Obras de revitalização da Ceasa seguem avançadas

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 06 nov 2018

Tags:, , ,


Fonte: Ascom/PMVC

A Prefeitura de Vitória da Conquista permanece trabalhando na primeira etapa da obra de revitalização da Central de Abastecimento (Ceasa), que já se encontra em reta final. A previsão é que esteja tudo pronto até o fim de novembro, podendo haver uma breve prorrogação nesse prazo em decorrência das chuvas.

Os serviços do trecho voltado para a Rua Joaquim Nabuco, já foi concluída com a cobertura das galerias de águas pluviais, em parceria com a Torre Empreendimentos. Enquanto isso, o grosso da obra está concentrado na Rua Catão Ferraz. Lá, está em andamento o fechamento das galerias. Além disso, há uma situação peculiar na localidade: existe um desnível de cerca de 230 metros entre a Catão Ferraz e a Ceasa. A contenção entre os dois níveis, que visa impedir o desmoronamento da rua mais alta, estava em desgaste, oferecendo riscos à população. O principal motivo dessa deterioração é o tráfego de veículos pesados à margem da rua próxima ao desnível.

Algumas medidas foram tomadas ara resolver esse impasse durante a reforma. Uma delas é a recuperação de um trecho correspondente a 30 metros da contenção, que apresentava sinais de desgaste. Outra atitude foi construir um passeio na Rua Catão Ferraz, justamente na margem do lado do desnível, para impedir a passagem de veículos desse lado e, consequentemente, nova deterioração.

 

Impeachment na reta final

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 09 ago 2016

Tags:, ,

da Redação (Conteúdo Diário do Poder)

Dilma BBDilma Rousseff vai conhecer, nesta terça (9), a chamada “reta final” da sua destituição. Como em todos os casos criminais, após a coleta de provas, o réu deve ser pronunciado antes do julgamento. É o que vai acontecer nesta terça (9) no Senado, encerrando a segunda fase do impeachment, autêntica em corrida de obstáculos, graças às alterações no rito determinadas pelo Supremo Tribunal Federal e pelo Senado.

A situação de Dilma não é mesmo animadora. Sua ex-inimiga e hoje aliada Kátia Abreu (PMDB-TO) já admitiu a derrota.

Por não acreditarem nas chances de Dilma, petistas ameaçam recorrer ao STF para tentar melar a votação da pronúncia.

O relatório de admissibilidade do caso contra Dilma tinha 128 páginas. No caso do ex-presidente Fernando Collor, dois parágrafos.

Com amigos no STF e no Senado, Dilma só foi afastada 23 dias depois de o Senado receber a denúncia. No caso Collor, foram 48 horas.