Deputados parabenizam prefeito por ser o primeiro em se preocupar com a saúde pública

0

Publicado por Editor | Colocado em Política, Saúde | Data: 24 nov 2017

Tags:, ,

Da Redação / Fotos Dilson Gusmão BRG

Em cerimônia de anúncio da implantação da Coordenação de Apoio e Serviços ao Controle de Zoonoses, estiveram presentes a Deputada Federal Tia Eron e o Deputado Estadual José de Arimatéia.

O deputado parabenizou o prefeito e afirmou que ao implementar a Coordenação, em seu primeiro ano de mandato, significa que o mesmo se preocupa com a saúde pública. Relatou que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), na última década, 75% das novas enfermidades são de patógenos de origem animal, que deixados ao abandonos e sem o devido cuidado transmitem doenças. “Quando o gestor olha para o animal de rua, ele olha para a saúde do homem. O prefeito Herzem é o primeiro que teve atenção à causa, junto ao vereador Sidney, que também é o primeiro vereador a abraçar a causa. Esse olhar fará de Conquista uma referência em saúde pública”. Disse ainda que Herzem é o primeiro gestor que ele conhece que deu continuidade às obras inacabadas da antiga gestão, mostrando o compromisso com a cidade e deixando de lado divergências políticas.

Já a deputada Tia Eron destacou a perda da verba no valor de 500 mil reais destinada à causa. “Perdemos, porque a gestão passada não teve o mínimo de compromisso e tivemos que buscar novamente”, afirmou. A parlamentar destacou que torce e admira o prefeito e que seu apoio não foi em vão. “Herzem tem ideal político humano. Hoje, vemos as possibilidades se concretizando, hoje comemoramos”.

Coordenação de serviços ao controle de zoonoses é anunciada. Governo passado nunca recebeu o grupo

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 24 nov 2017

Tags:,

Da Redação / Foto Dilson Gusmão

Nesta quinta feira (22), na Câmara dos Vereadores, foi anunciada a implantação da Coordenação de Serviços e Apoio no Controle das Zoonoses. A Coordenação foi uma opção da atual gestão, devido à impossibilidade da implantação do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) em sua totalidade, para atender a necessidade de esterilizar cães e gatos em situação de rua, animais sem proprietário e animais de ongs, visando a evolução da saúde pública em Vitória da Conquista.

Dentre algumas autoridades compondo a mesa, Dra Hosana, proprietária do Hospital Veterinário CLIV, relatou que essa luta em favor dos animais dura 18 anos e que a classe entendeu que precisava contar com a política para conseguir o que tanto almejava. “Hoje é um dia de festa e nosso discurso hoje é diferente, é um discurso de ponta pé inicial do CCZ. Essa luta não é individual, é conjunta”, relatou a médica veterinária.

Representando a OAB, Dr. Carlos Eduardo, afirmou que a entidade está para defender o interesse do coletivo. Relatou que o governo antecessor nunca os recebeu, que sempre se negava, mas que o atual prefeito Herzem Gusmão, tem se mostrado muito sensível à causa. Disse ainda que a causa nunca foi levada a sério, mas que o prefeito enxerga a causa com seriedade.

Representando a Secretaria de Saúde, Ramona Cerqueira, enfatizou que o CCZ é um mundo e que a prefeitura já vem fazendo trabalhos com relação à dengue, controle de animais peçonhentos, dentre outros. O CCZ atua também no controle da Doença de Chagas. “Hoje, estamos avançando com a implantação da Coordenação, que irá transformar a saúde pública de Conquista. Iniciaremos com as castrações, mas ao longo do próximo ano as coisas vão acontecer”, afirmou Ramona.

Representando a causa desde o início do seu mandato e à frente da movimentação na câmara em prol a causa animal, o Vereador Sidney mostrou bastante entusiasmo e gratidão aos seus deputados apoiadores da causa e ao prefeito. “Me lembro de estar caminhando contigo Herzem, ainda em campanha política e o senhor afirmou que nós juntos iríamos criar essa Coordenação e hoje o senhor mostra que é um homem de palavra. Hoje vemos um sonho que começa a ser realizado”, afirmou o vereador.

Vacina contra a Dengue custará mais de 130 reais

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 26 jul 2016

Tags:, , ,

Da Redação

dengue
Nessa segunda-feira (25), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que a vacina contra a Dengue já pode ser comercializada no país. De acordo com o Comitê Técnico Executivo da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed), o preço da Dengvaxia, como é chamada a vacina da Sanofi Pasteur, vai variar entre R$ 132,76 e R$ 138,53, dependendo do ICMS adotado em cada estado.

No entanto, o valor estipulado é o que será pago ao fabricante por clínicas, hospitais e distribuidores e deve ser bem diferente do que será cobrado do consumidor final, ou seja, os paciente que quiserem receber a imunização terão que desembolsar um valor bem maior.  Principalmente, porque ainda não há nenhuma informação oficial de que a Dengvaxia será utilizada na rede pública. Para isso, o Ministério da Saúde deve fazer estudos sobre o custo/benefício da compra e distribuição do produto e de qual seria a estratégia de aplicação para ter impacto em termos de saúde pública.

imunizante é indicado para pessoas entre 9 e 45 anos, deve ser aplicado em três doses com intervalo de seis meses entre elas. O fabricante garante proteção contra os quatro tipos do vírus da dengue. Segundo os estudos, a proteção é de 93% contra casos graves da doença, redução de 80% das internações e eficácia global de pouco mais de 60% contra todos os tipos do vírus. A capacidade de produção do laboratório é de 100 milhões de doses por ano.

Câmara de Vereadores realizará diagnóstico da saúde pública conquistense

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 16 maio 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

BAse-Corredor-BBBA Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista elaborou uma agenda de visitas à rede de saúde pública do município. O objetivo das ações é elaborar um diagnóstico da situação de atendimento nos hospitais e órgãos de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS), com base nas denúncias de precariedade que chegam ao legislativo e nas entrevistas que serão feitas com pacientes, acompanhantes e profissionais de saúde.

As visitas serão realizadas todas as segundas-feiras, sempre às 9h, e já começa no próximo dia 19, com uma visita ao Hospital Regional (HGVC). No dia 26, será a vez da Santa Casa de Misericórdia, seguida dos hospitais Unimec, Esaú Matos, Hospec, Cemae, Laboratório Central, Afrânio Peixoto, Central de Marcação, Central de Regulação e Samu 192. Posteriormente, serão visitados os centros de saúde do município.

Sem ajuda, Ama anuncia encerramento de atividades em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 13 ago 2013

Tags:,

da Redação

Amas 2 BB

O local onde funciona a AMA – Associação Amiga dos Animais em Vitória da Conquista exibe cartazes anunciando a desativação por falta de ajuda. A Prefeitura não conseguiu implantar, em 17 anos de administrações petistas, um Centro de Controle de Zoonoses. Não existe no Brasil uma cidade com mais de 300 mil habitantes sem o funcionamento de uma unidade de saúde semelhante. O trabalho que desenvolve a AMA não conta com nenhum apoio do poder público municipal.

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) são unidades de saúde pública que têm como atribuição fundamental prevenir e controlar as zoonoses, como raiva e o calazar além da dengue e doença de chagas, desenvolvendo sistemas de vigilãncia sanitária epidemiológica.

AMAS 1 BBO controle de animais domésticos, população de cães e gatos e animais de grande porte é tarefa importante de uma CCZ. Morcegos, pombos, ratos, mosquitos e outros vetores de transmissão de várias doenças são monitorados pelas unidades CCZ. O ex-secretário do município, Jorge Solla, chegou a anunciar que seria implantado na cidade uma CCZ. Ficou em mais uma promessa de campanha política.