Transporte: pane operacional suspende venda de bilhetes eletrônicos

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 30 nov 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

DSC_2654

Uma pane operacional no servidor da Associação dos Operadores do Transporte Coletivo Urbano (ATUV) suspendeu as vendas do Bilhete Eletrônico Municipal (Estudantil e Comum) em Vitória da Conquista nesta quarta-feira (30). A previsão é de que o serviço seja restabelecido até as 9 horas desta quinta (1º de dezembro).

A falha foi registrada às 13h30, quando foi interrompido o serviço de recarga dos cartões BEM. “Pedimos desculpas por qualquer transtorno causado até o momento e  garantimos que estamos trabalhando juntamente com toda a nossa equipe e fornecedores responsáveis para que as recargas possam voltar a ser realizadas até mesmo antes do prazo supracitado, sempre com o objetivo de atender ao nosso usuário com o máximo de excelência e agilidade”, informou a ATUV, através de sua assessoria de imprensa.

Central de recarga do bilhete eletrônico mudará de local

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 10 nov 2014

Tags:, ,

 por Mateus Novais

DSC_0933A sede da Associação dos Operadores do Transporte Coletivo Urbano (ATUV) – conhecido como ponto de recarga de passe – irá mudar de local. O ponto, que funciona atualmente na Rua 2 de Julho, atenderá ainda no centro, na Travessa 2 de Julho.

A sede da AETU funciona, além de ponto de recarga do cartão eletrônico de passagem, como cadastramento de novos beneficiados do transporte e operação do sistema de bilhetagem eletrônica.

Segundo adiantou o Blog do Rodrigo Ferraz, a expectativa é que o novo local comece a funcionar ainda em 2015.

Promessas renovadas: Prefeitura diz que não tem prazos para novos pontos de recarga do passe

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 13 mar 2014

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

DSC_0028Como o Bilhete Único, a criação de dois novos postos de recarga de passe é uma reivindicação antiga da comunidade conquistense. Em 2011, durante a “Revolta do Buzu” o atual Governo Municipal assinou um acordo que definia prazos para as reivindicações do movimento.

Entre os seis pontos do acordo, um se destacava: “Implantação de dois novos postos de recarga logo após o fim da Licitação do Transporte Coletivo. Além de estudos, em caráter de urgência, para implantações de novos guinches no atual posto de recarga e de uma nova maneira de recarga, como a compra de passagem pela internet.”

Durante a reunião para a assinatura do acordo, estavam presentes o representante dos estudantes, Saulo Moreno Rocha, o Chefe de Gabinete, Márcio Higino, a Procuradora Geral do município, Nadjara Régis, e o secretário municipal de Transporte, Trânsito e Infraestrutura Urbana, Luis Alberto Sellman. O mesmo secretário que fez a seguinte declaração esta semana:

“Iremos retornar as reuniões do conselho municipal de transporte para decidir onde vão ficar esses espaços. Não posso ainda falar em prazos, mas será o quanto antes”.