Prazo para regularizar título de eleitor termina na próxima semana

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Política | Data: 03 maio 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

O prazo para os eleitores que não votaram e nem justificaram a ausência nas últimas três eleições, regularizarem sua situação na Justiça Eleitoral termina na próxima segunda-feira (6) .

Quem estiver nessa situação e não for regularizar terá o título cancelado. Com isso, a pessoa não poderá tirar passaporte, renovar CNH. inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública ou ser empossado para essas funções e renovar a matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo, entre outras sanções.

De acordo com a Justiça Eleitoral, para se adequar, é necessário ir a um cartório eleitoral mais próximo ou posto de serviço da Justiça Eleitoral portando:  RG ou documento oficial com foto, comprovante de residência e título de eleitor. A multa a ser paga é de R$ 3,50.

A regularização do título pelo TRE tem data prevista para 5 de março

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Política, Vit. da Conquista | Data: 16 fev 2018

Tags:,

Da Redação

O prazo para os eleitores que tiveram o título de eleitor cancelado regularizem a situação começa no dia 5 de março. A informação, foi confirmada pela assessoria de comunicação do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) e ainda  será detalhada.

O cancelamento do título de eleitor acarretou alguns prejuízos, como a suspensão do pagamento do Bolsa Família, benefício do Governo Federal. Na cidade de Vitória da Conquista, a revisão do eleitorado com informações biométricas foi obrigatório e, aquele eleitor que não realizou o procedimento teve o título cancelado.

Além da suspensão do Bolsa Família, o cidadão poderá sofrer outros impedimentos, tais como: problemas para emissão e manutenção de passaporte, não receber aposentadoria ou pensão paga pelo Governo Federal, não realizar matrícula em instituição de ensino superior, deixar de tomar posse em cargo público, além de outras restrições.