Hospital de Itororó é fechado por falta de verba

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 08 jan 2016

Tags:, ,

Da Redação

hospitalFoto: Reprodução TV Bahia

Desde essa terça-feira (5), o único hospital da cidade Itororó deixou de realizar atendimentos. De acordo com a Secretaria de Saúde do município, a unidade deixou de funcionar por falta de verba para manutenção e pagamento de funcionários.

O hospital atendia 20 mil moradores da cidade e de três cidades vizinhas. Por dia, aproximadamente 100 pessoas eram atendidas na unidade. Mas, antes de fechar nessa semana, já não estava funcionando em sua totalidade, pois não estava mais fazendo internações.

Com o fechamento da unidade, os moradores de Itororó precisarão se deslocar para cidades vizinhas para realizar procedimentos médicos,  como Itapetinga, que fica a 26 Km de distância.

Segundo a secretaria de Saúde de Itororó, a verba mensal de R$ 60 mil que o Estado repassa para manter hospital está atrasada há dois meses e os funcionários estão sem receber há 60 dias. O governo estadual, por sua vez, afirmou que não existe nenhuma pendência junto ao município de Itororó e que não é a responsável pelo fechamento do hospital.

Mesmo fechada, a unidade de saúde está em reforma graças a verba federal de R$ 1 milhão destinada à requalificação, mas o recurso não pode ser usado para a manutenção.

Muito dinheiro e pouco resultado na Educação e Saúde em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 07 jan 2016

Tags:, , , ,

BannerResenhaGeral_600x65px

da Redação

PrefeituraO orçamento da cidade de Vitória da Conquista foi aprovado na última sessão da Câmara de Vereadores realizada no dia 24/12. A Lei nº 1021/2015 estima a Receita e fixa a Despesa do Orçamento Anual para o exercício financeiro de 2016. O orçamento municipal para o próximo ano foi fixado em R$ 734.766.331,17 milhões.

Na Educação, o prefeito Guilherme Menezes (PT) investirá R$ 215,7 milhões, valor consideravelmente maior que os R$ 164 milhões de 2015. Na Saúde serão destinados R$ 231,8 milhões, montante maior que os R$ 210 milhões destinados para a área no ano passado.

Resultado / Educação

Importante realçar que no ano de 2015, a Prefeitura, destinou R$ 164 milhões para as escolas municipais que foram mal avaliadas no Ideb. A administração municipal fracassou e colocou a cidade de Vitória da Conquista, dentre as 5.570 cidades do Brasil somente na 4.037 posição. A conclusão simples é que 4.036 cidades do Brasil superam o desempenho das nossas escolas municipais. O governo de 20 anos do PT não entendeu que a educação é essencial para a transformação da sociedade.

O fraco desempenho das escolas municipais, cuja responsabilidade exclusiva é da Prefeitura, comparado às demais escolas dos 417 municípios da Bahia, só alcançou a 212º classificação. Um desastre significativo. Existem os milhões, mas falta gestão.

Resultado / Saúde

Ao longo dos quase 20 anos, a administração do PT em Vitória da Conquista, conseguiu arruinar e desacreditar a gestão de Saúde no município. No ano passado a Prefeitura contou com R$ 210 milhões. Para este ano de 2016 os recursos aumentaram para R$ 231,8 milhões.

A Atenção Básica sofreu recentemente duro golpe com a redução da jornada. O PSF oferece cobertura de apenas 40%. O que não funcionava ficou pior mesmo com tanto dinheiro.

O PT desativou o Hospital Crescêncio Silveira, por perseguição desativou a Cupe – Clinica de Urgência Pediátrica que atendia 1.000 crianças por mês. Desativou a obstetrícia do Hospital de Base e privatizou o Hospital Esaú Matos.

Regulação Médica de Vitória da Conquista não toma providência e paciente com meningite pós-traumática agoniza em cidade do interior

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 02 jan 2016

Tags:, , ,

nov_25_pel_banner_site_resenha_feirao_aquitemnegocio_582x65px_jean

Por Wolmar Carregozi

WolmarHá oito dias, Claudionor Alves de Lima (40), encontra-se na UPA de Tanhaçu, cidade do sudoeste baiano, com diagnóstico de meningite pós-traumática e, apesar do esforço dos médicos da unidade (que não é adequada para atender a este tipo de caso), tem seu estado agravado a cada dia e a Regulação Médica de Vitória da Conquista não toma providência, alegando, simplesmente, que não dispõe de vagas no HGVC-Hospital Geral de Vitória da Conquista (referência para doenças infecciosas da região).

Claudionor foi vítima de queda de moto há 20 dias, foi atendido na UPA de Tanhaçu e, em seguida, internado na UTI do HGVC, onde permaneceu por 10 dias. Inexplicavelmente, após este período, recebeu alta diretamente para casa, sem ao menos ter sido transferido para a enfermaria para estabilização do quadro clínico inicial de TCE (traumatismo cranioencefálico).

Dois dias após, começou a apresentar dor de cabeça intensa, febre, rigidez de nuca e todos os sinais indicativos de meningite, como foi diagnosticado pelos médicos da UPA de Tanhaçu, onde voltou a ser atendido. Foram feitas inúmeras tentativas de transferência do paciente para a unidade de referência para tratamento de doenças infecciosas, no caso o HGVC, sendo que a única resposta foi um sonoro NÃO, a despeito da gravidade e importância da situação.

SISREG

Quando casos graves são detectados nas cidades do interior, pactuadas pela Regulação Médica de Vitória da Conquista, as unidades locais entram em contato com a Central de Regulação Médica através do SISREG (Sistema de Regulação Médica, um serviço online) e solicitam a vaga para internação, mediante a informação do quadro em que se encontra o paciente.

Via de regra, casos com risco iminente de morte devem ser autorizados mesmo não dispondo da vaga, a chamada Vaga Zero. No caso de Claudionor, paciente jovem, chefe de família, em fase produtiva da vida, não houve a devida atenção até o momento. Seu quadro se agrava a cada dia e a Regulação Médica de Vitória da Conquista continua dizendo NÂO.

Wolmar Carregozi é ginecologista, obstetra, clínico geral e médico do trabalho. Editor, coordenador e moderador do Acessemed.com.br – O Blog do Médico

Solla critica secretário Fábio Vilas Boas em programa de Rádio

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 21 dez 2015

Tags:, , ,

da Redação
Foto: ilustração

SollaContinua repercutindo em todo Estado da Bahia as declarações do secretário Fábio Vilas-Boas (Sesab), por ocasião da inauguração de novos equipamentos no Hospital de Base de Vitória da Conquista, – que estabeleceu meta Maca Zero nos corredores daquela unidade hospitalar. O secretário garantiu que se a meta não for alcançada promoverá mudanças na direção e sentenciou: “não quero nem saber quem nomeou”. O prazo dado foi de 6 meses.

O deputado federal Jorge Solla (PT), ex-secretário da pasta (Sesab) no governo Jaques Wagner, saiu em defesa da direção do Hospital de Base. Em mensagem ao governador Rui Costa, Solla fez críticas a Vilas-Boas já reproduzidas no BRG.

Entrevista a Rádio FM de Santo Antonio de Jesus

As farpas de Solla não pararam. Confira a íntegra da entrevista do parlamentar baiano concedida a Rádio Recôncavo ao radialista Joselito Fróes. Confira:

RR – Como está a relação entre o senhor deputado e secretário de Saúde da Bahia?

Solla: Nós temos tido todo o cuidado. Você como um homem da imprensa tem acompanhado, até então eu tinha me abstido de emitir opinião acerca da atual gestão da Secretaria da Saúde do Estado. No entanto, depois de quase um ano de evidentes e sucessivos desastres, ele está promovendo um desmonte da saúde pública da Bahia. Por último agora, nas últimas semanas, o secretário passou a usar uma estratégia que só reforça a opinião de quem conhece ele sabe, da arrogância, da prepotência e da incompetência. Ele quer emparedar os diretores dos hospitais, atribuir a responsabilidade aos diretores dos hospitais, humilhar os diretores dos hospitais junto à opinião pública para justificar a dificuldade da sua gestão, e isso a gente não pode permitir. …Leia na íntegra

Atenção Básica não avança em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 20 dez 2015

Tags:, , ,

da Redação

atencao_basicaRecentemente o secretário Fábio Vilas-Boas (Saúde) estabeleceu meta para o Hospital de Base em Vitória da Conquista. Com ameaça de mudar a direção ‘não quero saber quem nomeou’, cobrou a meta Maca Zero nos corredores do HGVC. Para que o desafio do secretário possa obter êxito torna-se necessários que a Prefeitura faça a sua parte (importante) melhorando a Atenção Básica.

A cidade possui na atualidade, dados do FNS – Fundo Nacional de Saúde, apenas 42 equipes. Na era Jorge Solla, logo no início no final da década de 90, já existiam 33 equipes com recursos do governo Fernando Henrique Cardoso. Significa que nos governos de Lula e Dilma a cidade só conseguiu mais 9 equipes.

Com o exemplo que vem de Salvador, na administração da Prefeitura da capital, o prefeito ACM Neto (DEM), que saltou de 104 para 217 equipes do PSF com mais agentes, demonstra que com  uma boa gestão é possível. A cobertura do programa em Salvador, que precisa continuar crescendo, atinge 40% da população. Em Vitória da Conquista, a baixíssima cobertura do PSF chega apenas a 26% da população atendida. Os dados desoladores são do FNS.

Saude: Solla x Vilas-Boas

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 13 dez 2015

Tags:, , ,

BannerResenhaGeral_600x65px

da Redação

Foto montagem: Bocão News

Solla Vilas BoasO deputado federal, Jorge Solla (PT), ex-secretário estadual de Saúde, entrou de sola e rebateu o atual secretário Fábio Vilas-Boas. A reação de Solla foi devido as duras críticas do titular da Sesab, que abriu prazo de 6 meses para a atual diretora, Leninha, implementar a meta Maca Zero nos corredores daquela unidade hospitalar.

Em mensagem ao governador Rui Costa, Solla fez críticas a Vilas-Boas e saiu em defesa da direção do Hospital de Base.  “Caro Governador, vou direto ao assunto: temos tolerado toda a arrogância, prepotência e incompetência do preposto que o senhor colocou na Sesab para não prejudicar o projeto de nosso partido especialmente num momento tão delicado como este que estamos atravessando, mas não vai passar em branco a humilhação que este sujeito fez com Leninha e toda a equipe do Hospital Geral de Vitória da Conquista. Quem é ele para fazer isto com uma pessoa que tem a trajetória que ela tem?, disse Solla.

As farpas entre as duas autoridades têm sido constantes desde quando o governador Rui Costa (PT) nomeou Vilas-Boas. A preocupação do atual secretário é louvável. O Hospital de Base precisa melhorar o seu desempenho. O atual secretário tem toda razão em exigir o cumprimento de metas que possam indicar melhorias consideráveis evitando que os corredores possam servir de depósito de pacientes.

Saúde: Vitória da Conquista recebeu este ano R$ 113 milhões do FNS

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 04 dez 2015

Tags:, , , ,

BannerResenhaGeral_600x65px

da Redação

Charge Saúde

Em levantamento foi possível constatar que a cidade de Vitória da Conquista, até o mês de Nov/2015, já recebeu R$ 113 de repasse do FNS – Fundo Nacional da Saúde. Até fechar o ano em curso a Prefeitura receberá mais R$ 10 milhões. Em 2014 o valor ultrapassou os R$ 125 milhões e em 2013 ultrapassou R$ 109 milhões. Conquista já chegou a receber por ano valor superior a R$ 144 milhões.

Crise/Corte

O péssimo desempenho do SUS em Vitória da Conquista não pode ser atribuído a redução dos repasses. É deplorável a qualidade da saúde nos hospitais e nas Unidades do Programa de Saúde da Família. Para agravar a situação a Prefeitura tomou medida drástica para reduzir gastos. Um comunicado interno determinou a redução pela metade no horário de atendimento de vários Postos de Saúde do município.

A partir da próxima segunda-feira (7), as Unidades de Saúde da Família terão de funcionar apenas das 7 horas às 13 horas, não mais no turno vespertino. O novo horário seguirá até o fim do mês de dezembro, mas há a possibilidade de ser estendida.

Casos de Microcefalia deixam a Bahia em alerta

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 20 nov 2015

Tags:, ,

Da Redação

dengueCasos de microcefalia podem estar relacionados À zika vírus, dengue e chikungunya, que são transmitidas pelo Aedes Aegypti

Na última semana, O Ministério da Saúde (MS) decretou situação de emergência em todo o Nordeste, pois em pouco mais de três meses já foram registrado 399 casos de microcefalia (doença caracterizada por  má-formação congênita em que o cérebro não se desenvolve de maneira adequada). Para alguns médicos, a elevação no número de casos da doença pode estar relacionada com doenças infectocontagiosas, como zika vírus, dengue e chikungunya.

Apesar do Ministério da Saúde ainda não ter certeza sobre a causa para o aumento da incidência da doença na região, todos os estados do Nordeste estão em alerta, inclusive a Bahia. Principalmente porque no estado baiano o número de casos de zika vírus, dengue e chikungunya são altos.

Por outro lado, a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) afirma que o número de registros feitos de microcefalia na Bahia está dentro da média esperada para o ano e é 20 vezes menor do que a quantidade de casos somados em Pernambuco (268).

Ainda assim, houve um crescimento no número de casos de microcefalia no Estado. De janeiro até este mês, a Sesab notificou 13 casos, enquanto que em 2014 foram registrados apenas sete, ou seja, duplicou o número de ocorrências.

 

Ex-governador Lomanto Júnior está internado em estado grave

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 29 out 2015

Tags:, , ,

A Tarde

lomanto-junior

O ex-governador Antônio Lomanto Júnior, 90 anos, está internado, em estado grave, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Português, em Salvador. Ele deu entrada no hospital no início do mês, com infecção respiratória.

Lomanto Júnior estava na Unidade Semi-Intensiva, mas retornou na tarde desta quinta-feira (29), para a UTI porque passou a apresentar deficiência renal e precisará fazer hemodiálise.

Lomanto Júnior é pai de Leur Lomanto, ex-deputado federal, e avô do deputado estadual Leur Lomanto Júnior (PMDB).

Prefeitura segue desmontando a estrutura de saúde em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 11 out 2015

Tags:, , ,

da Redação

SorteioA Prefeitura de Vitória da Conquista em quase 20 anos de administrações petistas não consegue melhorar a qualidade do atendimento pelo SUS – Sistema Único de Saúde. A notícia que a Santa Casa de Misericórdia, que administra o Hospital São Vicente, pediu o descredenciamento da sua maternidade para os atendimentos do SUS não sensibilizou a administração do prefeito Guilherme Menezes (PT). A informação que a maternidade interromperá o atendimento no dia 21 de outubro foi confirmada pelo administrador e provedor da Santa Casa,  Abmael Brito à repórter do programa Resenha Geral, Mônica Cajaíba.

Segundo o provedor Abmael, os repasses que vêm sendo feito pelo SUS ao Hospital inviabiliza a continuidade do atendimento público na maternidade. O déficit causado pelo SUS gira em torno de R$ 260 mil por mês, o que representa uma perda de mais de R$ 3 milhões por ano à unidade de saúde. Ele ainda aponta que o número de partos, que superava a casa dos 100 por mês caiu para 70.

A Prefeitura além de desativar o Hospital Crescêncio Silveira (60 leitos, projetado para 150), descredenciou o hospital da Cupe – Clínica de Urgência Pediátrica (1.000 atendimentos por mês realizados em crianças), privatizou o Hospital Esaú Matos e desativou a obstetrícia do Hospital de Base. Outra situação que agrava o atendimento médico-hospitalar é o fato da falta de investimento no PSF. A Atenção Básica não tem sido prioridade do atual governo – responsável pelo fraco desempenho do SUS na cidade. O descredenciamento da maternidade do São Vicente denota a fraca gestão em saúde que temos na terceira maior cidade da Bahia.

Colégio realiza Feira de Ciências sobre Alimentação Saudável

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 28 set 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

colegio

O Colégio Estadual Anísio Teixeira realizará na próxima quinta-feira (1º de outubro) a 2ª Feira de Ciências, cujo tema será Alimentação Saudável. O intuito é levar aos alunos a desenvolverem hábitos alimentares saudáveis. O evento ocorre entre às 8 e 17 horas.

Mais de 21 mil crianças são vacinadas contra a paralisia infantil, em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 12 set 2015

Tags:, ,

Da Redação

vacinacao2
Durante a campanha nacional de vacinação contra a poliomielite, 21.771 crianças conquistenses, maiores de seis meses a menores de cinco anos, receberam a dose de proteção. Assim, segundo o boletim do Programa Nacional de Imunização (PNI), Vitória atingiu a meta estipulada, que era vacina 95% da população alvo, de um total de 22.735.

Apesar da campanha contra a paralisia infantil já ter terminado, os pais ou responsáveis devem ficar atentos quanto à atualização da caderneta de vacinação de seus filhos. Caso esteja faltando alguma dose, devem procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência, das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas, com o cartão de vacinação em mãos.

Professora que sobreviveu a acidente na BA 640 não corre risco de morte

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 11 set 2015

Tags:, , , ,

banner_shop_05

por Mateus Novais

IMG_1383Daniela Damasceno, a professora que sobreviveu ao trágico acidente na BA 640, não corre risco de morte. Na manhã desta sexta-feira (11), o BLOG DA RESENHA GERAL conseguiu contato com o Hospital Samur e familiares da professora que afirmaram que Daniela está fora de perigo.

A intervenção cirúrgica, realizada logo após o acidente, ocorreu bem. Daniela passou por uma laparotomia exploratória, para localizar a hemorragia, e, em seguida, houve a cauterização do sangramento. Após a cirurgia, ela foi encaminhada diretamente para o leito do hospital, onde se recupera. Seu quadro é estável.

Daniela estava no carro com sua irmã Adriza Macedo e um amigo, Eliseu Sena, que morreram no local. O veículo perdeu o controle em uma curva, na rodovia que liga os municípios de Bom Jesus da Serra e Poções, e colidiu com um caminhão baú, no início da manhã dessa quinta (10).

Grupo envolvido na Granfaloon teria continuado ações mesmo após prisão, aponta TCM

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 09 set 2015

Tags:, , , , , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

PFFF BB
As ações de desvio de verbas da educação e transporte em prefeituras do interior da Bahia pode não ter acabado após a Operação Granfaloon, da Polícia Federal. O Ministério Público Federal suspeita que pelo menos uma prefeitura do estado continou a repassar dinheiro ilegalmente para o grupo indiciado na operação, mesmo após a prisão dos envolvidos. Dessa vez, as irregularidades foram encontradas na área da Saúde.

O MPF denunciou à Justiça Federal o prefeito de Itapebi, Antônio Francisco de Brito, por pagamento irregular, à Associação do Corpo Clínico da Santa Casa de Vitória da Conquista, em janeiro e fevereiro de 2014, logo após a prisão dos envolvidos na Granfaloon. O Ministério Público se baseou em uma denúncia de um vereador daquela cidade, que apontou irregularidade no contrato de prestação de serviços na operacionalização e gerenciamento dos serviços de saúde que compõem a rede assistencial da Rede SUS em Itapebi.

De acordo com a denúncia encaminhada pelo MPF, a associação jamais prestou os serviços, e o sistema de saúde em Itapebi se transformou num caos, onde faltavam medicamentos e até mesmo alimentação para os pacientes da maternidade Nelson Ferreira. Médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem chegaram a abandonar plantões por falta de pagamento. Em sua defesa apresentada no Tribunal de Contas do Município, Antônio Francisco de Brito chega a afirmar, expressamente, que, como não havia qualquer controle por parte do município, não sabia que profissionais e quantos prestavam serviço e “não havia registro ou ciência da situação dos pagamentos, se estavam atrasados ou não, e nem da situação trabalhista”, pois os pagamentos eram feitos em favor da associação, cabendo a esta o repasse aos seus profissionais.

A decisão foi aprovada pelo TCM na sessão do dia 26 de agosto, que obrigou o gestor a devolver aos cofres públicos R$ 387.263,35. O conselheiro do TCM e relator da ação Mário Negromonte determinou ainda que os autos do processo seja enviado à Polícia Federal para averiguar se há conexão dos fatos denunciados com a Operação Granfaloon.

O caso também será informado, por sugestão do conselheiro relator, ao Conselho Regional de Medicina da Bahia (Cremeb), para providências que julgar necessárias. Isto porque o presidente da Associação do Corpo Clínico da Santa Casa de Vitória da Conquista é o médico Elve Cardoso, que foi preso na Operação Granfaloon.

Deputado Herzem Gusmão discute com o Secretário da Saúde Programa de Consórcio

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 08 set 2015

Tags:, , , ,

da Redação

Fabio-Herzem

O deputado Estadual Herzem Gusmão (PMDB)  se reuniu, na semana passada, com o secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas Boas, juntamente com a bancada da oposição da Assembleia Legislativa da Bahia, para discutir sobre o novo Consórcio de Saúde e implantação de 10 ou 12  Policlínicas na Bahia.

De acordo o peemedebista, a proposta é uma revolução na saúde e é semelhante ao que está acontecendo no Ceará, mas precisa ver se essa realidade vai funcionar na Bahia. “Trata-se de um bom projeto. As oposições apresentaram algumas emendas. Nós discutimos e debatemos, mas o que está chamando atenção dos prefeitos e deputados são os critérios para a implantação das policlínicas nos municípios. O secretário explicou com toda clareza que as cidades precisam de UPAs, PSF bem estruturado, Laboratório Central e possuir Escola de Medicina”, afirmou Gusmão.

Para o parlamentar, Vitória da Conquista reúne todas as condições, até por ser a terceira maior cidade da Bahia para receber uma policlínica e passar a comandar todos os consórcios, no entanto, a Prefeitura tem que imediatamente investir mais na saúde. “O município precisa implantar a UPA, junto com o Governo do Estado, e ampliar a cobertura do Programa de Saúde da Família. Conquista necessita pelo menos de 70 equipes. Portanto, esse encontro foi muito importante. Foi uma explanação muito positiva para esclarecer os deputados na votação”, afirmou. O Governo do Estado enviou para a ALBA um Projeto de Lei que prevê alterações nos consórcios e criação de policlínicas com dotação orçamentária.

Oposição apresenta emendas de projeto de Consórcios a Fábio Vilas-Boas

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 02 set 2015

Tags:, , , ,

Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.wri__N8-GN

Uma reunião para discutir o Projeto de Lei cuja função é criar os Consórcios de Saúde aconteceu entre o secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas e deputados da oposição na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia. O projeto prevê a implantação de Consórcios entre o governo e os municípios baianos, sendo instaladas, no primeiro momento, 28 Policlínicas em três etapas, com várias especialidades de saúde, nas diversas regiões de saúde do estado. O objetivo do programa é desafogar os leitos dos hospitais da capital, reduzindo o número de pessoas internadas. Para isso, o governo pretende, em concordância com os prefeitos, escolher as cidades-sede onde deverão ser instaladas as Policlínicas, tendo como critérios a quantidade populacional da região, a estrutura existente, como, por exemplo, os municípios que já possuem unidades de Atenção Básica.  A oposição, liderada por Pablo Barrozo (DEM), apresentou emendas para melhorar a proposta do governo, visando cooperação técnica na área de saúde pública assistencial e prestação de serviço de alta e média complexidade, assegurando a completa atenção ao paciente que será tratado. A bancada sugeriu ainda que os funcionários cedidos para as Policlínicas já tenham passado do estágio probatório, período no qual o servidor público passa por um processo de avaliação. Outra proposta foi que a compra dos equipamentos seja feita através de licitação e que a aplicação dos recursos seja fiscalizado pelos Tribunais de Contas do Estado e dos Municípios e também que os consórcios públicos deverão obedecer ao princípio da publicidade, tornando público os atos praticados.

Herzem critica modelo da saúde pública de Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 23 ago 2015

Tags:, , , ,

banner_shop_05

Política Livre (Salvador)

O deputado Herzem Gusmão (PMDB) participou nesta sexta-feira (21) de uma audiência pública organizada pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa. Presidida pelo deputado José de Arimateia, vice-presidente da Comissão, a audiência foi realizada na sede da OAB do município.Em seu pronunciamento, o superintendente de regulação do governo estadual, José Rodrigues, que representou o secretário Fábio Vilas-Boas, apresentou o modelo das policlínicas cearenses que o governo pretende implantar na Bahia. O deputado Herzem Gusmão aproveitou seu discurso para criticar a saúde pública. “Na Assembleia, tirei o PT da zona de conforto. Eles sempre venderam a saúde de Vitória da Conquista como modelo, mas a realidade é bem diferente. Durante a audiência aconteceram relatos comoventes de pessoas que sofrem todos os dias porque não conseguem sequer marcar uma consulta”, afirmou Gusmão.O deputado disse também que o médico Luiz Cláudio, do Cremeb, criticou o modelo de gestão da saúde conquistense. Ainda em seu pronunciamento, Herzem Gusmão disse que quando o senador José Serra era ministro da Saúde, Conquista tinha 33 equipes do Programa de Saúde da Família e que, nos 12 anos e meio de administração federal do PT, apenas mais seis equipes foram implementadas na cidade. “Também denunciei a desativação da Cupe e do Hospital Crescêncio Silveira, a privatização do Esaú Matos e falei das UPAS que não são implementadas”, disse o parlamentar. A deputada Fabíola Mansur, que é médica, e o deputado Arimateia prometeram se empenhar para que Conquista tenha uma sistema de saúde melhor, à altura das necessidades e expectativas de sua população.

Audiência Pública da Saúde hoje no auditório da OAB

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 21 ago 2015

Tags:, , , ,

banner_shop_05

da Redação

SAúdeNa ausência do presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Alan Sanches (PSD), o vice deputado José de Arimateia (PRB), presidirá a Audiência Pública da Comissão de Saúde que será realizada na tarde desta sexta-feira (21) às 16 horas, no auditório da OAB,  ao lado do SAC na Rua Rotary Club. A iniciativa foi do mandato do deputado estadual Herzem Gusmão (PMDB) que teve  requerimento aprovado por unanimidade.

Estão confirmados, além do deputado conquistense, presenças dos parlamentares José de Arimateia (PRB), Fabíola Mansur (PSB), Augusto Castor (PSDB), Alex da Piatã (PMDB) e Pedro Tavares (PMDB). O Dr. José Rodrigues (Sesab), superintendente da Regulação representará o secretário Fábio Vilas Boas (Sesab).

Serão tratados a situação do Programa de Saúde da Família, do problema na atenção básica, além da regulação e hospitais que foram desativados. “Trataremos da proposta de reativação do Hospital Crescêncio Silveira, dos atrasos na construção das UPAs e o formato de pactuação com os municípios da região.

 

Governo da Bahia continua sem avançar na Saúde

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 04 ago 2015

Tags:, ,

da Redação

SecretárioNo início a Bahia depositou grande esperança nas ações do secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas Boas. Após ter anunciado economia no primeiro ano na ordem de R$ 200 milhões, imaginava-se que sobraria recursos para investimento. Logo foi possível observar que o novo titular da pasta iniciava uma operação desmonte provocando a desativação das Dires em várias regiões na Bahia.

A prática adotada pelo secretário é idêntica ao comportamento do Governo Rui Costa (PT) que desativou também o DERBA e a EBDA e  outros órgãos da máquina estatal.

O exemplo de Vitória da Conquista demonstra que falta gestão, e o secretário continua no estilo petista fazendo propaganda sem apresentar resultado positivo. “O problema de Conquista é a quantidade de acidentes de moto”, disse o secretário para justificar a péssima qualidade no atendimento. Essa resposta nunca poderia ser da iniciativa de um gestor que foi anunciado como solução para os graves problemas deixados pelo ex-secretário Jorge Solla. Se nega a reativar o Hospital Crescêncio Silveira, não consegue mudar a situação caótica do Hospital de Base e muito menos melhorar o PSF.

Em greve, servidores da Saúde realizam mobilização no centro de Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 03 ago 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

DSC_0641

Em greve desde o dia 17 de junho, os servidores estaduais da saúde em Vitória da Conquista realizaram uma mobilização, nesta segunda-feira (3), no centro da cidade. Os trabalhadores aproveitaram o movimento do centro comercial para conscientizar a população quanto às reivindicações.

Os profissionais da saúde do Estado afirmam que os vem enfrentando crescentes dificuldades para o desenvolvimento das suas atividades, desde o inicio do ano. “Estes problemas alcançam toda a rede de saúde do estado, acarretando sérios prejuízos à saúde da população”, diz trecho de um comunicado distribuído hoje.

“Apesar das tentativas, a atual gestão da Sesab nunca se abriu para o diálogo com seus trabalhadores, nem sobre as mudanças no sistema estadual de saúde, muito menos para a negociação das justas reivindicações dos seus profissionais. Em seis meses, uma única pauta foi tratada na mesa de negociação iniciada com a gestão, e esta seguia a passos de tartaruga”, finaliza a nota.