Remédios devem ficar até 4,33% mais caros a partir desta semana

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde | Data: 01 abr 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

Da Redação

Cuidar da saúde a partir de hoje, ficará um pouco mais cara para os Brasileiros. O governo federal autorizou nesta segunda-feira (01), o reajuste de até 4,33% no preço dos remédios para 2019. O aumento está publicado em edição extraordinária do Diário Oficial da União deste domingo(31).

O valor, foi definido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos, ficou acima da inflação de 2018, que fechou o ano em 3,75%. De acordo com o Ministério da Saúde, o percentual é o teto permitido de reajuste. Cada empresa pode decidir se vai aplicar o índice total ou menor. Os valores valem para os medicamentos vendidos com receita.

As empresas que descumprirem os preços máximos permitidos ou aplicarem um reajuste maior do que o estabelecido podem pagar multa que varia de R$ 649 a R$ 9,7 milhões.

Alimentos e remédios lideram gastos no cartão de crédito em junho

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 13 ago 2018

Tags:,

da Redação
Fonte: CNDL/CDL (Conteúdo)

Fatura média do cartão no período supera R$ 1 mil e 25% dos usuários caíram no rotativo. No mês de junho, 40% dos brasileiros utilizaram alguma modalidade de crédito, sendo o cartão o instrumento mais comum

Um levantamento feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que o uso do cartão de crédito já não se limita a compra de itens de mais alto valor, que geralmente são parcelados. As despesas correntes, incluindo produtos de primeira necessidade, também já fazem parte das aquisições mais feitas via cartão. No último mês de junho, os alimentos de supermercados lideraram esse tipo de compra, com 63% de menções, seguidos dos remédios (45%) e dos combustíveis (37%). Somente em quarto lugar aparecem as roupas, calçados e acessórios (36%).

De acordo com o levantamento, no último mês de junho, 40% dos brasileiros recorreram à alguma modalidade de crédito, sendo que o cartão de crédito foi o mais comum, citado por 35% dos consumidores. Em seguida, aparecem o crediário ou carnê, com 8% de utilização, empréstimos (5%), cheque especial (5%) e financiamentos (3%). Os que não se utilizaram de nenhuma modalidade no período somam 60% dos consumidores.

Na avaliação da economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, por trata-se de uma modalidade de crédito pré-aprovada, o cartão de crédito é um instrumento bastante popular como forma de pagamento. “Hoje o cartão de crédito já não é uma exclusividade dos bancos. Redes varejistas e fintechs já oferecem o instrumento, tornando-o ainda mais acessível para várias camadas da população”, explica a economista. …Leia na íntegra

Farmácias populares terão que expor lista de medicamentos

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 10 nov 2015

Tags:, ,

Da Redação

farmacia popular
Foi aprovado nesta terça-feira (10), pela Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados o Projeto de Lei (PL) que obriga farmácias e drogarias que integram o programa Farmácia Popular a exibir publicamente a relação de medicamentos contemplados, com seus respectivos valores. De acordo com a emenda do PL, a publicação tem que ser feita em local de ampla visibilidade.

O Farmácia Popular é um programa do governo federal para facilitar o acesso a medicamentos para doenças mais comuns, entre elas diabetes e hipertensão, com uma redução de até 90% do valor de mercado. Os remédios são subsidiados pelo governo, que tem uma rede própria de farmácias populares e parceria com farmácias e drogarias da rede privada, denominada “Aqui tem Farmácia Popular”.

Com a ação, espera-se que os usuários de medicamentos conheçam quais são os produtos subsidiados pelo Poder Público por meio do Programa. A proposta será analisada, em caráter conclusivo, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e, caso seja aprovada, não precisará passar pelo plenário da Câmara.

PRF apreende medicamentos sem nota fiscal no anel rodoviário de Vitória da Conquista

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Polícia, Vit. da Conquista | Data: 09 mar 2013

Tags:, , ,

Da Redação

PRF Vitória da ConquistaA Polícia Rodoviária Federal de Vitória da Conquista apreendeu seis caixas contendo 432 comprimidos de remédios para bronquite asmática, oftalmológicos e antialérgicos sem notas fiscais. De acordo com informações da PRF, o material foi apreendido na noite de sexta-feira (08), por volta das 21h20 em um carro de passeio que trafegava na BR-116, trecho do anel rodoviário. Ainda de acordo com a PRF, Elisson Pereira de Amorim foi detido e encaminhado para o Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep) juntamente com os remédios apreendidos. O acusado disse que comprou o material às margens da BR-251.