Rompimento pode ser unânime

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Política | Data: 28 mar 2016

Tags:, , ,

Diário do Poder

Saída do PMDB do governo será confirmada por vitória acachapante 
Se não for unânime a decisão da executiva nacional do PMDB de romper com o governo, nesta terça (29), será por maioria acachapante. A avaliação é do vice-presidente do partido, senador Romero Jucá (RR), que presidirá a reunião e, ao iniciar os trabalhos, irá franquear a palavra. “Quero ver quem vai ter a coragem de defender Dilma”, diz ele, um dos primeiros no PMDB a defender o impeachment da presidente. A informação é do colunista Claudio Humberto, do Diário do Poder.O PMDB deverá romper e entregar os cargos por decisão de ao menos 70% dos votos. “Quem ficar não representará o partido”, diz Jucá.

Romero Jucá tem esperança de que o presidente do Senado, Renan Calheiros, que ainda resiste ao rompimento, mude de ideia.

Resistiam ao rompimento Renan Calheiros e o PMDB do Rio, que, após encontro com Michel Temer, decidiu aderir ao desembarque.

Ala do PMDB quer expulsar do partido quem continuar em cargos no governo

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Política | Data: 27 mar 2016

Tags:, ,

Tribuna da Bahia

Deputado Federal Lúcio Vieira Lima_Foto - DivulgaçãoA ala oposicionista do PMDB quer impedir que os sete ministros filiados ao partido se licenciem da legenda para permanecer nos cargos. Defensores do rompimento querem aprovar nesta terça-feira, 29, a expulsão de quem se recusar a desembarcar do governo. Hoje, além da vice-presidência da República, o PMDB ocupa os ministérios da Saúde, Minas e Energia, Agricultura, Ciência e Tecnologia, Turismo, Aviação Civil e Portos.

O diretório do partido irá se reunir nesta terça e a tendência é decidir pelo desembarque, apesar da resistência de ministros e alguns senadores e deputados. Os peemedebistas pró-impeachment passaram a manhã discutindo o que fazer com quem resistir a deixar o governo caso se confirme a decisão pelo rompimento.

“Não podemos permitir uma coisa dessas. Vamos aprovar a saída do governo e a punição para quem não sair”, afirmou Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), também oposicionista. “Não existe meio-dentro ou meio meio-fora. Não vamos permitir essa jogada a mais. Quem quiser propor isso, que meta a cara. Os ministros, em vez de defender a não saída, têm que dizer por que não querem sair”, afirmou o peemedebista.

Os posicionamentos da ala antigoverno são reação à decisão de alguns ministros de não entregar os cargos mesmo diante de uma eventual decisão pelo desembarque. O Estadão mostrou neste sábado, 26, que integrantes do partido próximos ao governo têm apontado também impasse diante da possível supressão de “centenas” de cargos do segundo e terceiro escalões em um ano de eleições municipais.

PMDB pró-rompimento se rebela contra permanência de ministros no governo

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 26 mar 2016

Tags:, ,

Por Josias de Souza

Ministérios DF

Depois de tornar-se majoritário, o grupo que articula o rompimento do PMDB com Dilma Rousseff se move para evitar uma manobra da ala que ainda resiste ao desembarque. Acertados com o Planalto, os sete ministros que representam o partido na Esplanada tentam obter uma espécie de salvo-conduto para permanecer no governo mesmo depois que a legenda se bandear para a oposição. Para evitar punições, esses ministros se licenciariam do PMDB.

Pioneiro da causa do rompimento, o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) disse: “Não vamos aceitar esse tipo de coisa. Assim como não existe meia gravidez , também não pode existir meio rompimento. Não é razoável que, depois da decisão de romper, filiados do partido permaneçam no governo como ministros licenciados do PMDB. Isso seria a desmoralização.”

A decisão sobre o rompimento será tomada em reunião do diretório nacional do PMDB marcada para terça-feira (29). Os partidários da tese estimam que prevalecerão sobre a ala governista com mais de 75% dos votos. A despeito disso, amanheceram inquietos neste sábado. Deve-e a excitação a uma declaração feita na véspera pelo ex-ministro Moreira Franco. Fiel aliado do vice-presidente Michel Temer, Moreira levou o rosto ao ‘Jornal Nacional‘ para informar que o partido não vai exigir a saída dos ministros a qualquer custo. …Leia na íntegra

Temer assina convocação da reunião do desembarque do PDMB da gestão Dilma

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 18 mar 2016

Tags:, ,

Por Josias de Souza

Antonio Cruz/ABr

Vice-presidente da República e presidente do PMDB, Michel Temer assinou na tarde desta quinta-feira, em São Paulo, o ato de convocação do diretório nacional da legenda para o próximo dia 29 de março. Nesse encontro, o colegiado vai decidir sobre o rompimento do partido com o governo petista de Dilma Rousseff. Estima-se que já está consolidada a maioria a favor do desembarque.

A pedido de Temer, a reunião foi remarcada do dia 28, uma segunda-feira, para 29 de março. A convocação foi apoiada por 12 diretórios estaduais do partido, três além do mínimo exigido pelo estatuto partidário. Entre esses diretórios está o de São Paulo, ao qual Temer é filiado.

Sintomaticamente, o PMDB decidiu se equipar o para o rompimento num instante em que Lula, de volta às articulações brasilienses, fala em reinserir o partido no núcleo decisório do governo. Se sobreviver às ações judiciais que questionam sua presença na Casa Civil, Lula encontrará no PMDB um desafio duro de roer.

Hoje, a maioria do PMDB enxerga no vice Michel Temer, principal beneficiário de um eventual impedimento de Dilma, uma perspectiva de poder que Lula já não pode oferecer.

 

Geddel elogia ausência de Temer em posse de Lula: ‘PMDB quer sair’

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 18 mar 2016

Tags:, , ,

Por Evilasio Junior – Bahia.ba

Presidente do PMDB baiano está em Brasília e admite que o partido tem discutido a situação de crise do atual governo: “Com essa confusão toda, é reunião toda hora”

Foto: Blog do Marcelo/ Flickr
Foto: Blog do Marcelo/ Flickr

O presidente do PMDB baiano, Geddel Vieira Lima, elogiou a atitude do vice-presidente da República, Michel Temer, que não compareceu, nesta quinta-feira (17), à cerimônia de posse do novo ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Inácio Lula da Silva.

Contatado pelo bahia.ba, o peemedebista considerou o ato como “simbólico” e apostou que o seu partido vai romper definitivamente com o governo de Dilma Rousseff (PT). “Não tem aceno [de rompimento]. A convenção foi muito clara: o PMDB quer sair em até 30 dias. Michel tinha compromissos em São Paulo e fez muito bem de não ir, até porque estava tomando posse um ministro do PMDB, em total desrespeito à decisão da direção nacional”, apontou Geddel, em relação à nomeação do deputado Mauro Lopes (MG) como titular da Secretaria de Aviação Civil (SAC).

O comandante do PMDB da Bahia está em Brasília e só deve retornar a Salvador na próxima semana, devido às discussões sobre a crise política que atinge o Palácio do Planalto. “Com essa confusão toda, é reunião toda hora”, relata Geddel.

 

O difícil desembarque do PSB

0

Publicado por Editor | Colocado em Política | Data: 25 fev 2016

Tags:, , ,

da Redação

EnroladoO senador Romero Jucá (PMDB), em entrevista às páginas amarelas da Revista Veja, fez uma afirmação que o “O Titanic está afundando”, referência ao PT e o Governo Dilma Roussef mergulhados em crise sem fim.

Muitos já estão pulando do barco e buscando um porto seguro diante de tanta corrupção, desgoverno e impopularidade que colocam em grande risco as candidaturas petistas e de legendas aliadas.

O PSB de Vitória da Conquista tenta fazer o mais impossível desembarque da sua trajetória em Vitória da Conquista. Aliado histórico do PT, sempre aceitou a condição de coadjuvante, tem na atualidade o vice – prefeito Joás Meira, fiel escudeiro, e um dos mais obedientes aliados do prefeito Guilherme Menezes (PT), começa divulgar que entregará os cargos que detém na administração petista na cidade. Um disfarce de aliado que deseja ajudar o “companheiro”.

Os dois fervorosos aliados do PT, o PCdoB e PSB, lançaram as suas pré-candidaturas na concepção previamente combinada de tentarem reverter o quadro político desfavorável em Vitória da Conquista e buscar  levar a eleição para um 2º turno. A pulverização das candidaturas dos partidos da Frente Conquista Popular foi referendada e combinada por Everaldo Anunciação, presidente estadual do PT e pelo secretário Josias Gomes ( Relações Institucionais) do Governo da Bahia. O PT fragilizado já admite até eleger um candidato de partido aliado para continuarem juntos.

 

Motociclista imprudente faz manobra e asfalto cede em ponte em Riachão do Jacuipe

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 23 jan 2016

Tags:, , , ,

da Redação

Nesta sexta-feira, por volta das 15 horas, em Riachão do Jacuípe na Bahia, o asfalto cedeu na ponte conhecida como “Ponte da Belinha”, localizada na BA-381 no trecho que liga Itiúba a Filadélfia.

Um vídeo feito por um celular mostra o momento exato em que a cabeceira da ponte rompeu. Antes um motociclistas fez manobra ariscada e escapou por muito pouco. Populares gritavam “não passa,Não passa não”.  Assista o vídeo:

Em congresso nacional, PMDB da Bahia defende rompimento com Governo

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 17 nov 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_1222foto: divulgação – assessoria parlamentar

A comitiva do PMDB baiano marcou presença no Congresso da Fundação Ulysses Guimarães (FUG), nesta terça-feira (17). A atividade serviu como uma prévia da Convenção Nacional do partido, que está dividido entre os que querem o rompimento com o PT no âmbito nacional e os que defendem a permanência no Governo. O deputado Herzem Gusmão, bem como o presidente estadual da legenda, Geddel Vieira Lima, e o deputado federal Lúcio Vieira Lima, estão entre os que defendem o rompimento.

De acordo com Herzem Gusmão, o PMDB nacional precisa seguir os exemplos do partido em Vitória da Conquista e na Bahia, que se opõem ao PT. “Temos de sair deste governo que está implodindo, sem sintonia com a sociedade, com denúncias e mais denúncias de corrupção”, disse o parlamentar. O deputado federal Lúcio também reafirmou o posicionamento de rompimento. “Não podemos ficar atrelados a cargos”, afirmou Lúcio, em contraponto à posição do ministro Eliseu Padilha, que quer manter o partido ao lado do PT.

Segundo Herzem Gusmão, o Congresso da Fundação Ulysses Guimarães revelou que o PMDB está muito dividido. “O importante é que sinalizamos pelo rompimento e vamos defender esta ideia até a convenção nacional do partido, que acontece em março do ano que vem”.

Também participaram da convenção os deputados Pedro Tavares, Hildécio Meireles e Luciano Simões Filho, a presidente do PMDB de Vitória da Conquista, Geanne Oliveira, a presidente da Juventude​ do PMDB da Bahia, Roberta Pires Ferreira e grande comitiva do PMDB Bahia.

Com saída de Miguel Felício, resta apenas uma secretaria para PCdoB deixar de vez Governo Municipal

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 28 jul 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

DSC_0580

O último integrante do PCdoB ainda com cargo de confiança na Prefeitura de Vitória da Conquista, Miguel Felício, se comunicou oficialmente, nesta terça-feira (28), sua saída do Governo Municipal. O ex-secretário de Desenvolvimento Social se junta, agora, ao ex-Gerente de Esportes, Danillo Kiribamba, em torno do pré-candidato a prefeito Fabrício Falcão, restando apenas Élvio Dourado deixar a Secretaria de Serviços Públicos.

Em sua carta de despedida, o ex-secretário destacou suas ações à frente da Secretaria de Desenvolvimento, como a reforma administrativa, instalação de três Cras, Restaurante Popular, Casa de Acolhimento e O Centro integrado dos Direitos da Criança e do Adolescente, além da instalação de mais dois Conselhos Tutelares, e agradeceu ao prefeito Guilherme Menezes. “Quero, nesta data que encerro este ciclo no governo com meu último dia de atividade, agradecer ao Prefeito Guilherme pela sua confiança em minha pessoa. Agradeço a todos que sempre foram atenciosos, prestativos e muito parceiros. Agradeço a todos”.

Na vaga de Miguel Felício, assume interinamente Kátia Silene Freitas Souza Menezes, que ocupava o cargo de diretora municipal de Assistência Social. Já na pasta de Serviços Públicos, o nome mais cotado para assumir de forma interina é o de Hildebrando Oliveira Silva, atual coordenador de limpeza pública.

O rompimento do PCdoB com PT gerou também rompimentos entre os comunistas. Como já vinha sendo ventilado nos bastidores da política local, Hudson Castro, que atualmente ocupa o cargo de assessor especial do prefeito, não irá deixar seu cargo no governo. Ele deve ir para o PSL, que é presidido pelo Chefe de Gabinete do prefeito Marcio Higíno.

“Quem fala pelo PCdoB sou eu”, garante Fabrício Falcão

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 15 jul 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

DSC_0490O deputado estadual Fabrício Falcão (PCdoB) concedeu entrevista ao programa Resenha Geral, da Rádio Clube (FM 95,9), falando sobre sua pré-candidatura a prefeito de Vitória da Conquista. A ruptura do seu partido com o PT, na escala municipal, também foi tema da conversa com o radialista Herzem Gusmão.

Segundo Fabrício, os secretários que compõem o governo devem deixar os seus cargos dentro de 10 a 15 dias. “Quem ficar depois desse período não pertencerá mais ao PCdoB”, declarou o deputado. Este recado pode ter sido direcionado ao assessor especial do prefeito, Hudson Castro, que, segundo especulações, não tem interesse de abandonar o cargo.

Questionado sobre a declaração do petista Wilton Cunha, que afirmou que o PCdoB não teria rompido com o PT, mas ‘dado um tempo’, Fabrício foi enfático: “Ele [Wilton Cunha] pode falar pelo PT, mas quem fala pelo PCdoB sou eu. Não tem tempo certo”.

PCdoB nunca recebeu reconhecimento do PT em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Política | Data: 08 jul 2015

Tags:, , ,

da Redação

CoraçãoO PCdoB cansou de ser preterido pelo prefeito Guilherme Menezes (PT). O apoio incondicional foi iniciado em 1992. No próximo ano, o PT completará 20 anos governando Vitória da Conquista e o PCdoB nunca conseguiu emplacar um vice nas diversas chapas majoritárias. Clóvis Assis (PSDB), José Raimundo (PT), Gilzete Moreira (PSB), Ricardo Marques (PV) e agora de novo o PSB com Joás Meira – todos se elegeram como vice-prefeito, condição negada ao PCdoB.

Outra prova do desprestígio do PCdoB junto ao prefeito Menezes foi o apoio do ex-vereador Vivi Mendes (PT), ao aliado que sempre integrou a Frente Conquista Popular, o deputado estadual Jean Fabrício na eleição de 2010. O apoio de Vivi custou a ele perseguição, retaliação e tentativa de expulsão do PT.

O presidente municipal do PCdoB, vereador Andreson Ribeiro, tem um ano e dois meses com um ofício pedindo um diálogo e até agora não foi atendido pelo prefeito. A decisão de entregar os cargos significa um decreto de rompimento que desfalca a Frente Conquista Popular nas eleições de 2016 na disputa pela Prefeitura Municipal.

PMDB e PT separados em 11 Estados com mais de 95 milhões de votos

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Política | Data: 06 mar 2014

Tags:, , ,

da Redação

PMDB PT BBO estrago já está sacramentado. PT perde o PMDB, seu principal aliado,  nos maiores colégios eleitorais

O PMDB e o PT serão adversários em 11 estados: Acre, Roraima, Piauí, Pernambuco, Bahia, Minas, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio, Paraná e Rio Grande do Sul, o que corresponde a 95,9 milhões de eleitores (68,21%) do total. Em sete estados, não há definição, mas insuficientes para mudar o quadro. São eles: Amapá, Maranhão, Paraíba, Ceará, Mato Grosso, Goiás e Espírito Santo: são 23 milhões de eleitores (16,36%) do total. Se ambos se acertarem em alianças em todos os estados em que hoje existe indefinição, não chegarão a alcançar nem à metade do eleitorado daqueles em que estarão separados – 95,9 milhões contra 44,7 milhões. …Leia na íntegra

Líder do PMDB ataca presidente do PT e diz que seu partido precisa rever aliança

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 04 mar 2014

Tags:, , ,

 

Eduardo Cunha: caça ao Falcão e defesa do rompimento

Eduardo Cunha: caça ao Falcão e defesa do rompimento

A presidente Dilma Rousseff segue sendo a franca favorita no pleito de 2014, ao menos nas condições de hoje, segundo informam os institutos de pesquisa. Mas a instabilidade está no ar, e o PMDB pode dar muita dor de cabeça. Nesta terça de Carnaval, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), líder inconteste do seu partido na Câmara, rasgou a fantasia e chamou para o confronto o deputado estadual Rui Falcão (SP), presidente do PT. Segundo informa Gabriela Guerreiro, naFolha, chegou a defender o rompimento da aliança nacional do PT com o PMDB. …Leia na íntegra

Rompimento de cabos deixa região da Bahia sem sinal de operadora de telecomunicação

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 03 set 2013

Tags:, , ,

da Redação (Correio)

Cabos de fibra ótica foram rompidos em três pontos; usuários do sul e sudoeste do estado reclamaram dos serviços

O rompimento de cabos de fibra ótica no interior deixou parte do estado sem sinal telefonia fixa, móvel e banda larga da operadora Oi nesta terça-feira (3). De acordo com a assessoria da empresa, a região de Itabuna foi afetada pelo problema.

O rompimento aconteceu em três pontos. Ainda de acordo com informações da assessoria da empresa, um deles foi ocasionado por obras de responsabilidade de terceiros e os outros dois casos ainda estão sendo investigados.

Apesar de dizer que o problema ficou restrito à região de Itabuna, usuários da operadora do sudoeste do estado também reclamaram da falta de sinal da Oi.

Segundo a Oi, equipes técnicas foram deslocadas para restabelecer os serviços afetados, mas ainda não foi indicada uma previsão para que a situação seja normalizada.

Ivanilson fala sobre dissidentes do PV

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Política | Data: 02 fev 2010

Tags:, , , ,

do Bahia Notícias

Em entrevista à rádio Tudo FM, o presidente estadual do Partido Verde, Ivanilson Gomes, conversou sobre a tensão provocada por alguns dissidentes do partido. De acordo com o dirigente, o secretário do Meio Ambiente, Juliano Matos, entregará ainda nesta segunda-feira (1°) o pedido de exoneração do posto ocupado no governo de Jaques Wagner. Os demais candidatos que exercem cargos na máquina estadual também deverão apresentar o seu desligamento. Os integrantes da legenda que não cumprirem a determinação serão julgados por uma comissão de ética. “Nosso objetivo não é a expulsão, nosso objetivo é que os militantes e os membros do partido acatem as decisões partidárias”, disse.

Ivanilson deixou bem claro que as sanções determinadas pela executiva estadual serão validadas pela presidência nacional do PV. As alianças com o PPS, PSL, PNM e PHS, além da pesquisa Vox Populi encomendada pela Band, também fizeram parte da entrevista. “Bassuma aparece com 1%, para nós já é um sinal de vitalidade deste projeto”, afirmou. Clique aqui ( I, II) e confira a entrevista na íntegra.

Termina prazo para que os verdes deixem o governo Wagner

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 29 jan 2010

Tags:, , , ,

do Tribuna da Bahia

O presidente da Executiva Estadual do Partido Verde, Ivanilson Gomes, disse ontem que os integrantes da legenda que estão na administração do governo Jaques Wagner têm até amanhã para deixarem os seus cargos. De acordo com Gomes, foi dado um prazo de 30 dias a todos os filiados que pretendem disputar um cargo na próxima eleição, sendo a data-limite o dia 30 de janeiro, neste sábado, portanto.

Estão nessa situação o secretário estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Juliano Matos, a diretora do Instituto do Meio Ambiente (IMA), Beth Wagner, além de Marcos Ferreira e Tatiana Matos, todos colocados como pré-candidatos do PV na próxima eleição. “Soube, na semana passada, que ele vai deixar o governo. Na segunda-feira, já deveremos ter um posicionamento sobre isso”, colocou Ivanilson, se referindo ao secretário Juliano Matos.

…Leia na íntegra