Secretários de Salvador e Teixeira serão convidados para discutir transporte público de Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 27 jul 2015

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

IMG_0705foto: divulgação Revolta do Busu

O movimento Revolta do Busu se reuniu, na tarde desta segunda-feira (27), com a Câmara de Vereadores para tratar das pautas de reivindicação sobre o transporte coletivo de Vitória da Conquista. No encontro, ficou definido pautas para uma audiência pública que avaliará possíveis alterações no serviço de ônibus.

Entre as principais definições estão: contratação de um especialista para avaliar a planilha do transporte, que define o valor da tarifa de ônibus; convocação dos secretários de Mobilidade Urbana de Salvador e Teixeira de Freitas para apresentar as experiências do transporte em seus municípios. Em Salvador, a Prefeitura implantou o Domingo é Meia, que oferta passagem pela metade do preço nos domingo para toda a população. Já em Teixeira, os estudantes da rede pública tem o benefício do Passe Livre para se deslocarem às escolas.

Segundo um dos líderes do Revolta do Busu, Tiago Pinheiro, “o encontro foi muito positivo”. “Destacamos a participação dos vereadores, que vêm desenvolvendo um papel importante nessa discussão. Vamos poder avaliar as experiências bem sucedidas em outras cidades para tentar implantar aqui em Conquista”, finalizou Pinheiro.

Participaram do encontro os vereadores Gilzete Moreira (PSB), Alvaro Pithon (DEM), Andreson Ribeiro (PCdoB), Arlindo Rebouças (PROS), Edjaime Rosa –Bibia (PSDB), Hermínio Oliveira (SD), Juvêncio Amaral (PV), Nelson de Vivi (PCdoB) e Sidney Oliveira (PRB). A data da audiência ainda será divulgada.

Estudantes e Administração Municipal participam de reunião

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte | Data: 14 jul 2015

Tags:, , , ,

Da Redação

IMG_1234
Neste momento, está acontecendo uma reunião entre os estudantes do movimento Revolta do Busú e os membros da Administração Municipal. O encontro, que está sendo realizado na Estação da Juventude, tem como proposta discutir a pauta de reivindicações do movimento, como a redução da tarifa do transporte coletivo, que foi reajustada para R$ 2,80 no dia 1° de julho.

A prefeitura decidiu se reunir com os estudantes após uma série de manifestações realizadas pela categoria na última semana, desencadeadas pelo anúncio do segundo aumento da passagem de ônibus em menos de oito meses. Os estudantes pararam a cidade com o intuito de chamar a atenção do poder público para situação caótica em que vive o transporte coletivo de Vitória da Conquista. Assim, a categoria reivindica:

1º A revogação do valor da passagem;
2º Meia passagem aos domingos e feriados para toda a população;
3º Reestruturação do terminal;
4º Passe livre estudantil;
5º Integração de Verdade;
6º O fim da quantidade mínima de passagem no Passe Estudantil;
7º O fim do valor mínimo de recarga;
8º O fim do contrato da empresa Viação Vitória; e
9º Mais transparência.

Estudantes suspendem manifestações neste final de semana

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 10 jul 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

DSC_0620

Os estudantes secundaristas, do movimento Revolta do Busu, decidiram suspender as manifestações neste final de semana. Assim sendo, a circulação do transporte coletivo ocorrerá dentro da normalidade nesta sexta-feira (10) e no sábado e domingo. Mas a promessa é que o bloqueio volte na segunda.

“As manifestações foram até ontem [quinta-feira, 9] e retorna na segunda”, informou o estudante Ricardo de Azevedo, um dos líderes do movimento. De acordo com Ricardo, neste final de semana acontece o Congresso da União de Estudantes da Bahia, onde será discutido temas como educação pública e privada, além da eleição da nova diretoria da entidade. Os estudantes também avaliarão os protestos.

A Revolta do Buzu é movimento estudantil pela redução da tarifa do transporte coletivo em Vitória da Conquista, reajustada no último dia 1º de julho em mais de 16%, saltando de R$ 2,40 para R$ 2,80.

“Fora Viação Vitória”, pedem estudantes conquistenses

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 07 jul 2015

Tags:, , , , , , ,

por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

DSC_1589

Nestes dois primeiros dias de manifestações contra o aumento da tarifa de ônibus (reajustada duas vezes no período de oito meses), os estudantes secundaristas de Vitória da Conquista direcionaram o foco contra a Viação Vitória. A empresa é acusada de não cumprir vários pontos do contrato de concessão do transporte público da cidade.

DSC_1582Segundo os estudantes, os cerca de R$ 30 milhões que a empresa deve em outorga do serviço à Prefeitura é motivo suficiente para o rompimento do contrato por parte do município. “A Viação Vitória vem desrespeitando o usuário do transporte coletivo de Vitória da Conquista há muito tempo. Eles não oferecem serviço de qualidade, não coloca ônibus novos, roda com carros emplacados fora do estado, desrespeita o trabalhador e os estudantes, e também não paga o que deve ao município. Queremos que a Prefeitura rompa o contrato com esta empresa”, argumenta o estudante Tiago Pinheiro.

Como represália à empresa, o grupo impediu que vários ônibus da Vitória circulassem por cerca de quatro horas pela cidade. Os veículos também foram pichados com as frases “2,80 NÃO” e “2,80 é ROUBO”.

Estudantes rejeitam diálogo com Prefeitura e voltam a fechar terminal

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 07 jul 2015

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

DSC_1600

Os estudantes secundaristas de Vitória da Conquista voltaram a protestar contra o reajuste da tarifa do transporte coletivo, nesta terça-feira (7). A manifestação teve início às 10 horas da manhã e promete se estender até às 14 horas.

O grupo de manifestantes impediu que os ônibus, principalmente da Viação Vitória, deixassem o terminal de ônibus da Av. Lauro de Freitas. Além disso, outros grupos bloquearam o trânsito dos veículos que tentavam circular nas ruas próximas ao centro comercial.

DSC_1583

Negociação

Segundo os líderes do movimento, a Prefeitura Municipal os convocou para uma reunião, onde seriam discutidos os pleitos dos estudantes. Porém, o chamado para negociação foi rejeitado. “Antes da votação do reajuste nós solicitamos diversas reuniões com o prefeito e o secretario de Mobilidade, mas eles não quiseram nos receber. Agora que iniciamos nosso movimento eles vêm nos procurar? Só iremos sentar para conversar quando acharmos que é a hora certa”, afirma Tiago Pinheiro.

Estudantes iniciam protestos contra reajuste da tarifa de ônibus

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 06 jul 2015

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

DSC_0620

Os estudantes secundaristas de Vitória da Conquista iniciaram uma série de protesto contra o reajuste da tarifa do transporte coletivo. O grupo, formado por cerca de 200 estudantes, passou ainda pelo terminal de ônibus, Prefeitura e Câmara Municipal.

DSC_0609

A manifestação foi iniciada logo cedo, com concentração na porta das escolas da zona leste e saíram em direção ao centro da cidade. No terminal da Av. Lauro de Freitas, os estudantes paralisaram o fluxo de veículos por quase 30 minutos. Em seguida, o grupo se direcionou para o prédio da Prefeitura Municipal. Antes disso, um ato contra a reunião do Conselho Municipal de Transportes, que autorizou o aumento da passagem de ônibus, foi realizado na porta da Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente (os estudantes picharam a frase “aqui jaz um estudante”).

DSC_0625

Já na porta da Prefeitura, os estudantes intensificaram as palavras de ordem contra o prefeito Guilherme Menezes, o secretario de Mobilidade Urbana Luiz Alberto Sellmann e a empresa Viação Vitória. Um tumulto também foi registrado na passagem pelo prédio do Executivo municipal.

DSC_0631

Por fim, o grupo passou pela Câmara Municipal, protestando contra a atitude do vereador Ricardo ‘Babão, membro do Conselho de Transportes, que afirmou que o reajuste era bom para o estudante.

DSC_0645

Estudantes questionam Prefeitura em discussão sobre reajuste de tarifa

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 25 jun 2015

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

IMG_1208

Os líderes estudantis do movimento ‘Revolta do Busu’ concederam entrevista ao programa Resenha Geral, desta quinta-feira (25), e apresentaram as pautas de reivindicações contra o reajuste da tarifa do transporte coletivo. Os estudantes questionam o posicionamento da Prefeitura Municipal no processo de discussão do reajuste.

Segundo o Gabriel Xavier, presidente da UJS, dois reajustes no período de sete meses inviabiliza a vida dos estudantes e trabalhadores de Vitória da Conquista. “Quase 40% de aumento na passagem em sete meses é inviável. E a contra proposta do secretario é defender o reajuste com unhas e dentes. Nas entrevistas, ninguém sabe dizer quem é secretário e quem é dono de empresa”.

Por isso, o intuito do movimento é “constranger os conselheiros para que eles votem contra esse aumento”, durante a reunião do Conselho de Transportes, na tarde de hoje, explica o estudante.

Além da não aprovação do reajuste na tarifa, os estudantes defendem a ampliação dos pontos de ônibus cobertos, linhas que funcionem 24 horas, o passe livre, reformulação do sistema integrado e clareza nas informações do transporte. “Queremos que a Prefeitura cumpra seu dever de fiscalizador e cobre das empresas que cumpra integralmente o edital de licitação”, dizem os estudantes.

Caso seja confirmado o reajuste, os estudantes prometem dar continuidade nas mobilizações. “Vamos fechar terminal, ocupar a prefeitura, montar barraca em frente à Prefeitura”.

Estudantes prometem atrapalhar discussão do reajuste da tarifa de ônibus

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 25 jun 2015

Tags:, , , , , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

Protesto

Entidades estudantis de Vitória da Conquista estarão mobilizadas durante a tarde desta quinta-feira (25) contra a aprovação do reajuste da tarifa do transporte coletivo. Os estudantes prometem realizar atos pelo centro da cidade e ocupar a reunião do Conselho Municipal de Transportes.

O intuito é atrapalhar a discussão em torno do reajuste. Em um comunicado divulgado pelo Facebook, o movimento intitulado “Revolta do Busão”, afirma que “o cotidiano da classe de estudantes e de trabalhadores e trabalhadoras se tornam mais difícil devido a debilidade no transporte público e a penosa mobilidade diária para as aulas e para o trabalho”. Eles apontam que muitas horas são perdidas na locomoção pela cidade. O movimento também destaca que o reajuste em R$ 2,88 é semelhante ao valor cobrado nos grandes centros urbanos, como Salvador.

A mobilização está marcada para às 16 horas, na Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente, localizada na Praça Tancredo Neves Nº 116- Centro.