Michel Temer diz que não irá renunciar

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 18 maio 2017

Tags:, , ,

Da Redação 


O presidente Michel Temer fez o seu primeiro pronunciamento na tarde desta quinta (18) após uma denúncia de um dos donos do grupo JBS, Joesley Batista, divulgado nessa quarta (17). Em sua fala, o presidente disse que não irá renunciar.

Em delação à Procuradoria-Geral da República (PGR) Joesley Batista disse que, em março deste ano, gravou o presidente dando aval para comprar o silêncio do deputado cassado e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Depois disso, o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou abertura de inquérito para investigar o presidente Michel Temer. O pedido de investigação foi feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

No pronunciamento, Temer afirmou que, em nenhum momento, autorizou pagamentos “a quem quer que seja” para ficar calado. “Não comprei o silêncio de ninguém”, disse Temer, afirmando que não teme nenhuma delação e não tem nada a esconder. O presidente afirmou ainda que a investigação pedida pelo Supremo vai ser o “território onde surgirão todas as explicações”.

Procuradores da Lava Jato dizem que renunciarão se medida for sancionada

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Justiça | Data: 30 nov 2016

Tags:, , ,

Folha

img_1633

Procuradores da Operação Lava Jato afirmaram nesta quarta-feira (30) que podem renunciar coletivamente caso a proposta de abuso de autoridade entre em vigor.

A medida foi inserida no texto das dez medidas contra a corrupção pela Câmara na madrugada desta quarta (30).

“A nossa proposta é renunciar coletivamente [à Lava Jato] caso essa proposta seja sancionada pelo presidente”, afirmou Carlos Fernando dos Santos Lima, procurador da República e um dos coordenadores da força-tarefa, durante entrevista coletiva.

A ideia dos procuradores é abandonar a força-tarefa da Lava Jato e voltar às suas atividades habituais. Nesse caso, caberia à PGR (Procuradoria-Geral da República), que instaurou a força-tarefa, designar outros procuradores para a função ou decidir se encerraria a equipe.

“Muito mais valerá a pena fazer um parecer previdenciário do que se arriscar a investigar poderosos”, disse Lima. …Leia na íntegra

Professor Euvaldo renúncia à pré-candidatura pelo Psol

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 04 ago 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

DSCN0316O pré-candidato do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) à prefeitura de Vitória da Conquista, professor Euvaldo Cotinguiba, anunciou que não irá participar das disputas eleitorais deste ano. O professor não preenche o requisito exigido pela lei eleitoral de que o tempo mínimo de domicílio eleitoral deve ser de, no mínimo, 12 meses.

“À época da definição do meu nome não atentei para esta questão acreditando que o prazo fosse o mesmo que o da filiação partidária. Mesmo com a possibilidade de recurso a partir da impugnação pela Justiça Eleitoral, avaliamos no Diretório Municipal que estas demandas se arrastam e muitas vezes extrapolam, inclusive, o pleito eleitoral, gerando enorme desgaste durante o processo”, apontou professor Euvaldo.

Ainda segundo ele, o Psol permanecerá na disputa majoritária deste ano com a coligação “Transparência e Participação Popular”, em composição com a Rede Sustentabilidade. Um novo nome do partido deverá ser anunciado dentro de alguns dias.

Deputado Eduardo Cunha renuncia à presidência da Câmara

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 07 jul 2016

Tags:, , ,

G1

Sob gritos de “fora Cunha” ao chegar ao Salão Verde da Câmara, ele fez o anúncio da decisão em um pronunciamento, no qual ficou com a voz embargada ao se referir à família, que, segundo disse, foi alvo de perseguição.

Antes do pronunciamento, Cunha foi à Secretaria Geral da Mesa para entregar a carta de renúncia. Para fazer o pronunciamento, fez uma comunicação prévia ao STF que iria à Câmara, já que o ministro Teori Zavascki impôs a ele essa condição.

Ao se pronunciar, ele fez a leitura da carta entregue à Câmara, dirigida ao presidente interino da Casa, o vice-presidente Waldir Maranhão (PP-MA). “Estou pagando um alto preço por ter dado início ao impeachment”, justififcou, em referência ao processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, que se iniciou na Câmara sob a gestão dele.

Cunha afirmou que decidiu atender aos apelos dos apoiadores e renunciar porque a Câmara, segundo disse, está sem direção. “É público e notório que a Casa esta acéfala, fruto de uma interinidade bizarra. Somente a minha renúncia poderá por fim à essa instabilidade sem prazo. A Câmara não suportará esperar indefinidamente”, declarou.

João Paulo renuncia antes do ponto de ruptura

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 07 fev 2014

Tags:, , ,

Por Josias de Souza

João Paulo BComo criança em festa infantil, João Paulo Cunha divertia-se nos últimos dias enchendo o balão para ver se arrebentava. Parecia decidido a descobrir o ponto exato que antecedia o pipocar do balão. Ao requerer à Justiça autorização para deixar a cadeia durante o dia e “trabalhar” na Câmara, o presidiário petista ficara a um sopro do estrondo.

Antevendo o pior, operadores políticos de Dilma Rousseff entraram em cena para evitar o último hálito. Companheiros do próprio PT fizeram ver a João Paulo que o balão não estouraria senão na sua cara.

Súbito, o preso se deu conta de que, ao esquecer de maneirar, desafiara a capacidade do saco nacional de suportar a desfaçatez. Percebendo que já enchera o bastante, João Paulo Cunha renunciou ao mandato de deputado.

PT é derrotado e Genoino renuncia

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 03 dez 2013

Tags:, , ,

da Redação

Jose-Genoino-mensalao-20121009-size-598O deputado André Vargas (PT-PR), vice-presidente da Câmara, apresentou nesta terça-feira (3) uma carta de renúncia do deputado federal José Genoino (PT-SP), condenado e preso após o julgamento do mensalão.
O presidente Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) abriu a votação. Quando o placar estava 4 x 2 pela abertura do processo de cassação, Vargas, tendo em vista que já havia maioria, apresentou a carta de renúncia. Genoino agora tenta livrar-se da prisão e luta pelo direito de prisão domiciliar. Com a renuncia ele perde os privilégios do mandato de deputado federal.

Vaticano confirma Conclave em 15 de março e Bento XVI saúda brasileiros no início da quaresma

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 13 fev 2013

Tags:, , ,

Petista histórico pede renúncia a José Genoino

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 08 jan 2013

Tags:, ,

Matéria extraída do jornal O Globo

2004-001424-_20040106

Ex-governador do Rio Grande do Sul, o petista Olívio Dutra disse, nesta segunda-feira, durante programa ao vivo da “Rádio Guaíba”, que o deputado José Genoino (PT-SP) não deveria ter assumido o cargo após ter sido condenado a 6 anos e 11 meses pela participação no esquema do mensalão. Sem saber que seria confrontado, no ar, com Genoino, Dutra teve que repetir o que havia dito. O ex-governador criticou ainda o que considerou as “más companhias” do PT e o aparelhamento do Ministério das Cidades.

– Eu acho que tu deverias pensar na sua biografia, na trajetória que tem dentro do partido. Eu acho que tu deverias renunciar. Mas é a minha opinião pessoal, a decisão é tua. Não tenho porque furungar nisso – disse ele a Genoino, que negou durante entrevista ter cometido crime algum:

– Não contrariei norma sobre a conceituação do que é crime. Fiz escolhas políticas. Não podemos misturar isso com crime. Não fiz prática criminosa enquanto fui presidente do PT. Os dois empréstimos que avalizei estavam registrados no TRE e foram respondidos judicialmente pelo partido. Em relação ao julgamento do STF eu respeito, mas não tem nada definitivo. Quando elas forem, eu as cumprirei, mesmo que eu discorde. Isto faz parte da democracia.

…Leia na íntegra