada na cidade.

A Fake News, se trata de um falso comunicado com um papel timbrado da Prefeitura de Vitória da Conquista, informando um novo reajuste da passagem de ônibus. Segundo o informativo, o reajuste será de 16% a partir de 1º de janeiro de 2019.

A gestão municipal, confirmou que a informação não é verídica . ” A Prefeitura de Vitória da Conquista esclarece que essa notícia é falsa! Não haverá aumento de tarifa”.

Fake News” significa notícia falsa e geralmente consegue ganhar grande visibilidade entre as redes socais, pois são passadas e compartilhadas rapidamente. Muitas pessoas não checam a veracidade dessas informações e acabam sendo enganadas ou prejudicadas por esses conteúdos. Por isso é importante ficar alerta, pois algumas dessas notícias falsas podem se transformaram em um problema realmente grave.

 Secretário explica a razão do reajuste do transporte público

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 15 out 2018

Tags:, ,

Da Redação

Na manhã desta segunda-feira(15), o Secretário de Mobilidade Urbana, Ivan Cordeiro, esteve em um programa da rádio da cidade, para esclarecer à população conquistense as medidas de reajuste na tarifa do transporte público.

“Nós não podemos tratar de maneira irresponsável o transporte público. É natural o reajuste, até de maneira contratualmente falando. Esse reajuste tem que acontecer anualmente, o valor ficaria ainda maior do que esse de 3,80, poderia passar dos 4,10, mas aí o prefeito sempre sensível com o transporte público e preocupado com a melhoria do transporte em nossa cidade resolveu dar a isenção do ISS, então, a gente dividiu esse reajuste com o usuário”, explicou o secretário.

Outro motivo apontado foi o alto preço dos combustíveis. “O custo aumentou demais, a gente vê os combustíveis nos postos, o diesel aumentou, é necessário o reajuste”, afirmou Ivan Cordeiro.

Ainda de acordo com o secretário o reajuste da tarifa foi autorizado após a minuciosa análise da planilha de estudo tarifário, que detalha os custos do sistema, garantindo equilíbrio financeiro e a qualidade do serviço prestado. A nova tarifa passou a vigorar no domingo (14), e sofreu reajuste de 0,50 centavos, passando de R$ 3,30 para R$ 3,80.

Petrobras anuncia novo reajuste no preço da gasolina

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 12 set 2018

Tags:, ,

banner alfa park

Da Redação

Os preços dos combustíveis voltam a subir por todo país. Foi anunciada na manhã desta quarta-feira (12), pela Petrobras um novo aumento de 1,02% no preço do combustível comercializado em suas refinarias.

A gasolina que estava a uma semana sem reajuste também teve alta e já a partir de amanhã (13), o litro da gasolina passará a custar R$ 2,2294, dois centavos a mais do que os R$ 2,2069 cobrados desde 5 de setembro.

No mês, o litro do combustível já subiu nove centavos, ou seja, 4,3% a mais do que custava no fim de agosto (R$ 2,1375). O reajuste será refletido nas bombas.

Em Vitória da Conquista o aumento já pode ser visto. Em alguns postos da cidade a gasolina já  está sendo comercializada por  R$ 5 reais o litro, podendo até ultrapassar esse valor .

Preço do óleo diesel sofre reajuste

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, transporte | Data: 31 ago 2018

Tags:, ,

Banner marcelo santana

Da Redação

Foi divulgado na noite desta quinta-feira(30), pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a atualização dos novos preços de referência e de comercialização do óleo diesel, que estavam congelados há três meses.

De acordo com a ANP, ao divulgar a  a tabela com o reajuste, os novos valores refletem os aumentos dos preços internacionais do diesel e do câmbio no último mês

O reajuste deverá impactar o consumidor nas bombas. Já a partir desta  sexta-feira (31), data que a nova tabela passará a valer. Ela deverá causar aumento nas bombas que, em alguns casos, chega implicar em reajuste de mais de 14%, como é o caso da Região Centro-Oeste, onde o preço do diesel vai passar de R$ 2,1055 para R$ R$ 2,4094.

Benefício do Bolsa Família começa a ser pago com reajuste

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 20 jul 2018

Tags:,

Da Redação

As famílias inscritas no Bolsa Família começam a receber a partir da última  quarta-feira (18), o benefício com reajuste de 5,67%. O pagamento será escalonado até o dia 31 deste mês. A informação foi divulgada hoje pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

O último reajuste do Bolsa Família aconteceu nesta mesma época, há dois anos. Em 2016, o benefício também havia ficado dois anos sem aumentos. Este reajuste de 5,67% foi aprovado em maio pelo governo. O Bolsa Família é o maior desembolso social da União, consumindo cerca de R$ 29 bilhões anuais, distribuídos a quase 14 milhões de famílias.

Os recursos ficam disponíveis para saque por um período de três meses. O benefício é destinado às famílias inscritas no Cadastro Único e com renda mensal per capita de até R$ 89, além daquelas com renda mensal por pessoa de até R$ 178 que tenham entre seus integrantes gestantes, crianças ou adolescentes.

De acordo com o ministério, para saber o dia em que o dinheiro pode ser retirado, basta que o beneficiário confira o Número de Identificação Social (NIS) impresso no cartão. Quem tem o cartão com final 1 pode sacar no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no dia seguinte e assim por diante.

 

 

Governo federal oficializa reajuste no valor mensal do Bolsa Família

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 01 jul 2018

Tags:,

Da Redação / Google imagens

O governo federal formalizou na edição desta sexta-feira, dia 1º, do Diário Oficial da União (DOU), o reajuste de 5,67% no valor mensal do Bolsa Família, que já havia sido anunciado pelo presidente Michel Temer na véspera do Dia do Trabalho.

O programa atenderá famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza, caracterizadas pela renda familiar mensal per capita de até R$ 178 e R$ 89, respectivamente. Hoje, esses valores são de R$ 170 e R$ 85, que beneficiam 13,8 milhões de famílias.

Fonte: portalbaiano

 

Governo federal reajusta o valor do benefício do Bolsa Família

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 04 jun 2018

Tags:, ,

Da Redação

Na  ultima sexta feira (01), o governo federal reajustou o valor do benefício do Bolsa Família. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), o reajuste é de 5,67% no valor do benefício médio. Com a alteração, o valor passa de R$ 177,71 para quase R$ 187,79. Publicado no Diário Oficial da União desta sexta, a medida já havia sido anunciada pelo presidente Michel Temer em abril. O reajuste autorizado para o programa é maior que a inflação acumulada de julho de 2016 a março de 2018, que foi 4,01%. Segundo a Agência Brasil, o governo informou que a suplementação orçamentária para este ano, para cumprir o reajuste, será de R$ 684 milhões.

O Bolsa Família é um programa de distribuição de renda do Governo Federal, que atende famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza, com renda familiar mensal per capita de até R$ 178 e R$ 89 respectivamente. Além da complementação de renda, o programa garante acesso a direitos como educação, saúde e assistência social, e articulação com outras ações que visam o desenvolvimento das famílias beneficiárias. Atualmente, o programa transfere recursos a 13,7 milhões de famílias em todos os municípios do Brasil.

Supremo discute reajuste maior nas aposentadorias

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 15 maio 2018

Tags:, , ,

Clayton Castelani
do Agora

O STF (Supremo Tribunal Federal) irá decidir se os benefícios do INSS podem ser revisados para receber reajustes anuais iguais aos aplicados ao salário mínimo, quando essa alternativa for a mais vantajosa ao segurado.

Submetido ao plenário virtual pelo relator, ministro Marco Aurélio, o recurso extraordinário tem repercussão geral e valerá para todas as ações do tipo.

Ainda não há data para o julgamento, informou ontem o STF.

Atualmente, existem duas regras para reajuste dos benefícios da Previdência.

Para quem recebe mais do que um salário mínimo, a lei determina a reposição da inflação medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

Para aqueles que ganham o piso, porém, o valor do benefício deve acompanhar o salário mínimo.

Agersa concede reajuste; conta de água fica mais cara para os baianos

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 14 maio 2018

Tags:,

 

Da Redação

 

A conta de água ficará mais cara  nos próximos meses.  Divulgado no último sábado (12), no  Diário Oficial do Estado, o reajuste tarifário de 4,09% no valor dos serviços de água e esgoto prestados pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa).

De acordo com informações do governo estadual, “o reajuste anual visa recompor as perdas inflacionárias dos custos de prestação dos serviços e foi autorizado pela Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa), órgão responsável pela fiscalização do setor”.

Segundo o governo, “o percentual será aplicado de forma linear sobre as tarifas vigentes e passa a vigorar 30 dias depois da data de publicação do reajuste”. Esse reajuste é previsto em lei, tem correção anual e visa recompor a variação da inflação do período, corrigido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), e índices inflacionários variáveis ligados aos insumos da atividade da Embasa, a exemplo de energia elétrica, um dos principais custos operacionais da prestadora.

Com o reajuste, o valor da tarifa mínima residencial social passará de R$ 12,30 para R$ 12,80; a mínima residencial intermediária será majorada de R$ 24,20 para R$ 25,20; e a mínima residencial normal subirá de R$ 27,50 para R$ 28,60.