“Salve a Serra do Periperi”, frase presente no uniforme do E.C Vitória da Conquista em 2018

0

Publicado por Editor | Colocado em Esportes, Vit. da Conquista | Data: 17 jan 2018

Tags:, , , ,

da Redação
Foto: Luciana Flores

A Prefeitura de Vitória da Conquista preocupada com os estragos  na Serra do Periperi – trabalha duro para preservar, com apoio do Ministério Público, a  vegetação que restou.

Para o Campeonato Baiano de 2018, e outras competições programadas pela CBF e FBF para o 1º semestre deste ano – A Prefeitura será uma das patrocinadoras do Bode.

O uniforme receberá a frase Salve a Serra do Periperi. A Prefeitura acredita que a mensagem que será propalada pelo ECPP será um despertar da cidade em defesa da preservação da serra.

O time do Vitória da Conquista estreia na temporada 2018 contra o Atlântico, no dia 21 de janeiro, pelo Campeonato Baiano. Além dessa competição, o elenco, comandado por Washington, disputará a Copa do Brasil e a Série D do Brasileirão.

Chuvas provam necessidade de preservação da vegetação da Serra do Periperi

0

Publicado por Editor | Colocado em Meio Ambiente, Vit. da Conquista | Data: 12 jan 2018

Tags:, ,

da Redação
Vídeo: Secom/Prefeitura

O ano de 2018 começou com uma chuva inesperada de quase 100 mm em apenas 1h30 minutos.  Uma chuva de 20 mm com duração de apenas 1 hora, segundo Climatempo,  já pode ser considerada forte.

As chuvas levaram a Prefeitura de Vitória da Conquista decretar Estado de Emergência. A macrodrenagem que envolve custo altíssimo tem sido alvo do governo municipal, e com o decreto facilitar a atração de recursos em Brasília.

Serra do Periperi

A pouca vegetação que restou na Serra do Periperi precisa ser preservada, e é isso que a Prefeitura vem tentando implementar ainda com incompreensões e exploração política partidária irresponsável.

A Secretaria do Meio Ambiente, sob o comando da agrônoma Luzia Vieira, iniciou plantio em áreas devastadas com o envolvimento de crianças e jovens estudantes de várias idades.

A meta é continuar com o trabalho de desocupação e estímulo e campanhas em defesa do meio ambiente. Salve a Serra é um lema que precisa ser estimulado.

Cerca de mil mudas nativas são plantadas na Serra do Periperi

0

Publicado por Editor | Colocado em Meio Ambiente | Data: 22 dez 2017

Tags:, ,

Da Redação


Cerca de mil mudas de plantas nativas foram plantadas na Serra do Periperi nessa quinta (21). A ação, coordenada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, na região do “Casulo” (Povoado de Batalha), contou com a participação de 180 estudante das escolas municipais Pedro Francisco de Moraes e Milton Santos e do Centro Educacional Paulo Freire.

O plantio faz parta de uma parceria ente as Secretarias de Meio Ambiente e Educação, com o intuito de despertar a conscientização dos alunos para a preservação da Serra do Periperi.

A área que recebeu o plantio foi uma das três da serra que havia sido invadidas. Com a plantação, espera-se recuperar a vegetação do local.

Tribunal de Justiça mantém reintegração de posse na Serra do Piripiri no Nova Cidade

0

Publicado por Editor | Colocado em Meio Ambiente, Vit. da Conquista | Data: 14 dez 2017

Tags:, ,

da Redação

Saiu decisão e já publicada  do TJ/BATribunal de Justiça do Estado da Bahia  que mantém a desocupação de áreas de preservação ambiental na Serra do Piripiri.

A decisão reforça a posição da Prefeitura em promover a desocupação de toas as áreas que foram ocupadas na Serra do Periperi ampara por Lei Federal de nº 9.605/1998 e Lei Municipal nº 1.410/2007.

As decisões judiciais em 1ª e 2ª instância determinam a reintegração e a manutenção de posse para o Município de Vitória da Conquista de três áreas que integram o Parque Municipal da Serra do Periperi: Parque Nova Cidade, “Casulo” (Povoado de Batalha) e Cidade Maravilhosa.

OAB/Defensoria Pública

A  OAB – Ordem dos Advogados do Brasil,  e a Defensoria Pública vão promover nesta 5ª feira (14), audiência pública para discutir a situação da Ocupação do Nova Cidade, que fica localizada no bairro Nova Cidade.

A Prefeitura entendeu ser desnecessária a audiência pública e não participará do evento. A OAB e Defensoria Pública devem agora tentar reverter a decisão no TJ/BA. Dr. Murilo Mármore, procurador geral e o Dr. Ronaldo Soares foram a OAB  e prestaram esclarecimentos ao presidente Ubirajara Ávila.

Caberá a Prefeitura o dever de preservar a pouca vegetação que restou da Serra do Periperi. Os estragos das últimas chuvas mostram a necessidade da manutenção das áreas de preservação ambiental na cidade.

Antes da operação a Prefeitura através da Secretaria do Desenvolvimento Social buscou identificar as famílias em situação de vulnerabilidade que foram atendidas pelo Cras.

Justiça e Ministério Público determinam desocupação da Serra do Periperi no bairro Nova Cidade

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 04 dez 2017

Tags:, ,

da Redação

Por determinação da Justiça e do Ministério Público, através de um  TAC – Termo de Ajuste de Conduta firmado com a Prefeitura de Vitória da Conquista, foi iniciada por volta das 6 horas da manhã desta 2ª feira (4), a desocupação de parte da Serra do Periperi no Bairro Nova Cidade. A PM – Polícia Militar vem dando apoio a determinação da Justiça.

A ação de desocupação está sendo acompanhada pela promotora Karina Querubini. Todos os móveis e eletrodomésticos retirados das casas e barracos que foram  demolidos ficarão sob a quadra da Prefeitura. Essa foi a orientação da representante do Ministério Público.

Bloqueio

Os invasores bloquearam a BR – 116 – Rio-Bahia, na alça leste do Anel Rodoviário, em protesto. A PRF – Polícia Rodoviária Federal já foi acionada para liberar a estrada.

A Serra do Periperi é uma área de preservação ambiental e a Prefeitura vem cumprindo determinação da Justiça sob pena do Governo ser responsabilizado.

Social

Antes da desocupação a Secretaria de Desenvolvimento Social fez um detalhado levantamento e não encontrou ninguém, no perfil para receber o aluguel social. A maioria do invasores já tinha vendido os terrenos ocupados segundo levantamento da Prefeitura.

Município e Poder Judiciário dialogam sobre a desocupação da Serra do Piripiri

0

Publicado por Editor | Colocado em Meio Ambiente, Vit. da Conquista | Data: 21 nov 2017

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: Ascom/Prefeitura (Conteúdo)

Em audiência na 1ª Vara da Fazenda Pública, nesta segunda-feira, 20, as partes reforçaram a necessidade de cumprimento das medidas legais

Uma das ações estabelecidas pelo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) proposto pela Vara da Fazenda Pública e firmado este ano entre a Prefeitura de Vitória da Conquista e o Ministério Público da Bahia é a desocupação imediata da área de preservação existente na Serra do Piripiri.

A decisão judicial determina a reintegração e a manutenção de posse para o Município de Vitória da Conquista de três áreas que integram o Parque Municipal da Serra do Periperi: Parque Nova Cidade, “Casulo” (Povoado de Batalha) e Cidade Maravilhosa.

Trata-se de uma área de proteção integral e, portanto, não pode ser habitada. As ocupações ilegais iniciadas no local devastam a vegetação nativa e ameaçam espécies e nascentes, pondo em risco o futuro do Parque.

A fim de reforçar o cumprimento das medidas previstas pelo TAC, o prefeito Herzem Gusmão, acompanhado pelo procurador geral do Município, Murilo Mármore, e pela secretária municipal de Meio Ambiente, Luzia Vieira, se reuniu na tarde desta segunda-feira, 20, com o juiz Ricardo Frederico Campos, da 1ª Vara da Fazenda Pública – responsável por determinar a desocupação imediata da Serra do Piripiri.

O prefeito voltou a ressaltar a necessidade da presença da Polícia Militar para o cumprimento dessas medidas legais. “Nós encaminhamos uma correspondência à Polícia Militar. Ainda não fomos atendidos e, portanto, não pudemos cumprir a decisão. Vamos encaminhar uma nova solicitação”, informou Gusmão.

“A Prefeitura precisa providenciar a desocupação de uma área importante. É o pouco que restou da Serra do Piripiri, que nós queremos muito preservar. Inclusive nascentes que existem lá”, prosseguiu o gestor, após a audiência com o magistrado.

‘Ordens vão ser cumpridas’ – O procurador Murilo Mármore também se referiu à manifestação do juiz: “O dr. Ricardo já despachou. E, através dessa determinação da Justiça, as ordens vão ser cumpridas, se necessário, com o reforço da Polícia Militar”.

O processo de desocupação leva em consideração as famílias que ocupam o local. Todas estão sendo identificadas e as de perfil socioeconômico de baixa renda serão encaminhadas à Secretaria de Desenvolvimento Social para que se habilitem em programas sociais.

Plantio de mudas – Além da desocupação imediata, o município terá que recompor a vegetação destruída e devolver a vida à região devastada por ocupações ilegais. Segundo a secretária Luzia Vieira, a Prefeitura já se prepara para essa etapa. “Estamos preparados para realizar plantios na serra. Na área onde as pessoas já saíram, nós abrimos cerca de 800 covas. Queremos aproveitar as chuvas e convidar a cidade para plantar nesses locais”, explicou.

Justiça determina desocupação de áreas invadidas na Serra do Periperi e estabelece pesada multa

0

Publicado por Editor | Colocado em Meio Ambiente, Vit. da Conquista | Data: 13 set 2017

Tags:, , ,

da Redação

A Justiça determinou  a desocupação das áreas de preservação ambiental da Serra do Periperi, que foram invadidas com a construção irregular de casas e fixação de barracos de lona.

As equipes das secretarias de Meio Ambiente, Serviços Públicos e Infraestrutura Urbana iniciaram a desocupação, porém muitos moradores ainda ocupam as casas e barracos impedindo o prosseguimento da operação.

Decisão

O juiz Ricardo Frederico Campos (Vara da 1ª Vara da Fazenda Pública), em decisão em defesa da área de preservação ambiental da Serra do Periperi deferiu pedido da Prefeitura de Vitória da Conquista. Na decisão o Dr. Frederico determinou: Ante o exposto, DEFIRO o pedido liminar postulado pelo autor, para fins de determinar que os requeridos removam, imediatamente, as cercas, tapumes, e casebres que construíram no local, no prazo de 48 *quarenta e oito) horas, sob pena de remoção compulsória, além de fixar multa no valor de R$ 1.000,00 (um mil reais) dia, em caso de desobediência.

O juiz determinou que os invasores fossem citados pessoalmente através do oficial de justiça, e os que não forem encontrados serão citados por edital.

O Ministério Público teve participação direta através da promotora de Justiça do Meio Ambiente, Karina Cherubini. A Prefeitura com a autorização judicial solicitará a Polícia Militar a segurança necessária para proceder a desocupação. Toda área será preparada para o plantio de árvores nas áreas degradadas.

Veja o vídeo com cenas de destruição

Ministério Público e Judiciário asseguram: ação de preservação na Serra do Periperi é legal

0

Publicado por Editor | Colocado em Meio Ambiente, Vit. da Conquista | Data: 24 ago 2017

Tags:, , , , ,

da Redação
Fonte: Ascom/Prefeitura/Conteúdo
Foto: Arquivo/BRG

A maior parte das áreas de preservação ambiental que se encontram ocupadas em Vitória da Conquista concentra-se no Parque Municipal da Serra do Periperi. A situação, totalmente irregular, arrastava-se por anos, sem uma resposta eficiente das gestões anteriores no sentido de proteger este que é o maior bem ambiental, histórico e cultural do município.

A atual Administração Municipal, ciente da importância deste patrimônio, tombado em 96, tem buscado defende-lo de qualquer tipo de ocupação e construção, do desmatamento e da degradação. E as ações adotadas pelo governo, nestes últimos meses, sempre priorizaram o interesse público, o respeito e foram respaldadas pela Lei de Ordenamento e Uso do Solo.

Tanto é assim que o juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, Dr. Ricardo Frederico, indeferiu, esta semana, uma liminar pleiteada pelo deputado federal Jorge Solla (PT). A ação movida pelo parlamentar contra o Município e o prefeito Herzem Gusmão, referia-se a retirada dos invasores da área do Maravilhosinha, no bairro Zabelê, às margens do Anel Viário, ocorrida em março deste ano.

Em sua decisão, o juiz foi categórico ao afirmar: “Não vislumbro qualquer ilegalidade no ato praticado pelos réus, a ensejar o deferimento da tutela/liminar requerida, haja vista que, agiu no exercício regular de direito, usando dos meios que a Lei lhe concede para tanto. Ora, se irregularidade houve, foi por parte dos invasores, e não do Município réu, que visou preservar o bem comum em detrimento do benefício, frise-se ilegal, de poucos”.

O Ministério Público do Estado da Bahia também se manifestou a respeito da ação. O órgão “opinou pelo indeferimento da liminar pleiteada, ante a inexistência dos seus requisitos legais”, porque, entre outros motivos, a área invadida é pertencente ao Parque Municipal da Serra do Periperi – o qual o poder público deve defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações; e cabe proteção estatal ao meio ambiente.

Ou seja, ambas as esferas reafirmaram que o Município tem atuado dentro da legalidade, defendendo o interesse coletivo e evitando que mais danos sejam causados na unidade de conservação.

Inclusive, neste sentido, o Governo Municipal assinou com o Ministério Público Estadual um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). A medida atende a uma exigência judicial originada de uma ação civil pública, aforada pelo próprio Ministério em 2012 e que exigia do Município providências na defesa da unidade de conservação.

O acordo estabelece ações planejadas em caráter preventivo, fiscalizatório e repressivo, para as quais a Prefeitura se comprometeu a destinar parte de seu orçamento.

Prefeitura e MP assinam TAC contra invasões e firmam acordo pela preservação da Serra do Periperi

0

Publicado por Editor | Colocado em Meio Ambiente, Vit. da Conquista | Data: 28 jul 2017

Tags:, , , ,

da Redação
Foto: Ascom/Prefeitura

A Prefeitura de Vitória da Conquista e o Ministério Público Estadual assinaram na tarde desta quinta-feira, 27,  Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), em que o município se compromete a prosseguir com os trabalhos de preservação do Parque Municipal da Serra do Periperi. Antes do acordo firmado, sem exigência do MP, a Prefeitura já tinha iniciado intervenções contra as invasões na área de preservação ambiental.

“A gente fez um pré-acordo que vai ser levado em juízo, mas que já está valendo. Tem efeito extrajudicial, abarcando todas as cláusulas de proteção ao Parque”, informou a promotora de Justiça do Meio Ambiente, Karina Cherubini.

Coelba/Embasa

O Ministério Público fez recomendação no documento firmado com a Prefeitura que as empresas concessionárias de serviços de água, esgoto e energia elétrica (Embasa/Coelba) não forneçam os serviços prestados.

O prefeito Herzem Gusmão (PMDB) entendeu como sendo uma medida que irá desestimular novas invasões e muitos invasores abandonarão os barracos e casas já edificados em área de preservação na Serra do Periperi.

“A  Prefeitura vai continuar com as operações que visam tão somente proteger o Parque da Serra do Periperi. A recomendação do MP para a Coelba e Embasa foi muito acertada e reforça a nossa luta em defesa de mais verde em nossa cidade”, disse Gusmão.

 

Ação de desocupação da Serra do Periperi teve autorização da Justiça e aval do Ministério Público

0

Publicado por Editor | Colocado em Meio Ambiente, Vit. da Conquista | Data: 04 jul 2017

Tags:, ,

da Redação

Ao retomar a ação de desocupação das áreas de preservação ambiental da Serra do Periperi, a  Prefeitura de Vitória da Conquista contou com total apoio do Ministério Público e da Vara da Fazenda Pública.

As equipes das secretarias de Meio Ambiente, Serviços Públicos e Infraestrutura Urbana mais uma vez trabalharam de forma integrada com três frentes dentro da legalidade e com amparo legal.

O juiz da Fazenda, Ricardo Frederico Campos e a promotora, Karina Cherubini  já tinham aprovado antecipadamente a ação desde o dia  14 de junho, em reunião que contou com a presença  do prefeito Herzem Gusmão (PMDB), Murilo Mármores (PGM), a secretária Luzia Vieira (Meio Ambiente), e os advogados Cristiano e Tibério.

“A Prefeitura tem poder de polícia. Pode agir na desocupação das áreas invadidas sem a necessidade de autorização judicial”, disse o juiz Ricardo Frederico Campos.  Segundo declarou o prefeito Herzem Gusmão (PMDDB), mesmo com essa prerrogativa legal, a administração municipal buscou o MP e a Justiça para evitar explorações políticas partidárias.. “Vereadores e deputados petistas que continuam sem aceitar o resultado das eleições estão deliberadamente estimulando na cidade a desordem e a destruição da vegetação da Serra do Periperi”, declarou o prefeito.

Coelba/Embasa

Nesta mesma reunião realizada no Fórum João Mangabeira, – ficou decidido que a Coelba e Embasa serão notificadas pela Vara da Fazenda Pública e  o Ministério Público para não fornecerem energia elétrica e água em barracos os casas que estão sendo edificadas em áreas de preservação ambiental em Vitória da Conquista.

Atitude: Prefeitura retoma ações de proteção da Serra do Piripiri

0

Publicado por Editor | Colocado em Meio Ambiente, Vit. da Conquista | Data: 16 jun 2017

Tags:, ,

da Redação

A Prefeitura de Vitória da Conquista retomou nesta quinta-feira, (15), as ações de desocupação da área de preservação ambiental do Parque da Serra do Piriri.

As equipes das secretarias de Meio Ambiente, Serviços Públicos e Infraestrutura Urbana trabalham de forma integrada com três frentes em toda área da Batalha e próximo às nascentes do Bebedouro da Onça, Pedra Branca e no bairro Panorama, em direção ao Cristo.

Em reunião desta 4ª feira (14), com o juiz da Fazenda, Ricardo Frederico Campos, e com a promotora, Karina Cherubini, foram aprovadas ações em defesa da Serra do Piripiri. Representando a Prefeitura estavam o prefeito Herzem Gusmão (PMDB), Murilo Mármores (PGM), a secretária Luzia Vieira (Meio Ambiente), e os advogados Cristiano e Tibério.

Na próxima 3ª feira ( 20)  um TAC  será assinado que estabelecerá uma série de ações a serem desenvolvidas em etapas. Uma delas é a desocupação imediata da área de preservação. O município terá ainda o grande desafio de recompor a vegetação destruída e devolver a vida à região devastada pela ação de grupos que utilizaram a área de forma criminosa, algumas pessoas com clara intenção de comercialização de lotes.

 

Segundo a Secretaria de Meio Ambiente, a operação de ontem (15), transcorreu de forma tranquila e as equipes de meio ambiente iniciarão o plantio de mudas de árvores na Serra do Piripiri na próxima semana.

Projeto de revitalização de nascentes planta 100 mudas nativas na Serra do Piripiri

0

Publicado por Editor | Colocado em Meio Ambiente, Vit. da Conquista | Data: 09 jun 2017

Tags:,

da Redação
Conteúdo Ascom / PMVC

Cerca de 100 mudas nativas serão plantadas na nascente do Bebedouro da Onça, na Serra do Piripiri, durante toda esta quinta-feira, 8. A ação faz parte da Semana Municipal de Meio Ambiente e consiste em um projeto de revitalização das nascentes dos rios de Vitória da Conquista.

Cerca de 50 servidores da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, entre técnicos, agentes, gestores e jardineiros, estiveram envolvidos na atividade. A ideia é recuperar a mata ciliar, que vem sofrendo com o desmatamento e pisoteamento de animais.

“O objetivo é retomar a segurança hídrica de Vitória da Conquista, tendo em vista que essas nascentes influem diretamente no nosso manancial, que é responsável pelo abastecimento da cidade”, explica o gerente de Estudos e Viabilização de Projetos, Gabriel Oliveira.

Após o plantio, será realizado o cercamento da área em torno da nascente, para evitar a ação de pessoas e animais. “Quando o animal pisoteia, o lençol rebaixa, e a gente perde a nascente. Causa risco muito grande ao manancial”, explica o coordenador. Ele revela ainda que a ação de cercamento terá a parceria do Fundo Conquistense de Apoio ao Meio Ambiente.

Neste sábado, 10, a equipe fará um novo plantio em duas nascentes localizadas no povoado de Pedra Branca.  A ação continuará durante todo o ano, beneficiando outras nascentes da Serra do Piripiri, do Rio Pardo, Rio verruga e Rio Catolé.

Em vídeo, as marcas da destruição da Serra do Periperi que o PT apoia

0

Publicado por Editor | Colocado em Meio Ambiente, Vit. da Conquista | Data: 24 mar 2017

Tags:, , , ,

da Redação

A Serra do Periperi vem sofrendo agressões de invasores e grileiros de terra. O mais grave é que deputados e vereadores do PT apoiam esta estupidez e crime flagrante contra a natureza.

O vídeo mostra imagens irrefutáveis da devastação criminosa e orquestrada e conta com o apoio irresponsável de deputados e vereadores petistas.

Diante desta triste realidade, a Prefeitura tem anunciado que as ofensivas irão continuar tão logo a Justiça conceda a reintegração de posse, já que alguns barracos estão ainda habitados.

Nos últimos dias, as ações criminosas foram intensificadas após as irresponsáveis declarações e pronunciamentos de parlamentares do PT.

15 bairros no entorno da Serra do Periperi estão sem água

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 27 jul 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

ÁguaO abastecimento em bairros no entorno da Serra do Piripiri, que corresponde a parte alta do grupo B do racionamento, em Vitória da Conquista, está afetado por problemas eletromecânicos. Ao todo, são 15 localidades, que vão do Alto Maron ao Miro Cairo.

Segundo a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), uma equipe de técnicos da já está atuando para corrigir os problemas eletromecânicos registrados em equipamentos do sistema de bombeamento. Enquanto isso, os moradores dos imóveis que não forem abastecidos no período estabelecido no calendário podem solicitar o abastecimento alternativo por meio de carros-pipa, através do teleatendimento gratuito 0800 0555 195.

Bairros afetados: Guarani, Iracema, Nossa Senhora Aparecida, Ibirapuera, Bruno Bacelar, Loteamento Bateias, Lagoa das Flores e adjacências, Distrito Industrial, Nenzinha Santos, Ocupação Nova Esperança no Alto Maron, Loteamento Parque da Colina, Loteamento, Panorama 2 (da Rua F até Rua O), Cruzeiro, Miro Cairo e conjuntos habitacionais (Flamboyant,  Acácia, Jatobá, Pau Brasil, Jequitibá).

Incêndio atinge parque da Serra do Peri-peri

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 17 out 2015

Tags:,

por Mateus Novais
foto: Rafael Gusmão

DSC_0075

Um grande incêndio atingiu o parque da Serra do Peri-peri, na tarde deste sábado (17). O fogo tem origem na parte superior do bairro Nossa Senhora Aparecida, próximo das torres de telecomunicação. A fumaça era tão espessa e alta, que era possível ver em vários pontos da cidade.

A grande parcela da população desconhece, porém, provocar a queimada, por ato de vandalismo ou com finalidade econômica, gerando poluição, também é crime, segundo o artigo 54, da Lei do Meio Ambiente (Lei Federal 9 605, de 12/2/98). A pena é de reclusão, de um a quatro anos, e multa. Caso o crime seja considerado culposo (ou seja, a pessoa poluiu sem que tivesse a intenção deliberada de poluir), a pena será a detenção, de seis meses a um ano, e multa.

PRF detalha operação de reintegração que retirou ‘índios’ da Serra do Periperi

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 15 abr 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
fotos: Ascom PRF

periperi2

Nessa terça-feira (14), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Oficiais de Justiça do Tribunal Regional Federal (TRF) executaram ações de reintegração de posse do terreno localizado no Parque da Serra de Periperi. O terreno pertencente à Prefeitura de Vitória da Conquista, área de preservação ambiental, estava ocupado há quatro meses por um grupo autointitulado indígenas.

periperi1A Justiça Federal determinou a reintegração de posse da referida área, cabendo à PRF o apoio para o cumprimento da ação, conforme decisão da 1ª Vara Federal da subseção judiciária de Vitória da Conquista. Com isso, foi desencadeada a Operação conjunta Periperi, em que a PRF utilizou equipes de Choque, Grupo de Policiamento Tático e de Motopoliciamento. Uma das principais atribuições da PRF nesta operação foi garantir a ordem no local, além da integridade física dos Oficiais de Justiça e demais pessoas envolvidas na execução dos trabalhos.

As atividades foram iniciadas por volta de 6 horas. As negociações com o Pajé, que era o representante legal do grupo de 20 pessoas, permaneceram por toda a manhã, quando às 12 horas houve o consenso para a desocupação de forma pacífica. Diante disso, foi solicitado que os veículos de apoio da Prefeitura de Vitória da Conquista, que já estavam à disposição, deslocassem para a desmontagem de cerca de 10 barracos. A ação transcorreu sem conflitos e sem emprego de força, estendendo-se até às 18h30.

Após despejo, supostos índios cobram da Prefeitura cumprimento de acordo

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 15 abr 2015

Tags:, , , , ,


por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

DSC_00491

Os autointitulados índios da tribo mongoió realizaram um protesto em frente ao prédio da Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, nesta quarta-feira (15). Após ser retirado por uma decisão judicial da Serra do Periperi, o grupo cobra uma solução do governo local para a construção de sua aldeia.

Mais de 10 famílias que moravam ao lado do Cristo de Mario Cravo foram retiradas pela Polícia Rodoviária Federal, na nessa terça, cumprindo um mandado de reintegração de posse. “Entraram com uma ação na Justiça às escondidas e não deram o direito da gente se defender. Nós ficamos isolados lá em cima [na Serra do Periperi] sem contato com ninguém, nem com advogado a gente pode falar. A única solução foi sair sem brigar”, afirmou o cacique Curiango.

O grupo indígena afirma que a Administração Municipal descumpriu o acordo para a construção de um espaço para eles, onde seriam comercializados os seus artesanatos. Os supostos índios também afirmam que só poderão ser reconhecidos pela Funai como índios depois da comunidade ser estabelecida em uma terra, o que depende do apoio da Prefeitura. “Mas a Prefeitura não que fazer isso”, contou o cacique.

Logo após o protesto, os supostos índios se reuniram com membros do Governo Municipal. Os detalhes finais da conversa ainda não foram informados.

PRF tenta retirar supostos índios da Serra do Periperi

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 14 abr 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
fotos: Rafael Gusmão

DSC_0821

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou nesta terça-feira (14) o processo de reintegração de posse da Serra do Periperi, ocupadas por um grupo autoproclamados índios. O grupo chegou ao local desde o dia 1º de janeiro, com o interesse de fundar uma reserva indígena no local.

A reintegração de posse cumpre um mandado da Justiça, que deu um parecer favorável a uma ação da Prefeitura Municipal. Um ônibus e ambulância foi disponibilizado pela PRF para atender ao grupo.

DSC_0825

O BLOG DA RESENHA GERAL tentou ter acesso ao local, mas foi orientado pela PRF a não se aproximar, devido a possibilidade de um conflito.

Histórico

O grupo se instalou no alto da Serra, onde está localizado o Cristo de Mario Cravo. Algumas barracas foram montadas. Os supostos índios afirmavam que estava aguardando outros grupos do sul do estado para iniciar a construção da aldeia.

Uma semana após a ocupação, a Prefeitura subiu a Serra do Piripiri, junto com a Polícia Militar e seguranças patrimoniais, para tentar retirar o grupo. Uma conversa preliminar entre representantes da administração municipal e os supostos índios definiu as intenções de ambas as partes para um possível acordo de desocupação do espaço público. O que acabou não ocorrendo.

Moradores reclamam do acumulo de lixo no Alto da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 06 ago 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

DSC_1808

Em contato com o Blog da Resenha Geral, os moradores dos bairros Alto Maron e Alto da Conquista reclamaram da quantidade de lixo que tem se acumulado na parte da Serra do Periperi que margeia as localidades. O “lixão”, como os moradores chamam o local, fica situado no final da extensão da Av. Rosa Cruz.

DSC_1803Segundo a comunidade, os caminhões da limpeza pública não passam diariamente pelas ruas mais altas dos bairros, o que obriga os moradores a depositarem o lixo nos containeres instalados na Serra. Como os containeres são insuficientes para a quantidade de residências, o lixo acaba ficando espalhado pelo local (veja imagem ao lado).

Na preocupação de transmitir doenças e também que os dejetos desçam pelo canal, que fica localizado ao lado do depósito, os moradores afirmam que eles mesmos são obrigados, muitas vezes, a recolher o lixo.

A população do bairro solicita que a empresa responsável pela limpeza disponibilize mais veículos para recolher o lixo e que a mesma coloque os tratores mais vezes para limpar esta parte da Serra do Periperi.

Carreta perde o controle e tomba com duas pessoas, no Alto da Serra

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 01 ago 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: Rafael Gusmão

DSC_0017

Uma carreta que transporta areia para uma empresa de materiais de construção tombou na descida da Serra do Periperi. No veiculo, havia duas pessoas, que saíram ilesos.

DSC_0020De acordo com o motorista, que preferiu não se identificar, a carreta perdeu freio e, para tentar parar, ele jogou o veículo para cima do guard-rail. Como a concha estava muito pesada, o guard-rail cedeu e o carro desceu o desnível lateral da rodovia. Assustada, a carona, que também não quis ser identificada, disse que “foi Deus quem não deixou o caminhão capotar, porque, se não, eu não saberia o que iria acontecer comigo.”.

Todo o material que estava em cima da carreta caiu na pista lateral à rodovia. Um trator da Secretaria de Serviços Públicos foi acionado para desobstruir a rua.