Escolha a melhor hora para se aposentar e eleve a renda

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 15 jul 2018

Tags:, ,

Clayton Castelani
do Agora (Reprodução)

Quem pede a aposentadoria ao INSS no momento errado pode estar abrindo mão de uma parte considerável da renda que irá receber até o fim da vida.

Evitar esse prejuízo, porém, exige muita atenção às regras dos benefícios, que podem variar bastante conforme o perfil de cada trabalhador.

Solicitar a aposentadoria assim que as condições para isso são atingidas é uma atitude que só compensa para segurados cujas contribuições são, na maioria, baixas –resultando em um benefício de um salário mínimo, independentemente da duração do período em que ocorreram os recolhimentos– ou para aqueles que completam os requisitos com idades mais avançadas.

O trabalhador que sempre contribuiu com valores acima do piso salarial do país, porém, deve considerar adiar a aposentadoria até atingir os requisitos necessários para anular ou reduzir ao máximo o desconto do fator previdenciário, sendo o cálculo com a fórmula 85/95 o principal atalho para alcançar esse objetivo.

Cartão de crédito é extensão de renda para 20% de seus usuários

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 07 jun 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: CNDL/CDL (Reprodução)

Estudo mostra que 33% dos entrevistados já tiveram cartão bloqueado por atrasar o pagamento da fatura, principalmente nas classes C, D e E. Quase a metade já ficou com o nome sujo devido à inadimplência

Imagem divulgação

Embora o cartão de crédito seja a modalidade de crédito mais popular entre os brasileiros, ele vem se tornando um problema para uma parcela dos consumidores. Uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Diretores Lojistas (CNDL) aponta que um em cada cinco usuários de cartão de crédito (20%) utilizam o meio de pagamento como extensão da própria renda. Ou seja, acabam recorrendo a esse tipo de crédito para continuar comprando quando o salário do mês acaba e, assim, adiar o pagamento.

Para a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, o grande perigo de achar que o cartão de crédito funciona como renda complementar é o endividamento, porque muitos perdem controle dos gastos e compram além do que conseguem pagar quando a fatura chega. “É preciso cuidado. Se o dinheiro que o consumidor dispõe já não está sendo suficiente para cobrir os atuais gastos, certamente não será o bastante para pagar as despesas do mês seguinte, quando terá de arcar com a fatura do cartão de crédito e também quitar as contas do mês”, alerta a economista. …Leia na íntegra

82% dos jovens brasileiros contribuem para o sustento da casa

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 12 fev 2017

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: CNDL

Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) com jovens entre 18 e 30 anos mapeou as relações sociais, responsabilidades financeiras, o estilo de vida dessa população e o envolvimento com a tecnologia e mostra que oito em cada dez jovens brasileiros contribuem financeiramente para o sustento da casa (82%)., 29% arcam apenas com uma parte sem ser os principais responsáveis, enquanto 27% dizem que são os principais responsáveis pelas despesas. Já os que não ajudam somam 18%, sendo que 11% dizem que além de não possuírem qualquer responsabilidade sobre as despesas, têm as contas pagas pelos pais por falta de renda, com destaque aos com idade entre 18 a 24 anos (16%).

O levantamento também demonstra que mais da metade (51%) dos jovens mora com os pais e 38% dizem morar com companheiro ou cônjuge. Somente 4% moram sozinhos. Com relação ao estado civil, quase metade dos jovens (46%) estão solteiros, 26% são casados e 23% namoram, sendo que 10% moram junto.

Além disso, o estudo revela que 44% dos jovens têm o trabalho com carteira assinada como fonte de renda. Cerca de 25% dos jovens disseram trabalhar informalmente, fazer bicos ou atuar como freelancers para se manter, com destaque às classes C, D e E (28%), e 10% estão fazendo estágio, sobretudo entre 18 e 24 anos (14%). Aqueles que recebem ajuda financeira dos pais somam 10% e os que não possuem renda são 8%. …Leia na íntegra

Renda do jogo entre Vitória da Conquista e Juazeirense foi de apenas R$1.640

0

Publicado por Editor | Colocado em Esportes | Data: 29 fev 2016

Tags:, ,

Da Redação
foto: Elias José

wp-1456608227410-11
Pela quarta rodada do Campeonato Baiano, o time do Vitória da Conquista enfrentou a Juazeirense, nesse domingo (28), no Estádio Mário Pessoa, em Ilhéus. O resultado não foi nada favorável, o Bode perdeu sua primeira partida na competição, por 2 a 0, mas como ainda não venceu nenhum jogo se complico, ficando no incômodo 10º lugar na classificação geral.

Além do desempenho ruim que vem tendo no Baianão, outra preocupação do time se refere à questão financeira. Com os mandos de campo na cidade de Ilhéus, os espectadores dos jogos do Bode têm sido pouquíssimos. Nessa última partida, apenas 290 torcedores pagaram  ingresso, o que gerou uma renda de R$1.640,00.

Vale destacar que esse número só foi atingido porque a torcida organizada do time vem realizando caravanas para acompanhar os jogos, em Ilhéus. Caso contrário, a renda seria bem mais baixa.

O Vitória da Conquista, segundo a Secretaria de Esportes, só poderá voltar a realizar partidas em sua verdadeira casa, o estádio Lomanto Júnior, no dia 10 de março.

Torcida do Vitória da Conquista proporciona maior público e renda da rodada

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Esportes | Data: 19 out 2015

Tags:, , ,

Luciano Pina – Cidade Esportes
foto: Eliezer Oliveira

IMG_4990

Os torcedores que pagaram ingressos no último sábado (17) para prestigiar o jogo entre Vitória da Conquista e Bahia de Feira, no estádio Edvaldo Flores, proporcionaram o maior público e renda da 1ª rodada da Copa Governador do Estado. A arrecadação superou com muita folga a do segundo melhor público da rodada.

Enquanto que na partida entre Fluminense de Feira e Juazeirense, 348 pessoas compareceram ao estádio Eliel Martins, gerando uma receita de R$ 3.490, o Alviverde conquistense levou 1.079 torcedores ao seu estádio, o que lhe deu uma renda de R$ 8.461,50. Vale ressaltar que a capacidade máxima do Estádio Edvaldo Flores é de 1.200 pagantes.

Confira os números de toda a rodada:

Vitória 1 x 2 Jacobina – Estádio do Barradão
Público 119 – Renda R$119,00
Colo Colo 0 x 0 Bahia – Estádio Mário Pessoa
Público 213 – Renda R$3.185,00
Fluminense de Feira x Juazeirense – Estádio Eliel Martins
Público 348 – Renda R$3.490,00
Vitória da Conquista 2 x 2 Bahia de Feira – Estádio Edvaldo Flores
Público 1.079 – Renda R$8.461,50

Jogo da 2ª rodada
Sábado

15:15
Jacobina x Fluminense de Feira – Estádio Eliel Martins
16:00
Bahia x Vitória da Conquista – Estádio de Pituaçu
17:00
Juazeirense x Vitória – Estádio Pedro Amorim
Domingo
15:15
Bahia de Feira x Colo Colo – Estádio Eliel Martins

Conquista recebeu R$ 76 mil da renda do jogo contra o Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Esportes, Vit. da Conquista | Data: 04 fev 2015

Tags:, ,

da Redação

Foto: Cidade Esportes

CAMPO

A partida de futebol realizada no último domingo (01), entre o Conquista e o Bahia no Lomantão, rendeu ao Bode a soma de R$ 76.049,05. Esta foi a maior renda da rodada com 5.726 pagantes para uma renda bruta de R$ 115.210,00. Da arrecadação a FBF destinou R$ 39.160,95 para taxas, impostos e outros descontos. O Bode venceu pelo placar de 2 a 0.

O segundo maior público da rodada foi no jogo em Salvador entre o E.C Vitória 0x0 Bahia de Feira com 4.365 pagantes. A partida entre Catuense e Colo Colo foi assistida por 516 pagantes. Já o jogo Jacobina e Galícia, Feirense e Serrano, foram apenas 906 pagantes.