Regra 85/95 fica ainda mais vantajosa após novo fator

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 07 dez 2017

Tags:, ,

Clayton Castelani
do Agora

O segurado que consegue a aposentadoria integral por tempo de contribuição com a regra 85/95 passou a ter uma vantagem ainda maior desde 1º de dezembro, quando o novo fator previdenciário passou a reduzir ainda mais o valor desses benefícios.

Uma das estratégias mais importantes para quem quer escapar do desconto do fator previdenciário é tentar comprovar cada mês de contribuição à Previdência Social.

Para ter direito ao 85/95, a soma da idade ao tempo de contribuição precisa ser de ao menos 85, para a mulher, ou 95, para o homem.

Aposentado ganha R$ 1.150 a mais com a regra 85/95

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 01 ago 2017

Tags:, ,

Clayton Castelani
do Agora

Ameaçada pela reforma da Previdência, a regra 85/95 pode turbinar a aposentadoria dos segurados que conseguirem cumprir as exigências do INSS para receber o benefício sem desconto.

Agora simulou os valores de benefícios de quem conseguirá entrar no 85/95 se continuar contribuindo com o instituto pelos próximos seis meses e comparou o resultado com a aposentadoria que seria paga se esses segurados se aposentassem hoje, antes de ter a regra vantajosa.

A diferença pode chegar a R$ 1.149,74, considerando o perfil de um homem de 55 anos de idade, que sempre contribuiu pelo teto do INSS, e que se aposenta com 39 anos de contribuição.

Inclua serviço antes de 1976 e aumente a sua aposentadoria

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 05 jul 2017

Tags:, ,

Leda Antunes e Cristiane Gercina
do Agora

O segurado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que começou a trabalhar cedo pode ter dor de cabeça ao tentar se aposentar.

Isso porque os períodos trabalhados antes de 1976 não constam no cadastro de contribuições do INSS, o Cnis.

Até essa época, o governo não tinha um arquivo unificado das informações dos trabalhadores e, por isso, muitos dados se perderam.

Porém, esses períodos de contribuição antigos podem ser comprovados pelo segurado e devem ser reconhecidos pelo órgão na hora da aposentadoria.

Eles não entram na conta do benefício, mas elevam o tempo total de contribuição, o que faz o segurado conseguir se aposentar antes e ajuda a aumentar o valor da renda mensal.

Para as contribuições que não estão no Cnis, o INSS deve aceitar a comprovação pela carteira de trabalho, explica a advogada Adriane Bramante.

Porém, é preciso que a carteira esteja bem cuidada e sem rasuras.

Veja como o demitido pode garantir a aposentadoria

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 10 jun 2017

Tags:, ,

Clayton Castelani e Leda Antunes
do Agora

Diante do desemprego que já atinge 14 milhões de brasileiros e da provável reforma da Previdência, o trabalhador que está a poucos meses de completar os requisitos para se aposentar deve usar a seu favor a estabilidade na pré-aposentadoria.

A regra, presente em convenções coletivas, garante o emprego do trabalhador até que ele atinja as exigências para se aposentar.

O período de estabilidade varia de acordo com cada convenção coletiva e leva em conta os anos de trabalho.

Por isso, para saber se possui essa garantia, o trabalhador deve consultar o sindicato da sua categoria.

Normas de segurança estão mais rigorosas nos aeroportos

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 18 jul 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

IMG_0430

A partir desta segunda-feira (18), a inspeção de bagagens e revista de passageiros nos aeroportos de todo o país estão mais rigorosas. É que começam a valer as novas determinações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para garantir maior segurança dos passageiros.

Entre as medidas, está a que prevê que todos os passageiros estarão sujeitos à revista física feita por agente do mesmo sexo. A revista poderá ocorrer de forma aleatória, mesmo sem o disparo do detector de metais. Ela tem que ser realizada em local público ou privado, a critério do revistado e do agente, e sempre na presença de uma testemunha.

A norma diz ainda que o passageiro terá também que tirar computadores portáteis e outros dispositivos eletrônicos de dentro das malas e mochilas, como já vinha sendo cumprida em voos internacionais. Os passageiros também podem ter de abrir as bagagens de mão para que os agentes façam a inspeção dos objetos.

A Anac orienta os passageiros de voos domésticos que cheguem ao aeroporto mais cedo, com pelo menos uma hora e meia ou duas horas de antecedência e, no caso de voos internacionais, com três horas de antecedência.

Veja aqui outras medidas da Anac que começam a valer a partir desta segunda. As regras são normatizadas, segundo a Anac, pelo Regulamento Brasileiro da Aviação Civil número 107, regra que dispõe sobre a segurança da aviação civil. Informações Agência Brasil

Eleições 2014: regras começam a valer a partir de amanhã, 1º de julho

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Brasil | Data: 30 jun 2014

Tags:,

por Mateus Novais

eleicaoA partir de manhã (1º de julho) começam a valer as principais regras para a campanha eleitoral de 2014. Hoje, segunda (30), é o último dia para a realização de convenções para definir coligações e escolher os candidatos às eleições.

A veiculação de propaganda partidária gratuita e de propaganda política paga no rádio e na televisão ficam proibidas a partir de amanhã. Emissoras ficam proibidas de dar tratamento privilegiado, ainda que em forma de reportagens, a candidatos, até dia 5 de outubro, caso não haja segundo turno.

Já, a partir do dia 6 deste mês, será permitida a propaganda eleitoral, como comícios e utilizar aparelhagem de sonorização fixa, das 8h às 24h. Também será permitida a propaganda eleitoral pela internet.

A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão terá início no dia 19 de agosto.