Polícia fecha rinha de galo e 150 pessoas são presas no oeste da Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Polícia | Data: 02 ago 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

Da Redação

Fonte:G1

A Polícia desativou uma rinha de galo, na cidade de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia na tarde da última sexta-feira (26). Cerca de 150 pessoas foram presas em flagrante.

Duzentos animais foram apreendidos, e de acordo com a polícia, todos serão sacrificados por falta de um lugar para abrigar as aves. Os donos dos animais serão enquadrados pela Lei Ambiental e os apostadores devem responder pelo crime de jogos de azar.

Os envolvidos na ação foram levados, em um ônibus, para a delegacia da cidade, onde prestaram depoimento. No local onde funcionava a rinha havia 27 baias, com seis gaiolas cada uma.

Polícia fecha rinha de galo e resgata 21 animais feridos

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Meio Ambiente, Polícia, Segurança, Vit. da Conquista | Data: 04 out 2015

Tags:, ,

Da Redação

Após registro, os animais foram levados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres.

rinha de galoPor volta das 14h30 deste sábado uma ocorrência de maus tratos contra animais foi realizada pelo Pelotão de Emprego Tático Operacional da 77ªCIPM no bairro Pedrinhas, em Vitória da Conquista.

Após denúncias sobre uma rinha de briga de galo na Rua do Cruzeiro, os policiais foram ao local e prenderam Gilvan de Oliveira Santos, 41 anos, responsável pelo local. Foram apreendidos vários galos que são utilizados em combate até a morte, a maioria dos animais estavam extremamente feridos.

Atividade de maus tratos configura crime ambiental nos termos do artigo 32, Lei Federal 9.605/98 (lei dos crimes ambientais), pena – detenção, de três meses a um ano, e multa. …Leia na íntegra

Polícia Militar fecha rinha de galo que funcionava em Vitória da Conquista

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Polícia, Vit. da Conquista | Data: 30 set 2013

Tags:,

Da Redação

Durante a operação 28 pessoas foram detidas, dentre elas 4 adolescentes.

rinha de galoA Polícia Militar desarticulou uma rinha de galo que funcionava no bairro Morada Real, em Vitória da Conquista, neste domingo (29). De acordo com os policiais, 17 galos estavam presos em gaiolas e em péssimas condições de cuidados. A casa utilizada para a prática ilegal pertencia aos irmãos Junho Rodrigues Rocha, 29 anos, e Jerônimo Rodrigues Rocha, 32 anos.

Vinte e oito pessoas foram encaminhadas para o Distrito Integrado de Segurança Pública (DISEP), dentre elas 5 adolescentes. Um dos conduzidos, Haroldo Silva Damasceno, 35 anos, possui mandado de prisão em aberto na cidade de Iguaí-BA.

Seis motos encontradas no local estavam com documentação irregular e foram encaminhadas para a 4º CIRETRAN. Os animais foram levados para a Comunidade Terapêutica Fazenda Vida e Esperança
(Cotefave), em Barra do Choça.

Todos os detidos, maiores de idade, foram autuados em flagrante e responderão a um Termo Circunstanciado por crimes ambientais. A pena para este delito é de três meses a um ano de prisão e multa.

Rinha de galo é desmontada em Jitaúna

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Polícia, Sudoeste | Data: 03 dez 2012

Tags:, ,

Da Redação

Pessoas acionaram a polícia na manhã do último domingo (02), onde acontecia uma rinha de galo na cidade de Jitaúna. Três pessoas foram conduzidas à delegacia , entre elas, um adolescente de 16 anos.

No local, a polícia encontrou três galos. Marcos Ramos da Silva, de 26 anos, Soleon Santos Doreo, de 23 anos e o adolescente foram encaminhados para a delegacia, ouvidos e liberados.

A prática de campeonato de rinhas de galo é considerada Crime Ambiental no Brasil, por considerar uma forma de violência humana contra os animais.