Sem água, Governador Valadares (MG) decreta estado de calamidade pública

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 12 nov 2015

Tags:, , , , , ,

Da Redação

Valadares-2
A cidade mineira de Governador Valadares tem tido grandes prejuízos decorrentes do rompimento de duas barragens da mineradora Samarco no município de Mariana, na região central do Estado. Depois do desastre, o Rio Doce, que corta Valadares, foi contaminado com a lama, comprometendo o abastecimento de água da cidade.

Valadares4

Em função da suspensão do abastecimento de água, ocorrido no último domingo (8), a Prefeitura de Governador Valadares decretou estado de calamidade pública e elaborou um Plano de Emergência enviado aos governos estadual e federal e à empresa Samarco a fim de minimizar os efeitos causados pela falta de água e garantir, ao menos, o abastecimento de instituições de saúde, ensino e abrigos.

Valadares3No entanto, os prejuízos até então têm sido enormes. As pessoas têm enfrentado grandes filas, tentando comprar água mineral, duas universidades já suspenderam as aulas e, além disso, segundo informações de moradores, a cidade exala um forte mau cheiro em função da presença de uma grande quantidade de peixes mortos às margens do rio.

De acordo com o plano, a prefeitura exige que a Samarco disponibilize caminhões-pipa para ajudar no abastecimento. O município quer ainda que a mineradora construa um novo sistema de captação, tratamento e reservatório para a cidade, que não dependa do Rio Doce. Já o Ministério Público do Estado de Minas Gerais ingressou com uma Ação Civil Pública Cautelar de Defesa do Meio Ambiente em Governador Valadares contra a Samarco. Na ação, a Promotoria cita os prejuízos causados à saúde, à segurança e ao bem-estar da população, além das condições desfavoráveis às atividades econômicas e sociais.